FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. Trevas no treino de quadribol!


Fic: viverei por você


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Gina contou tudo a Harry, o que sentiu na câmera secreta, o que estava sentindo agora desabafou inclusive sobre seus medos e seus receios, e Harry a escutou atento, a todas as palavras somente interrompendo quando ficava em duvida sobre alguma questão.
Quando ela terminou já estava amanhecendo e Harry ficou abraçado a ela para que descansassem um pouco, antes combinaram que contariam a Lupin e a Dumbledore, e claro a Rony e Hermione a respeito dos sonhos de Gina.
Acordaram quase na hora do treino de quadribol e correram até o vestiário, enquanto corriam um acusava o outro de não ter acordado, por isso estavam tão atrasados.
_Você não me acordou capitão então não reclama de estar atrasado. – disse Gina entrando no vestiário.
_Eu sou o capitão Gina não posso chegar atrasad...
Os dois deram um grito assustados.
_Hermione! – exclamaram os dois.
_O que esta fazendo aqui? – perguntou Gina indo até o armário para pegar seu uniforme.
_Nada. – respondeu Hermione.
_Conhecemos você Hermione o que aconteceu? – perguntou Harry. _Brigou com o Rony?
Hermione balançou a cabeça afirmativamente, escondendo logo em seguida os olhos com as mãos e começando a chorar.
_O que foi que aquele legume do meu irmão fez? – perguntou Gina.
Harry ia defender o amigo, mas quando encarou Gina as palavras pararam na sua garganta, Gina estava sem a blusinha e já tinha vestido a calça do uniforme, estava desenrolando a camisa da equipe, e Harry olhou para o sutiã dela, branco com rendas, e da cintura que ele tanto gostava de abraçar de repente entendeu porque gostava tanto daquela ruiva, e anotou mentalmente que deveria voltar a uma discussão com ela depois do treino mesmo porque ele sabia como acabavam aquelas discussões, Gina vestiu a camisa.
_Harry você não vai se trocar? – perguntou ela, Harry acabou voltando a si, e saiu às pressas para trocar de roupa.
_Hermione você não respondeu, o que o Rony fez?
_Eu vou contar a vocês se prometerem me ajudar? – disse Hermione se recuperando.
_Eu não acho certo enganar o Rony Mione. – disse Harry.
Hermione ergueu o rosto e encarou o amigo.
_Quero a ajuda de vocês porque o Rony não quis me ajudar. – disse ela séria.
Os dois abriram a boca surpresos, por que será que Rony não quis ajudar Hermione.
_Não Mione por que... – começou Gina.
_Eu vou contar pra vocês. – ela olhou em direção a porta apontou sua varinha. _Abbafiatto.
Harry a olhou surpreso. Hermione contou aos dois o que tinha acontecido.
_Agora é melhor vocês irem. – disse ela.
_Não se preocupe nós vamos te ajudar, antes que eu esqueça depois do treino você e o Rony vão lá para sala precisa precisamos contar uma coisa, Dumbledore também estará lá com Lupin e Tonks. Harry pediu a Edwirges para avisá-los.
Hermione assentiu saindo do vestiário. Harry e Gina a seguiram tiveram que escutar um bocado do restante da equipe da Grifinória principalmente de Rony que estava de muito mau humor, e Gina acabou respondendo mal a ele, quase criando uma discussão e Harry precisou gritar com os dois para que voltassem ao treino.
_É sério ou vocês dois param ou eu vou mandar os dois pro banco.
Gina o olhou ameaçadoramente.
_Inclusive você senhora Potter. – bradou Harry. _Voltem ao treino.
Gina se controlou para não azarar o marido, mesmo com a pequena bronca a garota marcou dois gols seguidos, Hermione os assistia atentamente, e Rony quando percebia o olhar da garota nele se desconcertava totalmente, ele por diversas vezes teve a nítida impressão de ver um sorrisinho no rosto de Hermione quando isso acontecia, o que o deixava mais furioso, como gostava daquela garota, mas não podia ajudá-la no que ela pedia mesmo porque era estranho o pedido dela, depois de tanto tempo. Lembrou-se de duas noites atrás quando Hermione tinha ido ao banheiro dos monitores tomar um banho e ele a seguiu, esperou a namorada entrar na banheira e se aproximou. Tocou no ombro macio da garota fazendo com que ela se assustasse.
_Rony o que esta fazendo aqui? – perguntou ela tentando se esconder na espuma.
_Vim ver minha namorada. Você é linda. – disse ele a acariciando e começando a beijá-la.
Hermione começou a ceder, já estavam com os lábios vermelhos, os rostos afogueados.
_Rony. – chamou ela.
_Que? – perguntou ele acariciando o rosto da namorada.
_Acho que tem espaço aqui. – disse ela mostrando a banheira cheia de espuma.
Rony entendeu o recado mesmo assim a olhou um tanto surpreso percebeu que quando Hermione queria era bem diferente da CDF que ele conhecia, ele retirou a roupa entrou com a namorada para um banho cheio de amor e carinho.
_Rony dá pra prestar atenção? – gritou Harry. E Rony voltou de seus pensamentos para o jogo.
Tudo aconteceu muito rápido Hermione dera um grito um raio de luz laranja passou por Rony vindo nem se sabe de onde, fazendo com que o garoto se desequilibrasse e batesse com a vassoura num dos aros e caísse com um baque surdo no chão, o jato tinha sido lançado em Gina que tentou se desviar, mas ele acabou pegando em sua vassoura que começou a pegar fogo e Gina se desequilibrou e começou a cair.
_Não! – gritou Harry acelerando sua vassoura o mais rápido que podia quando ouviu alguém gritar.
_Aresto Momentum!
E Harry viu agradecido, Gina ser amortecida na queda de 5 metros, olhou na direção e viu Snape correndo até onde eles estavam. Harry já estava ao lado de Gina.
_Leve-a a ala hospitalar, Potter. Vou ver como está o Sr. Weasley. Os outros voltem para dentro agora! – gritou Snape.
Todos obedeceram, Harry nem quis discutir, e correu com Gina para a ala hospitalar, teve que agüentar madame Pomfrey perguntando porque ele estava invadindo assim a ala mas ao ver Gina indicou a ele uma cama próxima e só depois que tirou Gina de seus braços foi que sentiu o esforço que fez.
_Saia Sr. Potter preciso examiná-la. – Nesse momento Snape entrou com Rony nos braços seguido de Hermione, mas este estava acordado.
_Saiam todos. – disse madame Pomfrey.
Harry saíra à contra gosto, sentou-se na sala de espera com Hermione.
_Como o Rony está? – perguntou Harry.
_Acho que quebrou um braço, nada que madame Pomfrey não resolva, e Gina?
_Não sei, mas de uma coisa tenho certeza quem quer que tenha lançado aquele feitiço, sabia o que estava fazendo.
Hermione o olhou com um jeito de sabe tudo dela.
_E você dessa vez não era o alvo. – disse ela.
Harry meneou a cabeça eles viram quem era o alvo: Gina. Snape saiu da sala.
_Madame Pomfrey disse que vocês poderão entrar agora, Potter poderá ficar com a esposa, mas a senhorita Granger terá que voltar para o seu dormitório.
Harry nem sabia o que o levou a fazer isso, mas decidiu que naquele momento era o melhor.
_Professor quem lançou aquele feitiço, o lançou contra a própria Gina, por quê?
Snape o olhou parecia muito cansado, e Harry notara que ele estava mais pálido que o normal. Snape passou as mãos nos olhos e deu um suspiro resignado.
_Ela é a senhora Potter agora, terão que tomar muito cuidado, Harry.
Até Hermione abriu a boca ao ver Snape chamar Harry de Harry.
_Vocês dois serão alvos.
Harry suspirou.
_Não quero arriscar a vida dela não foi pra isso que me casei.
Snape fez com que Harry o encarasse, segurando o garoto pelos ombros.
_A escolha não foi sua, foi ela quem te escolheu, sabendo o que poderia acontecer. – Harry não entendia o que estava acontecendo e Hermione abriu ainda mais a boca Snape não estava sendo agressivo, ele estava tendo compaixão, antes que Harry pudesse fazer outra pergunta Snape deu as costas e saiu.
Hermione e ele se olharam.
_Você entendeu alguma coisa? – perguntou Harry.
_Não. – respondeu Hermione abrindo a porta da ala hospitalar.
_É, nem eu. – respondeu Harry, dando um sinal para Rony de que depois conversariam, e indo até Gina. A garota abriu um pouco os olhos,
_Harry... – disse sonolenta.
Harry colocou o dedo indicador nos lábios dela murmurando um “Shh”, pra que ela descansasse.
_Você precisar contar a Dumbledore a respeito do meu sonho.
_Amor, nós vamos ter tempo para isso agora descansa. – disse Harry dando um beijo na testa da esposa. Ela deu um breve sorriso, era a primeira vez que escutava Harry a chamar de amor, e gostou, fechou os olhos estava cansada realmente.
Antes de Hermione sair ela e Harry conversaram um pouco com Rony contando às conclusões que tiveram, e de como Snape o tratou, Harry adormecera segurando as mãos de Gina, e apoiando a cabeça com a outra mão em cima da cama. Adormeceu pensando o que teria levado Snape a tratá-lo daquela maneira.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.