FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

55. Capítulo 54


Fic: Tudo por Amor


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Já era meia-noite quando Gina estacionou o carro no caminho de entrada de sua casa. Durante as sete horas transcorridas desde que abandonou a mansão da avó de Harry não tinha feito nada mais que lutar contra as dúvidas insidiosas e as confusões que a acossaram nesse lugar. Mas tinha conseguido ganhar a batalha, e agora que estava de volta em sua casa se sentia muito melhor. Abriu a porta da frente, ligou as luzes da sala e olhou essa casa tão alegre e acolhedora. Ali, a ideia de que Harry era louco parecia tão absurda que ficou furiosa consigo mesma por ter duvidado dele. Ao pendurar seu casaco, lembrou que nesse mesmo quarto, Sirius e Marlene Black tinham passado uma noite maravilhosa com ela e lhe desejaram sorte e boa viagem. Deu-se conta de que Sirius Black riria na cara da avó de Harry se ela chegasse a sugerir a ele que Harry estava louco, e isso era exatamente o que ela devia ter feito!


Balançou a cabeça, desgostosa consigo mesma, encaminhou-se até seu dormitório, sentou-se na cama e tirou a carta de Harry da gaveta da mesa de luz. Releu cada uma das palavras bonitas e cheias de amor, e sua vergonha por ter duvidado dele foi tão grande quanto sua repentina necessidade de lavar de seu corpo todo rastro da viagem à casa dos Dursley. Colocou de lado a carta de Harry, tirou o suéter e a saia e se encaminhou ao banheiro para tomar banho.


Lavou o corpo e o cabelo como se estivessem poluídos pela atmosfera malevolente dessa pilha de pedras sombrias que em uma época Harry considerou seu lar. Ali não havia calidez, nem na casa nem nas pessoas que nela viviam. Se alguém sofria de enganos malévolos, era essa senhora. E o mordomo. E também Colin, o irmão de Harry.


Só que, argumentou parte de seu ser, mais que uma malvada, a avó de Harry lhe deu a impressão de ser uma pessoa abatida, pelo menos no final da conversa. E o mordomo parecia um pouco perdido, mas seguro do que dizia. Que sentido tem que mintam a respeito da discussão de Harry com Draco?, questionou-se Gina . Mas desprezou a pergunta, desligou o secador de cabelo, ajustou o cinturão de sua bata e se dirigiu a sala. Talvez só acreditaram ouvir que Harry e Draco discutiam, pensou enquanto acendia o televisor para inteirar-se das últimas notícias.


Mas havia algo que não podia ignorar, justificar nem discutir: Harry tinha mentido a respeito da forma em que Draco morreu. Ou mentiu para ela, ou mentiu para a polícia, para a imprensa e para os juízes.


Nesse momento Gina decidiu que devia haver mentido para todos os outros, mas não para ela. Era impossível que tivesse feito isso. Sabia no fundo de seu coração. E quando se encontrassem no México, ele explicaria por que mentiu para os outros. O programa que estavam emitindo era um relatório especial sobre a China e, como estava muito nervosa para poder dormir, Gina decidiu começar a escrever a carta que pensava deixar para sua família, enquanto esperava o último noticiário da noite para assegurar-se de que não havia nenhuma novidade sobre Harry. Tinha recomendado que fosse muito cuidadosa durante uma semana e que se preparasse para partir no oitavo dia. Já tinham transcorrido cinco desses dias.


Encaminhou-se ao dormitório em busca da carta, que já tinha parcialmente escrita; logo se instalou na balança e acendeu um abajur de pé a seu lado. Com o som do televisor como fundo, seguiu escrevendo a carta.


Um momento depois Gina levantou a cabeça, sobressaltada, para ouvir que o locutor de televisão anunciava: "Interrompemos nossa emissão especial sobre a situação da China, para informar o último acontecimento ocorrido na busca por Harry Potter. Segundo a polícia de Orange County, Califórnia, Potter, que fugiu da Penitenciária Estatal de Azkaban, onde cumpria uma condenação de quarenta e cinco anos pelo assassinato de sua esposa, foi visto em Los Angeles por um de seus antigos conhecidos. Essa pessoa, cuja identidade não foi ainda revelada, afirma que não há dúvida de que se tratava de Potter. Essa informação, adicionada ao descobrimento de que o criminoso fugitivo tem feito ligações telefônicas ameaçando de morte vários integrantes do elenco e da equipe técnica do filme Destino que estavam presentes no set ou nas proximidades do lugar da morte de sua esposa, intensificou a busca do prisioneiro. A polícia de Orange County está advertindo a todos os que se encontravam no set de Destino que procedam com extrema cautela, posto que se sabe que Potter está armado e é perigoso."


A caneta e a carta escaparam das mãos de Gina e caíram no piso quando ela ficou de pé de um salto, olhando fixo para a televisão. Lutou para se controlar e recolheu a carta e a caneta. É falso! Pensou. Tinha que ser falso! Algum louco que fingia ser Harry para assustar as pessoas e ser notícia.


É obvio que é um engano, decidiu, apagando a televisão. E foi se deitar.


Mas quando por fim ficou dormida, seus sonhos estavam cheios de espectros sem rosto que, ocultos nas sombras, gritavam-lhe advertências e uivavam ameaças.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.