FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

14. A primeira vez


Fic: CASAMENTO DE AMIGOS H HR - DG - SUPER AVISO!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Harry foi para o banho enquanto Hermione pedia ao serviço de quarto um champagne para os dois tomarem para poder descontrair um pouco... ela estava um pouco nervosa.. Sabia que em instantes estaria fazendo amor com o homem dos seus sonhos.

Ela não sabia muito bem precisar quando Harry havia se tornado objeto de seus desejos mais íntimos mais sabia que nada tinha acontecido de repente. Durante todos os anos que conviveram juntos em Hogwarts, ela sabia que existia algo que ambos não queriam confessar, pois tudo era muito confuso, o carinho que sentiam um pelo outro era facilmente justificado pela amizade de longos anos. A preocupação que tinham com o bem estar do outro também era justificada pelos anos de amizade.

E sem dizer que Harry nunca mexeu um dedo para ajudar Rony a namorá-la, ela sempre achara aquilo muito estranho...

E ela também nunca apoiara Gina em seus arroubos de amor por Harry, sempre se absteve de dar sua opinião. Mas intimamente ela queria fazer parte na vida de Harry de uma forma diferente.... agora ela tinha certeza disso...

Todas as vezes que Gina confidenciava coisas sobre Harry ou que Hermione presenciava um beijo entre os dois ela sabia que o que a incomodava não era a intimidade dos namorados e sim que ela queria estar nos braços dele...

Agora faltava pouco... pouco para ela se entregar a Harry Potter

Pouco para ela sentir o que as outras sentiam nos braços dele... mas seria suficiente? Ela não queria ser mais uma no curriculum dele... ela queria significar algo pra ele. Por isso estava entregando sua virgindade sem pestanejar nem um pouco...

Não só por isso , porque ela o havia escolhido, o havia escolhido para partilhar sua cama e este momento tão importante....

Presa em seus devaneios, nem percebeu que Harry havia saído do banho e veio em direção dela que estava na sacada observando a noite linda do Caribe.

Ele a abraçou por trás, assustando-a e perguntou ao seu ouvido:

--- Em que pensas minha linda?

Ela se virou lentamente para ele e o analisou de cima a baixo e disse:

--- Pensava em quando meu namorado sairia do banho... ou se me deixaria muito tempo aqui sozinha....

Harry a abraçou e disse:

--- Estava me preparando pra ser todo seu minha querida e dizendo isso a beijou.. Hermione estava trêmula, agora mais do que nunca, com aquela visão daquele homem de toalha abraçado ao seu corpo, perfumado, com os cabelos desarrumados e romântico era tudo que alguém em sã consciência poderia querer em sua cama...

Ele se afastou rapidamente para se trocar antes que as carícias se tornassem comprometedoras demais e ele não conseguisse se controlar.

Ele se dirigiu ao closet enquanto Hermione escolhia a camisola que usaria, quando ela estava escolhendo a peça Harry chegou e disse:

--- Hum... posso saber o que a Srta. está fazendo? - ele já estava vestido para decepção de Hermione

--- Harry – você me assustou... estou escolhendo algo para vestir depois do banho. Ela se aconchegou perto dele e disse:

--- Você não tem que descer? Eu vou demorar no banho Sr. Potter. Não demore muito pois pedi o champagne e eles devem entregar logo e eu não vou ouvir a campanhia tocar.
O beijou de leve nos lábios e se dirigiu para o banheiro.

Harry sorrindo desceu para o térreo onde havia várias lojas, inclusive uma loja da Tiffany’s joalherias. Ele foi primeiro à farmácia comprou dois pacotes de preservativos um tubo de lubrificante e se dirigiu à joalheria, chegando lá escolheu um anel lindo de rubis e brilhantes e pediu para que marcassem a data de hoje nele. Pegou a jóia e colocou no bolso da camisa.

Todo momento se sentia observado por alguém, foi à uma cabine telefônica, fez um telefonema de 10 minutos, pois sabia que o telefone não estaria grampeado como o do seu quarto... depois foi á escrivaninha do lado da recepção e pediu que além de champagne levassem calda de chocolate e morangos para sua suíte.

Passou na floricultura do hotel e comprou duas dúzias de rosas importadas e subiu para o quarto.

Hermione ainda não havia saído do banho e ele estava tentando a entrar no banheiro para ver se estava tudo bem... mas a ouviu cantar e ficou mais tranqüilo, ele estava inquieto com a observação de qual foi alvo na recepção do hotel, e sabia que seu quarto estava sendo vigiado, não como o de Malfoy e Gina , mas estavam sendo vigiados por alguém ,mas eles não se comprometeram em nada.... eles agiam como um casal apaixonado, ou melhor eles eram um casal apaixonado...

Quando Harry terminou o raciocínio se deu conta de que realmente queria muito Hermione, ele sabia desde o início que não era somente desejo, e também não era uma versão mais romântica de sua amizade com ela... ele sabia que isso que estava acontecendo era tudo que queria....

Ele despetalava as rosas e jogava pelo chão no caminho da cama e sobre os lençóis onde depositou uma rosa particularmente linda e rubra entre os travesseiros. Jamais fizera isso por mulher nenhuma...

A camapanhia tocou e ele atendeu, o mesmo atendente desde quando chegaram ao hotel veio servi-lo e novamente fez uma varredura visual pelo quarto, colocou o champagne, os morangos e a calda de chocolate na sala de jantar...

Harry deu uma gorjeta ao atendente e o dispensou pensativo.... mas hoje não era dia para preocupações.... ele tinha outra coisa em mente..

Saiu de seus pensamentos com uma visão...

Hermione saía do banheiro, com uma camisola verde como os olhos de Harry, curta, transparente, que marcava os seios de forma fantástica, com os cabelos soltos, lisos e cheirosos, e olhando para a decoração do quarto com as rosas, ela sorriu intimamente, é ele estava sabendo tornar este momento especial realmente.

Hermione disposta a deixar todo pudor de lado começou a provoca-lo , sentou-se na beira da cama virada para ele, um vidro de hidratante da Victoria Secret ( mesma marca de sua lingerie ) e começou a passar displicentemente o creme pelas suas pernas em uma posição sensusal.

Harry estava sem ação.... e ainda observando Hermione, abriu o champagne, encheu duas taças deixou-as na mesa e sentou na beirada da cama apreciando ainda a morena se tratar, pegou o vidro de hidratante das mãos dela e leu o rótulo e disse, agora acariciando as pernas da morena:

-- Que coincidência meu anjo....

Hermione perdeu o fôlego ao mero toque de Harry e com muito custo falou:

--- O que é coincidência meu querido?

--- O seu creme é de morango com champagne, e foi exatamente isso que tem em cima daquela mesa para degustarmos... – Harry continuava a acariciar suas pernas e disse em uma voz rouca :

--- Vem comigo meu anjo... venha provar uma das delícias desta noite e puxou-a delicadamente consigo...

Hermione foi na frente e Harry teve uma visão particularmente privilegiada da parte de trás da camisola dela que era decotadíssima e transparente. Ele conseguiu ver que Hermione usava uma calcinha mínima. Aquilo o deixou sem fala.

Ele a muito custo se controlou pegou a taça de Mione e entregou a ela e pegou a sua, e quando ela ia bebericar o champagne ele disse:

--- Calma querida, deguste assim ele disse:

Com um gesto sensual, ele escolheu um morango pequeno e bem vermelho, o mergulho na calda de chocolate e colocou na boca de Hermione que mordeu com gosto a guloseima.. Ele disse agora prove o champagne minha querida...

Hermione bebeu o champagne e aquela sensação de suavidade e doçura percorreu todo o seu corpo, ela fechou os olhos para melhor degustar o sabor e ele se achegou a ela e com os olhos verdes de paixão disse:

--- Ficou um pouquinho de chocolate aqui – disse lambendo o canto da boca dela em um gesto sensusal...

Decidida a se soltar, ela repetiu o gesto de Harry e colocou um morango mergulhado no chocolate na boca do moreno, que comeu com gosto, Hermione com o dedo sujo de chocolate, o sugou sensualmente olhando para Harry – aquilo foi a gota d’agua para o moreno que se dirigiu para mais perto dela e a estreitou em seus braços e disse:

---- Te quero tanto que não estou conseguindo mais me controlar... te quero tanto que estou perdendo a razão... você está espetacular.... linda.. minha... só minha

Hermione que também estava no limite de sua excitação, se afastou um pouco, tomou mais um gole do champangne e disse:

--- Este caminho de rosas leva a algum lugar específico meu querido?

--- Leva meu anjo – leva ao paraíso, aliás é pra lá mesmo que estou te levando agora e sem pestanejar, pegou a morena no colo, ela soltou um gritinho, pois o champagne caiu no meio de seus seios, molhando-a

Harry a depositou na cama com suavidade e se ajoelho na cama e retirou a camisa, ela percebia que o peito dele estava ofegante... ele a observava... ela estava linda, displicente, sensual, molhada e melhor com um olhar que era um convite a seus beijos...

Ela observava aquele tórax perfeito e pensava que ela não queria estar em lugar nenhum mais, só ali, com ele , daquele jeito, todo ofegante de desejo por ela...

Ele se deitou sobre ela e sentiu que ela estava molhada e ele a beijava de maneira sensual e erótica num anúncio do que aconteceria em breve. Hermione se deixou levar pela sensualidade do carinho e passeava com as mãos nas costas de Harry, que gemia baixinho...
Ele foi descendo os carinhos e chegou aos seios dela e lambeu o vale entre os seios onde ela havia derramado champagne, ela gemia alto, ele acariciava seus seios e os desnudava ao mesmo tempo e sem que ela percebesse ele já havia arrancado a camisola dela.

Ela não se sentia vulnerável, pelo contrário se sentia sensual, e não estava com medo do que esta por vir... tudo era um turbilhão de emoções por ela nunca sentidas. Cada toque, cada beijo, cada gemido significava pra ela um passaporte para um mundo por ela não conhecido.

Harry estava de calça ainda, e sua ereção estava dolorida , Hermione parece ter lido os pensamentos do moreno, pois virou, se posicionando por cima de Harry, agora ela podia sentir totalmente a excitação dele... e começou para o espanto dele a tirar seu cinto... Harry deixou que ela agisse, ela então abriu o botão da calça dele e depois em um gesto proposital abaixou o zíper da calça de Harry encostando as costas da mão pela extensão do membro rígido ele. Ele gemeu alto... aquilo era demais...

Ela estava radiante, sabia que ele estava ali entregue à ela como ela estava entregue à ele, ele a ajudou a tirar a calça dele.. ela ficou admirando aquele corpo perfeito, com aquela cueca branca. Ela podia ver tudo corpo do moreno, e aquela visão a excitou ainda mais....

Ele percebeu que ela estava vulnerável e novamente a virou, e começou uma série de carícias enlouquecedoras e chegou na calcinha dela, e a tirou lentamente, ele sabia que ela estava excitada, mas ele teria que ser cuidadoso demais, era a primeira vez dela, e ele não era nada modesto no quesito tamanho, portanto ele havia comprado um lubrificante para facilitar a penetração e não machucar sua princesa...

Ele já havia experimentado as delícias que a língua de Harry era capaz de proporcionar, mas hoje estava diferente, ele a beijava e descia pelos seios e pelo ventre dela, até atingir o seu objetivo, com um grito Hermione acolheu a língua de Harry em seu local mais íntimo, Harry cuidadosamente inseriu um dedo vagarosamente em Hermione para sentir sua lubrificação e prepara-la , ela adorou aquilo, sentiu o dedo de Harry a penetrando enquanto a acariciava com a língua, ele subiu para beijar os seios de Hermione sem tirar o dedo que agora fazia movimentos intencionais de penetração, aquilo estava deixando Hermione louca, ela não agüentaria muito tempo, e com um grito.... gozou, apertando seu sexo contra a mão de Harry.

Harry com muito custo conseguiu se controlar, a visão de Hermione tendo um orgasmo pra ele foi demais... ele retirou o dedo dela que o olhou bem nos olhos dele e disse:

--- Te quero tanto....não pára

Ele respondeu entre um beijo...

--- Eu também e já não consigo mais esperar, dizendo isso se levantou e tirou a cueca, aquilo já não era novidade pra ela, mas só o mero pensamento que aquilo tudo estaria dentro dela, a deixava um pouco ansiosa...


Ele estava colocando a camisinha em seu membro e Hermione o observava atentamente, ele pegou o tubo no criado mudo e lubrificou a camisinha..

Ela perguntou pra que servia aquilo...

Harry riu da inocência de sua garota e disse ao seu ouvido enquanto se posicionava sobre ela:

--- Não quero te machucar minha linda, é um pouco dolorido você sabe, e este lubrificante facilitará muito as coisas... quero você e quero que você curta cada momento desta noite...
Farei tudo com muito cuidado minha jóia....

--- Eu sei, confio em você e te quero demais, também não consigo esperar...

Harry a beijava enquanto se posicionava entre as pernas de Hermione, ela sentiu a ponta o membro dele às portas de sua virgindade... ele com a voz rouca disse:

--- Posso meu amor?

Ela respirou fundo e disse ao ouvido dele:

-- Estou te esperando....

Harry começou a se mover lentamente para dentro de Hermione que gemia a cada movimento dele, o que fez com que ele parasse, em um esforço imenso e perguntasse:

--- Está doendo minha linda? Se tiver me avise que paro combinado?

--- Está doendo um pouquinho, mas nada fora do normal....

Harry começou novamente os movimentos lentos e chegou à barreira que ele saberia que teria que ser transposta aquela noite para que Hermione fosse sua ... e com receio ele voltou a perguntar:

--- Mione, ta tudo bem?

Os músculos das costas dele estavam retesados, e ele fazia um esforço imenso, para não tomá-la de uma vez e a fazer sua...

--- Não Harry, pode continuar meu querido, eu sei que vai doer um pouco, mas nada que não possa suportar...

Ele com um movimento mais longo a penetrou mais um pouco e sentiu a barreira entre os dois ser rompida... Hermione deu um gemido alto..

Harry parou novamente e sentiu ela se retesar, e com os seus músculos internos ela segurava seu membro dentro dela...

Ele disse:

--- Meu amor, você tem que relaxar, entende, relaxe os quadris, isso minha querida, agora me beije, meu amor, você já é minha ....

Hermione se esqueceu de tudo e beijou Harry, expressando no beijo todo tesão do momento, Harry aproveitou este momento de descontração da morena, e aos poucos foi arremetendo para dentro dela até que ele encostou sua virilha na dela e dissse:

--- Pornto minha linda, você é minha, estou todo dentro de você, agora somos um só... e dizendo isso a beijou com um carinho nunca antes experimentado pelos dois.

Aquele beijo expressava que aquele ato era sonhado pelos dois por muito tempo, que aquele momento perfeito chegara e eles fariam com que fossem inesquecíveis...

Ele começou a se movimentar lenta e ritmadamente dentro dela, tirava quase todo se membro de dentro de sua amada e voltava a penetrá-la com movimentos decididos, Hermione agora já senhora de suas sensações se mexia debaixo de seu amado, e mexia os quadris para que eles fossem de encontro com os movimentos de Harry. O ritimo estava alucinante, e aumentava cada vez mais até que Harry não conseguindo mais se segurar e sentido que Hermione também estava prestes a gozer falou no ouvido da morena:

--- Vem meu amor, vamos gozar juntos... e dizendo isto aumentou o ritmo e com um grito Hermione deu seu testemunho de que ela havia alcançado o seu primeiro orgasmo como uma mulher de verdade e Harry gozou chamando o nome de Hermione... e se deitou sobre ela exausto. Ainda dentro ela, ele a olhou bem nos olhos e disse:

--- Você é minha – só minha – minha namorada, amante, minha mulher! E dizendo isso a beijou

Hermione tinha vontade gritar que amava aquele homem, mas tinha medo de assusta-lo com seu arroubo de amor e decidiu se calar, e voltou a beija-lo

Depois do beijo, Harry fez menção de sair de cima da morena, que imediatamente o prendeu com as pernas e dissse:

--- Por favor não saia agora de dentro de mim, deixa eu te sentir mais um pouquinho, por favor...

Harry sorriu e disse:

---- Só estou preocupado de estar pesado em cima de você meu amor...

--- Por favor meu amor, fica mais um pouco.... acho que vou me sentir vazia se você sair daqui....

Harry olhou bem nos olhos castanhos da morena e sabia que também não queria estar em outro lugar ou com outra pessoa naquele momento, aliás aquele momento era tudo que ele sempre sonhara ela era a mulher que ele amava e precisava dizer isso a ela e disse:

--- Você não tem porque se sentir vazia, eu estarei aqui sempre... estarei sempre aqui pra você, sempre pronto para a mulher que eu amo!!!

Hermione ficou sem fala.. será que as emoções do dia a haviam deixado meio pertubada. Harry havia dito que a amava?

--- Como? Repete isso Harry!!!

--- O que ? Que eu estarei sempre aqui, sempre por você? Ou a outra parte ... a que te amo... amo como nunca amei ninguém na minha vida... Eu te AMO Hermione Jane Granger...

Hermione o abraçou e disse:

--- Eu também te amo Harry Potter, mais do que você pode imaginar e o beijou ....

Harry lentamente se afastou de Hermione, a beijou e pediu um minuto, ele tinha que tirar a camisinha, pois ele declarou que a noite não acabaria ali...
Hermione o seguiu e foram juntos para o banheiro.... Harry decidiu aproveitar agora a banheira.. Ambos mereciam um banho quente, principalmente Hermione que deveria estar cansada e dolorida....

Ele ligou a banheira e quanto ela enchia ele ligou o chuveiro e puxou a morena para mais uma sessão de carinhos debaixo do chuveiro....

Ele se sentiu excitado novamente, e Hermione segredou ao ouvido dele que gostaria muito também de além de tocá-lo de prová-lo como ele fizera com ela várias vezes, mas ela não sabia o que fazer nem como fazer.

Harry se prontificou a ensiná-la, afinal de contas teriam toda noite para poder se conhecer....

Foram para a banheira onde uma nova sessão de carinhos eróticos começava....


N/A: No próximo capítulo, mais de H/Hr e Draco/Gina – A noite ainda não terminou para nenhum dos dois casais....

O MEU MUITO OBRIGADO A TODOS QUE COMENTARAM, E AOS QUE LERAM A FIC... FICO SUPER ANSIOSA ESPERANDO OS COMENTÁRIOS DE VOCÊS.
NA SEGUNDA-FEIRA TEM MAIS. BEIJO NO CORAÇÃO - FER

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.