FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Segredos


Fic: Marotos: uma história


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Remo e Lily patrulhavam os corredores.
- Lily posso falar um instante em particular com você? - perguntou Remo
- Claro Remo, vamos à cabine dos monitores para conversarmos melhor.
Na cabine dos monitores...
- O que foi, Remo? Aconteceu alguma coisa? - perguntou ela ao ver a cara de preocupação do amigo
- Tem umas coisas que eu gostaria de falar com você
- Pode falar, Remo.
- Primeiro eu queria falar com você sobre o Thiago
- O que ele fez dessa vez?
- Bom, ele se apaixonou seriamente por você.
- Remo, Thiago Potter vai se apaixonar só no dia de São Nunca.
- Então Lily, o dia de São Nunca foi 1º de setembro há dois anos atrás.
- Remo, ele só quer me usar e depois, jogar fora.
- Eu não diria isso. Ele falou pra gente que mesmo se vocês não estivessem juntos, ele a pediria em casamento em maio deste ano, de preferência dia cinco.
- Ele não disse isso...
- Por mais incrível que pareça ele disse isso sim, e há alguns minutos atrás ele fez questão de soletrar pro Sirius que te amava.
- Ele só falou isso por que sabia que nós estávamos numa distância em que se podia ouvir o que vocês falavam. - falou Lily irritada
- Calma Lily, não quero brigar com você, mas, por favor, dê ao menos uma chance ao Thiago. Mas agora eu queria lhe contar uma coisa muito séria que não pode passar dessas paredes...
- Eu juro que guardarei o seu segredo, seja ele o que for.
- Obrigado Lily, mas, se você quiser deixar de ser minha amiga, eu vou entender.
- Remo, escute, nós somos amigos, e, não importa o que acontecer, eu estarei sempre ao seu lado.
- Eu sei - disse sorrindo - Lily, eu sou um lobisomem.
- Então é por isso que você some todas as noites de lua cheia?
- É, e o Sirius, o Thiago e o Pedro vão comigo nas minhas transformações na forma de animagos.
- E no que eles se transformam?
- O Sirius se transforma em cachorro
- Só podia ser...
- O Pedro em rato
- Agora que você falou, ele se parece mesmo com um rato.
- E o Thiago em um cervo
Lily assustou-se com tal informação e recordou-se de um sonho que tivera há alguns dias atrás

_Flashback_
Lily estava com um lindo vestido de noiva com véu e grinalda, todo branco e feito da mais pura seda, encaminhava-se com Dumbledore até o altar, onde a esperava um homem com lindos trajes pretos. Chegaram até o homem e Dumbledore segurou a mão dos dois e uniu-as.
- Cuide bem dela - disse Dumbledore
- Cuidarei - respondeu o homem e cruzou seu braço com o de Lily
Os dois se ajoelharam perante o altar, o bruxo a frente falava e eles repetiam, trocaram as alianças, e a última palavra que disse antes de acordar foi:
- Eu te amo meu cervinho.
- Eu também minha ruivinha
_Fim do Flashback_

- Bom, então é esse o motivo dos seus apelidos?
- É. Aluado porque sou influenciado pela lua, Rabicho porque se transforma em rato, Almofadinhas é porque ele todo dia começa uma guerra de almofadas e Pontas porque o Cervo tem chifres.
- Me lembre de dar uma detenção ao Black.
- Uma detenção? Mas, porque se até agora ele não fez nada?
- Eu sei que você não deu detenções a ele quando ele começava essas guerras de almofadas, então vai sobrar pra eu dar as detenções, Remo.
- Lily você é a segunda pessoa que me faz rir depois que eu conto o meu segredo.
- E quem foi a primeira pessoa a fazer isso?
- Foi o Thiago
- Remo, vamos pra sua cabine, acho que eles já estão esperando a gente.
- Lily, obrigado por continuar minha amiga.
- É isso que os amigos fazem, Remo. Agora deixa de papo e vamos pra sua cabine.
- A cabine não é minha Lily, é dos marotos.
- Eu sei, mas você é o único decente entre eles.
Lily e Remo encaminhavam-se para a cabine dos marotos fazendo uma última patrulha antes de o trem partir.
- Voltamos! - disse Lily
- Que bom meu Lírio, assim eu posso cantar uma música que escrevi pra você. - disse Thiago.
- Aff...

Quando eu estou em meio a uma multidão
Ou em uma ilha sozinho
Em silêncio ou falando muito alto
Desejando que eu estivesse em outro lugar
E eu não consigo acreditar
Você me acertou rápido e forte
Quando você se voltou pra mim e disse
*Mude o seu jeito de ser
Tentando pegar seu olhar
As coisas nunca vão ser as mesmas
Agora eu não posso negar
Você é a mariposa e eu a chama
Lá vou eu de novo
Eu deveria andar antes de correr
Como posso explicar
Eu não posso parar com o que você começou
Eu estou caindo em frente à porta
Voando através do chão
Quando você olha pra mim
Repentinamente tudo fica claro
Você está queimando meus sonhos
*Linda como é
Eu não quero estar em qualquer lugar, mas aqui
Qualquer lugar, mas aqui
O que acontece dentro de mim
É um mistério sem dúvida
Uma ida na montanha russa
Eu talvez nunca faça isso
Aqui está um novo eu
Skates ao redor e bóias no ar
Eu consigo ver
Cores do arco-íris em meu cabelo
Você tem que me libertar
Aquele que me recebe lá
Aqui é o lugar onde
Minha cabeça está girando
O tempo está começando
A correr pra longe
Você vem para me lançar
me derrubando pelo pé
Você me dá asas para voar
O mundo irá colidir de novo

A cabine dos marotos encheu-se de palmas
- Obrigado, obrigado - agradeceu Thiago como se fosse um maestro que acabara de fazer a melhor apresentação de sua vida.
- A letra é muito bonita Potter e você canta bem, mas não quero e não vou ser mais uma na sua lista.
- Espere um pouco então Lily, tenho uma coisa pra você.

___________________________________________________________
OBS: A música é a tradução de 'Anywhere but here' da Hilary Duff
OBS²: As frases com * estão mudadas.

Aí está o segundo capítulo. Esperamos que tenham gostado. Quem não comentou, por favor, comente mesmo que não tenha gostado pode falar!
Beijinhos
Ginny Gomes e Sophie Lovegood

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.