FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo



______________________________
Visualizando o capítulo:

8. Revelações


Fic: Uma Paixão Escondida...


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

# Remember #
- E tens algum motivo em particular para me queres apanhar sozinho? – Levantou as sobrancelhas e sorriu.
- Bem até tenho… - Ela chegou para junto dele.
- Ai que querida, tás com saudades de ver a minha carinha linda é?
- Sim, sim… - Ela apertou-lhe a cara
- Ai, que me aleijas rapariga. – Ela largou-o e ela sorriu.
- Não te sabia tão fraquinho Longbottom. – Ela fugiu rapidamente da beira dele.
- Espera aí? Quem te deixou usar o meu apelido menina? - Ele correu atrás dela e quando a apanhou caíram os dois ao chão. – Quem é o fraquinho agora?
- Continuas a ser tu. – Deu-lhe um pequeno beijo na face e saiu de cima dele.
- Olha o respeito. – Disse corado. Levantou-se e sentou-se ao pé dela
- Não te devo obediência.
- Mas deves-me outra coisa…
- E pode saber-se o quê?
Ele não respondeu aproximou-se dela e quando estava para a beijar ela recuou.
- Espera, não quero que seja assim.
- Assim como? – Ele parecia realmente confuso.
- Ainda gostas da Luna, não quero ser a substituta dela, não quero que faças isto para a esquecer. – Ela baixou a cabeça.
- Não estou a faze-lo por isso. – Sorriu. – Acredita!
Ela sorriu e…
# Remember #
Eles estavam mesmo para se beijar, quando o Seamus entra…
- Wow, wow. Calma com isso tudo. Não estou preparado para ver estas coisas tá? Controlem-se crianças. – Disse enquanto tapava a cara com as mãos e se ria.
- Cala-te Finnegan… - Gritou-lhe Katie.
- Sim, Seamus, ganhavas mais caladinho… - Estavam ambos corados (ele e Katie).
- Mas que barulheira é esta? – Snape entrou de repente… - Isto não é sítio!
- Desculpe. – Disseram Katie e Neville, Seamus tinha escapado por trás dele antes de ele o ver.
- Desculpas não emendam erros. Castigo, os dois!
- Mas… - Disseram irritados.
- Sem mas, duas semanas mais uma palavra e passa a 2 meses! –
Eles baixaram a cabeça… Snape saiu…
- Devem tê-lo mandado lavar o cabelo… - Disse Neville entre dentes.
Katie riu e olhou para ele. Ele retribuiu o olhar e ia dizer alguma coisa, mas o barulho da sua barriga estragou o momento.
- Segundo o meu relógio, é hora de jantar. – Disse com a mão no estômago.
- Tu não existes. – Disse. – Vou à sala comum agora, vemo-nos ao jantar. – Deu-lhe um pequeno beijo na face e saiu.
Neville corou e levou a mão à face… Estava realmente a começar a gostar dela.
 
Enquanto isso Hermione continuava a dormir encostada no ombro de Draco que não sabia bem o que fazer, até que viu Ginny a passar.
- Hey, Weasley. Podias pedir ao Potter para vir ter comigo aqui por favor?
- E porque faria isso.
- Por favor é importante… - Draco baixou o olhar.
Ela percebeu que realmente era importante, acenou com a cabeça e foi chamar Harry. Cerca de 5 minutos depois ele já lá estava, ao ver Hermione a dormir encostada a ele um monte de perguntas veio à sua cabeça e não teve problemas em despeja-las todas de uma vês. Draco contou-lhe a história toda, desde o princípio. Desde o beijo até ao telegrama que ele recebeu dos pais.
Harry ficou muito confuso com tudo, mas lá assimilou a informação.
- Então recapitulando: tu gostas dela, ela está confusa, quase se beijaram uma vez, depois chegaram a beijar-se, agora são amigos, querem andar devagar e ela recebeu um telegrama dos pais a dizer que a madrinha morreu e foste tu que a tentaste reconfortar? – Harry disse aquilo muito rápido.
- Bem antes de mais, mereces um aplauso. – Ele bateu palmas. – E acertas-te em tudo…
- Há uma coisinha que eu não percebo…
- O quê?
- Porque me chamaste a mim se me odeias?
- Porque não tenho ninguém… O Crabbe e o Goyle iam rir-se talvez pior. Apesar de nunca termos sido amigos, achei que eras de confiança. – Draco não acreditava no que ia dizer... – Provavelmente, serias muito mais meu amigo numa hora do que eles foram estes anos todos.
- Bem nem sei o que te diga. – Ele pôs-lhe a mão no ombro. – Mas sei o que é sentir que não temos ninguém.
- Eu não mereço de todo a tua ajuda, mas não sabia a quem mais recorrer. – Draco baixou o olhar.
- Esquece isso, nem que não quisesse perdoar-te. Todos me dizem que sou bom de mais. Portanto sim, eu ajudo-te e se é de um amigo que precisas, não te vou virar as costas… Já me fizeram isso… - Baixou também o olhar.
Então eles acordaram Hermione e Harry foi com ela até à sala comum. Não desceram para o jantar, ficaram os dois na sala comum a falar sobre o que Draco tinha contado a Harry. Acharam melhor não contar já a Ron, apenas passadas quase 2 horas desceram para ir comer qualquer coisa à cozinha.
No dia seguinte Luna estava sozinha no Pátio Principal a ler um livro, não reparou em Ron que se aproximava.
- Adivinha quem é?! – Disse tampando-lhe os olhos com as mãos.
- Não sei deixa ver. – Disse pondo-lhe a mão na cabeça e puxando-lhe o cabelo. – Seja quem for, tem o cabelo forte, não cai nem por nada. – Disse puxando com mais força.
- Pronto, pronto para! Já sei que percebes-te.
- Tava a brincar contigo!
- Magoas-te o Ron. – Disse fazendo beicinho.
- Oh desculpa piqueno! – Disse dando-lhe um beijo na face.
- Não sei se estou convencido! – Disse ligeiramente corado.
- Pois sim, não abuses.
- É verdade a quem é que chamas-te piqueno? – Disse ele com um olhar meio ameaçador meio envergonhado.
- A ti. – Riu-se.
Ron cruzou os braços e fez-se de amuado.
- Anda amuadinho, vamos para o campo de Quiddtch. – Ela agarrou-lhe não, mão ele sorriu e lá foi.
Já no campo de jogos, estiveram um bom tempo a conversar e tal, mas o clima estava pra lá das conversas… Bem para lá. Neville passou por eles e chamou Ron à parte.
- Ela já sabe?
- Ela diz que sim, mas que ainda não esta pronta para falar disso…
- Sejo como for é toda tua! – Disse corado.
- Como assim? – Ron sorriu.
- Durante anos gostei dela, ela nunca gostou de mim. Parti para outra! – Pôs a mão no ombro de Ron. – Tens a minha bênção.
- Obrigada amigo. – Apertaram as mãos.
Neville foi ter com Katie ao castigo e Ron voltou para o pé de Luna.
- Que é que o Neville queria?
- Coisas de rapazes loirinha. – Disse feliz.
- Nesse caso nem quero saber.
- Olha, tenho de te perguntar uma coisa.
- Chuta. – Disse pensativa.
- O meu perfume é-te familiar. – “Nem acredito que comecei assim” – Pensou.
- Sim… - Disse ela de cabeça baixa.
- Muito me contas – Disse ele. Pegou no queixo dela e levantou-o. – Huuummm…. De onde.
- Diz-me tu… - Ela corou.
Ele riu e beijou-a (http://weheartit.com/entry/37214908 imaginem que são eles). Eles soltaram-se.
- Sempre soube que eras tu. – Disse entre dentes ainda corada.
- Sempre soube que sabias. – Respondeu também corado.
Eles abraçaram-se.
Neville tinha ficado a ver a cena toda, e não se sentia nem um bocadinho ciumento. Estava feliz por eles, e sinceramente não tirava a Katie da cabeça. Foi então ter com ela.
- Oi Kate.
- Oie! – Respondeu. – Trocaram sorrisos.
- Ainda não chegou o nosso querido professor? – Disse rindo-
- Não, porquê? – Fez um olhar provocante.
- Porque isso dá-nos tempo… - Retribuiu o tipo de olhar.
- Tempo para que?! – Sentou-se ao pé dele.
- Verás…

Oieee wiiindos *.*
O que acham da fic até agora? Não tenho tido muitas opiniões... :(
Vale a pena escrever +?
Curiosos? Fiquem par ver... Próximo cap em breve.
Kiss <3
#Nox 
xx 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.