FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo



______________________________
Visualizando o capítulo:

9. Então era você!


Fic: Por que preciso te amar? - ÚLTIMO CAPITULO FINALMENTE POSTADO


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Harry e Gina, enfim, depois de muito caminhar, encontraram uma sala, cujo nenhum dois dois havia entrado, sequer conhecido, muito menos soubesse que ela existisse. Os dois escancararam a porta e abriram-na lentamente. Harry e Gina, olharam para dentro da sala, então resolveram entrar. A sala tinha um aspecto sujo. Há séculos não era usada. Estava cheia de pó. Os únicos objetos que Harry conseguia distinguir dentro da sala empoeirada, eram alguns quadros, pedaços de vidros quebrados no chão, e no fundo da sala, bem distante deles, pois a sala era enorme, havia duas cadeiras, pareciam um pouco velhas. As cadeiras eram de madeira e, o estofado era vermelho. Gina soltou um gritinho, ao ver uma aranha se aproximar dela. Harry, antes de saltar em cima da aranha, e proteger Gina, olhou para ela de uma forma diferente, ela parecia ter voltado a seis anos atrás, ela era a menina fraquinha a quem ele havia salvando na Câmara, e não aquela menina que no ano passado havia ajudado ele a lutar contra dementadores. Gina soltou outro gritinho, e Harry não esperou mais nem um momento, e saltou em cima da aranha. Ela era um pouco grande, mas não chegava nem aos pés de Aragogue. Harry teve de espisotiar muito a aranha, e mesmo assim não conseguiu esmaga-la, então pegou um dos quadros que ainda restavam na parede, fazendo com que caísse em cima da aranha. Gina se sentiu protegida. Harry caminhou até o fundo da sala sozinha, e deixou Gina plantada no lugar. Ele se encaminhou até onde haviam as cadeiras, e as trouxe, ate onde Gina estava.Limpou um pouco o pó de cima da cadeira, com um movimento das mãos. Fez mensão com uma das suas mãos, para Gina se sentar, enquanto a outra mão ainda tirava um pouco do pó que restara na cadeira. Harry tirou um pouco do pó de sua cadeira, então sentou-se, olhando fixamente para Gina.
- Gina, eu tenho ouvido algumas vozes, e eu acho que é Voldmort. E eu...
Gina o interrompeu e disse:
- Se você ta pensando em terminar comigo, nem pense, porque eu preciso te dizer uma coisa antes de tudo.
- O que? – perguntou Harry ansioso, tendo certeza de que o que ele tinha de falar a Gina, era muito mais importante do que o que ela queria lhe falar
- É... hã....eu...era eu, quem estava te chamando. Eu queria falar contigo, só que sem ninguém perceber. Queria dizer que te amava e...
Harry colocou um de seus dedos, na frente dos lábios de Gina, aqueles que beijara delicadamente no dia anterior, e fez um shhii com a boca, lançando um olhar a Gina, que ela entendeu perfeitamente, ficando assim quieta. Tirou os dedos da boca de Gina, eles eram tão macios e tão doces que Harry não se conteve. Aproximou-se perto de seu peito. Gina podia sentir a respiração acelerada de Harry. Ele chegou bem perto de seu pescoço, sentiu um cheiro maravilhoso, aquele perfume que Gina estava usando, era igual a de uma pessoa que foi, é, e sem pré será muito importante para ele: sua mãe. Apesar de Harry não ver sua mãe á muito tempo, se lembrava perfeitamente de seu cheiro de sua caricias, das canções que ela lhe cantava, apesar de ser muito pequeno quando ela morreu, ainda se lembrava do perfume que ela usara, enquanto Voldmort matou ela. Sentiu uma dor em sua cicatriz, mas mesmo assim não soltou Gina. Harry a segurou pela cintura, e a puxou para mais perto. A respiração de Harry estava mais acelerada, e ele sentia cada vez mais forte o perfume que Gina estava usando aquela manha. Ele teve a impressão de que sua mãe estava ali, e que também, estava torcendo muito por ele e Gina. Então Harry sorriu alegremente, e quando estava preste a beijar ela, de repente...

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.