FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

7. Ascensão de Draco Malfoy


Fic: O castigo de Ares e Afrodite. Atualizada!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Draco! Mas, o que significa isso! Tira as mãos de cima de minha irmã! – Draco só pode sentir o golpe quando Hermione o amparava, mesmo com toda força de Harry, o loiro apenas se desiquilibrou um pouco. Na verdade o único medo dele foi machucar Hermione. Draco se enfureceu e quando ia partir para cima dele, o morena o tocou carinhosamente no braço clamando apenas por seu nome. O loiro se acalmou. Em seguida antes que o irmão fizesse qualquer movimento, ela repetiu o mesmo gesto. Ato impressionante. Os dois ficaram paralisados olhando-a.


- Por favor se acalmem. – sussurrou a morena. Gina que estava apavorada, desde o momento em que viu Jay correndo em direção ao o loiro, nunca tinha visto o moreno de olhos verdes com tanta raiva. Mas nada se comparava ao que viu nos olhos de Draco Malfoy. Ela viu morte! E temeu pela amiga.  


- Jay, eu amo o Draco e ele também me ama. Gosto dele desde a primeira vez que eu o vi. – o moreno a olhou decepcionado.


- Então me enganou este tempo todo Hermione! Junto com meu melhor amigo!Draco confiei em você! Pedi que me ajudasse a cuidar dela e não aproveitar-se de sua ingenuidade!


- Harry, não te traímos em nada. Hermione é sua irmã e não namorada! Eu a amo! Muitas vezes quis te contar, mas você também não facilitava! E em momento algum, a desrespeitei. Não quis mentir para você e...


- E o que fez? O que acabaram de fazer nas minhas costa? É meu dever protege-la. Só eu sei o tanto que ela já sofreu com tanta perseguição, Draco. Até acredito que esteja apaixonado por ela, isso não é novidade todos que a veem ficam, porque seria diferente com você?


- Nunca mais repita isso na minha frente! Eu amo sua irmã de verdade, faria qualquer coisa por ela. Somente eu posso tê-la está ouvindo?


- Percebe Draco o que diz? Somente eu posso tê-la! O que acha que ela é? Um objeto? Não Draco! Ela é diferente! Um ser humano dotado de beleza, capaz de enlouquecer qualquer homem e ...


- Pare Jay, por favor, não faça isso! – pediu Hermione, vendo o rumo da conversa. Gina, se aproximou mais depois que o moreno se afastou para conversar com o loiro. – Não paro Hermione! Ele está preparado para o que está por vir? Ele aguentará toda a pressão que vai cair sobre você. Não ele não vai. O que fará Draco se alguém se aproximar dela, contempla-la, olha-la, admirá-la! – a cada palavra de Harry, Draco se enfurecia mais, seus olhos antes azuis acinzentados estavam de um azul escuro enegrecidos, uma cor jamais vista antes, a mesma cor que a ruiva presenciou a poucos instantes! – Então Draco o que vai fazer me responda! –Jay, se assustou com a atitude do loiro que em questão de milésimos já estava em sua frente  para responder aquilo que o moreno já sabia. Havia presenciado no aniversário de Draco.


- Caçá-los! Matá-los,  um a um. A defenderei de qualquer um que se quer se aproximar dela. Até de você! – o loiro disse tudo pausadamente, demonstrando todo sua raiva. Seus punhos cerrados! O moreno se assustou. Não era mais seu amigo que estava ali. Era outra pessoa.


- Draco... amor..., se acalme...- Hermione tocou novamente e o garoto se acalmou. No momento seguinte seus olhos voltaram ao normal, no mesmo momento que olhou para sua amada.


- Jay, desculpe não sei porque disse isso e...Ai! Minha cabeça! Ai minha cabeça....ahhhhhhh!


- Draco! Amor! O que foi? Por Merlim!- exclamou Hermione– neste momento, Harry se desesperou, ninguém entendia o que estava acontecendo- Draco, amigo fala comigo! – mas já era tarde o loiro já havia perdido os sentidos!


  -Zeus! Zeus.., porque deixou que me mandassem para esse corpo? Por que me deixaste assim? Só por que me apaixonaste por ela. Eu a amo! Não há castigo maior que estar longe dela. Sabes que a terei, para que passar por tudo isto se sabes que  moverei céus e terra para que ela fique junto a mim?


  - Filho, sinto muito, mas não posso tomar partido disto! Não sabes o quanto sofro por ti. Mas, nada posso fazer a não ser avisar que sua ascensão está acontecendo dentro de Draco. Vocês se tornaram uma só pessoa. Mesmo não podendo interferir, venho-lhe dizer que outros irão tentar toma-la de ti. A maior guerra está para acontecer, por causa dela. Um homem surgirá das cinzas, tão forte quanto tu! E fará de tudo, usará quaisquer meios para ter Afrodite . Não poderei interferir nessa guerra a não ser que outros  o façam. Hermione, se tornará a arma de Guerra letal; pois será a própria causa. Precisa impedir que ela caia nas mãos daquele que fará o mundo sucumbir! Daqui um dias, a garota, se ascenderá. Afrodite despertará, assim como você! Precisará de ajuda! Fique perto dela e dos amigos. Você tem leais ao seu lado. Lembre-se, ela é a arma! Ela é arma!
-Se ascenda meu filho! E se torne aquilo que nasceu para ser. “Ares! O Deus da Guerra.”


Draco voltou a si. Acordou assustado, sabia de tudo e agora entendia toda a força que habitava dentro dele. Era Ares o tempo todo. Era ele que conversava com ele nos sonhos. Toda aquela raiva. Esse ciúmes sem limites que tinha de Hermione. Agora entendia. Ela era Afrodite. Agora tudo fazia sentido. Olhou para os lados e viu sua amada dormindo. Os dois se amavam. Ares e Afrodite. Estava  na poltrona do lado da cama onde deitava. Sorriu. Os amigos, se abrigavam  perto. Pelo que percebeu já fazia bastante tempo que estava desacordado. Olhou em volta. Devia estar no hospital. Levantou-se. Olhou para a garota ao lado, sorriu levemente.


- Meu amor, agora tudo faz sentido. Estamos juntos de novo!- sussurrou para que apenas ele ouvisse. Seguiu silenciosamente, em direção ao banheiro. Sentiu que alguma coisa nele mudou. Fisicamente. Porque por dentro ele já sabia. Ele era Draco Malfoy, fisicamente, mas com alma de Ares. Sorriu em frente ao espelho, ao constatar que acertara. Fisicamente, ele havia aumentado de tamanho, músculos apareceram, seus olhos e aparência a mesma, mas bem mais forte. Notou que sua pele tinha um tom diferente, mais brilhante. Até seus cabelos havia crescido. Aprovou o que viu.  
Seguiria os conselhos do homem de seus sonhos. Explicaria aos amigos. Se aproximou da poltrona onde a morena se encontrava. Silenciosamente lançou um feitiço nos amigos para que continuassem a dormir.


- Meu amor... acorde... sou eu  meu anjo.
Draco! – a morena abriu os olhos, assustada, levantou depressa e abraçou sem pensar duas vezes. Seu corpo tremia. O jovem se emocionou, ao sentir o corpo de sua amada mesmo ela não sabendo quem eram ainda. Coisa que não tardaria a acontecer, mas não cabia ele lhe dizer, pelo menos não agora. Ela saberia na hora certa.


- Draco... tive tanto medo de perde-lo. O que aconteceu? O que sentiu e ... Merlim! o que aconteceu com você? Você, está ... mas...mas, como? Quando ?  o que... – Draco calou-a com um beijo tão apaixonado, que a tirou de órbita por vários minutos, matando a saudades. Tanto tempo sem tê-la. – Afrodite!... sussurrou sorrindo! A paz tomou conta dele, agora sabia o porquê o simples toque dela, o acalmar. Quando o folego faltou os dois se olharam, o loiro sorriu na promessa muda de que contaria mais tarde. A olhou, com uma das mãos percorreu todo rosto, cabelo, suas mãos tocavam aquilo que sempre tinha sido dele e que lhe foi tirado. As mãos másculas exploravam com devoção cada parte do corpo da mulher que faria com que ele se rebelasse contra tudo e todos, era ela Afrodite, a quem ele sempre amaria, não importava onde estivesse e nem quantas vezes morresse ou nascesse de novo. Hermione mesmo sem entender fazia o mesmo. Era como se estivessem se descobrindo. Sorrisos sinceros.


- Amo-te! És minha vida! Sempre te amei e amarei! És minha, para sempre. Assim como sou seu! Não posso dizer ainda porque de tudo isso, só lhe peço que confie em mim, e tudo se esclarecerá. Você confia em mim, meu amor?


- Não sei o porquê, mas com toda minha vida, confio em você. Também  te amo, sei que tudo tem um proposito, esperarei que me conte. Esperarei por você, esperarei ...- Draco a beijou novamente. A língua quente, o hálito de menta misturado ao gosto de morango, doce, viciante. Era assim quando se encontravam. O loiro beijava a amada como se sua vida dependesse disso, a morena tremia em seus braços fortes. As mãos da mulher agora se se enroscavam nos cabelos agora espessos de Draco.  Quando novamente o ar lhes faltaram, os dois se olharam apenas. O loiro aproximou novamente da garota, desceu seus beijos para o pescoço sedoso e cheiroso, cheiro único, típico de uma deusa, hipnotizante, sensual, capaz de enlouquecer qualquer um. Ele mesmo estava enlouquecido e entorpecido. As mãos criaram vida própria, e cada parte que tocava parecia despertar sensações na castanha que há muito tempo não sentia, porém sem explicação ainda para tal. Sentia-se viva. Feliz. Amada.


Aos poucos os beijos e as carícias foram tomando proporções incríveis e Draco apesar de todo o desejo, decidiu que já era hora de parar, não era hora nem lugar. Se afastou relutante. A teria em sua cama. E a amaria, como nenhuma outra mulher.  Hermione o olhou desejosa e maravilhada. Estava lindo, mais lindo se era possível. Os dois se abraçaram. Com um último beijo, o loiro fez com que ela dormisse novamente, olhou-a mais uma vez. Era linda demais. Linda demais, chegava a doer, só de pensar nela  à vista de outros homens. De repente as palavras de Harry vieram a tona, será que conseguiria se segurar? Precisava de ajuda e para isso contaria com os amigos. Acordou-os. Todos os olharam assustados. Harry, Rony, Gina e Pansy.- será que entenderiam?


-Draco!  Exclamou Pan. Mas o quê?


- Vou explicar-lhes tudo. Só peço que ouçam primeiro. É inacreditável, mas verdadeira. Preciso que acreditem em mim acima de tudo e me ajudem.

Landinha do coração. Como seu pedido é uma ordem, aqui vai. Prometo não demorar mais. tive uns contratempos, mas voltarei esse mês de novembro firme e forte. O cap, não está muito grande, mas é crucial para a história. Obrigada aos novos leitores! Vou comentar todos no próximo. Beijos!
nana 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 4

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Anne Lizzy Bastos em 23/04/2014

Adorei. É otima! Quando teremos postagens?

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por RiemiSam em 12/04/2013

Ansiosa pelo próximo capítulo. Li tudo hj e num desespero para saber o que vai acontecer.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por H. Granger Malfoy em 30/01/2013

E fica cada vez melhor!!! quero mesmo ver como sera quando ele contar aos amigos quem é... Enfim, por favoooor, nao demora com l proximo capitulo!! Sou mt ansiosa e odeio esperar... Posta logo por favor! Bj

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por vinicius saldanha bastos em 17/12/2012

conitnua que ta otimo ^^

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.