FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

20. Desviando Caminhos parte 1


Fic: Os Sete Desafios


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


Hermione estava sentada numa cadeira com os braços e pernas cruzados, numa postura um tanto concentrada, os olhos semicerrados estavam focados na garota oriental, um ano mais velha, deitada sobre sua cama diante de um Harry muito preocupado ao lado de Luna que permanecera em silencio desde a chegada do professor Lupin.


A grifinória estava em profunda contradição. Sua mente trabalhava numa velocidade impressionante quanto às possibilidades que levaram à Chang a sofrer tais conseqüências. Lupin apontava a varinha para ela tentando fazer uma varredura do seu núcleo mágico, mas não recebia sinal algum em resposta.


As sobrancelhas grossas do professor estavam franzidas contra o olhar cético do lobisomem. A garota estava desacordada a pouco mais de meia hora e nenhum dos feitiços enervantes que conhecia a acordava. A palidez de Cho aparentava ficar mais evidente a cada tentativa sua, e logo ele decidiu parar de usar magia temendo prejudicar a corvinal.


Os olhos verdes de Harry estavam presos na oriental. Ele estava aflito, em choque desde a chegada de Luna com a garota desacordada, o moreno não estava preparado para essa descoberta de Luna. Cho Chang seria a ultima pessoa que iria concluir o desafio e validar completamente seu vinculo mágico com Hermione. Essa afirmação era algo complexo demais para acreditar e assustadora demais para lidar sozinho.


-Temos que levá-la a algum especialista em St Mungos! Madame Pomfrey poderia examiná-la, ela voltou esta manhã à Hogwarts!!!


Sugeriu Harry para o espelho onde Sírius assistia a toda cena com uma expressão severa, mas Hermione o interrompeu.


-Se fizermos isso teremos que revelar o diário de Lily Potter aos aurores do ministério e podemos ser expulsos do mundo mágico pela prática ilegal de um ritual de sangue envolvendo sete menores de idade!!! Sírius nós não podemos arriscar sem ter certeza do que realmente aconteceu!!!


Defende a monitora ficando de pé e tomando o espelho de Harry.


-Não podemos deixá-la morrer por causa das suas dúvidas Hermione!!!


Bradou Harry encarando a morena com descrença.


-Não a deixaremos morrer Harry!!!


Hermione quase grita, sentindo-se indignada com as palavras de Harry, ele achava mesmo que ela seria capaz de deixar o medo do ministério a impedir de salvar uma vida? Isso ofendia não só os sentimentos da grifinória como também sua inteligência. Ela ficou furiosa.


-Todos os sinais vitais da Cho estão estáveis com exceção desse estado de inconsciência!!! O que está acontecendo é que alguma coisa está bloqueando a magia dela, talvez até mesmo seu núcleo mágico e seu corpo não está respondendo as tentativas do professor Lupin!!!


Explica Hermione impaciente entregando novamente o espelho a Harry que a encarava confuso e ao mesmo tempo desconfiado. Hermione estivera muito estranha desde a chegada de Luna e Cho Chang. Os olhos do monitor acompanharam Hermione que se aproximava de Remo.


-Professor Lupin... acredito que a magia que estamos usando possa estar prejudicando mais ainda seu núcleo mágico... talvez... um método trouxa possa ser mais eficaz nessas condições!


Sugere Hermione em seu tom mais sério, evitando encarar a corvinal logo ao seu lado, na cama. A forma da rosa no braço dela, a perda da magia, a palidez e não lembrar como tudo havia acontecido... eram sintomas agressivos demais e segredos demais. Havia algo muito errado nessa história, ela podia sentir com todos os seus instintos e razão em alerta.


-Tem razão Hermione! Senhorita Lovegood, poderia conseguir um pouco de álcool e vitaminas trouxas com Dobby?


Pede o professor à corvinal que assente com o rosto antes de sair do quarto.


-Agora vocês dois!


Anuncia Remus pegando o espelho e se voltando para os dois grifinórios no quarto.


-Estamos passando por um momento muito delicado, não podemos confiar em qualquer bruxo dentro de Hogwarts com exceção de Dumbledore, no entanto seus passos estão sendo monitorados de perto pelos aurores! O ministério está sob o controle de pessoas perigosas e o diretor precisa manter o controle nos limites do castelo!!! Precisamos trabalhar em equipe!!! Tonks foi encontrar Rony, Ginny e Draco Malfoy!!! Se não fizermos a coisa certa, temo que todos vocês sofram as mesmas conseqüências que a senhorita Chang!


Hermione ficara pálida enquanto Harry parecia ter levado um soco na boca do estômago. Seus olhos alcançaram Hermione, ela respirava pesadamente e apertava as mãos sobre a sua varinha. Não era um bom sinal, pensou Harry.


-Não é possível!


A voz dela saiu quase num sussurro.


-O que disse Hermione?


Questiona Sírius no espelho e Remo o posiciona de forma a ver Harry e Hermione diante dele.


-Eu li o diário mais de vinte vezes... estudei cada significado por trás das runas, li e projetei todas as possibilidades e nada do que esta acontecendo à Cho Chang corresponde as informações dos livros!


Anuncia um pouco mais alto, mas sua voz tremia.


-Hermione nem sempre os livros estão certos!


Repreende Harry estreitando os olhos para a monitora que vira o rosto encarando o namorado com mágoa.


-Você não entende Harry? Todo ritual de sacrifício tem um período, um axioma inquebrável e um determinado alcance!!! As runas garantiam que se alguma conseqüência fatal for gerada quem deve responder é a pessoa diretamente ligada ao objeto do ritual!!!


Agora a grifinória parecia perder a calma, seus olhos ardiam, mas ela se proibiu de chorar.


-Está insinuando que a Cho esteja mentindo?


Questiona Harry perdendo a paciência e aumentando o tom de voz.


-Harry, a Hermione não disse isso! Ela está apenas usando a lógica!


Interfere Remo colocando uma mão sobre o ombro do grifinório.


-Se Hermione diz eu acredito nela! Nunca conheci alguém mais inteligente que Hermione... depois de Lily... Se existe alguém capaz de entender cada enigma naquele diário seria Hermione...


Anuncia Sírius finalmente se fazendo ouvir. Harry o lança um olhar irritado e confuso enquanto a grifinória respira fundo sentindo-se aliviada por alguém confiar nela.


-Eu não estou duvidando da Hermione! Seria loucura fazer isso!!!


Defende-se Harry ainda encarando Sírius.


-Mas, ela também pode cometer erros, não seria culpa dela, mas se esse ritual é proibido deve ter algo haver com o que aconteceu à Cho!!!


As palavras de Harry atingiram Hermione com o poder de um furacão. Sua visão estava embaçada pela eminência de lágrimas. Ela não tinha errado, ela tinha certeza absoluta disso. Nenhum dos envolvidos sofreria perda da sua capacidade mágica mesmo se deixassem de cumprir o desafio recebido, pois quem colocara seu sangue e jogo fora a própria Hermione, a magia seria levada somente dela e de mais ninguém.


-Harry... se ela estar perdendo a magia significa que...


Começa a falar Hermione, mas Luna entra com uma cesta trazendo as coisas que Remo pediu e logo Hermione retorna à cadeira cruzando os braços com força e desviando o olhar de Harry para a janela enquanto tentava evitar a queda de suas lágrimas.


Harry estava ao lado de Remo que tentava novamente acordar Cho, enquanto Luna escondia o espelho de Sírius atrás da capa da invisibilidade de Harry para quando os seus amigos chegassem não percebessem a “presença” do fugitivo mais procurado de Azkaban.


-Har... Harry?


A voz de Cho era fraca e aos poucos a oriental abria os olhos negros fitando o menino que sobreviveu.


-Eu estou aqui Cho!!! Você está bem?


Pergunta o grifinório segurando a mão da corvinal quando Remo transmuta um copo com água para Cho tomar as vitaminas trouxa, o lobisomem estava aliviado que a sugestão de Hermione tenha dado certo. Nesse momento Hermione sente o coração apertar e um sentimento feroz de posse tomar conta de sua razão.


Ela levanta bruscamente da cadeira disposta a brigar, gritar, acusar ou até interrogar a oriental somente para mantê-la longe de Harry, para fazer com que o grifinório percebesse que ela tinha razão, porém é impedida por Luna que segura seu braço suavemente a fazendo encará-la.


-É difícil quando ninguém acredita em você não é?


Questiona a corvinal deixando Hermione paralisada. A monitora-chefe piscou os olhos duas vezes em surpresa antes de responder num sussurro.


-Você também não acredita em mim Luna? Acredita que eu errei e que Cho está perdendo a magia por minha culpa?


Pergunta a grifinória com desespero em seus olhos.


-Você é Hermione Granger, você não comete erros especialmente seguindo os conselhos de um bom livro... e de seu coração! Acredito que fez a coisa certa!


Responde Luna lançando um olhar de relance sobre o diário de Lily escondido entre outros livros de Hermione.


-Não deixe os Drifikies confundirem sua cabeça, existem muito mais mistérios envolvidos nesse ritual que as palavras de Lily poderiam revelar!


Completa a loirinha com um sorriso encorajador que deixou Hermione preocupada. Luna parecia falar em códigos, no entanto a corvinal dificilmente estava errada. Hermione refletiu as palavras de Luna antes de lançar um olhar triste em direção à Harry que estava conversando com Cho e Remo.


-Então você concorda com o Harry... que eu deixei algo escapar?


Questiona Hermione sem perceber a primeira lágrima escapar por seu rosto. Ela se sentia exausta.


-Não estou concordando com o Harry, nem discordando! Algo grande está para acontecer... e a Cho será a chave disso!


Explica Luna com os olhos brilhando enigmaticamente.


-Queria poder acreditar nisso Luna!


Murmura a grifinória antes de sair do quarto e esperar os amigos do lado de fora de seu próprio quarto.


..........................................Harry Potter..........................................


Rony seguia a passos acelerados para a torre grifinória, estava ansioso para encontrar Luna e sabendo que Remo, Hermione e Harry também estavam lá, temia que algo de mal tenha acontecido em relação ao ritual e seus respectivos desafios.


Estava se sentindo culpado, deixou a loirinha sem noticias desde que saiu do grande salão disposto a matar Blaise Zabini pelo que tinha feito à Ginny, e por mais que estivesse satisfeito com o estrago que causara ao rosto do sonserino ele temia pela segurança da sua linda corvinal.


Será que alguém a machucara novamente? Seus colegas de casa a fizeram chorar? Alguém ousou insultar sua loirinha? O sangue do ruivo estava subindo à cabeça quando apertou o passo, precisava ver Luna com seus próprios olhos.


Tão perdido em pensamentos que não notou uma série de Nargles atravessando os corredores a sua procura até um deles ir de encontro aos seus bolsos e puxar a varinha fora. Rony sentiu a falta da varinha pouco depois e virou-se para Draco com os olhos em fendas assassinas.


-Pára de encher Malfoy!!!


Grita Rony para Draco que o encara estupefato.


-Ficou louco Weasley?


Questiona o sonserino o encarando como se fosse um elfo doméstico de péssimo gosto.


-Eu sei que foi você!


Acusa Rony.


-Que foi ele, o que, Rony?


Pergunta Ginny confusa.


-Essa doninha roubou minha varinha!!!


Grita Ron estreitando os olhos para o loiro.


-Para que me serviria esse lixo que você chama de varinha?


Questiona Draco perdendo a paciência, só poderia ser alguma maldição! Todos os Weasleys da face da terra estavam determinados à atormentá-lo.


-Escuta aqui Malfoy ou me devolve logo essa varinha ou...


Começa ameaçadoramente Rony, mas fica estático ao perceber sua varinha flutuando em pleno ar, poucos metros atrás de Ginny sendo segurada por um monte de Nargles muito nervosos, atrás destes, Nargles ainda maiores, do tamanho de duas goles de quadribol, o ruivinho engoliu seco.


-Ron? Rony??? RONALD???


Questionava Ginny passando a mão e frente ao rosto do irmão que a encarava horrorizado. Draco vira-se para Ginny sem entender nada até que Rony puxa os dois para trás de uma coluna de mármore e avisa.


-Quando eu der o sinal, vocês correm!!!


Explica Rony assustado com o número de bichinhos mágicos que atravessavam aqueles corredores. Draco estava ficando vermelho de raiva.


-Weasley perdeu o...


Antes que Draco terminasse a frase Ron o interrompe novamente.


-SHHHHHHHHHHHHHHH!!! Cala a boca Malfoy!!!


Exige o ruivo sem tirar os olhos de sua varinha voando sobre a cabeça de Ginny, perigosamente apontada para ela. A ruiva olha em volta preocupada, mas não encontrava nada, Rony estava estranho demais de uma hora para outra, agindo como se visse fantasmas... mesmo assim nem mesmo fantasmas o assustariam assim, porém, antes que tivesse a chance de perguntar algo ao seu irmão ele grita.


-Accio Varinha!!! Lumooooooooooooooosss!!!


A varinha retorna à sua mão, no entanto os Nargles furiosos com a luz em seus olhos avançam sobre os três.


-Agora corram!!!!


Grita Rony puxando a mão de Ginny que assustada segura a mão de Draco que acaba por ser arrastado junto aos dois Weasleys.


.......................................Hermione Granger..........................................


Jason encarava os olhos azuis do diretor com certa desconfiança, Alvo Dumbledore não era conhecido por perder a paciência com seus adorados alunos de Hogwarts, mas deixara bem claro para o lufa-lufa que reprovara o seu comportamento com Cho Chang e Luna Lovegood.


-Sente-se senhor Stuarts! Gota de limão?


Pede solenemente o diretor sentando-se com sua fênix empoleirada ao encosto de uma estante.


-Não, obrigado!


Obedecendo ao diretor, o monitor-chefe da Lufa-Lufa sentou-se rapidamente.


-Acredito que temos muito o que conversar não é mesmo Jason?


Questiona numa voz pacífica o velho diretor.


-Sim professor... Quero deixar claro que não queria machucar a senhorita Chang! Apenas não nos é permitido entrar em salões comunais que não pertençam à nossa casa, elas estariam infringindo as regras quando...


Defende-se Jason apontando seu ponto de vista ao diretor que balança negativamente a cabeça ao interromper o monitor.


-Nós dois sabemos bem que esta não é de longe a verdadeira razão para sua preocupação com a senhorita Chang!


A voz de Dumbledore tornara-se mais grave, Jason ganha uma expressão séria e desvia o rosto para encarar qualquer outro ponto na sala que não fosse seu diretor.


-Não tem nada para falar sobre isso, senhor Stuarts?


Questiona Alvo olhando para ele com curiosidade por cima dos óculos.


-Ela não é uma pessoa confiável! Só isso!


Responde duramente o monitor-chefe voltando a encarar Dumbledore.


-Muitas pessoas não são! Mas, nada justifica a forma como se referiu á Cho Chang mais cedo, assim como tratou a senhorita Lovegood, receio que o devo atribuir uma detenção à altura... mas, como detenções estão proibidas pelos aurores... enviarei uma carta aos seus pais!


O lufa-lufa engasgou com a própria saliva.


-No entanto este ainda não será o foco da nossa conversa...


Continua tranquilamente Dumbledore até Jason se pronunciar.


-Sobre o ataque à Hermione Granger no campo de quadribol... eu já disse que o bruxo que a seqüestrou parecia Rúbeo Hagrid...


Começa Jason até Dumbledore o interromper levantando a mão numa ordem clara para silenciar-se.


-Não é sobre o Hagrid que iremos conversar agora! Este é um assunto de preocupação dos aurores e não para um monitor-chefe!


Anuncia com firmeza o diretor.


-Eu sei o que vi diretor!!! Era o nosso guarda-caça que estava à espera de Hermione àquela manhã!!!


Defende-se Jason fechando as mãos em punhos.


-Nossos olhos podem nos enganar de diversas formas senhor Stuarts!


Alerta Dumbledore sem alterar o tom de voz, fato que deixou o lufa-lufa mais irritadiço ainda.


-Com todo o respeito diretor... Meus olhos não se enganaram! Eu o vi e ouvi lançar imperius sobre Hermione e fazê-la me atacar contra sua vontade, eu quase perdi a minha vida e vocês ainda defendem aquele gigante!!!


A revolta do monitor teve fim quando a fênix agitou-se emitindo um grasnar estridente, assustando Jason.


-Recomendo que mantenha a calma senhor Stuarts, vos aconselho a não precipitar-se em tais acusações!!! Todos que ouviram sua versão dos fatos levaram o assunto aos aurores e este é o tema da nossa conversa!!! Os aurores insistem em colher seu depoimento sobre veritassenssun!!!


Jason perdera toda a cor, seus olhos congelaram na imagem do professor.


-Eles não podem fazer isso!!! Estamos em Hogwarts, sou menor de idade ainda e...


Começa desesperado o lufa-lufa quando Dumbledore o alerta.


-O ministro Fudge não parece se preocupar com o estatuto escolar quando a segurança do menino que sobreviveu esta em jogo!


Agora Jason engoliu seco movimentando a cabeça afirmativamente. Ele estava perdido.


-O que eu preciso fazer diretor???


Questiona o monitor angustiado.


-Primeiramente... esclarecer o verdadeiro motivo que o levou a encontrar a senhorita Granger àquela manhã!


..............................Ronald Weasley..............................


Rony, Ginny e Draco corriam pelos corredores de Hogwarts como três malucos. Corriam sem rumo, mas, desesperadamente, sem descanso. O ruivo estava realmente disposto a fugir da fúria daqueles bichinhos cuspidores de fogo, o problema era que ele não sabia como se livrar deles... e para complicar, Ginny e Draco não faziam idéia do que estavam fugindo.


-Ron... RONY PÁRA OU VOU TE ESTUPORAR AQUI E AGORA!!!!


Gritava Ginny extremamente vermelha e ofegante. O grifinório para relutante enquanto Malfoy solta-se de Ginny e apóia as mãos sobre os joelhos recuperando o fôlego. Infernos nunca havia corrido tanto assim em toda sua vida, estavam próximos ao lago negro, mais distantes do que esperavam da torre da grifinória.


-O que raios estava pensando nos trazendo para cá Weasley???


Exige Draco furioso. Ron, no entanto observava atentamente o local em busca dos Nargles malignos que o seguiam a poucos momentos atrás.


-Eles estão armando uma emboscada!


Alerta Rony sem dar ouvidos aos gemidos de protesto de Ginny.


-Quem diabos está armando uma emboscada? 


Questiona Draco perdendo a paciência e quase partindo pra cima do ruivo quando Ginny agarra seu braço, lançando um olhar que avisava para deixar “ela” lidar com isso.


-Rony, me diz o que aconteceu lá dentro?


Pergunta ao grifinório o puxando pelo ombro, mas ele vira-se bruscamente segurando o pulso de Ginny.


-Nargles... eles estão revoltados comigo porque eu disse que não existiam... agora querem tirar algo importante de mim!!!


Fala Rony com uma expressão aflita no rosto deixando Ginny assustada até que Draco percebendo o medo nos olhos da ruivinha e as baboseiras que o grifinório falava, tira Ginny do alcance de Ron e começa a discutir com ele.


-Será que o soco da garota afetou seu cérebro? Que maldição são nalgles???


-NARGLES seu imbecil!!!


Corrige Rony automaticamente levando o sonserino a trincar os dentes estreitando perigosamente os olhos.


-Escuta aqui...


Antes que Draco concluísse sua ameaça um grito feminino rouba sua atenção. Quando Draco e Rony se voltaram para Ginny a grifinória estava sendo suspensa pelo ar, mas apenas Ron poderia enxergar os inúmeros Nargles segurando com suas garras vermelhas as vestes de Ginny e a levando para o meio do lago negro.


-Essa não!!!


Praguejava Rony apontando a varinha para os Nargles e murmurando feitiços estuporantes, porém antes de acertar seus pequenos e invisíveis “amiguinhos” Draco o derruba no chão com um único golpe.


-Quer matar sua única irmã Weasley?


A voz do sonserino era mortal, mas Rony grita com Draco.


-Fica fora do meu caminho, temos que salvar a Ginny deles!!!


-Eles quem???


Grita Draco segurando-se para não lançar um avada no grifinório.


-N-A-R-G-L-E-S!!! Você é surdo ou o que?


Esbraveja Rony levantando-se e apontando a varinha para Ginny.


-Libera corpus!!!!


Um feixe de luz branca atinge o corpo de Ginny que despenca de uma altura assustadora até o lago, a grifinória prende a respiração e fecha os olhos com força esperando afundar nas águas frias do lago.


Mas, Draco fora rápido lançando um feitiço de levitação a impedindo de cair no lago e a trazendo de volta à margem.


-Mérlin eu pensei que iria morrer antes de cair no lago!!!


Falava Ginny ainda ofegante pelo susto assim que Draco a ajuda. Ele tinha as mãos protetoramente sob o rostinho pálido da grifinória que ofegava na lembrança de ser jogada de uma altura daquelas.


Não que ela tivesse medo de altura, mas não poder se mover enquanto ia de encontro ao lago negro a deixou apavorada.


-Alguém estava levitando você?


Pergunta o Malfoy estreitando os olhos, se ele encontrasse o culpado o faria arrepender-se amargamente por isso.


-Não!!! Tinha alguma coisa que me puxou para cima e prendeu meus braços!!!


Explica Ginny mostrando as marcas de garras sobre as mangas de suas vestes enquanto Rony lançava raios de luz pelo ar como se fossem tiros mortais até atingir uma a um dos Nargles.


Cada um dos monstrinhos ao serem atingidos transformavam-se em rochas azuis celeste que caíram nas águas geladas do lago diante de um Malfoy e de uma Ginny estáticos. Eram centenas de pedrinhas de todos os tamanhos, o grifinório não parou até derrubar o ultimo deles.


-Agora temos que encontrar Harry, Luna e Hermione!!! Algo muito ruim deve ter acontecido no castelo!!!


Anuncia Rony seguindo para o castelo.


....................................Luna Lovegood...................................


Hermione pensava nas palavras de Luna enquanto tentava superar a vontade de arrancar Harry das garras de Cho e descobrir por conta própria o que aconteceu à corvinal. Ela não queria desconfiar da Cho por ter sido a grande e obviamente evidente “paixão” da vida de Harry, mas...


Ela não tinha culpa de se sentir traída, irritada, desconfiada e levemente descrente da situação da Chang. Como ela poderia ter feito parte do ritual? Como ela chegou até a câmara secreta? Porque não lembraria de nada disso? Porque não procurou Dumbledore ou McGonagall quando percebeu os primeiros sintomas? Ela é uma corvinal, subtende-se que seja inteligente o bastante para saber como agir numa situação dessas.


A monitora fechou os olhos com força e respirando fundo. As palavras de Harry ecoando por sua mente a todo instante. Onde eu teria cometido algum erro? Segui todos os princípios de obediência e sigilo, separei todos os elementos essenciais ordenadamente. Determinada ela começou uma revisão mental quando ouve Luna e Remo saindo do quarto.


-Eu não entendo porque estão demorando tanto!


Questiona Lupin com um semblante preocupado seguido pela loirinha que dava de ombros.


-Os Nargles estão dificultando a chegada deles, mas Ronald trará Draco e Ginny em segurança!


Afirma Luna sonhadoramente diante de um olhar incrédulo do lobisomem que volta-se para Hermione como se pedisse uma explicação lógica para isso, mas a monitora apenas dá de ombros. Estava mais preocupada com Harry que ainda estava no seu quarto com Cho e lançava olhares curiosos para a porta.


-Ela pediu para conversar com o Harry, só isso!


Anuncia Luna sentando-se ao lado da grifinória.


-LUNA????


A voz de Rony ecoou desesperada do lado de fora do dormitório e a loirinha levantou do lado de Hermione e correu para a entrada recebendo o grifinório com um abraço apaixonado.


-Eu estava preocupado com você Luna, haviam tantos Nargles pelos corredores, eles queriam tirar algo importante de mim, quando pensei em você eles me surpreenderam levando Ginny sobre o lago negro!!!


Explica Rony sem desviar os olhos da sua loirinha que morde o lábio inferior em preocupação antes de abraçar novamente o seu namorado herói.


-Eu sabia que iria protegê-la!!!


Revela a corvinal. Atrás deles Draco e Ginny pareciam estupefatos, olhos arregalados e queixos caídos. Hermione levanta uma sobrancelha em curiosidade enquanto Remo mostrava-se preocupado, assim que abriu a boca para perguntar, Malfoy o corta:


-Criaturas invisíveis que se transformam em pedras da lua seqüestraram Weasley fêmea e nos fizeram correr como bando de malucos por toda Hogwarts!!! Nunca mais me obrigue a andar com um maldito Weasley novamente!!!


A voz mecânica e o olhar ainda perdido de Draco levaram Hermione a segurar a vontade de rir do sonserino que demorou mais um tempo antes de retomar a postura indiferente de sempre.


-Já demoraram por tempo demais!


Reclama Remo os trazendo para o dormitório e lançando um feitiço de Muffiato na entrada.


-Hermione traga o Harry, está na hora de conversarmos!


Pede Lupin enquanto Rony e Luna ainda abraçados sentam-se no sofá, Draco joga-se na poltrona e Ginny senta-se em silencio absoluto na cadeira onde antes estava Hermione.


...........................................Ginny Weasley.........................................


Hermione entrava no seu quarto surpreendendo Cho e Harry abraçados. A grifinória estava congelada na porta, com a mão segurando fortemente a maçaneta enquanto seus olhos ligeiramente ampliados estavam focados naquela cena. Sentia seu coração despencando num abismo profundo e seus olhos arderem dolorosamente enquanto segurava as lágrimas.


-Harry...


A voz da grifinória soou como um sussurro, mas fora o suficiente para ser percebido pelos olhos negros de Cho que solta-se do grifinório rapidamente com uma expressão atemorizada chamando a atenção de Harry. Ela queria gritar com ele, saber o que afinal estava acontecendo, queria estuporar a Cho Chang, queria chorar toda essa dor... queria desaparecer daquele lugar.


-Hermione?


Harry parecia surpreso com a presença repentina da grifinória e vendo-a tão assustada paralisada na porta do seu próprio quarto, ele percebeu que ela entendera tudo da pior forma.


-Os outros chegaram! Estamos esperando você!


Responde bruscamente a grifinória sem encarar o moreno e logo depois bate a porta com força. Um silencio desconfortável instaurou-se no quarto da monitora enquanto Harry permanecia parado na mesma posição fitando a porto por onde Hermione saíra.


Mesmo com o tom autoritário, Harry percebeu a voz de Hermione vacilar e sentiu-se culpado, ele queria correr atrás dela e pedir desculpas por ter gritado com ela mais cedo e explicar que não estava acontecendo nada entre ele e Cho.


-Eu sinto muito Harry eu não queria atrapalhar vocês dois!!!


Cho o trás de volta ao mundo real puxando seu braço fracamente com os olhos marejados.


-Está tudo bem Cho, eu preciso ir agora, você vai ficar bem aqui?


Pergunta educadamente o grifinório tentando esconder sua preocupação com Hermione na frente da corvinal.


-Sim, estou bem... pode ir!


Responde a oriental com seu sorriso mais doce. Enquanto isso Hermione volta para seus amigos a passos firmes, as mãos fechadas em punhos com tamanha força que os nós dos dedos estavam totalmente brancos, mesmo com a cabeça baixa, Ginny, Remo, Luna, Draco e Rony podiam perceber uma expressão ilegível, seu olhar estava vazio e a monitora simplesmente sentou-se na ponta do sofá encarando os próprios pés.


-Mione está tudo bem?


Questiona Ginny franzindo a testa diante da reação tão estranha da outra grifinória. Mas, Hermione apenas balança a cabeça positivamente esperando que Harry chegasse para começarem logo aquela reunião.


Pouco tempo depois Harry chega esperando encontrar Hermione antes dos seus colegas, mas todos estavam a sua espera o encarando com expectativa, enquanto a monitora recusava-se a olhá-lo nos olhos para seu desespero.


Com um suspiro resignado, Harry concentra-se na razão daquela reunião e balançando a cabeça em concordância leva Lupin a começar a explicação.


-Esta manhã Cho Chang foi procurar a senhorita Luna Lovegood...


Cerca de meia hora depois, o lobisomem tinha exposto todo o ocorrido despertando a inquietação de Draco, Rony e Ginny.


-Mérlin!


Gritou Ginny.


-Quer dizer que essas coisas de florzinhas podem agir como uma maldição??? Vamos perder nossa capacidade mágica? Vamos virar trouxas???


Questiona Rony horrorizado.


-Não é possível!!!


Questiona Draco incrédulo ficando de pé.


-Você disse que essa coisa de desafio não poderia nos afetar assim Granger!!!


Vociferava o sonserino perdendo a calma acusando Hermione.


-E não pode Malfoy!!! Isso só aconteceu com a Cho!


Defende-se Hermione levantando-se e encarando Draco com um olhar desafiador.


-Faça-me rir Granger! Se aconteceu com ela pode acontecer com qualquer outro envolvido nessa sua loucura para proteger o Potter!


O loiro parecia cuspir cada uma de suas palavras com fúria até Harry levantar-se também se colocando entre ele e Hermione.


-Algo deu errado quando a Cho entrou no circulo na câmara, ela não se lembra de mais nada daquele dia!!!


Justifica Harry diante de um olhar incrédulo de Draco.


-E você acredita nela Potter?


Questiona Draco com ironia quando Lupin os obriga a voltarem aos seus lugares.


-Precisamos manter a calma, todos os envolvidos podem estar correndo sérios riscos até se cumprir todos os sacrifícios!!!


A voz de Remo era grave ganhando a atenção de todos.


-Isso é mesmo ridículo!!!


Responde sarcasticamente o Malfoy, mas dessa vez foi Hermione que colocou Draco em seu devido lugar.


-Em primeiro lugar não podemos afirmar com certeza que Cho é mesmo a sétima pessoa do desafio, ela pode ter uma rosa que seria a flor descrita como uma das sete místicas do ritual, mas nenhuma das nossas se estendeu pelo nosso corpo como a dela!


Começa Hermione em seu conhecido tom de voz autoritário.


-Acredita que o que aconteceu com a Cho possa mesmo não ter nada haver com nossos desafios?


Questiona Ginny perplexa.


-Talvez tenha mesmo uma ligação Ginny, mas não corresponde a nenhuma das possibilidades do ritual de sangue...


Responde Hermione com convicção enquanto Harry lançava um olhar contrariado para a namorada.


-Hermione já se passou um bom tempo, não teria como a Cho aparecer sem mais nem menos com a ultima peça do nosso quebra-cabeça se não fizesse parte desses desafios! Porque você tem que ser tão cética as vezes???


Desabafa o grifinório, todos na sala silenciam diante da declaração de Harry. Os olhos de Hermione finamente encontraram os seus e ele pode perceber tarde demais que dissera a coisa errada.


-O vínculo de sangue é ritual proibido realizado entre duas entidades ou criaturas magicamente ligadas através da união de seus núcleos mágicos conectados pela distribuição de noventa e sete runas célticas num quadrante perpendicular sul estando os envolvidos limitados pela circunferência lunar de proteção... Elementos primários para a iniciação... o guia seria o diário de Lily, o voto de eternidade foi professado por mim no dia que Bellatrix invadiu Hogwarts, o sangue do iniciador fora dado na sala de Dumbledroe quando eu começei o ritual e fora concluído na câmara secreta, por fim... o sacrifício que fora dividido em sete... em forma de flores místicas... atingindo cada pessoa que violou o circulo lunar enquanto enfrentavas os espíritos mágicos!


Hermione respira fundo não encontrando nenhuma falha até então, todos a ouviam impressionados.


-Cada um dos desafios envolve um sacrifício pessoal que irá cruzar os destinos dos envolvidos de forma irreversível, sete luas deverão se passar até que o ultimo sacrifício seja concluído e o vinculo de sangue se torne de uma vez por todas inquebrável! Não existindo magia capaz de subjugar a máxima da união... o vinculo existirá até o dia da morte do iniciador!


A voz de Hermione era firme, porém a grifinória não encarava mais Harry, ela tinha-se voltado para Remo que a fitava com admiração, era como estar diante de Lily novamente.


-Segundo as lendas e livros célticos, assim como os rituais e origem escocesas e as runas do diário, as conseqüências da não finalização do ritual serão revertidas única e completamente ao iniciador do vinculo condenando seu sangue mágico pela sua perpetuidade!


Completa a grifinória respirando desordenadamente.


-Então isso significa que todas as conseqüências condenariam somente a Granger!


Afirma Draco seriamente, seus olhos estavam em fendas quase mortais.


-Mione... se isso está acontecendo somente com a Cho... significa que ela foi reconhecida como iniciadora do ritual? Que ela é que está ligada com o Harry???


Questiona Ginny em choque, os olhos de Harry ampliaram em surpresa absoluta, Rony estava sem palavras, Luna balançava a cabeça negativamente, enquanto Draco encarava Hermione sem expressar qualquer emoção.


-Não é bem assim, um ritual como esse envolve o sangue de Hermione, não haveria como confundir a Cho com a iniciadora quando elas possuem assinaturas mágicas completamente diferentes no seu sangue!


Explica Remo acalmando os ânimos.


-A marca da Cho está drenando toda a magia do seu corpo e até agora apenas métodos trouxas estão a mantendo acordada! Parece funcionar como uma maldição e não um símbolo místico como as nossas!


Completa Luna serenamente segurando a mão de Rony.


-Existe alguma chance da Chang estar mentindo?


Pergunta Rony incerto deixando Harry furioso.


-Se ela estiver mentindo, significa que mais pessoas estão sabendo sobre o ritual ou que o ultimo envolvido não esteja do nosso lado!


Interrompe Ginny ficando preocupada com essa idéia.


-Se essa pessoa não estivesse do nosso lado já nos teria denunciado ao ministério!


Responde Harry sentando-se na poltrona frente à Draco.


-Não é tão simples assim, essa pessoa só poderia nos denunciar se não estivesse envolvida também, nos condenando estaria condenando a si mesmo!


Desafia Hermione lançando um olhar irritado ao moreno.


-No momento a Chang é apenas uma suspeita, ela precisa ser protegida assim como todos vocês! A magia da marca dela é poderosa demais e expele qualquer uma das minhas tentativas de cura, eu nunca vi nada igual!


Alerta Lupin com firmeza ganhando a atenção de Draco.


-Quero ver a marca da Chang!


Draco anuncia seguindo para o quarto onde a oriental estava sem esperar autorização de ninguém.


-Malfoy deixa a Cho em paz!


Ameaça Harry seguindo atrás do loiro.


-Não tenho nenhum interesse na sua namoradinha corvinal Potter, apenas na marca dela!!!


Responde Draco sarcasticamente e logo o sonserino entra no quarto encontrando Cho Chang de pé ouvindo atrás da porta, seus olhos ampliaram-se quando Draco Malfoy a arrastou até a sala mostrando a marca da rosa que espalhava espinhos pelo braço da oriental.


-Olhem bem para isso! Digam se é ou não uma das nossas!!!


Bradava Draco com repugnância.


-Me solta Malfoy!!!


Gritava Cho puxando seu pulso do alcance do loiro.


-Parece mais uma espécie da marca negra Chang!


Acusa o Malfoy, mas Harry afasta a corvinal do sonserino o enfrentando.


-Não se atreva a machucá-la novamente Malfoy!


Ameaça o grifinório enquanto Cho abraçava o moreno chorando copiosamente em seu peito.


-Não estou machucando ninguém testa rachada!!! Se você prefere se deixar enganar o problema é todo seu, só não nos leve com você para o fundo do poço!!! Posso apostar minha varinha que isso é uma marca negra!!!


Draco balança negativamente a cabeça saindo do dormitório furioso.


-Isso foi assustador!


Murmura Rony abraçando Luna. Ginny parecia em dúvida em acreditar em Cho ou não enquanto Harry sentia-se dividido, ele lançou um olhar de súplica à Hermione, ele precisava do seu apoio, mas, a morena não estava mais ao seu alcance.


.....................................Draco Malfoy..........................................


Hermione não suportava mais ficar naquele dormitório, sentia-se sufocar ali dentro, vendo Harry tão próximo à Cho tudo parecia confundir-se em sua mente. Suas mãos tremiam e a monitora mordia fervorosamente seu lábio inferior na tentativa vã de manter-se inabalável, sob controle pensando racionalmente e ignorando o caos que reinava no seu peito.


Ela sentia-se arrasada por dentro, num momento ela tinha Harry como seu anjo da guarda, a tendo no conforto dos seus braços protetores, permanecendo ao seu lado declarando todo o seu amor, a enchendo de carinhos entre promessas de que nada seria capaz de separá-los e agora parecia que ele a tratava como a culpada pelo que acontecera à Cho Chang, duvidando de todo seu esforço.


Ainda depois de tudo isso tê-los nos braços um do outro logo ao seu lado colocava abaixo o que restava de esperança da grifinória. Sem olhar para os dois a monitora-chefe segue determinada atrás do Malfoy, no momento ele parecia ser o único que desconfiava da Chang assim como ela.


-Malfoy!!! Malfoy, por favor, me espera!!!


Gritava Hermione para o sonserino que parou respirando pesadamente enquanto socava a parede de rochas do castelo dissipando sua ira.


-Eu sabia que uma hora ou outra isso ia acabar acontecendo!


Vociferava o loiro quando Hermione o alcançou.


-O que você disse lá dentro... é mesmo verdade?


Começa hesitante a monitora.


-O que espera que eu diga Granger? Que eu confio tanto na Chang quanto você??? Mesmo que tivesse sob efeito de veritassenssun você e seus amiguinhos grifinórios metidos à heróis não acreditariam em mim de qualquer forma!!!


Questiona sarcasticamente sem encarar a grifinória enquanto virava-lhe as costas.


-Eu acredito em você Malfoy, por que essa mesma rosa estava marcada no pulso do bruxo das sombras que me atacou!!!


Responde de uma única vez, era a primeira pessoa para quem Hermione revelara isso e sabia que expondo esse segredo seria sua única chance de ganhar a confiança do sonserino. Draco lançou um olhar cético para Hermione até perceber que os olhos da monitora não vacilavam sob o seu.


-Eu poderia acreditar em você Granger?


Desafia o loiro cruzando os braços sob o peito e estreitando os olhos.


-Eu estou confiando em “você” Malfoy!!! Até agora ninguém além de mim sabia sobre isso, e duvido muito que Cho Chang tenha me atacado no campo de quadribol aquela manhã!


Completa seriamente a morena levantando uma sobrancelha em tom desafiador diante do olhar estupefato de Draco.


-Eu não tive coragem de contar ao Harry sobre isso, ele já estava cheio de problemas e entraria em colapso antes mesmo de me deixar terminar de explicar!!!


Justifica Hermione depois de um suspiro resignado.


-Granger escondendo segredos do Potter... é mesmo o fim dos tempos!


Comenta o Malfoy recebendo um olhar assassino da monitora. Mesmo que ela não mencionasse nada, Ginny o havia contado que vira algo parecido no pulso de quem a atacou na biblioteca há poucos dias, o sonserino fechou as mãos em punhos.


-Agora espera que eu ajude você a provar que a Chang está mentindo para seu namoradinho Granger? Não tenho paciência para briguinhas por ciúmes!


Responde o loiro levando Hermione a perder a calma.


-Não estou fazendo isso por ciúmes!!! Cho pode estar enganando não apenas ao Harry, mas a todos envolvidos nisso! Eu li cada livro a respeito de rituais e nenhum deles mencionava uma reação como a dela!!!


Defende-se Hermione furiosamente.


-Ao contrário de vocês eu conheço esse tipo de reação!


Responde Draco dando de ombros antes de continuar.


-Eu já vi meu pai lançar essa maldição sobre os traidores de sangue e acredite em mim, isso vai sugar suas forças até não restar mais vestígio de magia em seu corpo!


Hermione perdera o dom da fala.


-Ela... ela pode estar mentindo... mas... ela não parece ser uma comensal da morte!!!


Diz Hermione recuperando-se do choque.


-Claro, um sonserino defensor da supremacia puro-sangue como eu teria o perfil ideal não é mesmo?


Questiona com ironia forçada.


-Eu não disso isso Malfoy!!!


Defende-se Hermione sentindo-se ofendida.


-Obvio que não! é esperta demais para ofender alguém que deseja tornar seu aliado!


Responde enfaticamente o sonserino diante do olhar repreensivo de Hermione.


-Estamos todos juntos nessa querendo ou não!


Defende-se a grifinória.


-Eu já me envolvi demais nessa loucura Granger!!! Estou arriscando meu pescoço cada novo dia por culpa desse maldito vinculo para proteger o testa rachada!!! Arrisquei perder meu crachá de monitor-chefe, ganhei uma detensão absurda por algo que não fiz, enfrentei um bruxo das sombras para ajudar pessoas que detesto e ainda fui perseguido por criaturinhas invisíveis que atormentam Weasleys!!!


Vociferava o loiro num rosnado feroz.


-Se não considerasse a segurança da única pessoa capaz de deter você-sabe-quem não teria se quer vindo a reunião!!!


Acusa Hermione.


-Só estou aqui por...


Começa Draco mas Hermione o corta.


-Causa da Ginny! Você se importa demais com ela para deixar que ela enfrente tudo isso sozinha!


As palavras de Hermione deixaram Draco lívido, era impressionante a capacidade da grifinória em colocar em palavras algo que para toda Hogwarts parecia impossível, impensável e ainda soar tão pacífico e correto.


O sonserino piscou algumas vezes, abrindo e fechando a boca sem sua voz sair, a monitora cruzou os braços e levantou uma sobrancelha sentindo-se satisfeita com a reação do Malfoy quando ele finalmente responde sem encará-la.


-Eu disse que essa maldição é para os traidores de sangue!!! Se ela desobedeceu alguma ordem de Voldemort esse é o preço a pagar!!!


Responde rispidamente o sonserino.


-Ela diz não lembrar de nada...


Murmura Hermione tentando juntar as peças do mistério que era Cho Chang.


-Poderiam apagar a memória dela, tê-la sob imperius, isso pode fazer parte de um plano bem específico para fisgar o Potter... e eu não quero estar por perto quando ele cair nessa armadilha!


Completa Draco saindo da torre grifinória seguindo para o grande salão deixando para trás uma Hermione aflita com o futuro de Harry Potter.


.....................................Sírius Black.....................................



Mais um capítulo onlineeeeeee!!! Demorei uma eternidadeee e peço milhões de desculpas T__T estive mega gripada esse fim de semana e fiquei completamente de cama!!! De qualquer forma estou postando apenas metade do capítulo que eu tinha preparado, ainda tem muito mais pela frente para surpreender vocês XD (a continuação está à caminhooo no máximo até quinta-feira estará online o/)


Hauhauhauahuahuahauhauhauahuahuahauhaua


Harry assumindo o posto de defensor da Chang? Porque ele tá fazendo isso??? Será que a Cho estava falando a verdade? O que será que ela contou ao Harry antes de abraçar ele??? Como ficará a relação de Harry e Hermione depois disso??? Os Nargles se uniram contra o Rony... será que isso vai afetar seu desempenho com os inúmeros pedidos de desculpas pela frente??? Draco parece estar decidido a não ajudar mais o Harry e Hermione teme que a opinião do sonserino seja verdade... o que vocês acham disso???


O que acharam do capítulo de hoje hein??? Gostaram??? Não gostaram??? Dúvidas??? Críticas??? Sugestões??? Pleaseee comenteeeeeeeeeemmm!!!!


Bruna Jean Granger Hale Cullen Potterrrrrrrrr!!!! Você sempre abrindo com chave de ouro os primeiríssimos comentários XD Aahhhh menina do nome bonito me diz o que achou desse capítulo mega tensoooooo??? Talvez seu desejo possa se tornar realidade, será que a Cho é mesmo a sétima pessoa do desafio? Será que o Malfoy está certo??? O que você acha disso tudo? O que mais gostou? O que menos gostou??? Comentaaaa pleaseee  *-*


Shell Weasleyyyyyyyyyyyyyy meninaa da super fic que me deixou apaixonadíssima pelo Rony *----------------------------* hauhauhauhauhauhauahuha fico feliz que tenha gostado dos comentários porque eu adoroooo loucamente comentar na sua fic XD ela fica a cada capítulo mais emocionante e cheia de ação aiaiai você sabe como prender a minha atenção 1000000000% olha lá o que vai aprontar com a Luna no próximo capítulo hein?!?! o/ maaaaas voltando à fic hauhauhauhauahua me diz o que achou do capítulo de hoje!!! Será que a Cho é mesmo a sétima pessoa do desafio??? O Rony enfrentando os Nargles é só o começo para recuperar a confiança da Luna ou ainda teremos mais surpresas com ele??? O Draco vai mesmo deixar os grifinórios enfrentar os desafios por conta própria??? Comentaaaaaaaa seus coments são tão importantes pra mim @___@ (chantagem emocional) PS: Preciso de uma descrição de como você seria, tipo os cabelos cor dos olhos ou eu posso te fazer uma versão da Luna com cabelos pretos??? Ou olhos verdes??? Hauhauahuahuahauha Shell Windsor lhe parece um nome bom??? Estou aguardando a resposta o/


Rosanaaaa Francoooo meninaaa me diz tuudooo o que achou desse capítulo de hoje pleaseeeee!!! Como eu falei anteriormente, essa é apenas uma parte de um capítulo enoooorme que escrevi, mas preciso com urgência da sua opinião críticaaaaaa!!! O que achou do comportamento do Harry em relação à Cho?  Você concordaria com a Hermione? Acha que este é o momento para misturar o ciúmes da Mione com as dúvidas do desafio??? A Cho parece estar mentindo ou é mais uma vítima dessa história toda??? O Rony ainda vai quebrar muito a cabeça para aprender certas coisas, mas posso dizer que mais duas pessoas acreditam nele quando o assunto são Nargles huahauhauhauahuaha!!! Draco e Ginny estão numa especie de romance secreto e será melhor explicado na segunda parte desse capítulo eu prometoooo!!! Comentaaaaaaaaaaaa me diz sua opinião!!!


Coveirooooooooooooooooooooooooooooooo!!!! OMG!!! Em nome de Mérlin adoroooooo seus comentários *-* me sinto lisonjeada com eles @.@ surpreendente??? Sério mesmo??? Aaaahhh que alegria XD aquele ultimo capítulo me deu um pouquinho de trabalho, mas, gostei do resultado final huaauhauhauahuahau!!! O Harry colocou mesmo a Mione numa situação delicada com os pais dela e talvez só esteja piorando as coisas escondendo esse plano com o Lupin dela!!!  Você foi bem perspicaz nisso, o Harry pode cometer muitos erros enquanto faz o que acredita ser certo o/ Por Morganaa eu nunca iria passar uma imagem da Luna malvada ou vingativa nãooo ela é um anjo *-* e é exatamente como você disse, ela está ajudando o Rony a crescer, ele precisa amadurecer mais para seu próprio bem aliás!!! A reunião ainda não foi sobre o plano de Harry, as coisas estão ficando mais complicadas na busca pela sétima pessoa! AAAAAAAAAAAAHHH seus elogios me deixam nas nuvens *-----------------*


PS: O senhor foi muito muito muito malvadooooooooooo!!! O ultimo capítulo quase me mata de curiosidade e apreensão!!! Foi emocionante e tão curtinho que quase tive um surto do coração na hora!!! Crueldadeeee, agora as coisas estão ficando cada vez mais misteriosas, Harry e Mione cheio de segredos, será que ninguém ali poderia fazer Legilimencia para descobrir o quie se passava na mente daqueles dois??? Aiaiai dizer que estou confusa é um eufemismo Mr. Coveiro ¬¬ isso não se faz, agora eu construo e destruo quase que automaticamente montes e montes das minhas super incríveis e inimaginavelmente brilhantes teorias U.Ú (huahauhauhauhauahuahuaha) brincadeirinhaaa!!! Agora terei mesmo que esperar dois capítulos cheios de duvidas até saber a verdade (Harry descobre a fraqueza de Voldemort e acaba com ele usando uma magia desconhecida que Hermione encontrou em livros da seção restrita de Hogwarts e agora eles estão confinados num mundo paralelo perdidos entre o espaço e o tempo????) (Nossa agora essa me deixou até confusa XD) ADOREIIIIII as recomendações *-* já conhecia a Lilian Granger Potter mas estou adorando as outras autoras Obrigadiissimoooooooooo pelas recomendações =D Ah quanto a minha outra fic tenta entrar de novo, atualizei ela http://fanfic.potterish.com/menufic.php?id=42221


Aos demais que acompanham a fic... COMENTEEEEEEEMMM PLEASEEEEE O/

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por alylyzinha em 19/04/2012

Olá!! Eu tive que ler  todos os capitulos antes de comentar alguma coisa!!
To amando a Fic, adorei os personagens!! gente a Luna ta fantastica, ela é uma fofa.. Eu adoro a Ginny e o  Draco juntos!!! eles são uma casal lindo e explosivo!!! Adorei tudo que a Mione fez pelo Harry, mas acho uma sacanagem ele ficar defendendo a Cho, tenho a  certeza que ela aprontou alguma!!!
Bem não tenho  Palavras pra dizer o quanto  estou adorando a sua fic!! seu texto é muito bom e envolvente.. to morrendo de curiosidade para continuar lendo!!! Espero poder ler o próximo capitulo logo!!!
Parabéns!!!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por rosana franco em 19/04/2012

Adorei o capitulo prometo comentar melhor depois mais que a Cho aprontou alguma ta na cara.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Shell Weasley em 17/04/2012

OMG! OMG! OMG! OMG! OMG!

 M-A-R-I-A-N-A! Que historia e essa do Harry defender a Chang ein? Estou ficando com ciúmes pela Hermione!!!
RI HORRORES do Rony o Draco e da Gina fugindo dos Nargles! Tadinho o Rony vai acabar ficando maluquinho (se já nao estiver né?)!
Voce vai mesmo me colocar na sua Fic? AIII que honra (lencinhos por favor!) Acho que uma versao Luna de cabelos pretos seria mais a minha cara (apesar de meus olhos serem castanho-claro)!
Espero que tenha mais coisinhas (ou coisonas dependendo do ponto de vista) que o Rony tenha de fazer para recuperar a confianca da loirinha! enfrentar nargles e ter que levar um soco de cada menina que magoou ainda e pouco (to achando que sou da sonserina...) 
Pelas barbas de Merlin! Nargles pegando gina e a levando para cima do lago negro? assim voce me mata de susto! hora que ela quase caiu eu quase morri! mas felismente o Draco a salvou ne (ai que grande heroi!)

AI MEU DEUS! Estou curiosíssima para saber o que vai rolar no próximo capítulo!!
Não demore para postar, tá???

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Coveiro em 17/04/2012

CARACA, voce é demais mesmo. Fico cada vez mais impressionado com sua historia. Muito legal mesmo, estou sem palavras mas vou tentar comentar o capitulo.
Pra mim a Cho recebeu a marca negra e traiu Voldemort, agora só esta sofrendo as consequencias. O Harry é muito lerdo ou burro, por isso que falo que sem a Mione ele seria um homem morto.
Rony e Gina sendo perseguidos por essas criaturas "que atormenta Weasleys" como o Draco disse foi hilario.
Mas o final foi impressionante, a Mione é muito perspicaz, ja saco que ta rolando algo entre o Draco e a Gina, logo a ultima coisa que toda Hogwarts nunca apostaria.
Espero que a Mione de uma boa lição no Harry por ele ser tão burro. É obvio que ta mais pro Jason ser o setimo do que a Cho. Legal a comparação da Mione com a Lilian, sempre achei as duas parecidas.
Luna brilhante, mas o aviso que ela deu pra Mione foi preocupante.
Muito ansioso pelo proximo. Posta logo.
Curiosidade: Eu acho q gosto muito da Mione né?

Sobre minha fic agora: Não sou malvado, sou misterioso. Como falei to meio sem tempo, pretendia fazer esse capitulo e o proximo junto, mas não deu. O Harry e a Mione tem segredos sim, mas o Rony compartilha da maioria deles com voces. O lance é que ha uma coisa nesse misterio que impede o Rony de saber a verdade, mas quando isso sera revelado eu num sei. Acho que só no segundo capitulo da segunda temporada por motivos muito confidenciais. Espero te surpreender. Não da pra usar Legilimencia com os dois, o Dumbledore não consegue imagina os outros, mas devo te dizer isso não é merito só deles, agora pra saber o porque só acompanhando. Dois  capitulos são o que falta pro misterio ser realmente todo mostrado. A fic ainda ter uns cinco ou seis capitulos pra terminar e ai vamos pra proxima fase, as minhas explicações sobre como aconteceu, planejei um Sherlock.
Adoro mesmo suas teorias, muito legais mesmo, apesar de maluca, mas confesso que uma delas ja passou pela minha cabeça, a de universo alternativo.
Ainda bem que gostou das fics que eu indiquei. Se tiver alguma sugestão pra mim aceito. O que acha cada um sugere as fics que mais gosta pro outro?
Agora fui e espero voltar logo pra comentar mais um capitulo que com toda certeza sera incrivel ou mais ainda do que esse.
 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Bruna Bullock em 17/04/2012

Amei!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Acho que o Malfoy está certo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Posta logo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Beijosssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssssss

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.