FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

15. A beira do lago.


Fic: Por que preciso te amar? - ÚLTIMO CAPITULO FINALMENTE POSTADO


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Duas semanas haviam se passado. A festa do dia dos namorados estava quase chegando. O casamento de Lupin e Tonks já estava marcado, seria nas férias de julho. Harry e Gina não haviam voltado a namorar. Depois do jogo de quadribol, quando a grifinória tinha ganhado, logo após do “Beijo-Acidental” nunca mais tinham se beijado. O único assunto que reinava entre eles era quadribol. A única hora em que eles se viam, era nos treinos e nos corredores. Gina havia voltado a ser artilheira. Ana, sofreu muitos faturamentos. Mc Gonagall achou melhor Ana sair do time. Gina se gaba at hoje dizendo que Ana é insuportável e que não sabia voar. Gina havia voltado a se trancar no quarto. As provas estavam bem difíceis. Ainda tinham muitas provas até as férias chegarem. Hagrid estava treinando alguns elfos para serem os garçons da festa. Monstro e Dobby, a mando de Harry (a quem eles obedeciam), seriam encarregados de limpar a festa na hora em que ela acabasse. Hermione ficou irritada com Harry, quando soube que os elfos iriam limpar a festa, mas acabou deixando Harry em paz quando ele lhe perguntou: “Então, você quer limpar no lugar dos elfos?”. Hermione e Rony ainda estavam namorando as escondidas. Um dia Harry viu Rony e Hermione se “pegando” no Salão Comunal (ponto de encontro a noite deles). Eles estavam namorando. Iriam a festa de Dia dos Namorados juntos. Harry ainda teria de escolher um par para ir a festa. Ia convidar Gina, mas sabia que seria impossível convida-la, ela nunca iria aceitar ir com ele. Tentou convidar Luna, mas quando foi convida-la, ela disse que iria a festa junto com Neville.
Era meio dia, e depois de “Catorze”dias, Hermione não precisaria mais levar comida no quarto para Gina, pois ela havia aparecido para almoçar. Harry estava com Rony e Hermione. Ele ficou bastante feliz ao ver Gina, mas logo se entristeceu quando viu que Gina estava sentada ao lado Dino, rindo com ele. Harry sentiu uma louca vontade de enfiar um soco bem no meio da cara de Dino, mas Hermione que estava ao seu lado o conteve. Rony dava o maior apoio se Harry tivesse enchido a cara de Dino de socos, pois ele também não estava nem um pouco feliz em ver sua irmã ao lado de Dino. Harry e Rony sentaram juntos e Hermione sentou a o lado direito de Gina, já que Dino estava do lado esquerdo.
- Finalmente saiu do quarto! – disse Rony em um tom sarcástico.- Jurei que você iria mofar lá dentro.
- Não enche Rony! – disse Gina terminando de dar risadas com Dino e brincando com o bacon que estava em seu prato.
Harry encarava Dino como se fosse come-lo com os olhos.
- Que foi Potter? Nunca me viu? – disse Dino debochadamente.
Harry e Dino, sempre foram bastante amigos, mas depois que Dino ficou com Gina, e Harry ficou com Gina, os dois não se suportavam mais.
Harry acabara de se levantar do banco bruscamente, e Dino fez o mesmo. Os dois se encaravam furiosamente.
- Calma cara! – disse Rony puxando Harry pelo ombro que agora tinha acabado de se levantar.
- Harry, sem escândalos. – disse Hermione, falando “menos” bem baixinho, somente mexendo os lábios e fazendo gestos com a mão.
Harry se sentou e ficou encarando Dino e Gina.
- Pelo que vejo, vai ao baile com o Dino, não é? – disse Rony.
- Não. – disse Gina
- Não? – perguntou Harry
- Não? – perguntou Hermione olhando para Gina
- Não? – perguntou Rony sem entender nada
- Não! N-A-O TIL, NÃO! – disse Gina soletrando cada palavra.
- Então você vai com quem? – perguntou Rony
- Não sei! Já recusei vários convites, mas nenhum deles me agrada. Recusei também o convite de Dino, se é isso que vocês querem saber. – disse Gina olhando para Dino que conversava com seus amigos, e logo após para Harry.
- Por que esta recusando tantos convites? Está esperando o príncipe encantado aparecer? – disse Rony fazendo uma voz fraquinha.
- Não! Não, estou esperando o príncipe encantado APARECER, e sim esperando o príncipe encantado se TOCAR.
Dito isso, Gina olhou para Harry, que se engasgou com um osso de galinha.
- Tenho que ir. Hã... tenho que passar na biblioteca, antes da aula de poções. – disse Gina.
- Vou com você. –falou Hermione já se levantando
- NÃO! – gritou Gina - Quer dizer, não Mione, – gina abaixara o seu tom de voz – eu tenho que ir sozinha, porque se não eu não entendo direito às coisas que eu tenho que pesquisar. Fica pra próxima
- Ta!- falou Hermione sentando-se
- Nem repara, ela é meio maluca. – disse Rony a Hermione dando uns girinhos com o dedo perto da orelha.
Harry ficou pensando em meio a tosses causado pelo osso de galinha, ou será que foi pelo que Gina dissera? “Gina ainda não tem um par pra festa, nem eu, é minha chance. Calma Harry, não vai fazer burrada. Você está muito preocupado por não ter um par pra festa, e a festa vai ser amanha a noite, mas você arranja uma menina. Não convida a Gina, não convida a Gina, não convida a Gina,...”
A noite havia chagado. Harry estava deitado em sua cama, mas não conseguia dormir. Resolveu então tomar um ar. Passou pelo Salão Comunal e viu Rony e Hermione um tanto “agarradinhos” em um canto da sala.
- Ham, ham . – disse Harry sorrindo marotamente
- Er, hã, Harry! – disse Hermione soltando Rony, passando uma de suas mãos no lábio, ajeitando a blusa e a saia. – Er, nós, er...
- Não precisa me explicar, eu sei, vi tudo. O Rony estava apenas “procurando” uma balinha que tinha caído dentro da sua boca com a língua dele, né? – disse Harry tentando esconder o riso.
- Ai Harry! – disse Hermione um pouco corada, mas não chegava nem aos pés das orelhas de Rony.
- Ta, eu sei, eu vi! Vocês estavam digamos que comemorando, hum – Harry olhou para o relógio – 14 minutos antes o Dia dos Namorados, se agarrando.
- Harry!
- Ta Hermione!
- Mas Harry, - perguntou Rony- o que você esta fazendo aqui?Acordado a uma hora dessas?
- Não sei, não consigo dormir.
- Você já arranjou um par pra festa? – perguntou Mione
- Não, deve ser isso que esta me deixando preocupado. Mas deixa-me ir indo, não estou a fim de ficar segurando vela.
- Aonde você vai?
- Vou dar uma voltinha por ai – disse Harry. – Tchau!
- Tchau. – disse Hermione
- Espero que encontre sua princesa encantada, pelas redondezas do castelo. – disse Rony rindo.
Harry sorriu e saiu fora do Salão Comunal.
Harry se encaminhou até fora do castelo, e lá viu uma menina sentada ao chão perto de uma arvore, segurando suas pernas, com a cabeça entre seus joelhos e conforme se mexia, sua luz refletia a beira do lago. Harry se aproximou da garota e na hora em que ela se levantou do chão, se escondeu atrás de uma árvore e pode perceber que a garota estava chorando, e que também, essa garota era a Gina.
- Ginevra Weasley, você não pode, você não deve, e você não vai mais chorar por causa dele. Ele não te ama, você também não vai mais amar ele.- dizia limpando as lágrimas que escorriam por sua face, e andando de um lado para o outro.
Harry estava cansado de tanto ver Gina andar pra frente e pra trás. Estava ficando tonto.
- Gina chega. – falou a menina.- Você não vai mais amar ele, você não...
- Pode mais amar ele? – disse Harry saindo de trás da arvore.
- harry! Você ta ai? – disse Gina finalmente parando de andar de um lado pra o outro. – Você ouviu tudo o que eu disse?
- Sim!
- Desde quando?
- Desde: Ginevra Weasley, você não pode e você não... – disse Harry imitando Gina. – Era de mim que você estava falando? Você não pode mais me amar né? Por que eu te faço sofrer? – disse Harry um tanto agressivo, chegando bem perto dela e segurando forte em seu pulso. – Em Gina me responde?
- Me solta Potter! – falou Gina mais alto que Harry, tentando soltar a mão dele de seu pulso. – Sim, eu quero te esquecer, agora me solta!
Gina puxou o braço de Harry, e nesse puxão ele acabou indo para frente beijando-a. Dessa vez ela não agüentou e o beijou, mas quando se deu por conta que estava beijando ele, colocou suas mãos contra Harry tentando solta-lo.
- Eu tentei, tentei, mas... – disse Gina virando-se de costas para Harry e caminhando em direção contrária dele chorando.
Harry pensou: “Devo ter algum problema. Todas que me beijam choram, tanto antes quanto depois do beijo. De certo quando olham para meus lábios e olhos, acham tão lindos que não param de chorar.”
Definitivamente essa última frase de Harry havia herdado de seu pai, Thiago.
- Tentou o que?
- Te esquecer, mas não consegui, não deu. – disse Gina ainda chorando, virando-se para Harry.
- Mas eu não quero que você me esqueça. Pelo contrario, eu quero que você me ame cada vez mais.
- Mas não foi você que disse que teríamos que nos separar porque...
- Eu sei que eu disse isso, eu tava errado, Hermione me convenceu disso.
- Hermione mais uma vez nos ajudou. – disse Gina sorrindo para ele colocando algumas mechas de seus cabelos atrás da orelha.
Ouve um silencio entre eles até que Harry falou.
- Her,... Gina eu preciso te perguntar uma coisa.
- O que?
- Calma, deixa eu me acalmar.
- Tudo bem , sem problemas a pressa é sua.
- Bem , é que eu queria te perguntar se... se ... – disse Harry pensando no jeito que poderia falar e apertando o estomago, pois as malditas borboletinhas haviam voltado.
- Se...?
- Se.. se... se, você... você...
- Se eu...?
“ Calma, espera, respira fundo. Um ...dois ... três... e .... já.” – pensou Harry.
- Vocêqueriraobailecomigo?
“ Merda, falei rápido demais. Porque quando vou perguntar pra uma menina se ela quer ir ao baile comigo eu falo rápido? Só o que me falta agora a Gina falar que já tem um par. Daí vai ser demais pra mim. E se ela mandar eu repetir a pergunta já que ela não entendeu como fez a Cho.
- Claro! – disse Gina pulando em seu pescoço. Soltou-lhe meio envergonhada, olhou para o relógio e disse: - Harry, já é meio noite. – disse Gina dando-lhe um beijinho. – e eu tenho isso pra lhe entregar
Gina puxou do bolso de suas vestes um embrulho, bem bonito, com lacinhos e fitas rosas, e entregou para Harry.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.