FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Cartas, conversa e surpresas


Fic: Como Quando Onde


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


Ai...um ano em Hogwarts sempre me faz esquecer que no mundo trouxa precisa de documentos e eu tinha que esquecer logo minha bolsa com tudo, carteira de identidade, de estudante, CPF, ’A foto do James’Ahhh!! Essa é a Lana o meu lado louco, irracional, idiota e ’completamente apaixonada’Ta eu vou parar de falar com meu lado doido...’como é que eu vou passar três meses longe do Jimmy??’ Mentira né?? Não vou pensar no Potter* pensou Lílian correndo pelos corredores da escola já estava quase atrasada para pegar o trem que a levaria para casa, era seu último dia do sexto ano e nunca esteve tão empolgada por estar de férias, o motivo?? Ela soube no dia anterior

Flaskback

*Aff...que claridade desgraçada é essa?? ’Vixe...essa ai já acorda de mal humor’* pensou Lílian com preguiça de abrir os olhos para o seu penúltimo dia na escola
Lílian Evans era considerada uma das mais bonitas e desejadas garotas de Hogwarts, possuía uma beleza suava e nada convencional, tinha cabelos ruivos lisos levemente cacheados nas pontas, pele branca eternamente ruborizada nas faces delicadas, olhos chamativos eram de um forte verde-esmeralda, sorriso infantil, a onde passava deixava um leve aroma de lírios do campo.
-LÍLIAN EVANS!! CRIA VERGONHA NA CARA E LEVANTA DESSA CAMA PRA GENTE PODER APROVEITAR O PENÚLTIMO DIA DE HOGWARTS!!
Quem gritava delicadamente no ouvido da ruiva era uma das suas melhores amigas: Lisa Foster. Essa morena de cabelos negros cacheados e longos, tinha olhos azuis escuros altamente misteriosos, ao contrario da amiga o que mais chamava atenção no seu rosto era o sorriso ora malicioso ora maroto, corpo tão ou mais bonito que o da ruiva tinha uma personalidade forte e divertida.
-Sempre fico impressionada com a sua educação Lisa! Comentou a voz doce e delicada de Jane Tyler
Jane era outra das melhores amigas da ruiva, quem a via a primeira vista ou não a conhecia muito bem, pensava que ela era doce e calma, a parte do doce ate que era aceitável, mas quem a julgava calma errava terrivelmente, ela era agitada, alegre e um tanto nervosa, sempre quando todos decidiam se calar ela começava a cantarolar, não que sua voz fosse feia, porém é que para irritar as amigas sempre cantava parte de música e ficava repetindo a mesma canção por semanas. (N/a: eu faço isso XD] Tinha cabelos loiros repicada e olhos verde-acinzentados que com a ajuda de uma maquiagem certa parecia olhos de um gato
-Ai!! Porque vocês duas não vão se fuder?? Exclamou Lílian com a voz abafada pelo travesseiro
-O que?? A monitora-chefe falando palavrão?? Perguntou Lisa rindo
-Ai, ai, pelo jeito você tirou a manha pra irritar a Lily! Disse Jane olhando para Lisa seria, mas logo seu rosto angelical adquiriu expressões marotas e comentou maldosamente – Ah Lisa, deixa ela dormir, não vê que ela ta tendo belos sonhos, talvez quem sabe com o Potter??
Ela havia falado o sobrenome certo, Lílian levantou o rosto emburrada e foi em direção ao banheiro, meia hora depois saiu arrumada e falou:
-Então vamos tomar café da manhã??
Elas desceram as escadas rindo e conversando sobre algum jeito de se verem nas férias, o amplo sorriso estampado no rosto de Lílian desapareceu totalmente ao ver quem se encontrava sentado na frente da escada, e esse alguém era: James Potter
James Potter era um rapaz considerado o garoto mais bonito de Hogwarts. Muito alto, quase 1,90, possuía um corpo digno de Deus Grego, cabelo sempre bagunçado, eram considerados um charme a mais dele, sorriso maroto sempre presente no rosto, seus olhos possuíam um brilho intenso de cor castanho-esverdeado um pouco escondido pelos óculos que usava.
-Oi minha linda, doce e maravilhosa Ruivinha!! Exclamou ele ao ver a ruiva descendo as escadas
Os poucos alunos grifinorianos que ainda não havia saído para o café viraram instantaneamente para a escada, as brigas: Potter X Evans já faziam parte da história da escola, uns diziam ate que já havia sido inserido em ‘Hogwarts: uma história’ um capitulo só sobre eles ¬¬
Jane e Lisa logo começaram a sair de fininho, como sempre faziam quando se iniciava uma briga entre os dois
-Vocês duas nem ousem sair daqui sem mim – Falou Lily virando irritada para as amigas, mas logo voltou-se para o moreno que a olhava abobado – E você Potter, vê se vai encher o saco de outra pessoa – Disse saindo com as amigas, mas antes se passar pelo retrato da mulher gorda virou-se novamente e falou – Ah já ia esquecendo, pra você é EVANS!!
-Ela ainda vai ser minha!! Disse James voltando a sentar na poltrona
-É claro Pontas! É claro! Comentou Remus balançando a cabeça negativamente
Remus Lupin era assim como James um maroto, mas ao mesmo tempo era um monitor-chefe. Era extremamente calmo, bonito e cavalheiro, cabelos loiros, possuía olhos cor de mel e mesmo quando estava sorrindo seus olhos o traiam e estampavam a tristeza que tinha, apesar de todas as qualidades o seu único “defeito” era ser um lobisomen, essa maldição o perseguia e o fazia querer se afastar das pessoas
-Sabe...eu nunca tinha percebido como as amigas da ruivinha do Pontas são jeitosinhas! Comentou Sirius
Se James era o gato de Hogwarts, Sirius Black era ôô garoto, ao contrario do amigo que possuía um ar de menino, ele tinha feições de homem, cabelo preto liso tinha olhos azul-acinzentados ao mesmo tempo misterioso, triste e maroto, possuía um charme que levava qualquer garoto em sã consciência a loucura
-É faltava um comentário a La Black pra começar o dia – Disse Remus com um meio sorriso
-Oh Lobinho, mas né verdade não?? Como é mesmo o nome delas?? Perguntou Sirius
-Sei lá! Eu nunca perguntei! Disse James saindo do transe pós-Lily
-Ta!! Respondeu Sirius indiferente – Cadê o Rabicho?? To com fome
-Já ta lá em baixo a muito tempo!! Respondeu Remus como se tivesse falado a coisa mais obvia do mundo
-Então vamos descer?? Perguntou James pensando em ver sua linda
-Ta vamos Pontas!! Disseram os outros dois sabendo no que o amigo estava pensando

*-* *-* *-* *-* *-* *-* *-* *-*

James e Sirius chegaram fazendo zoada, assim que entraram no grande salão, James procurou sem sucesso lugar perto da sua amada, mas como não encontrou teve que sentar no lado oposto da mesa. Suas expressões de desagrado foram abafadas pela chegada do correio coruja, sua coruja acinzentada sobrevoou a mesa e parou na frente do dono.
-Pelo jeito Pontas, o Apollo(a coruja) (N/a: e também nome do meu cachorrinho lindo) gostou da coruja da Evans...não para de olhar para ela! Disse Remus
-É!! Tal animal, tal dono! E ate a coruja pareceu não ir com a cara da tua! Comentou Sirius se abrindo e começando a rir, sendo acompanhado pelos os outros marotos.
-Ho-ho-ho – Riu James ironicamente e começou a ler a carta do pai

Oi filho!!
Como é que ta tudo?? E o meu outro filho?? E os outros marotos?? E sua bela ruivinha??
Bom, como você já sabe, eu me casei! E fiquei muito triste por você não ta lá comigo, mas como já te expliquei teve que ser uma celebração pequena, já que como ela é trouxa, fiquei com medo do Voldemort descobrir, mas faremos uma celebração simbólica pra você e a filha dela, que por um acaso também estuda ai, participarem.
A Lívia é muito gentil, bonita e delicada, a principio sua avó não gostou muito da idéia do casamento por ela ser trouxa, mas o meu amor a conquistou.
O nome da filha bruxa dela me foge no momento, e como eu não to em casa não posso perguntar a ela.
A Lívia também tem outra filha, essa totalmente trouxa e chata, mas afinal ela teria que ter um defeito, mas como Merlin gosta de mim, essa outra vai passar as férias com o pai.
Ah agora nossa casa ganhou um “toque feminino”, tem fotos suas, minhas, das filhas dela e ate do Sirius pela casa e tem uns negócios trouxas também, filho você acredita que eles podem conversar a longa distancia sem pó de flu e aparantando?? Eles usam um aparelho lá...telepone...deve ser esse o nome!
Bom já vou indo, mande um beijo para todos ai e ate depois de amanhã!!!

Isaac Potter


-Pelo jeito o papai ta muito feliz!!! E se a vovó gostou dela, ela deve ser perfeita!! Comentou James alegremente e passando a carta para os amigos lerem também
-É mesmo!! Ele merece – Comentou Sirius após ler a cartinha – Amei ela só por colocar fotos minhas embelezando a casa!!
-Quem será a filha dela ein?? Perguntou Rabicho
-A gente só pode descartar as da sonserina...afinal a mulher é trouxa! Observou Remus
-Grande coisa, ainda tem todas as outras das três casas do primeiro ao sétimo ano – Disse Sirius curioso e desanimado.
-Aluado, você ainda vai lá pra casa né?? Perguntou James
-Vou sim, depois da primeira lua cheia! Respondeu Remus
-Então...porque não pensamos em uma despedida para o Ranhosinho?? Perguntou Sirius com um sorriso pra lá de maroto
Os amigos concordaram e começaram a combinar tudo

*-* *-* *-* *-* *-* *-* *-* *-*

-Oi Allegra!! Cumprimentou Lily acariciando delicadamente as penas da ave – Quem é aquele animal que ta olhando com olhos tão cobiçadores para minha corujinha??
-Eu acho que é do Potter! Respondeu Alice
Alice Cullot completava o quarteto, a única das quatro que tinha namorado, desde quinto ano estava com o Frank Longbotton, simpática e linda, nunca era vista elevando o tom de voz, tinha cabelos castanhos claros e olhos verdes bem clarinhos
-Aff...já ta virando perseguição!! Disse Lily irritada
-E de quem é a carta?? Perguntou Lisa
-Ah!! Expressou Lily lembrando da carta que estavam na sua mão – É da mamãe!! Deve ta falando do casamento
Após falar a ruiva abriu o envelope e as amigas juntaram a cabeça pra ler o que Lívia escreverá

Oi Lily!!!
Como você esta?? E as meninas??
Ai filha, foi tudo tão perfeito!! Eu e o Isaac vamos fazer outra celebração pra você e o filho dele participarem...mais uma coisa eu lhe digo, nunca fui tão feliz.
Não senhorita!! Eu não vou matar a sua curiosidade em relação a quem seria o filho dele, vai ficar curiosa ate amanha.
A casa dos bruxos são tão diferentes, eles não sabiam o que era nem microondas nem telefone...foi muito divertido explicar pra que serviam, e quando você chegar poderia me dizer o que é quadribol?? Todos falam e falam desse esponte e eu não entendo nada. E ainda tem a elfa domestica, fui tentar falar um liberdade com ela, e a criatura em vez de ficar feliz quase se matou...o Isaac me explicou depois que eu havia a ofendido!! Acredita??
Eu acho que nem preciso comentar que a Petúnia ta odiando tudo isso né??*suspiro*
Mas ela ta passando as férias com seu pai!
Bom, vou ficando por aqui.

Te amo
Lívia


-Como a tia Lívia é má!! Disse Lisa curiosa
-Ela acha mesmo que eu vou saber explicar o que é quadribol?? Questionou-se Lílian
-Meninas, eu to aqui imaginando a cara da Petúnia quando viu os quadros se mexendo! Comentou Alice fazendo as outras rirem a vontade

Mais tarde no jardim

Lílian estava encostada na sua árvore favorita no jardim a beira do lago, estava tão concentrada olhando o lago, que não percebeu o belo moreno se aproximando de onde ela estava.
-Lily, você vai ficar mesmo sem falar comigo?? Perguntou James com uma carinha de cervo abandonado, muito fofa.
-Ah Potter vai se esfregar com uma das suas ficantes ou se divertir à custa do Ranhoso – Falou Lílian sem encará-lo
-Você ta assim por causa do que a gente fez com o Ranhoso?? Perguntou James
-Vocês exageram dessa vez!! Fazer o coitado passar uma hora de cabeça para baixo com roupas femininas em pleno grande salão!! Foi demais!! Disse Lílian elevando um pouco o tom de voz
-Ah Lily, eu sei que foi exagero , desculpa! Pediu James
-Não é a mim que você tem que pedir desculpa! Disse Lily com um olhar reprovador
-Então já que você não esta com raiva, quer sair comigo hoje?? Perguntou ele com um sorriso 32 dentes
-Ai Potter!! Vai perturbar tua mãe!! Falou Lílian esperando o próximo pedido que sempre vinha acompanhado do primeiro, e é claro sem contar do sorriso maroto e lindo que ele usava...mas isso não aconteceu...
O grande sorriso que ele possuía no momento foi diminuindo ate desaparecer por completo, James apenas a encarou e sentou-se encostado na mesma árvore que ela estava a pouco, Lílian ficou desesperada com a idéia de ter magoado ele, de onde vinha esse desespero todo?? Só a Lana poderia responder
-Potter, você ta bem?? Perguntou a ruiva insegura
-To Lílian! Respondeu James olhando para o lago
*’Lílian?? Ai meu Merlin!! Nada de ruivinha e derivados??’Pelo jeito sim Lana’Ai nós magoamos ele!!!* pensou Lílian e esquecendo todo o “ódio” que sentia e sentou-se ao lado dele
-Potter, eu falei alguma coisa que te magoou?? Perguntou Lílian receosa
-Ta tudo bem Lílian! Respondeu ele ainda olhando para o lago
-Me fala!! Por favor!! Pediu Lily com um quê de desespero na sua voz
-Bom, é que minha mão morreu quando eu tinha sete anos e as vezes ainda fico triste quando lembro dela – Disse James
-Ai desculpa!! Desculpa James!! Pediu Lílian desesperada por ter o feito relembrar de uma memória tão triste
Ele não pode deixar de olhar pra ela e dar um leve sorriso, era a primeira vez que ela o chamava pelo primeiro nome
-Ta tudo bem Ruivinha, eu me lembro pouco dela, mas eu tenho um pai que vale por dois! Disse James aumentando o sorriso – E como é a tua família Lírio??
A menina não sabia porque estava tendo aquela conversa com o James ou o porquê de não ter reclamado dos apelidos, mas estava gostando de conversar com ele e decidiu responder:
-Bom, minha mãe...ela é perfeita corajosa, linda, segura, ela me conhece melhor do que ninguém, também tenho uma irmã...bom ela me odeia por ser bruxa
-E o seu pai?? Perguntou James curioso pra saber mais sobre aquela que dominava seus sonhos e o seu coração
-Bom, quando recebi a carta de Hogwarts meu pai disse que não queria ter uma filha anormal, então depois quando a minha mãe me defendeu ele ficou com raiva e foi embora – Respondeu Lily com simplicidade
James ficou chocado com o que a ruiva havia falado e disse:
-Sabe Lily, eu não conheço teu pai, mas já odeio ele
Ela sorriu diante do comentário dele, e ficaram se encarando por longos minutos ate James olhar para o relógio *Mas que droga!!* pensou o garoto e falou:
-Bom Lily, eu tenho que ir pra detenção com a tia Mimie!! Falou ele desapontado
-Só você mesmo Potter! Ficar de detenção na nossa última noite aqui! Disse Lílian, mas não havia repressão na sua voz e sim divertimento
Ele apenas encolheu os ombros sorriu e saiu deixando a menina com as pernas bambas

Fim do Flashback
(Narrado pela Lílian)

*Quem será o filho do novo marido da mamãe? Pensando em família...porque eu tive aquela conversa com o Já...Potter??’Simples querida, porque ele estava mais fofo do que nunca’* pensei começando a me irritar com essa minha grilo falante chata, balancei minha cabeça pra tirar qualquer pensamento, mas antes que eu pudesse pensar, andar ou correr alguém me puxou pra uma sala vazia e me encostou na parede, já ia gritar com quem havia tido a ousadia de me puxar assim mais quando levantei o rosto e vi os belos olhos castanho-esverdiado fiquei momentaneamente muda por causa da proximidade que os nossos rostos estavam, minha razão decidiu sair de viajem sem passagem de volta, e meus atos começaram a ser guiados pelo meu outro lado
(N/a: Os atos a seguir vão ser guiados pela consciência loucamente apaixonada pelo James)
-Lilly...desculpa te puxar assim, mas é que ontem eu não pude me despedir direito de você e eu não quero passar três meses longe de você sem fazê-lo – falou James com uma voz rouca na minha opinião bastante sensual
*Ai..eu não to gostando nadinha dessa aproximação!!’Pois eu to A-MAN-DO’* pensei, mas como era a Lana que estava “controlando” a situação coloquei minhas mãos no abdome dele, mas não cheguei a fazer pressão pra afastá-lo
-Po-Potter, o que você ta querendo?? Perguntei insegura
*Porque eu tinha que gaguejar?? Porque minha voz tinha que sair tão insegura??* questionou-se Lílian enquanto via James dar um leve sorriso e respondi:
-Eu só quero isso!
Antes que eu pudesse perguntar o que seria o “isto”, ele venceu a distancia que nos separava, fui pega de surpresa, mas quando senti a língua passar pelos meus lábio como se pedisse permissão para aprofundar o beijo, não pensei duas vezes antes de entreabrir-los para o tão esperado beijo.
Parecia que nossas bocas tinham um encaixe perfeito, a língua experiente do garoto tocava em cada continho da minha boca, minhas mão que estavam no peito dele, subiu ate a nuca dele e aproveitei e despenteie ainda mais o seu cabelo, senti ele passar uma das suas mãos pela minha cintura aproximando ainda mais os nossos corpos, já a outra acariciava meus cabelos, e eu percebi que eu gostava disso...na verdade eu estava adorando tudo.
Nós já estávamos naquele beijo a muitos minutos, horas, não sei ao certo, já sentia o ar me faltando, porém não queria sair dali, tava gostando tanto do beijo, me sentia tão segura nos braços daquele maroto...e pelo jeito ele também não queria parar aquele momento, nossas bocas separaram-se por alguns milímetros para recuperar o ar e logo senti ele devorando os meus lábios, o beijo começou carinhoso, mas foi ficando incrivelmente apaixonado, não pude deixar de ficar surpresa comigo por estar correspondendo com toda a intensidade e vontade.
-JOVENS!! Eu sei que é difícil pra vocês ficarem três meses sem se ver, mas assim vão perder o trem!! Disse o professor Flitwick
Nós nos separamos com dificuldade, pude ver o Potter olhar de forma irritada para o pequeno professor, a minha razão decidiu finalmente voltar, peguei minha bolsa que havia deixado no chão
-Claro professor!! Tchau
Sai da sala correndo, senti que o Potter me seguia, todavia graças a Merlin cheguei no trem e sumi pelas cabines

(Voltando ao narrador de terceira pessoa)

James viu Lílian saindo pelos corredores correndo, mas quando chegou no trem foi impedido de procurá-la pelos amigos, sempre contava tudo a eles, contudo preferiu não contar sobre o beijo,foi um momento só deles e ele não queria estragar isso, na verdade a principio ele pensou que aquela seria sua despedida mesmo da Lily, penso seriamente em desistir dela, mas quando sentiu ela correspondendo o seu beijo, uma nova esperança lhe apareceu e agora é que nunca mais pensaria em esquecê-la

Enquanto isso...

Lílian estava calada na sua cabine, Alice estava com o namorado em outra cabine e as outras meninas falavam alegremente sobre os planos para as férias
-Lily, você não tem que ir pra cabine dos monitores não?? Perguntou Jane assim que olhou para o relógio
-Ah tenho sim! Respondeu a ruiva que ainda tinha que chamar Remus, mas ao lembrar que ele estava na mesma cabine do James virou para as amigas e pediu – Será que alguma de vocês poderia chamar o Remus e dizer que já estou na cabine dos monitores??
As meninas normalmente tirariam onda e diriam que não, mas quando viram a cara que a Lilian fazia Jane falou:
-Ah eu ao vou não!! Tenho vergonha dos marotos!
A ruiva olhou então com olhos suplicantes para Lisa que segundos depois suspirou e concordou em ir, saiu da cabine em direção a que os marotos sempre ficavam, abriu a porta com mais força que esperava e logo os quatro garotos e uma menina que estava sentada ao lado de Sirius viraram para ver quem havia “entrado”, Lisa ficou momentaneamente envergonhada ao sentir o olhar de Sirius em sua pessoa, então decidiu falar logo o que a fez ir ali:
-Lupin, a Lily pediu pra te avisar que já era pra ir para a cabine dos monitores e que ela já estava lá.
-Ah brigado Foster! Já tinha me esquecido! Disse Remus sorrindo
-De nada!! Tchau!!
Lisa já ia saindo quando James perguntou:
-E porque ela mesma não veio chamar??
-Não sei Potter! Você vai ter que perguntar a ela! Respondeu Lisa e mais uma fez ia saindo quando James perguntou de novo:
-É porque ela sabia que eu também estaria aqui?
Lisa já ia responder um simples “sim”, mas ao ver o olhar triste que James estava ao fazer aquela pergunta, decidiu fazer sua boa ação do dia:
-Talvez, mas eu acho que foi mais pelo fato dela estar atrasado
Ao ver o sorriso do maroto ficou feliz por ter modificado os fatos
-Espera Foster...eu vou com você!! Disse Remus saindo com a menina da cabine
Quando chagaram no corredor, mais afastado um pouco da cabine dos marotos Remus falou:
-Foi legal você não ter contado a verdade pro James!
Mas antes que ela pudesse responder ao comentário alguém deu um grito estrondoso:
-LISA FOSTER!! VOCÊ PERDEU!!
Quem gritava era Jane, que sem perceber a presença do maroto continuo a falar animadamente:
-A Lily azarou a Bellatriz de forma fantástica, e eu modesta a parte acabei com a idiota, patricinha da Narcisa e ... – Ela parou bruscamente de falar quando viu o olhar admirado de Remus, ficou incrivelmente vermelha e disse – Ah...Oi Lupin!
Lisa sentiu uma vontade incrível de rir do constrangimento da amiga, mas controlando-se disse:
-Bom Lupin, eu vou indo com a Jane, boa reunião e boas férias!!
-Ta certo! Tchau meninas!! Disse o garoto se afastando
-Desde quando você fica vermelha perto do Lupin?? Perguntou Lisa provocando a amiga
-Ah...vai ver se eu to lá na esquina!! Disse Jane irritada
-Também não precisa se irritar – Disse Lisa divertido – Mas agora me conta...como foi esse duelo que eu perdi??

A viagem passou rápida e logo o trem chegou na estação, os marotos saíram e se despediram, James e Sirius rapidamente identificaram o pai do primeiro no meio da multidão, e se apresaram de ir ate lá, ele estava acompanhado por uma bela senhora de cabelos castanho-avermelhado, olhos azuis e feições divertidas e delicadas, para James ela parecia estranhamente conhecida
-James!! Sirius!! Chamou Isaac apresando-se a abraçar os dois “filhos” – Ah rapazes! Essa é minha esposa Lívia
Os meninos logo a cumprimentaram e ficaram conversando esperando a chegada da filha da mulher, poucos minutos de conversa e os dois já entendiam o porque do pai ter se apaixonado por ela.
-Mãe!! Disse uma voz feminina atrás dos marotos e logo depois uma ruiva passou por eles e se jogou nos braços de Lívia
*Não é possível!!* pensou Sirius divertido, já James estava tão absmado e feliz que não conseguia pensar em nada.
Lívia apresentou Isaac a filha e eles começaram a sair da estação, Lílian logo percebeu a presença dos marotos e virou irritada dizendo:
-Potter!! Por que você ta me seguindo??
-Minha Ruivinha, tudo bem que meu hobbie favorito é fazer isso...mas hoje eu só to acompanhando meu pai! Respondeu James sorrindo
-Como?? Perguntou Lílian, mas finalmente ela começou a juntas as pesas e virou para a mão com olhar desesperado e perguntou – Mãe, você não casou com o pai do Potter não né??

Gente brigada pelos comentarios!!

Nandinhah Evans Potter->Brigada linda!!!
pelo comentarios e pelos elogios!!!!

• cααh ♥ ->hehehe
você não imagina a confusão!!!!

Ju Silveira->Que bom que você gostou!!
espero que continui por aqui

Camila->que bom!!!
já vem o poste

gente se comentarem o segundo vem rapidinho
=****

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.