FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Indecentes Beijos


Fic: Respirar, Transpirar, Não Pirar - NC-18 ATT 26/12/15


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

 Capítulo 2 


Indecentes Beijos


| Respirar, Transpirar, Não Pirar! |


 


 


"Começou com um sussurro


Foi quando eu a beijei


E então ela fez meus lábios doerem".¹


 
 
 


Banhos.


Vários banhos.


Gelados.


Geladíssimos.


Era disso que Hermione precisava.


 



_*_


 


 


Discutiu com Harry. Ele insistiu em buscá-la em casa para levá-la a festa de Malfoy, e quando ela se negou, ele mostrou-se irritado.


Dizia que ela estava sendo patética e puritana com todo aquele recato, só porque os dois haviam “fingido” um romance na frente de um repórter curioso.


Hermione, porém, temia pela amizade dos dois. Se “fingimento” era capaz de provocar aquele tipo de reação em seu corpo, temia sinceramente o que podia acontecer num futuro próximo.


No último dia, os dois amigos vieram ultrapassando linhas invisíveis que os mantiveram durante anos na categoria de amigos.


Pra onde eles iriam agora?


Oh, Mérlin, a lugar nenhum, por misericórdia, pedia Hermione em silêncio, achando que seus problemas atuais já eram o suficiente, e que certamente ela não precisava criar mais.


E Harry Potter com certeza era um enorme... delicioso... e proibido... problema.


 


_*_


 


 


Aparatou.


Estava numa enorme Mansão, cuja as cores variavam apenas em tons de branco e prata. Um jardim a perder de vistas estendia-se na sua frente, onde dezenas de mesas com toalhas de linho brancas estavam dispostas. Havia uma banda num palco pequeno ao longe – As Esquisitonas, se conhecia bem Ginevra Weasley.


Vários bruxos circulavam ali, altos com suas roupas elegantes e copos de conhaque. Outros tantos dançavam, as mulheres cantando as músicas até suas gargantas doerem.


Hermione mordeu o lábio com apreensão, apertando as mãos uma na outra.


Ron estaria ali, ela tinha certeza. Era só uma questão de tempo eles dois se encontrarem, num estranho e desconfortável fingimento de que estava tudo bem.


Arrependeu-se de ter vindo sozinha, desejando que Harry estivesse ali com ela agora.


Ora, vamos. Você é uma mulher, e não uma menina. Recomponha-se.


Rumou, com esse pensamento em mente, para perto da pista de dança, onde, tinha certeza, a mesa que Gina reservara para elas se encontrava.


Encontrou vários conhecidos de Hogwarts – Luna Lovegood, Neville, Cormac, Simas, Dino, Pansy Parkinson (para seu horror) – e vários outros. Hermione não sabia se a sensação era boa ou ruim, mas cumprimentou a todos com educação, sorrindo e acenando.


Facilmente achou a sua mesa, que era uma das mais próximas da pista de dança, provando que seu argumento estava correto. Não demorou a avistar Gina, num vestido preto curto, dançando muito perto do palco. Esperou que ela olhasse para chamá-la.


– Hermione! – Seu rosto parecia afobado de esforço e bebida alcoólica. – Que bom que veio! Está linda!


– Você também – comentou, com um sorriso carinhoso. – Draco não reclamou do tamanho do vestido? – Perguntou, surpresa, ao notar as pernas da amiga à mostra.


– Desde quando Malfoy manda em alguma coisa? – Questionou Gina, um pouco alto demais, sua voz carregada de ironia. – Sou dona do meu próprio corpinho lindo! Ele é apenas um instrumento de satisfação para mim.


Hermione teve vontade de dizer, na vida real, as coisas não eram bem assim, mas conteve-se. Lembrou de Harry, que já tomara como certa a briga dos dois naquela noite. Com aquele tamanho de vestido, ela era obrigada a concordar. Não que a briga dos dois a assustasse, ou até a surpreendesse. Perdera esse hábito há muito.


– Onde ele está, afinal? – Perguntou. – Devo elogiá-lo pela decoração. A Mansão está simplesmente linda!


– Elogie-me, então – falou Gina, enchendo o peito de ar. – Sou a responsável por tudo, é claro.


Hermione deu um sorriso amistoso à amiga.


– Oh, querida... Quando irá se sentar no trono de ferro da Mansão Malfoy?


Gina fingiu um arrepio, fazendo caretas.


– Credo, Hermione, que conversa baixo astral! – Um garçom passou com uma bandeja com copos de uísque de fogo, e Gina agarrou dois rapidamente, oferecendo um para Hermione. – Sabe que não tenho pretensões de ter um relacionamento com Draco Malfoy, além do puramente sexual, obviamente.


– Sei – Hermione comentou, aceitando a bebida.


– Falando em relacionamentos... – Gina deu um sorriso maroto, brindando com os copos. – Eu vi a matéria no Profeta Diário! Você e o maravilhoso Potter!


Hermione não pôde deixar de corar, suas faces ganhando rapidamente um tom púrpura.


– Não estou julgando você, Herms, longe disso... Mas dias atrás estava com Ronald! Sei que é uma troca mais do que justa, apenas não o esperava.


– Oh, Gina – murmurou Hermione, penalizada, sentindo-se como uma adolescente novamente. – Eu e Harry não temos absolutamente nada. Apenas fingimos frente à um curioso paparrazzi, Harry aparentemente achou que seria divertido enganar toda a comunidade bruxa.


– Hermione – Gina deu um generoso gole na bebiba. – Escute sua amiga aqui, porque a minha experiência estende-se muito além da sua – outro golada no uísque de fogo. – Há certas coisas que não se fingem... Tensão sexual é uma delas.


– Não há ten...


Mas a frase ficou presa no meio de sua garganta, sem nunca realmente se concluir. Harry acabara de chegar, afastando todos os pensamentos que realmente faziam sentido de sua cabeça, seu cheiro a invadindo e arrebatando como uma droga.


– Olá – saudou, beijando as duas mulheres na bochecha.


– Potter! – Gina, já meio alta, exclamou, puxando a aba do terno dele. – Está simplesmente esplêndido!


Ele lançou um olhar significativo para Hermione.


– Obrigado. Você também, querida.


– Os anos têm lhe feito incrivelmente bem. Cada vez que o vejo, está mais charmoso.


– São apenas seus lindos e generosos olhos, garotinha – ele falou, aos olhos de Hermione soando sensual até mesmo sem querer.


– Sei que é dela agora – Gina falou, apontando indiscretamente para a amiga. – Mas, se quiser, qualquer dia desses, estou inteiramente a sua disposição...


Harry soltou uma risada alta.


– Malfoy me quebraria em cinco antes de sequer eu pensar em tal possibilidade, Ginny.


Ela imediatamente soltou-o, com um muxoxo irritado.


– Não tenho nada com aquele idiota louro! – Dirigiu-se até a pista, resolvendo ignorar os amigos. Hermione e Harry ainda puderam ouvir, antes da ruiva recomeçar a dançar: – Por que ninguém acredita em mim?


Assim que eles perderam a cabeleira vermelha da mulher, Harry aproximou-se de Hermione e a envolveu em seus braços.


– Como está? – Perguntou, os lábios demorando-se na têmpora dela.


– Apreensiva – respondeu Hermione com sinceridade, mantendo os olhos fechados.


– Ron?


– Sim.


– Está tudo bem. Estou aqui.


Hermione não respondeu; sabia que Harry gostava de nutrir uma ideia de que seria capaz de protegê-la de todo o mal do mundo, e ela não iria destruir sua fantasia.


– Vamos dançar? – perguntou, o hálito quente fazendo cócegas em seu pescoço.


– Mais tarde – respondeu, o olhar meio perdido. – Estou um pouco cansada. Importa-se que eu me sente?


– Claro que não. Embora muito quisesse sua companhia.


Hermione não olhou diretamente para ele, apenas se dirigiu até sua mesa e sentou numa das cadeiras confortáveis. Harry, sem aviso algum, desapareceu pela pista de dança.


Procurou-o com os olhos, mas foi inútil. Seu olhar, então, caiu sobre o copo ainda cheio de uísque. Bebericou um pouco, sentindo o líquido esquentar suas entranhas. Hermione lembrou-se da ressaca do dia anterior, e pensou que talvez fosse melhor largar o álcool de vez, pelo bem da sua própria integridade física e psicológica.


Varreu o salão à procura de Harry mais uma vez, mas quem encontrou não foi o moreno, e sim o ruivo.


Seu coração congelou os batimentos, e foi como se uma nuvem negra encobrisse seus pensamentos. Ele estava tão lindo, com um paletó preto frouxo, um sorriso despreocupado e cabelos vermelhos bagunçados.


As lágrimas invadiram seus olhos rapidamente, queimando-a por dentro, mas ela não se permitiu derramá-las. Ron parecia tão bem, tão... Satisfeito. Como se não tivesse acabado de sair de uma término de namoro. Como se ela nunca tivesse existido em sua vida.


Um burburinho crescente chamou atenção do ruivo, que virou o rosto para um local distante. Hermione seguiu o olhar dele, e teve instantaneamente uma raiva escaldante subindo pelo seu pescoço, como um monstro, apoderando-se de todos os seus sentidos.


Harry estava dançando com Gina muito... Eroticamente.


Seguindo o ritmo da música, Gina balançava os quadris com movimentos ousados, lançando olhares sedutores para Harry, e passando as mãos discretamente sob seu corpo.


Harry mantinha um agarro firme na cintura fina da ruiva, a expressão clara no rosto de quem estava adorando.


Os olhos de Hermione se fixaram neste ponto, onde Gina fazia movimentos lentos e circulares, alternando a velocidade, e empinando o bumbum.


Hermione soltou uma exclamação de puro ódio, amaldiçoando Harry Potter até a sua décima geração. Bufou e já estava se levantando para tirá-lo dali à tapas, quando viu Draco Malfoy chegar primeiro do que ela.


– O que pensa que está fazendo? – Ele berrava com Gina, possesso, puxando-a pelo braço.


– O que parece que eu estou fazendo? – Dizia a ruiva, despreocupada. – Dançando!


Dançando? – Malfoy cuspiu, no auge da sua cólera, apontando o dedo para a mulher. – Você chama isso de dançar? Porque eu chamo de outra coisa!


– Malfoy, não há nada... – Harry começou.


– Não se intrometa, Potter – o loiro cortou, ríspido. – A minha conversa é com ela! E não com você.


– Largue-me, Malfoy – dizia Gina, tropeçando nas pernas e nas palavras. – Não tenho nada com você!


– Se tivesse, a partir de agora, certamente iria deixar de ter! Acha que isso é comportamento de uma mulher que se preze...


Ofendida, Gina jogou todo o líquido do copo que segurava no rosto de Draco.


O que..? Sua louca!


Fazendo careta, Harry escapou de fininho dali, esgueirando-se pelas pessoas até a mesa onde Hermione se encontrava.


– O que? – Ele perguntou, quando notou a expressão assassina no rosto da mulher.


Ridículo, Potter! – Controlou-se para não gritar disparates contra seu amigo, engolindo o desaforo e sentindo-o entalar no meio de sua garganta. –Simplesmente ridículo!


Harry ergueu as sobrancelhas.


– Acaso está com ciúmes? – Soltou um sorriso maroto. – Porque, sabe, isso estaria completamente fora das suas regras.


Hermione soltou um muxoxo irritado, cruzando os braços emburrada.


– Não há regra alguma.


Harry roubou o copo intacto das suas mãos.


– Dança comigo?


– Não.


Ele esvaziou o copo de uísque muito rápido. Estendeu a mão e desabotoou o colarinho, afroxando a gravata.


– Hermione? – Ele sussurrou, e era como se ela pudesse sentir sua voz orbitando na sua pele ao invés de simplesmente ouvi-la.


Dessa vez ela aceitou sua proposta, esquecendo-se momentaneamente da raiva que sentia. Os dedos dele pressionavam seu pulso quando ele a puxou para mais perto, colando seus corpos.


A música agora era calma, e a gritaria já havia cessado; Draco e Gina sempre estavam se engalfinhando, mas nunca por muito tempo. Era um padrão, e nunca fugia dele.


Houve uma expiração, baixa e quente contra a curva do seu pescoço quando Harry se inclinou para encostar a cabeça em seu ombro. As mãos, grandes e firmes, passeavam pelas suas costas nuas, e Hermione não conseguia esconder a pele eriçada.


Podia sentir a batida calma do coração de Harry contra o seu. Eles estavam em sincronia. Sempre em sincronia.


A curva dos lábios dele aumentou, quando a puxou com força contra si, fazendo-a soltar um gemido de surpresa e satisfação.


Os olhos verdes caíram sobre os castanhos, a cabeça inclinada num gesto sutil. Era o único conforto tangível que Harry poderia dar à sua amiga de coração partido – momentos roubados, risadas abafadas de alegria, e uma dança.


Algo exclusivamente deles.


De longe, viu que Ron observava. Hermione mordeu os lábios de ansiosidade. Enfiou a mão nos cabelos rebeldes de Harry, os dedos entrelaçados com suas mechas.


– Não faça isso – ele murmurou, rouco, os olhos cerrados de prazer. – E não me olhe assim, pelo amor de Mérlin.


Hermione intensificou a pressão no couro cabeludo dele. Ela sentia uma vontade arrebatadora e irresistível crescer dentro de si.


– Por que? – Perguntou, os olhos fixos nos lábios do amigo. Que desejo ardente era esse que se apoderava dela?


Talvez, enfim, uma dança não era o único conforto que Harry poderia lhe dar. Afinal, havia vários outros que Hermione conseguia pensar...


– Porque assim me põe louco.


Hermione arfou o peito, sentindo-se momentaneamente sem pudor algum. Harry apertou o agarro na sua cintura. Ela aproximou os lábios da orelha do homem.


– Ajude-me a esquecê-lo, Harry... – sua respiração mansa e quente provocou arrepios nele. – Ajude-me a esquecer Ron.


– Hermione – a voz dele saiu estrangulada. – Não sabe o que está me pedindo.


Ela tinha uma ferocidade no olhar que ele nunca tinha visto antes – e que lhe roubava todo o ar dos pulmões. Sua boca estava entreaberta, convidativa, mostrando a Harry como seus lábios eram perfeitamente rosas.


Harry, que há muito não se importava a quantidade de pessoas que os observavam, colou sua boca na dela, pela primeira vez.


Nada poderia descrever a sensação intensa que sentiu quando eles começaram a se beijar, com Hermione puxando a sua nuca para que ficassem cada vez mais perto um do outro.


Hermione poderia facilmente ter gritado de puro êxtase quando sentiu a língua dele invadindo sua boca e massageando a sua sem parar, enquanto as mãos repousavam no seu quadril, num aperto firme.


Harry – ela gemeu, puxado a cabeça ligeiramente para trás. Seus lábios estavam vermelhos, inchados e deliciosos, e o vermelho na sua bochecha dava um belo contraste com sua pele. Ela respirava pesado, com os olhos fechados e um sorriso de satisfação imoral no rosto. Harry parou para memorizar esse momento. Mordeu o lábio inferior dele com força, mas ele não reclamou. – Vamos sair daqui.



*



N/A:

¹ Everybody Talks, Neon Trees

 Oi, gente! Como estão? Primeiro, devo AGRADECER profundamente por todos os comentários e votos! Inclusive, a fic está entre as mais votadas no período do FEB, e, mais uma vez, a culpa é toda de vocês! Nossa, como eu fico me achando! Muito obrigada mesmo! 

Segundo, eu não responderei aos comentários um por um, como tenho costume, porque tô meio afobada com a faculdade, e me falta o tempo. Desculpem por isso.

Terceiro, no próximo capítulo acho que teremos nosso primeiro NC. E eu pretendo aprofundar, futuramente, a relação Draco/Gina também.

Quarto, gente, 43(!) pessoas marcaram a fic como "LENDO", então, se você está aqui lendo essa autora que vos fala, por favor, faça a caridade de me deixar feliz e deixar um comentário! :D nem que seja me xingando, faça-o! 

Quinto, agradecimentos especiais à: Talisman José da Silva Moraes, Line Silva, Júlia Potter Malfoy, Gabriela G. Potter, Laauras, Alana_miguxa, Michelle Lima, Brunizinha, Lisa Granger, Annabel Evers, Jhenny Lars (um beijo especial para você, porque eu amo quando aparecem pessoas de outros shippers nas minhas fics! demonstra que a história está boa! *-*), Herms_Granger Potter, Lay Potter, Potter_Salter, Mary Granger Potter)

Quanto mais comentários, mais rápido sai o capítulo, podem ter certeza! Por isso, COMENTEM! :) 

Jéssica J. 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 13

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Julie G. Potter em 09/07/2013

Capítulo simplesmente perfeito! Meus deuses! 
Gina e Draco tem a famosa relação tapas e beijos hasuhaushuahsuhua'
Cada capítulo eu me surpreendo mais com essa Mione xD Está tudo simplesmente divino na sua fic!
Você escreve muito bem!
Bjs ;* 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Diênifer Santos Granger em 05/07/2013

Vixeeeeeeeeeeeeee! Amando! Muuuito! Tá perfeitooooo!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Mary Potter Granger em 15/05/2013

SANTO MERLIN OMG!!!!
Harry e Mione bem safadinhos hahaha vou me preparar pra NC do próximo capítulo kkk
A fic tá maravilhosaaa, esse Harry ainda vai me matar do coração senhor, eu ri muito da Hermione tomando banhos gelados kk 
Essa parte foi a mais engraçada:
Pra onde eles iriam agora? Oh, Mérlin, a lugar nenhum, por misericórdia " 
 
kkkkkkkkkk 
Espero ansiosa pelo próximo capítulo
Beijoos 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Herms_Granger Potter em 08/05/2013

Voce nao pode parar capitulo desses assim eu sou uma simples leitora porfavooooorr

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Annabeth Lia em 06/05/2013

G-E-N-T-E O QUE É ISSO? Quase tive um ataque aqui!!! Harry e Hermione vão ter uma noitada MAIS QUE MERECIDA pelo visto kkkk 
Vou esperar ansiosamente o próximo capitulo, mal posso esperar! Beijos! 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lílian Ferreira em 05/05/2013

Ahh eu estou amando a fic! Há tempos não via uma HH tão boa por aqui! Continue sempre atualizando! 
Beijinhos <3

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lisa Granger em 03/05/2013

OMG!!! Beem feito pro Rony!!!!! e pelo jeito Gina e Draco vão dar o q falar tbm, puro barraco hahahha. Mas HHr é o que há! lindos seeempre, o capítulo foi maravilhoso, li tão rápido que nem acreditei que tinha terminado e como sempre vc terminando nas melhores partes pra nos deixar morrendo de curiosidade até o próximo,  que malvada hauhuahuahua!! Bjuuu ;)

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Annabel Evers em 02/05/2013

LOL que capitulo quente :3
Ah, que sorte Hermione e Gina tem, podendo dançar com Harry.. Ah Merlin..
Enfim, quero ver a reação do Ron, foi dar mole baby, perdeu a mulher U.U
E Gina e Draco = explosões  fenomenais.
A Fic está ótima, divinamente perfeita *-*
Venk, capítulo 3 *---* 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Brunizinha em 01/05/2013

O.O' Gina = louca.

festa = maluca

Harry & Hermione = deliciosos! kkk

 

posta loogo :)

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Herms_Granger Potter em 30/04/2013

Pelo amor de Merlin carambaaaaaaaaaa posta logo serio porfavor eu nao agüento isso ok? Aí já  é crueldade 

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Amanda A. em 28/04/2013

Como você termina o capítulo assim? Excitante e perfeito! Não demore a atualizar. <3

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Laauras em 28/04/2013

Eita menino q agora é que o bicho vai pegar! Mione nem um pouco safada né?
Toda vez que juntam o Draco e a Gina é certeza de explosões apaixonadas, eles não são nem um pouco estressados...
Próximo caps vai ser tudo, e desculpando a expressão mas não posso deixar de comentar:
#CHUPA RONY!
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
Bjão, esperando att logo, mt logo mesmo! 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Violettaa em 28/04/2013

Capitulo sensacional, adorei Hermione se fazendo de forte para se manter  longe do harry... mas no fim se rendeu ao que ela mais queria... sinceramente ja foi a epoca da amizade!
Adorei...

E sim Flor, sua fic esta otima pode ter certeza disso

Aguardo o proximo capitulo

Beijos! ♥ 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.