FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo



______________________________
Visualizando o capítulo:

10. Conversas e Surpresas


Fic: Uma Paixão Escondida...


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

# Remember #
Agora imaginem a reação dela quando deu de caras com isto:http://weheartit.com/entry/38827940/via/emeraldmalfoy deu-lhe de imediato um abraço muito forte (tipo este http://weheartit.com/entry/38463336/via/Andy_ss), então ele tirou do bolso um papel que dizia: http://weheartit.com/entry/38815587/via/_adrienneee16 .
- És tão querido! Mas o que fazes aqui?! – Ela estava radiante.
- Recebi a tua carta né? Precisavas de um “amigo”. Por isso aqui estou.
- Como conseguiste férias? – Perguntou Mione.
- Falei com o Dumbledore… - Disse entre dentes.
- Draco Lucios Malfoy, tu só mesmo por acaso, não terás mostrado aquele tratado gigantesco que eu te mandei ao Diretor, pois não?!
- Nãoooooooooo, achas? – Disse inseguro.
- Eu já vi tudo, quem não te conhecer que te compre. – Disse, fazendo um meio sorriso.
- Eu não mostrei a carta, mas mostrei a foto. Pronto admito. – Riu-se.
- Que foto o.O ? – Disse ele fazendo-se de parva.
- Esta aqui. – Tirou o papel do bolso.
- Guardas-te isso? Owwwnnnn *.*
- Isso e tenho mais um. – Disse de cabeça baixa.
- Tens?
Ele tirou este papel do bolso: http://weheartit.com/entry/38856927/via/r3tard
Ela sorriu e disse:
- Mas bem mais que uma… - Disse corada.
- Que queres dizer? – Perguntou Draco.
- Shut Up!
Ela pôs-lhe as mãos em volta do pescoço e deu-lhe um beijo super-fofo (tipo este:http://weheartit.com/entry/38999560/via/suicidebird imaginem que são eles pf).
Minutos depois soltaram-se.
- Desculpa. – Disse Draco.
- Pelo que? – Ela estava confusa, mas sorridente.
- Já tinhas dito que não querias isto e…
- Just Shut Up! – Disse ela interrompendo-o e beijando-o de novo (tipo este:http://weheartit.com/entry/38631909/via/emmilyuni , mas mais longo).
- Huum, eu calo-me, eu calo-me.
- Não sejas parvo. – Abraçou-o.
Ele fez um beicinho muito fofo e ela apertou-lhe as bochechas dando-lhe um beijinho fofo na face.
# Remenber #
(Foi fofo não foi? Bem como devem calcular eles voltaram para o funeral, mas eu vou passar isso à frente porque, meus amores se eu for contar tudo o que imaginei quanto ao funeral vocês vão chorar muito! Se alguém quiser que eu adicione isso, eu faço um capítulo especial com a versão completa deste capitulo, ok? Tem é de me dizer nos comentários. Vou prosseguir, volto a vocês lá em baixo. *o*)
Hermione voltou para o funeral e ainda esteve lá algum tempo, Draco tinha saído com a promessa de se encontrarem mais tarde. Entretanto ela foi ter com Luna e Ginny e levou-as à estação, mas sem se esquecer claro de lhes contar as novidades…
- Oh, e agora? Que pensas fazer? – Peruntaram.
- Tipo meninas, não sei mesmo. A única coisa que eu sei neste momento é que gosto mesmo dele. Já não estou nada indecisa quanto ao que sinto por ele, eu gosto mesmo dele!
- Vais ter uns dias para esclarecer isso agora.
- Sim, mas sinceramente não sei Ginny… Não sei o que fazer!
- Tens tempo de pensar nisso, qualquer coisa, mandas uma coruja né? – Disse Luna.
- Sim… Vou ter tantas saudades vossas! – Disse com uma lágrima no canto do olho.
- Vemo-nos em breve, vamos falar com o Dumbledore e pedir o próximo fim-de-semana, ok? – Disseram elas com um enorme nó na garganta.
- Obrigada meninas. – Ela começou a chorar copiosamente…
Elas abraçaram-se e Ginny e Luna tiveram de entrar para o comboio… Hermione sentou-se no banco da estação e ainda esteve aí a chorar por um tempo. Então o guarda da estação foi lá falar com ela, perguntar se ela estava bem. Ela acenou que sim com a cabeça e saiu.
# Draco pensamentos #
Onde é que ela anda? Já passaram mais de 3 horas da hora de partida do comboio. Estou a ficar preocupado e se ela não estiver bem?
Tenho de a procurar.
# Draco pensamentos #
Então ele saiu de casa dos pais de Hermione onde tinha estado até então e foi procura-la. Andou as voltas quase 2 horas porque não conhecia a zona, mas acabou por dar com ela deitada sobre a relva húmida de um parque. Aproximou-se dela, ela parecia adormecida, mas não estava. Ela chorava ainda.
- Então? – Disse passando-lhe a mão pelo cabelo.
- Então. – Fez um sorriso forçado.
- Estás bem? – “WTF, podia ter arranjado uma pergunta menos ridícula não?” – Pensou.
- Achas?! – Disse, depois percebeu que ele o disse sem querer. – Desculpa. Estou muito tensa e descarreguei em ti.
- Oh esquece isso. Também foi uma pergunta parva. – Fez um meio sorriso (tipo este: http://weheartit.com/entry/38683258/via/makeitrightt)
- Pois… - Ela não sabia bem o que dizer.
- Sobre à bocado… - Começou ele corado.
- Sim… - Ora, era sobre isso que ela queria falar.
- O que faz isso de “nós”? – Ele temia até a resposta.
- Não sei. Estou confusa. – Isso era uma completa mentira. Ela estava bem certa do que sentia por ele, mas não sabia como o dizer, por isso limitou-se a baixar o olhar. Uma lágrima ainda escondida escorreu pelo seu rosto. Draco levantou-lhe o queixo, olhou-a nos olhos e limpou-lhe a lágrima com o nó do dedo.
- Não, não estás. Estás perfeitamente tranquila quanto ao que sentes, mas tens medo que não seja o que quero ouvir ou que eu não pense da mesma forma! Verdade ou Mentira ein?
- Quando passas-te a ser minha mãe? Ou a conhecer-me como ela? – Disse muito chocada.
- Ahahahaha à um tempo já. Mas voltando ao assunto, o que é que isto faz de nós?
- Não sei… Acho que faz de mim a rapariga tonta que pensa que algum dia vais olhar para ela durante mais do que um mês, e de ti o rapaz concorrido que diz que vai olhar para mim, mas que pode seriamente não o fazer.
- Pois… Eu… Não sei, mas acho que o único tonto aqui sou eu. Se algum dia fizer isso, não sei amor… Não sei mesmo. – Ele estava confuso. (Ele guardava um segredo, algo que se tinha passado enquanto ela estivera fora, mas disso falo-vos mais tarde. Volto a vocês lá em baixo.)
- Faz de nós namorados? – Perguntou a medo.
- É o que queres?
- Por um lado sim, por outro tenho receio que não consigamos aguentar a “pressão”.
- Pois, não sei.
- O que se passa? A tua frase do dia é “não sei”? Estás a esconder alguma coisa? – Ela já estava a ficar irritada com a do não sei.
- Não nada disso, é só que não quero pressões, só isso.
- Olha, eis o que vamos fazer, quanto tempo ficas cá?
- O mesmo tempo que tu. – Respondeu pesarosamente.
- Então pronto durante esse tempo, vamos… Deixar andar, ver no que dá.
- Ok, vamos fazer isso então. – Sorriu forçadamente.
Então eles abraçaram-se e seguiram caminho.
 
A viagem de comboio tinha acabado. Ginny e Luna desembarcaram na estação onde tinham Ron e Harry à espera. Ron tinha ido com Harry com o pretexto de lhe fazer companhia, mas todos sabemos que os seus motivos eram outros né?
Harry e Ginny foram indo à frente enquanto Ron e Luna se deixaram ficar propositadamente para trás.
- Então…
- Nem penses nisso! – Exclamou Luna muito rápido.
- Em que? – Disse assustado.
- Em começar a nossa conversa com um “Então”, isso leva a conversas tristes e deprimentes, por isso se tentar se quer lanço um Nargle bem na sua cara!
- Pronto, pronto. Já animaste a conversa, deprimente agora não pode ficar!
- Shut Up Weasley.
- Como quiser menina. O que deseja fazer?
- Uma coisa apenas, mas não sei se vais gostar. – Fez beicinho.
- E pode saber-se o que?
Já estão a imaginar não é? Ela beijou-o (http://weheartit.com/entry/40066226/via/mariahaddad puxem pela imaginação por favor.)
- Gostei sim pequena. – Sorriu.
- É pequena, mas passa-te bem a perna! – Voltou a beija-lo: (http://weheartit.com/entry/40033465)
- Isto é namoro pikenna?
- Depende…
- De quê? – Perguntou ele.
- É isso que queres? – Perguntou ela.
- Quase desde que te conheci.
- Então acho que é oficial! – Disse corada.
Eles saíram dali com um enorme sorriso na cara e dirigiram-se ao Salão Nobre.

Oie Lindos/Lindas
Vou dizer-vos uma coisa, não foi o meu melhor capitulo, mas eu já planeie o próximo. T
Se alguém quiser que eu faça então uma versão completa deste capitulo com promenores do funeral avise nos comentários.
Beijinhos
#Nox 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.