FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. A genial idéia de Rony


Fic: HARRY POTTER E O MANUSCRITO SERÊIACO DEPOIS DE MUITO TEMPO, ATUALIZADA FINALMENTE :D Cap. 30 \o/ (comentem)


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

-Oh!Vocês já chegaram?Venham. Por aqui. – Era a Professora Mcgonagall, eles estavam no escritório que um dia fora de Dumbledore, e que agora, certamente pertencia a Mcgonagall. -Está tudo aqui. Como o Dumbledore não tem herdeiros, deixou tudo que pertencia a ele nesta escola á vocês.Para você Srta. Granger, ele deixou todos seus livros e anotações.- disse a mulher entregando uma pilha de livros e papéis a radiante Hermione. – Para você Sr. Weasley, ele deixou a espada de Gryffindor e o Chapéu seletor.
-Mas professora... Estas coisas não pertencem a Hogwarts?- interrompeu Hermione.
-Oh... Sim claro!Mas o diretor de Hogwarts toma posse de tudo que está dentro da escola, ou seja, tudo, cada livro, cada folha de papel pertence ao diretor. Ele deixou isso a vocês, então ele deve ter tido um motivo.
-Claro. Mas como vai ser feita a seleção dos alunos a partir deste ano?Sem o chapéu seletor?
-Teremos de nos virar não é?Mas não é difícil enfeitiçar um chapéu qualquer para selecionar os alunos para as casas certas. -e como se houvesse sido interrompida a professora continuou. – E a você Potter, a penseira e Fawkes.
Harry não podia acreditar. Teriam a penseira, Fawkes, o chapéu seletor, a espada de Gryffindor, além de todos os livros e anotações de Dumbledore a seu favor na busca ás Horcruxes!Dumbledore não poderia ter lhes deixado nada melhor.
-Se me dão licença, tenho que sair por um instante, ah, fiquem aqui na escola até amanhã, se ficarem com fome, é só irem até a cozinha e pedirem para os elfos prepararem alguma coisa para vocês - e completou ao ver o olhar indignado de Hermione - Eles são pagos para isso Srta.Granger. Enquanto isso podem ir até a torre da Grifinória e se acomodarem. Irão dormir lá esta noite.
Os garotos obedeceram. Seguiram até a sala comunal da Grifinória, porém a professora havia esquecido de lhes dizer a senha.
-E agora?- questionou Hermione brava - Estamos carregados de coisas e ainda esquecemos de perguntar a senha.
A mulher gorda que estava escutando a conversa se intrometeu:
-Com licença meus jovens, mas como o ano letivo ainda não começou, por enquanto ainda não temos uma senha definida, então como eu já estou mais do que acostumada de ver seus rostinhos durante seis anos seguidos, eu acho que eu poderia liberar a entrada para vocês. - e falando isso abriu passagem para eles entrarem na sala comunal da Grifinória.
-Será que ela está apaixonada?-falou Rony enquanto deixava o chapéu seletor e a espada de Gryffindor em cima da mesa mais próxima. Quando Hermione lançou-lhe um olhar de reprovação, ele tentou corrigir - é por que ela nunca foi tão simpática!
-Harry... -começou a garota como se o amigo não tivesse feito aquele comentário - eu não quero ser pessimista, mas onde guardaremos todas essas coisas enquanto procuramos as Horcruxes?
Realmente Harry ainda não havia pensado nisso, nem em onde eles ficariam enquanto quisessem descansar, onde seria a “sede”, mas de repente, teve uma idéia.
-No Largo Grimauld, 12. Onde também moraremos enquanto não estivermos procurando as Horcruxes.
-Isso Harry!Lá é grande, temos segurança, por conta dos feitiços de proteção que foram lançados lá enquanto o lugar funcionou como sede da Ordem da Fênix. -Disse Hermione contente.
Passado algum tempo de silêncio Hermione disse:
-Acabo de me lembrar que ficarei sozinha no meu dormitório!As gêmeas Patil foram embora, e –lançou um olhar a Rony – Lilá também não voltará mais. Por isso eu pensei que fosse melhor essas coisas ficarem no “meu” dormitório até amanhã quando partiremos.Deixe-me pegar estas coisa.é melhor não...- começou quando Rony fez menção de ajudar- garotos não podem entrar no nosso dormitório lembra-se?
Rony obedeceu.
-Que horas são Harry?-continuou a garota.
-Dez horas.
-Muito bem. Vou subir com essas coisas, depois vou dar uma olhada nas anotações de Dumbledore. Às onze e meia nos encontramos aqui embaixo par ir até a cozinha, certo?
Os dois, Rony e Harry confirmaram com a cabeça e tomaram o rumo de seus dormitórios.
Eles ficaram lá durante um tempo, conversando e esperando que desse a hora que Hermione havia marcado. Pouco antes das onze e meia, Hermione entrou no quarto, segurando um antigo exemplar do Profeta Diário .
-Harry, você nem imagina o que eu achei!-disse ela entregando-lhe o jornal.
Nele, havia a seguinte notícia:

Sumiço da aliança de Tiago Potter ainda é um mistério.

Após a morte de Lílian e Tiago Potter e a sobrevivência do inocente Harry potter á maldição imperdoável da morte, lançada pelo Lorde das Trevas, foi-se descoberto, que a aliança de Tiago Potter, foi roubada. Ainda não se sabe ao certo, mas pelo rumo das investigações, a aliança foi roubada pelo próprio “Aquele-que-não-deve-ser-nomeado”.Qualquer nova informação, será publicada por este jornal.

Notícia investigada e publicada por Samantha Walker.

-A aliança!A aliança é uma das Horcruxes. Dumbledore havia me dito duas coisas muito importantes, uma é que Voldemort gostava de colecionar troféus, e a outra é que não havia nenhum objeto conhecido de Rowena Ravenclaw, e que o único objeto conhecido de Gryffindor, era esta espada que até hoje estava segura na sala do diretor.
-Mas Harry, o que isso quer dizer?-perguntou Hermione.
-A primeira coisa quer dizer que ele pode ter matado meu pai e pego a aliança como troféu, e a segunda quer dizer que a aliança pode sim ser uma Horcrux, pois não há nenhum objeto nem de Ravenclaw nem de Gryffindor que ele podia ter usado como uma das Horcruxes.
-Harry... Pense bem-continuou Hermione - Depois que Voldemort saiu de sua casa, ele já estava sem nenhum poder!Ele não seria capaz de fazer uma horcrux.
-Só podemos ter certeza indo até lá. -disse Harry seguro do que estava falando.
-Até lá aonde?-perguntou Hermione, virando-se e deixando Rony falando sozinho.
-Godric’s Hollow, aí então vamos até a casa onde nós estávamos quando eles foram assassinados.
-Certo, mas antes devemos passar no Largo Grimauld, 12, para deixarmos as coisas lá. -disse Hermione muito animada - e quem sabe se recrutássemos mais algumas pessoas para nos ajudar!A casa lá é grande. Teria espaço para bastante gente.
-Não!Eu não quero meter mais ninguém nessa história - falou Harry, quase gritando- e também tem outra, não podemos confiar em mais ninguém.
-Podemos sim. -disse Rony.
-Em quem?-perguntou Harry que agora já estava um pouco mais calmo.
-Neville, e quem sabe Luna. E até mesmo Fred e Jorge.
Harry pensou por um momento. Já havia colocado muitas pessoas em uma missão que seria apenas sua!Mas seria bom ter ajuda apenas os quatro, se é que Gina conseguira uma autorização da mãe, não conseguiriam dar conta de tudo. Eles teriam de ter mais ajuda caso alguém se ferisse ou precisassem de mais alguma pessoa.
-Mas eu acho que Dumbledore não queria que tantas pessoas soubessem das Horcruxes... E além do mais, para eles irem conosco, Neville e Luna teriam de abandonar a escola e Fred e Jorge a loja de Logros. Eles não podem fazer isso.
-Luna já saiu da escola. Seus pais disseram que não confiariam em nenhum outro diretor que não fosse o Dumbledore - disse Hermione, olhando para Harry com um olhar de piedade- E Neville... Você acha que a vó dele não gostaria que ele fosse junto com você para derrotar Voldemort?Já Fred e Jorge, poderiam nos ajudar da loja mesmo. Nos oferecendo produtos de segurança, orelhas extensíveis, essas coisas “úteis”.
-Como você sabe de tudo?-perguntou Rony, com uma cara abismada.
-De tudo o que Ronald?
-Sobre a Luna!
-Ah... -começou a menina, corando levemente - quem me disse foi a Gina, e não sei se você se lembra ela está na série de Luna.
-Hum.
-Bom Harry, e então? –Hermione continuou como se não tivesse sido interrompida – Se estiver tudo certo, hoje à noite, eu mesma falo com Neville, amanhã, iremos até a casa de Luna, e por fim falaremos com Fred e Jorge.
-Certo. Faça o que quiser. Mas ainda não fale nada sobre as horcruxes. Se Neville e Luna aceitarem nós falamos para eles, agora Fred e Jorge não precisam nem ficar sabendo.Ah e acabei de me lembrar, não teremos de gastar nenhum nuque, pois como eu doei o capital inicial, eles deixam eu pegar o que quiser na loja.Só não podemos abusar.E precisamos descobrir o endereço de Luna, e então amanhã iremos até lá.
-Agora que já foi decidido, será que podemos ir almoçar?-disse Rony após sua barriga ter roncado deixando-o vermelho.
Então eles seguiram até a cozinha onde comeram do bom e do melhor.Eles permaneceram lá até o meio da tarde, se deliciando com os quitutes que os elfos preparavam.Depois, foram até o lago e ficaram conversando até escurecer, quando se retiraram para os seus dormitórios, para se vestirem e irem até o salão principal na hora do banquete inicial.
Naquela noite o salão estava como sempre,com apenas uma diferença, a quantidade de alunos se reduzira pela metade.No corpo docente, só havia uma mudança, uma mulher negra, dos cabelos enrolados e muito magra, que devia ser a nova professora de Defesa Contra as Artes das Trevas.Fora ela, eram os mesmos professores do ano que se passara.
Após ouvirem as novas e as antigas regras da escola, eles se fartaram com as gostosuras que havia na mesa. Quando Hermione acabou, ela foi até Neville, consultar se o garoto gostaria de se juntar a eles para lutar contra Voldemort. Enquanto isso, Rony e Harry foram se sentar ao lado de Gina.
-Ai que bom!Eu queria mesmo falar com vocês. - disse a garota quando cada um sentou a um lado dela.- A que horas vamos amanhã?
-O que?Mamãe deixou? – perguntou Rony espantado.
-Eu tenho meus métodos.
-Não acredito!O que você fez?Hein?
-Ah Ronald!Não insista.
-Parem vocês dois também. – falou Harry quando Rony ameaçou abrir a boca para responder.
-Acalme-se Harry. -disse Hermione que havia acabado de chegar – ah... E Neville aceitou!Eu marquei de nos encontrarmos aqui mesmo às 9 horas. Agora, preciso ir falar com Mcgonagall. Tenho que pedir o endereço de Luna e ver se podemos usar a lareira da sala dela para chegarmos até o Largo Grimauld, 12. Bom... Vejo vocês na sala comunal então? – e virou-se em direção a saída.
Os garotos se levantaram e foram até as escadas em direção ao salão comunal da Grifinória.



Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.