FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. Capítulo III


Fic: Um Preço Alto Demais HHr


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Que tipo de mulher seria essa que inspirava emoções tão fortes em um homem como Harry Potter? Ela perguntou-se.
Se Hermione estivesse sozinha, teria saído da cadeira para investigar. Mas teria de usar de um pouco mais de sutileza, o que na verdade, não era seu forte.
— Preciso ir ao toalete — ela improvisou. — Não demoro.
Ela levantou-se e fingiu procurar localizar-se, enquanto seguia o olhar de Harry.
E assim, ela a viu. Ao lado do bar, de braço com um homem de cabelos brancos, cujo paletó mal fechava sobre a barriga proeminente.
Hermione não teve dúvidas que se tratava de Cho. Tonks a avisara que ela entenderia, quando a visse. Dito e feito.
Uma verdadeira modelo. Alta. Muito bonita. Elegante. Cabelos maravilhosos.
Cho usava um traje de lã creme que se ajustava perfeitamente às curvas suaves, porém deliciosas. Os cabelos negros estavam presos em uma trança francesa, que realçava a beleza exótica do rosto. Brincos de ouro e diamantes nas orelhas. Não usava colar, o que realçava a sua figura esguia e o grande decote em "v". A boca estava pintada com batom cor de sangue.
Sangue de Harry.
Não restava dúvida que Cho havia escolhido o político por dinheiro. Era o tipo de mulher que jamais ficaria com um homem que perdera quase tudo. Mas que rameira sem coração!
— O toalete é para lá — Harry apontou, sem entender a hesitação dela.
Hermione voltou-se. Já recuperara o sangue-frio, mas o olhar traía emoções indescritíveis.
— Onde? Ah, sim.
Hermione passou por entre as mesas na ida e pelo lado do bar, na volta. A boneca de luxo ainda estava lá, bebericando um coquetel e babando em cada palavra do marido horrível.
— Olá, Cho — Hermione falou, sem se deter.
Foi o suficiente para ver a surpresa nos grandes olhos escuros da outra.
Hermione sorriu, ao aproximar-se de Harry e ele retribuiu o sorriso, como ela anteviu que ele faria.
— Você é rápida — ele comentou, ao vê-la sentar-se.
— Não tenho maquiagem e nem penteado para retocar.
Ele a fitou pensativo.
— E nem precisa. Você é muito bonita.
— Obrigada. Você também é.
O sorriso de Harry foi sincero.
— Você é mesmo diferente, sabia?
— Sabia.
Ele riu de novo.
— Sua mãe não lhe ensinou a virtude da modéstia?
— Garanto-lhe que não. Ela ensinou-me a dizer o que penso e o que me agrada.
— Devia ser uma mãe bem diferente.
— E era.
— Precisa contar-me mais sobre ela e sobre você. Mas, acho que outro drinque...
Harry interrompeu a frase, novamente com o olhar gélido e Hermione adivinhou do que se tratava.
Uma coisa era abandonar um homem. Outra era vê-lo muito animado na companhia de outra. E muito mais jovem. Não havia ofensa maior. E Cho viera conferir, in loco.
— Harry... — a diva ronronou. — Não esperava vê-lo por aqui hoje.
Ela ficou a frente de Hermione. Do marido, nem sinal.
O sorriso de Harry arrepiou Hermione. Era um homem que não perdoava facilmente. E nem esquecia. Ocorreu-lhe que se o sócio do desfalque fosse bem esperto, deveria mesmo esconder-se na América do Sul para sempre.
— E por que não, Cho? — Harry falou, em voz arrastada, recostando os ombros largos no espaldar da cadeira. — Big Brutus vencerá hoje e devo estar aqui para receber o troféu. Junto com Hermione.
A outra a fitou com os olhos escuros faiscantes.
— Perdão... Você me cumprimentou, mas não consegui lembrar-me de onde a conheço.
— Na verdade, você nunca me viu — Hermione respondeu no mesmo tom agridoce. — Mas eu sinto como se a conhecesse. Harry falou-me muito sobre você.
— É mesmo? — Cho perguntou, com frieza.
— Nós não temos segredos entre nós, não é mesmo, Harry? — Hermione sorriu para Harry que, felizmente, não se mostrou espantado.
— Que ótimo — Cho falou, por trás dos dentes muito brancos e quase cerrados. — Há quanto tempo vocês estão saindo juntos?
— Não tenho certeza, eu não fiz as contas — Hermione afirmou lépida. — Quanto tempo faz querido?
Só esperava que Harry não a desmentisse.
— Deus é quem sabe, doçura — ele respondeu divertido. — Também não contei. Só sei que tem sido uma experiência inesquecível.
A hostilidade da outra era perceptível. Se apertasse a bolsa com mais força, as unhas vermelhas perfurariam o couro.
— Ela é um pouco jovem para você, não é?
Harry ficou indiferente com a alfinetada.
Que homem! Hermione admirou-se das maneiras suaves e desenvoltas de Harry, uma combinação invulgar com sua aparência máscula.
— Eu diria que ela está na idade certa. Contudo, não posso dizer o mesmo do velho George, que já percorreu uma longa estrada. Cho, eu gostaria muito de continuar a conversa, mas os cavalos já estão na barreira. Encontraremos-nos mais tarde, depois de Big Brutus ganhar o páreo, pois George estará presente na entrega do troféu.
Harry apanhou o binóculo de cima da mesa e focalizou os animais que acabam de começar o páreo.
Cho destilou ódio para o lado de Hermione e foi embora.
— Ela já foi — Hermione sussurrou, satisfeita.
— Não sei se fico irritado ou se lhe agradeço — Harry respondeu no mesmo tom, sem tirar os olhos das lentes.
— Gratidão seria uma opção mais sensível.
— Pelo jeito, Tonks contou-lhe sobre Cho.
— Somente os fatos básicos. Perguntei-lhe se você era rico e ela contou-se de seus problemas financeiros recentes. O que a levou a mencionar a deserção de Cho.
— Ah... Sei. Isso explica tudo.
Ele parou de falar, só observando a corrida. O percurso era pequeno e os animais já se aproximavam da reta de chegada. Três concorrentes vinham à frente e outros dois no encalço deles. O final prometia ser excitante.
Pela primeira vez em uma corrida de cavalos, Hermione não prestou atenção na pista.
Ela estava intrigada. Podia entender o rancor de Harry. Afinal, ele fora abandonado. Além disso, a mulher era estonteante e Hermione suspeitou que também fosse quente na cama.
Porém o ciúme de Cho pareceu-lhe demasiado. O que ela esperava? Que um homem como ele não olhasse mais para nenhuma mulher? Ou imaginara que fosse insubstituível na vida dele? Que a traição o tomasse um celibatário empedernido?
Que idéia mais ridícula!
Mas... Harry viera sozinho e só mostrara interesse por cavalos. Ela mesma não passava de uma falsa namorada.
— Para você será muito melhor ter ficado sem ela — Hermione anunciou pragmática, quando os animais acabam de cruzar o disco. — Se ela não o amou, quando você ficou pobre, é por que não o amava.
Harry abaixou o binóculo e fitou-a com seriedade.
— Sei que você fez isso de boa vontade, Hermione. E eu lhe agradeço. Mas você realmente não sabe qual foi o tipo de nosso relacionamento. Tonks também não. Ela... ah, falando no diabo... Ela está chegando. Por favor, não conte nada do que aconteceu. E pode abandonar esse jeito de mocinha apaixonada. Cho já saiu do bar com o marido.
— Que pena. Eu estava me divertindo. E se Big Brutus vencer? Não deverei reviver o papel, ao menos na apresentação?
— Esperemos até que ele vença, está bem? Olá, Tonks. Chegou a tempo de tomar uma taça de champanhe.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.