FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. O começo do ano letivo


Fic: Apaixonada pelo Maroto


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

- NÃO ACREDITO QUE VOCÊ FEZ ISSO POTTER! EU TE ODEIO! SAI DE PERTO DE MIM!
Essas discussões eram normais a qualquer hora do dia. Todas essas palavras eram sempre ditas por Lílian Evans, e geralmente eram acompanhadas por xingamentos diversos, que ela extraia bem do fundo de sua mente.


- Ah, qual é minha ruivinha!


- EU NÃO SOU SUA RUIVINHA! – ela gritou e ficou da cor de seus cabelos, se não mais vermelha. O garoto com que todos estavam habituados a ouvi-la gritar era Tiago Potter, o garoto mais desejado por todas as garotas da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts, e que por onde passava arrancava suspiros. Além de ser apanhador da Grifinória há cinco anos (esse ano completaria seis, já estava no seu sétimo e último ano de Hogwarts), tinha um corpo bem definido devido ao quadribol, tinha olhos castanho-esverdeados e usava óculos. Seus cabelos eram bem pretos e bagunçados, que apontavam para todas as direções e eram impossíveis de domar.


-Ah Lily, sai comigo, depois eu te deixo em paz! – Tiago disse com aquela carinha de cachorro que acaba de cair de mudança.
- Ah, claro né, pra depois me largar como todas – disse sarcástica e cruzando os braços.
- Você é diferente meu anjo! – parou de fazer carinha de cachorro e a olhava com um olhar pervertido, e um sorriso que brincava em seus lábios. Começou a chegar perto dela, bem devagarzinho.
- Sai de perto de mim senão eu te azaro. – dito isso deu as costas para ele e saiu decidida, com suas amigas atrás.
Depois de estar bem longe de Tiago Potter e todas aquelas pessoas curiosas para saber o porquê daquele estardalhaço todo, ela foi tomar o café junto com suas amigas.
- Ótimo! Já comecei meu dia de um jeito espetacular, e ainda com plateia bem no meio do Hall de Entrada – disse Lily, com suas mãos tremendo.


- Ah Lily, vai me dizer que não gostou?! – disse Anna Prett, uma de suas melhores amigas. Anna era branca como a neve, alta e magra, mas com o corpo estrutural. Tinha cabelos bem pretos e totalmente lisos, que chegavam a ser azuis e que batia em sua cintura, como estava agora. Seus olhos eram azuis como o céu, sem nenhuma nuvem, e sua boca era bem desenhada, e sempre ficava rosada. Ela tinha um jeito totalmente diferente de sua outra melhor amiga Caroline Miller. Anna era sempre sarcástica, brincalhona, decidida, se arriscava a tudo, fazia e depois pensava. Já Caroline era doce, meiga, gentil, sonhadora, carinhosa, uma princesinha. Era magra também, mas era baixa, tinha um corpo escultural, era branquinha, não tanto quanto Anna. Tinha cabelos loiros, bem claros. E de tão claros era quase branco, eram longos. Seus olhos eram negros como a noite, e sua boca também era perfeita, e ficava sempre vermelha. As três sempre se destacavam em tudo, tanto em presença, quanto em notas, mas era Lily que se destacava mais. Ela era linda, todos falavam isso, tinha cabelos bem longos, e vermelhos fumegantes, era um pouco mais alta que Carol, e um tanto mais baixa que Anna, seu corpo era perfeito, totalmente proporcional, e sua boca, como das outras, perfeitamente desenhada, mas o que destacava não era seu corpo, muito menos seus cabelos. Eram seus olhos verdes brilhantes, ninguém tinha igual. Seus olhos eram perfeitos, sempre brilhavam, por qualquer coisa que fazia ou acontecesse com ela. E era por conta de seus olhos que Tiago Potter se apaixonara.


Lily ergueu sua sobrancelha direita sarcasticamente.
- Ah é! Gostei, nossa! Esse é meu sonho mais íntimo e profundo, que nem eu consigo achar.


- Não sei quanto a você, mas esse é o meu sonho! – uma voz calma, quase um sussurro falou atrás dela, e que a fez pular três centímetros do banco. – Calma meu amor, sou só eu!


- Ai meu Merlin! Eu quero morrer! – disse brava.


- Não antes de a gente se casar! – disse Tiago com um sorriso brincalhão.
- Você não cansa de me chatear não é? Mesmo sete horas da manhã! – sua voz estremeceu um pouco.


- Faço isso porque amo ver você brava.


O coro de seus amigos fazendo “awn” só irritou-a mais ainda.


- Muito obrigada vocês quatro viu. – disse sarcástica.


- Hey, tem o Pedrinho – disse Sirius brincando.


- Ah, aquele só come! – foi a vez de Remo falar.


- Oi?! Falaram de mim? – Pedro, o garoto gordinho, estava com a boca cheia de comida. Todos riram daquela cena, até Lily que estava brava.


- Verdade Remo! – Lily disse com um sorrisinho. Remo Lupin era o garoto mais doce que existia naquela escola. Era sempre estudioso, meigo, atencioso, quem ganhasse seu coração seria uma garota de sorte, além de ser bem bonito. Tinha os cabelos curtos e castanho-claros, e com olhos com de âmbar, e tinha um segredo que poucos conheciam. Era um lobisomem. Deixava-o bem triste por conta disso. Tinha medo de machucar as pessoas que mais gostava entre elas Sirius Black, a segunda pessoa mais desejada da escola, perdia somente para Tiago Potter. Tinha cabelos um pouco grandes, ondulados e totalmente pretos, tinha olhos azuis acinzentados e que ninguém conseguia traduzir, também tinha o corpo definido, e tinha Pedro Pettigrew, o garoto gordinho que sempre andava ao lado de Sirius e Tiago, como uma forma de se proteger. Os quatro se denominavam marotos, sempre estavam perto de confusões, e nunca passavam ilesos. E esse era todo o grupo: Tiago Potter, Sirius Black, Remo Lupin, Pedro Pettigrew, Lílian Evans, Anna Prett e Caroline Miller. Eram sempre vistos andando juntos, mesmo tendo brigas diárias de Lily e Tiago. Apesar dessas brigas Remo era o melhor amigo de Lily. Sirius também não ficava atrás. Carol era a melhor amiga de Sirius, Anna era a de Tiago. O único que não era tão ativo do grupo era Pedro, que sempre dava sumiços, e todos ligavam com a cozinha.


- Por favor, você não consegue ficar um dia sem me encher? – perguntou Lily passando as mãos pelos cabelos, cansada.
- Não meu anjo, senão não seria eu mesmo! – Tiago disse espetando ainda mais os cabelos com os dedos.


- To vendo que não vou ter sossego. – disse Lily pegando uma torrada e passando geleia de morango nela, e sempre sendo observada por Tiago.


O dia passou normal, bem, comparado aos outros. Lily e Tiago se atacando verbalmente o dia todo, Tiago a chamando para sair, dizendo coisas bonitas, seus amigos corando uns “awn’s”... Mas foi no término da última aula que aconteceu algo engraçado, mas não novo. Estavam habituados a ver Tiago azarando Severo Snape, o garoto magricela sonserino de cabelos oleosos.


Tiago sustentava-o no ar, de cabeça para baixo, por consequência, suas cuecas encardidas aparecendo.


- Que feio ranhoso, pelo menos lave as cuecas seu porco! – ele disse aos berros, para quem quisesse ouvir, e arrancando risadas de todos, exceto de Lily.


- Pára já com isso Potter. – Lily agarrou a mão que Tiago segurava a varinha, com isso se desfez o encantamento e Snape caiu no chão, com um estrondo.


- Olha o que você fez Evans, machucou o coitado do Seboso! – o garoto disse com falsa preocupação.


- Até parece que se importa com isso não é?! Por você ele poderia bater a cabeça e morrer!


- Não seja tão dura comigo Evans. Se ele morresse quem eu azararia? Teria que ser você.


Eles estavam gritando um com o outro e nem perceberam a quantidade de curiosos que os rodeavam. E então, uma voz severa falou atrás de Tiago:
- Sr. Potter, queira me acompanhar, por favor! – Tiago olhou para trás e seu coração bateu forte. Estava mais do que acostumado a receber castigos, mas sempre em companhia de Sirius, quando ele não estava perto perdia a graça. Passou por ele e Remo e ouviu Sirius falar baixinho:
- Nem me esperou para me divertir né? – cruzou os braços, riu e abaixou a cabeça balançando-a em negação.


Ele seguiu a Profª Minerva McGonagall até sua sala. Quando a adentrou viu que a maioria de seus pertences era livros. Livros e mais livros pendiam nas estantes. No canto direito havia uma mesa, e em cima dela mais livros, algumas penas, pergaminhos, tinteiros e vários objetos de prata que ele não conseguiu distinguir.


- Sente-se Sr. Potter – ele obedeceu – o senhor já sabe o que te espera. Sempre que há alguma confusão com o Sr. Snape, o senhor está por perto. Só começamos as aulas há um mês.


- Mas ele não me dá escolha.


- Ah é? – Ela olhou-o fechando um pouco os olhos – então o que ele faz?


- O Ranhoso sempre entra no meu caminho.


- O senhor acha que é Deus? – a professora disse erguendo uma sobrancelha.


- Mais ou menos isso Tia Mi – disse com um sorriso maroto.


- Olha o respeito Sr. Potter – por um momento Tiago a viu sorrir de canto – Mesmo ele tendo feito algo, você não pode fazer nada desse tipo.


- Mas ele merece.


- Não importa.


- Claro que sim, ele é um nojento.


- Isso não muda nada – a voz dela começou a estremecer.


- Claro que muda professora, ele é o Seboso.


- E quem é você para julgar o Sebo... Digo julgá-lo? – ela aumentou o tom da voz, mas ficou desconcertada.


- Ele já chamou a Lily de sangue-ruim.


Ouve um silêncio incômodo neste momento.


 


----------------------------------x----------------------------------


- Ah Lily, pára com isso, ele merece.
- Por que Sirius? O que ele fez de errado?


- Nasceu – disse entre um riso.


- Não é desculpa para o Tiago fazer o que ele fez – disse severa – ele merece isso.


- Ele te chamou de sangue-ruim Lily – agora foi a vez de Remo falar. Lily baixou a cabeça e disse:


- Eu sei, mas é errado do mesmo jeito – E sem ninguém perceber uma lágrima solitária rolou de seus olhos.


 


----------------------------------x----------------------------------


- Não... importa – a professora ficou sem graça com esse comentário. – Detenção Sr. Potter, e será com a Srta. Evans. O Sr. Lupin irá te safar dessa.


E sem a McGonagall perceber ele deu um sorriso bem disfarçado, e saiu da sala.


 


- Professora, é sério isso? Fala pro Remo fazer, pelo amor de Merlin.


- Não Srta. Evans, em relação ao Sr. Potter só confio em você para aplicar a detenção. – Lily bufou e corou. Se virou para ir para sala comunal e avisar o horário da detenção de Tiago Potter. Isso seria um pesadelo. O garoto que ela menos queria contato era o que mais a chamava para sair. Por que isso? Pensamentos desse tipo se acumularam em sua cabeça até chegar ao buraco do retrato da Mulher Gorda. Quando entrou avistou Tiago rodeado de garotas que davam risadinhas e suspiravam cada vez que ele falava. Lily reirou os olhos, com indignação e se caminhou decidida para Potter.


- A gente precisa conversar! – disse rispidamente e ignorou os olhares mortíferos que as garotas lhe lançaram.


- Não está vendo que estou conversando Evans? – disse num tom cordial e se virou de novo para conversar com as garotas:


- Como estava dizendo, eu sempre fui um ótimo apanhador desde criança. Eu pai sempre brincava comigo e sempre capturava as coisas rapidamente. Lily olhou para ele indignada com sua reação e não aguentou de raiva.


- ESCUTA AQUI POTTER, NÃO SOU QUALQUER UMA QUE VOCE FAZ ESPERAR NÃO! VEM AQUI AGORA - puxando sua blusa no peito o levou para um canto e o atirou contra a parede, fazendo-o bater a cabeça e fazer uma careta. Não teve um olho curioso que não os olharam todo esse trajeto.


- Não sabia que era bruta assim. Adoro coisa selvagem, RAWR. – disse safada com um sorriso maroto, no que ela revirou os olhos.


- Cala a boca que eu só vim falar o horário da detenção. Será hoje às dez horas da noite, ou seja, daqui meia hora. Então não ouse chegar um minutinho atrasado. – disse apontando um dedo na cara dele.


- Sim senhora, general Evans! – e fez uma continência ridícula, e depois riu vendo a cara incrédula da ruiva. Ela virou as costas para ele, saiu de perto e foi para o dormitório para ver o que teria de fazer de dever.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
N/A: Bom, eu acho que vocês estavam esperando pela continuação do 7 coisas que odeio na doninha, maaaaaas, ela não veio. Como eu estava no terceiro tinha muitas provas, Saresp, simulados pra vestibular, Enem e vestibulares, não tinha tempo pra nada. Eu até comecei a escrever, mas parei no primeiro capítulo. Agora que entrei de férias eu poderia estar escrevendo, mas não, tive que inventar de escrever essa fanfic, mas, a boa notícia é que eu já terminei, bom, parte dela sabe, essa é a primeira parte de três, e se tiverem gostando eu vou escrevendo a continuação. Não estou pedindo pra comentarem nem nada, porque eu já fiz a primeira parte, então independente de qualquer coisa eu a postarei, o problema é a segunda e a terceira. Enfim, espero que gostem desse capítulo, de gostarem, podem comentar, sei lá, ou não, não importa. O que importa é lerem. Enfim, eu postarei de dois em dois dias, ou até em três, pra ninguém ficar bravo comigo. Então, obrigada por lerem até aqui. Xox.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Annabeth Lia em 12/12/2012

Muito divertida a fic, vou acompanhar!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.