FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

27. Atualizações e Afins


Fic: Entrelinhas Ron e Hermione - Confirmações - Ano 7 - COMPLETA


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


 


Londres, 22 de março de 2013.



Por que sou fascinada por Ron e Mione
 


Tantas palavras. Tantos silêncios. Preciso falar ou devo calar?


Há muito tempo queria chegar por aqui. Mas a vida anda tão corrida. E somos atropelados até em nossas reflexões.


Muitas vezes me perguntei por que o relacionamento de Ronald Weasley e Hermione Granger me atrai magicamente assim.


Não estou sozinha.


Nos comentários dos que leem os meus textos simples (nunca soube escrever difícil) entrevi pessoas tão ou mais apaixonadas por esses personagens. Será que no fundo tantos de nós se identificam com eles em seus medos e desejos. Temer e querer com igual ou maior força. Por que o que nos atrai faz sentir pânico ao mesmo tempo?


É o diferente, o desconhecido, que geralmente nos atrai.


Ron e Mione são assim. Completamente diferentes. Ao mesmo tempo tão próximos em seus medos e desejos. No fundo, os dois se complementam. Para a séria, por vezes sisuda Hermione, alguém que olha a vida de forma mais descontraída. Ao inseguro Ronald, a “sabe-tudo” que não desiste de alcançar os seus objetivos.


Acho interessante ver como os primeiros sinais de amor podem dar repulsa, gerar negação, agressividade. É o medo do desconhecido, do que não sabemos dominar e, em geral, foge da lógica. “Como eu, tão racional, inteligente, estudiosa, posso gostar desse menino explosivo, turrão, desleixado?” deve ter se perguntado Hermione.


Ron, por sua vez, não alcançava o fato de estar se apaixonando por aquela bruxa de nariz empinado, que gostava de dar ordens, vivia o corrigindo, tensa, incapaz de se divertir.


Mas, ao mesmo tempo, ela sempre se preocupou e sofreu com a indiferença dele. Ou o que mais explicaria ter ficado a tarde toda chorando depois de ser chamada de “pesadelo” por aquele ruivinho? E ele, certamente surpreso com essa reação, depois de salvá-la do Trasgo, percebeu como era bom “bancar o herói” da menina de cabelos volumosos. E, sejamos sinceros, isso ele sempre soube fazer muito bem.


É interessante notar também quanto os dois são inseguros no aspecto emocional. Em Ron isso fica mais evidente pela “paralisia” que sofre durante os jogos de quadribol. Mas basta um olhar mais atento para observar que Hermione se esconde atrás da inteligência e, acima de tudo, faz questão de mostrar que sabe. Por isso levanta a mão toda hora que os professores fazem uma pergunta, não aceita que ninguém acerte mais que ela. Ron, que é uma pessoa intuitiva e observadora, logo percebe esse fato. No sexto ano, por exemplo, o ruivo deixa isso claro ao dizer que Mione implica com o fato de Harry estar usando o livro do Príncipe Mestiço por ele estar sendo melhor em poções que a menina.


Ao longo do tempo, vamos percebendo o quanto os dois crescem, vencem o orgulho, se rendem ao fato de que se amam e precisam, com todas as forças, um do outro. O beijo na Sala Precisa traduz muito bem isso. Não é um simples beijo apaixonado, é um gesto quase de desespero, se é que entendem. Sabe quando a gente tenta deter a fúria do mar, mas as ondas vêm com força, destruindo tudo? É mais ou menos assim que acontece com eles.


Os dois amadurem muito na convivência um com o outro. Ron fala para Hermione, com coragem, as verdades mais duras. E vice-versa. Ela não teme dizer ao ruivo tudo aquilo que considera fraqueza nele. Mione aprende a relaxar (ao menos um pouco) e o rapaz fica mais seguro, melhora na execução dos feitiços. Crescem e caminham juntos.


Na verdade, são muitos os aspectos antagônicos e complementares que existem entre eles. Uma vez li um artigo muito interessante sobre os dois no qual o autor dizia que Ron e Mione adoram duelar (verbalmente) um com o outro. Essa é a mais pura verdade. E certo é que ambos são muito bons nisso. Em geral, os duelos terminam em empate (rs).


Outro aspecto interessante é ver como ambos são semelhantes na inteligência (ele mais intuitivamente, Mione de forma intelectualizada), na ética, na prontidão a se sacrificar sempre em favor da amizade. Tenho impressão, inclusive, que, de certa forma, abrem mão do relacionamento mais precoce entre eles para viverem por Harry e sua desafiante missão de vencer Voldemort. E no texto dessa minha fic, baseada no livro 7, procuro mostrar isso.


Considerei também, ao longo da construção da fic, outros pontos importantes desse relacionamento que faz crescer, que impulsiona um e outro a ser melhor. Hermione está sempre estimulando Ron a acreditar em si mesmo, a desenvolver todo o seu potencial, nem sempre da forma mais adequado já que às vezes ela é chata, cobra demais. O ruivo, por sua vez, busca ajudá-la a não olhar tudo apenas do próprio ponto de vista, a ver que existem opiniões e valores diferentes, que nem tudo que está nos livros é a verdade. Hermione estimula Ron a pensar antes de falar, já que ele é muito espontâneo e, em vários momentos, rude. Já o rapaz ajuda Mione a seguir mais o próprio coração.


Depois tem um aspecto que fica muito claro nos livros, mesmo se não temos o prazer de saber mais detalhes sobre isso. Os dois dialogam bastante! Parecem ter sempre assuntos para longos debates. Quando atuam como monitores, esperam Harry sair das detenções, aulas de oclumência, encontros com Dumbledore... E lá ficam os dois, juntinhos, na Sala Comunal. Lógico que aproveitei essas “entrelinhas” na minha humilde série (hehe).


Voltando a essa relação de atração e repulsa, vemos que os dois se provocam como uma forma de chamar a atenção um do outro, desafiar para ter próximo, para exigir uma resposta (mesmo que seja agressiva). Um jamais fica indiferente ao outro. Podem fingir indiferença, como acontece no sexto ano. Mas não é uma indiferença real.


Tudo isso com o sabor do primeiro e único amor. Acho que, no fundo, todo mundo sonha com isso. Um amor para a vida inteira. Um encontro para sempre. É o mais puro romantismo. Mas no caso deles, como vem sempre cercado por desentendimentos e recomeços, tem um sabor especial e não deixa cair na monotonia.


Morgana Lisbeth




* * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * * *




Londres, 3 de dezembro de 2012.


Depois de quase três meses sem fazer qualquer postagem neste espaço criado para motivar a interação com os leitores, estou de volta! Impossível falar de todas as reflexões que tenho feito a partir do exercício de escrever fanfiction. Portanto, deixo aqui apenas algumas pinceladas dessas reflexões.

Como em qualquer ofício, o da escrita também tem os seus altos e baixos. Momentos de empolgação seguidos pelos de tédio. Ainda assim, se esse for o nosso trabalho, temos que seguir em frente, escrevendo até mesmo quando isso nos custa. No meu caso, não sou escritora profissional. Sendo assim, poderia estar livre para partir. Mas como deixar uma história inacabada?


Algumas vezes tenho impressão que escrevo apenas para mim mesma. Mas talvez seja assim mesmo. A solidão faz parte do exercício da escrita. De qualquer forma, cumprir metas, especialmente as mais desafiantes, é sempre importante. E isso me fez decidir concluir a história mesmo se, ao final, eu termine sozinha, como comecei.


Cheguei a um ponto crucial na leitura das “Entrelinhas” do relacionamento de Ron e Mione construído ao longo dos livros de J.K. Rowling. Por isso decidi rever o meu roteirinho. Imagino que a fic terá ainda entre cinco e oito capítulos a mais até a conclusão.


A ideia é reunir mais algumas cenas do acampamento, partir para Mansão Malfoy, seguir para o Chalé das Conchas e, finalmente, Hogwarts. Os demais cenários – Casa dos Lovegood, Gringotes, Hogsmead – devem ser citados em flashback.


Quem acompanha a fic deve ter percebido que os diálogos são o centro da minha escrita. Quero dar a oportunidade de Ron e Mione falarem, do jeito deles, da forma como conseguem entender e expressar os sentimentos, tudo o que passa nos corações dos dois. Então, basicamente, será nessa direção na qual a história vai caminhar a partir de agora.


Depois de falar desses assuntos “afins”, chego a outro ponto importante, as “atualizações”.  Decidi escrever a fic apenas nos fins de semana. Preciso ter, pelo menos, uma hora diante do computador para a história ganhar fôlego. Nos dias úteis, isso é impossível. Por isso deixo os dias de maior correria para me dedicar a minha outra história, composta de cartinhas trocadas nas férias por Ron e Mione.


Como os fins de semana também são para relaxar, fazer programas culturais e de lazer, curtir a família, não sobra muito tempo. Fim de ano é aquela correria que todos vocês sabem, então a história vai continuar a avançar lentamente, mas vai avançar. Quem marcou a fic no status “estou lendo” / “irei ler” ou me segue no twitter vai ser informado da postagem de novos capítulos.


Para concluir, agradeço a todos os comentários (por aqui, via twitter ou e-mail) que são a minha segunda maior fonte de inspiração. A primeira, logicamente, são os apaixonantes personagens criados por Rowling.

Um grande abraço a cada um!

Morgana 


 


* * * * *

 




Londres, 8 de setembro de 2012.


Olá!


Aparatei! Com certo constrangimento (blush), venho dizer que não darei conta de atualizar a fic até hoje, como era a minha meta. Depois de duas longas semanas sem reler as “entrelinhas”, ontem consegui escrever e foi bem produtivo. Mas não o suficiente para deixar o texto no ponto de ser postado. Peço desculpas especiais a Jéssica e Gego, que passaram por aqui na expectativa de novo capítulo. Talvez alguns tenham desistido, outros estejam decepcionados, mas sei que existem os mais atarefados que ainda não chegaram. Com todos reassumo o meu compromisso de concluir a fic. Saibam que desejo, de coração, dar um ritmo mais intenso as atualizações. Desaparatei. Mas vou voltar!


Morgana


 


* * * * *




Londres, 31 de agosto de 2012.



Oi! Fiquei em dúvida se devia escrever simplesmente para dizer que esta semana não conseguirei atualizar a fic. Mas, pensando que, como leitora, gostaria de ser informada sobre a data provável do novo capítulo de uma fanfiction que acompanho, decidi fazer o mesmo. Resumindo: semana que vem tem novo capítulo! E vou caprichar, posso garantir. Bem, agora vou um pouco mais à frente, partilhando algumas reflexões. Se quiser me acompanhar, prossiga a leitura. Devo alertá-lo, porém, que são divagações...


Evito falar da minha vida particular, mas acho importante que saibam que fatores externos e internos me impediram de escrever ao longo da semana. Sim, além dos muitos imprevistos que tornaram meu tempo mais escasso, ainda fiquei bem desmotivada e sem inspiração. Mas acho que tudo é matéria-prima – dores físicas e emocionais, situações que fogem ao controle, derrotas e conquistas – para construção da escrita.


Shakespeare já havia dito que “Nós somos feitos do tecido de que são feitos os sonhos”. E acredito que a literatura e os sonhos são desse mesmo tecido, que traz nossas vivências, sentimentos... Por isso sei que os personagens que apresento aqui, mesmo se são de J.K. Rowling, trazem algo meu e (por que não dizer?) de vocês leitores, que interagem, comentam, cobram atualizações...


A primeira longfic (Entrelinhas 1) que compartilhei aqui já estava pronta. Isso permitiu que eu postasse uma média de três capítulos por semana. Ainda não tinha quase leitores e fui seguindo o que havia pensado, mesmo se fiz algumas mudanças. Na segunda (Entrelinhas 2), apesar de haver colocado o ponto final antes de começar a postar, fiz significativas alterações inspiradas na interação com os leitores. Bem, esta fic agora (Entrelinhas 3) só estava iniciada e, com o incentivo de algum de vocês, decidi fazer uma experiência diferente: escrever em tempo real.


No início, compartilhei os meus temores  - “E se eu não der conta de postar? Será que vai faltar inspiração? A história não vai cair de qualidade?” - e só recebi incentivos. Portanto, os culpados por eu iniciar esta aventura são vocês, leitores. E, logicamente, as suas opiniões e palavras foram dando rumo a história. Coloquei mais algumas cenas com Fred e Jorge, mais momentos de ciúmes (rs) e constrangimento entre Ron e Mione, enfim... Então, resumindo, vocês são a minha maior fonte de inspiração e por isso quase suplico comentários e faço festa quando chegam!


Bem, mudando de assunto, queria ainda compartilhar com vocês como sinto esse momento da história (vou tentar ser sintética). Como falei outras vezes, a saída d’A Toca marca uma ruptura. E junto com sentimentos de medo, suspensão, insegurança – experimentados pelos três amigos – acontece um afastamento entre Ron e Mione. O rapaz sofre por dormir e comer mal, sentir frio, estar distante da família, não entender o seu papel na missão, acreditando que depende da liderança de Harry e da inteligência de Hermione, e, de modo particular, por não receber da bruxinha a atenção especial da qual tanto precisa e deseja.


Quanto à Hermione, ela está totalmente concentrada na missão. Sempre foi uma pessoa “focada” que, quando almeja algo, é determinada, perseverante e perfeccionista. Por isso, depois de cuidar com muito carinho e preocupação de Ron, ao perceber que ele está melhor, coloca toda a sua energia na missão. Lê sem parar, pesquisando e reunindo todas as informações que possam ajudar a localizar e destruir as horcruxes, faz apontamentos, partilha essas descobertas com Harry, já que Ron parece cada vez mais indiferente, introspectivo, mal-humorado, agressivo até.


Penso em dividir o período do acampamento em três partes, reunidas em dois ou três capítulos: a primeira com Ron sendo cuidado por Mione e outras cenas “fofas”; a segunda, mostrando os primeiros desentendimentos, alguns diálogos tensos; a terceira, com Ron abandonando a missão.


Teremos momentos sombrios, tristes, sofridos. Os nossos dois bruxinhos estão amadurecendo e todo crescimento também causa dor. Por isso os sentimentos contraditórios e, especialmente, a desilusão um com o outro, serão a prova de fogo. Claro que isso é motivado também por fatores externos. Mas superada a prova, vai trazer à tona um sentimento mais maduro, uma escolha para a vida inteira.


Pronto, gente! Vou parar por aqui já que esse texto está quase maior que um capítulo (e vocês vão me perguntar por que não escrevo a fic ao invés de ficar divagando sobre ela).


Espero por vocês na semana que vem!


Beijos da Morgana


 


 * * * * *








Londres, 22 de agosto de 2012.


 


Eu estava planejando, inicialmente, postar o capítulo 12 amanhã. Mas quando fui reler o texto, senti falta de abordar alguns assuntos, que vão ser importantes para a trajetória de Ron e Mione a partir de agora. Então resolvi adiar a atualização em um dia para que o resultado saia melhor.


Não sei se por carência ou devido ao meu temperamento afetuoso, que me leva a gostar das pessoas... O fato é que tenho um carinho enorme pelos meus leitores e sinto falta quando deixam de se fazer presentes por mais de dois capítulos... Acabo me sentindo um pouco solitária (huahuahuahua).


Talvez essa sensação venha do momento mais denso e tenso da história, exigente emocionalmente (porque acabamos usando algo de nós, das nossas vivências, ao escrever sobre sentimentos). Mas falando no que está por vir, não será fácil para Ron e Mione abandonar o aconchego d’A Toca, que os envolveu e motivou a ficar mais próximos e começar a abrir os seus corações. Com o início da jornada, aos poucos os dois se distanciam, o que vai culminar com a “fuga” de Ron. 


Um abraço, 
Morgana





* * * * * 


 


Londres, 19 de agosto de 2012.


 


Queridos,


Não desisti da fic e vou continuar no meu mesmo ritmo de atualização (um capítulo inédito por semana). A novidade é que estou fazendo uma nova revisão nos capítulos já postados até agora. Portanto, se quiser contribuir, me alertando sobre algum deslize no português ou na coerência da história, agradeço. Peço que faça isso, preferencialmente, pelo meu e-mail: morganalisbetth@gmail.com.


Na verdade, a maior novidade (que já antecipei em resposta a alguns comentários e também pelo meu twitter) é que estou escrevendo uma outra fic (sobre Ron e Mione, é claro!). Não pensava em começar a postar agora mas, como presente de aniversário para minha querida leitora Luluweasley, já está on line.  Parabéns, Lulu, toda felicidade do mundo e um pouquinho mais para você dividir com quem precisa. Que seu dia seja mágico e bem especial!


O link da fic é http://fanfic.potterish.com/menufic.php?id=44173


 


Um abraço,


Morgana


 


* * * * *


 





Londres, 14 de agosto de 2012.


Queridos leitores,


Não conto uma novidade para vocês ao dizer que me divirto muito escrevendo a fic. Mas levo essa diversão a sério. Tanto que estou sempre voltando à história original, releio os capítulos mesmo depois de postados, para ver se não deixei passar algum errinho, enfim...  Infelizmente, porém, nem sempre temos muito tempo para nos dedicar a algo que amamos fazer. Ainda assim, com determinação e esforço, venho conquistando um momento aqui, outro acolá, para concluir o projeto da série “Entrelinhas Ron e Hermione”. Bem, depois de toda essa “embromation”, já pedindo desculpas a Gego para quem tinha prometido um novo capítulo hoje, devo dizer que foi preciso adiar. Minha nova meta é fazer a atualização nesta quinta-feira, dia 16. Mas não fiquem tristes se eu não conseguir...


Não sei se vocês vão chegar por aqui, mas estou sentindo falta de alguns leitores que fizeram comentários muito fofos e há algum tempo não dão sinal de vida...


Beijos,


Morgana
 


 * * * * *


 





Londres, 10 de agosto de 2012.




Olá!

Acho que quem escreve uma fanfiction tem, acima de tudo, um compromisso com os personagens que o conquistaram. Depois, à medida que a gente compartilha isso na web, passamos a ter (ou não) um compromisso com os leitores. No meu caso, especificamente, mesmo se tenho poucos leitores (falo dos que interagem, dão sinal de vida de vez em quando pelo menos rsrsrs), esses são tão queridos que me sinto na obrigação de abrir espaço para dialogar com eles. Por isso, volto aqui para agradecer a todos que torceram para que eu conseguisse cumprir com meu compromisso pessoal e importante. Correu tudo bem, dei o meu melhor, como sempre procuro fazer, e já parti para novos desafios.


Dito isso, gostaria de informar que, no momento, não vou conseguir me dedicar tanto a fic como gostaria. Pretendia postar dois novos capítulos por semana, porém vou ter manter a média de uma atualização apenas. Mas quem sabe eu possa ainda publicar mais alguns capítulos-bônus, que fizeram sucesso (kkkk). Last but not least, não deixem de fazer os seus comentários porque esses são a minha maior motivação para escrever! Caso queiram que eu conclua a fic, é claro.


Beijos,


Morgana 

P.S: Ah, quanto à próxima atualização (não sei se alguém tem curiosidade para saber...), deve sair entre este sábado e segunda-feira, 13...




* * * * * 









Londres, 3 de agosto de 2012. 




Olá!


Desta vez, infelizmente, venho aqui com uma informação frustrante (pelo menos para mim). Não vou conseguir atualizar a fic hoje, como havia me comprometido com vocês. Peço sinceras desculpas a Tamy Granger e a alguém mais que por acaso tiver visitado esse espaço em busca do novo capítulo.


Há três dias, minha vida estava em relativa calmaria, com tudo adiantado para o compromisso importante que tenho amanhã. Hoje começou a ventar em direção oposta, o mar ficou agitado, enfim...


Não vou me comprometer com uma nova data. Mas não devo demorar a atualizar. O capítulo está pronto, falta apenas uma revisão minuciosa, que faço questão de fazer.


Um abraço, Morgana



 

* * * * * 







Londres, 31 de julho de 2012.
 


Meus queridos, extraordinários e fantásticos leitores,


Minha meta é postar o próximo capítulo nesta sexta-feira, 3/8. Não garanto conseguir... Estou na reta final para dar conta do meu importante e inadiável compromisso pessoal e, se Deus quiser, a partir do dia 6 vou ter mais tempo livre para escrever e atualizar a fic.


No mais, só tenho a agradecer a generosidade de vocês! Esperava por vaias e tomates. Imaginava que os fãs mais fervorosos de Ron e Hermione se revoltariam por eu viajar, literalmente, nas entrelinhas dos livros, com cenas e diálogos inéditos. No entanto, ao contrário do que pensei, só tenho recebido palavras elogiosas e de incentivo.  


Beijos e muita magia para vocês!  

Morgana




* * * * * 







Londres, 24 de julho de 2012.


 


Caros leitores,


Espero que algum de vocês chegue até aqui (rs). Como tenho poucos seguidores no twitter e ninguém, por enquanto, se arriscou a me mandar um e-mail, este é o único espaço no qual posso deixar um recado para quem acompanha a fic. Minha próxima meta de atualização é sexta, dia 27/07. Não garanto conseguir, mas vou me esforçar.


Como já antecipei, estou bem envolvida em um compromisso pessoal. Em geral, posto um novo capítulo apenas quando estou com mais um pronto, para evitar que a pressão de avançar no texto dispare o gatilho da falta de inspiração.


Nem sei se isso pode interessar a alguém, mas tenho um método de criação um pouco peculiar. Escrevo as cenas à medida que se formam em minha mente, sem um compromisso com a linearidade. Depois vou “costurando” esses trechos. Por isso, embora já esteja com a cena da “noite de mãos dadas no Grimmauld Place” pronta, a do casamento, por exemplo, ainda continua crua. Então, preciso de tempo e inspiração (ai, ai!).


Espero que não desistam da fic, mas, enquanto o novo capítulo não sai do forno, vocês têm ótimos textos para ler, tanto aqui na FeB (escolham bem, vejam o resumo antes, alguns são uma perda de tempo) como fora. E por falar em fic, tive a grata surpresa de saber que uma das minhas leitoras mais fiéis, Luluweasley, está estreando como escritora. Prestigiem lá - http://fanfic.potterish.com/menufic.php?id=43974 - que vale a pena. Totalmente RHr, como eu (kkkk). Aliás, descobri que outras duas leitoras também são autoras, mas ficam quietinhas sobre isso. Estou esperando que elas se manifestem (rs)!


É isso, gente! Ah, e quem chegou até aqui e ainda não comentou, volta lá no capítulo que mais curtiu ou na página inicial e escreve o que achou, please! Aliás, não tem nada que me inspire mais que um comentário e assim vocês vão conquistar novos capítulos rapidinho (ih, contei meu segredo! hehehe).


Beijos e abraços,


Morgana


* * * * *


 


 


Londres, 12 de julho de 2012.


Meus queridos!


Obrigada pela torcida – pensamentos positivos, orações, feitiços – para que eu conseguisse cumprir meu desafio. Deu ceeeeeerto!!! Correu tudo maravilhosamente bem na primeira etapa e agora tem o segundo round, que devo concluir até a próxima terça, dia 17. E vou assim, de desafio em desafio, até dar conta do meu compromisso no dia 4 de agosto. Continuem na torcida!


Acredito que na próxima quinta, dia 19/7, o capítulo 6 vai estar on line. Temos, portanto, nosso encontro marcado aqui.


Um grande abraço!


Morgana


 


P. S: A partir de agora começo a “divagar”.... Não é um texto literário, nem contém informações sobre as minhas fics. Portanto, muito provavelmente, a melhor opção é NÃO ler. Então por que escrevi? Senti um compromisso comigo mesma e, quem sabe, com alguém que teimosamente se aventurar a ler :)


 


* * * * *


 


O QUE É UMA FIC LIVRE?


Não sei se deveria estar escrevendo algo neste espaço que não fosse uma fic. Classifico o texto que começo agora como um apanhado de divagações, mas talvez fosse melhor dizer que se trata de uma reflexão amadurecida há algum tempo.


Caso você seja aquele único leitor teimoso que resolveu ler esse texto, espero, sinceramente, que não me julgue ou me queira mal. Não escrevo em nome de um preconceito ou por simples puritanismo. Apenas por convicção da importância de alguns valores.


Nem preciso dizer que, antes de ser escritora de fanfiction, sou uma leitora de histórias sobre Ronald Weasley e Hermione Granger. Devo admitir que li fics maravilhosas desse ship por aqui. No entanto, estou alarmada com alguns textos RHr que ando vendo ultimamente. E olha que sempre leio o resumo antes para não entrar em uma "furada".


Então por que o assombro?


Bem, talvez primeiro eu deva esclarecer que, apesar de achar que “Hermione e Ron sem varinhas”, parafraseando a música Fico assim sem você, são como “Romeu sem Julieta ou fogueira sem brasa”, NÃO  É por esse motivo. Portanto, até leria, mas sem entusiasmo, uma fanfiction na qual não fossem bruxos. Também NÃO É devido ao texto sofrível de certas fics e NEM MESMO por alguns autores mudarem tanto a personalidade desses dois queridos personagens, a ponto de não ser possível reconhecê-los, que estou assim alarmada.


Na verdade, a razão do meu alarme é que muitas fics, apesar de ostentarem a classificação “G – Livre”, têm cenas nada inocentes. E cumpre lembrar que uma história livre pode ser acompanhada por um pré-adolescente a partir de 10 anos, público leitor da série Harry Potter, sem constrangimentos. Eu, por exemplo, tenho entre as minhas leitoras uma de 11 anos (pelo menos assim ela se identificou).


Sem falar que essas cenas em nada contribuem para a história. Em geral, são realmente forçadas, artificiais e, como já disse antes, nos distanciam da personalidade de Ron e Hermione. Não se trata de falsa inocência. Afinal, os dois se casaram, tiveram filhos... Mas isso NÃO aconteceu quando tinham 15 ou 17 anos apenas, não custa lembrar.


Sou uma romântica assumida. Considero que o amor verdadeiro não acontece como um passe de mágica, embora  nos enfeitice. É construído ao longo do tempo. Por isso é que os amores, como os Ron e Mione, que nascem a partir de uma amizade são quase sempre sólidos. Como pensar em passar a vida inteira com alguém se não houver amizade e cumplicidade, se aquela não for a pessoa “com quem você quer falar por horas e horas a fio” (lembrando o saudoso Renato Russo)?


Na sociedade de consumo na qual vivemos, tudo é descartável e, infelizmente, também os relacionamentos. Por isso mesmo as pessoas têm tanta pressa, não sabem esperar o momento certo. Às vezes se entregam à primeira paixonite, dessas que a mais fraca das amortentias é capaz de produzir, e deixam passar o amor verdadeiro, que em raros casos chega aos 12, 14 ou 17 anos, como aconteceu com Hermione e Ron.


Tenho certeza que eu e, muito provavelmente, a maior parte dos leitores fãs de Ron e Mione não seríamos tão apaixonados por eles caso começassem a namorar no quarto ano, durante o Baile de Inverno, por exemplo. A espera, o sentimento amadurecido, também com decepções, comprensão dos limites, escolha do outro assim como é, enfim, tudo que viveram, nos fazem torcer por esse adorável casal. E essa caminhada dos dois nos mostra, com certa didática, que o amor para a vida toda não é conquista de um dia e sim de dia após dia.


Fiz toda essa volta para concluir dizendo que, na minha humilde opinião, certas ceninhas “calientes” disfarçadas de livres são, além de desnecessárias, incoerentes com os personagens que amamos (ou pensamos amar). Seja como for, o Ron e a Hermione que me foram apresentados por Rowling e hoje também trazem um pouco de mim, protagonistas de minhas fics, terão sempre a intimidade deles respeitada. O leitor não precisa ver ou saber tudo que acontece com seus personagens preferidos. Acho que um pouco de mistério, sutileza, entrelinhas - para cada um fazer as suas próprias viagens - são os atrativos das melhores histórias, pelo menos das que me conquistaram para sempre.


Então é isso! Espero que se houver algum leitor teimoso que chegou até aqui, ele não esteja arrependido de ter acompanhado essas divagações.


 


* * * * *


Londres, 6 de julho de 2012.


 


Caros leitores,


Para começo de conversa: NÃO desisti da fic e vou continuar a atualizá-la (Ufa! Livrei-me dos feitiços que me lançariam).


Dito isso, devo informar que, infelizmente, não vou poder acelerar as atualizações (gostaria de postar dois capítulos por semana). Espero, ao menos, colocar um capítulo ON por semana, mantendo o meu ritmo atual.  Mas...


Pode ser que eu não consiga. Assumi um compromisso pessoal que vai tomar grande parte do meu tempo até o dia 4 de agosto. É algo bem desafiante e conto com a torcida de vocês!


Bem, daí surgiu a ideia de criar esse “espaço” interativo no qual posso informar a possível data que o capítulo vai estar na FeB. E também trocar informações outras com vocês. Então, voltem aqui de vez em quando que vai ter sempre um recadinho. Muito importante: NÃO VOU abrir mão dos comentários aos finais dos capítulos, ok?


Tenho um carinho enorme por cada um de vocês. Pelo jeito como escrevem, já consigo identificar quem curte cenas românticas, divertidas, ação, suspense; os mais emotivos e os mais práticos; os leitores ansiosos (como eu) e os mais tranquilos; os que gostam de música (estamos fazendo uma troca bem legal de playlists por aqui) e etc. 


Por isso mesmo sinto falta dos que “desapareceram”, com certeza por motivos importantes. Sei que muitos de vocês leem várias fics ao mesmo tempo e ainda vão chegar (espero que logo). Não deixem de me dar um “alô” para dizer que já estão na área (rs).


Vamos ao mais importante, que deixei para o final (+ rs): a próxima atualização será na quarta-feira, dia 11. Aguardo todos vocês!


Um abração,


Morgana Lisbeth


 


 
 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 38

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Morgana Lisbeth em 04/05/2013

Sumi desse espaçao (huahuahuahua)! Mas não podia deixar de responder aos últimos e tão carinhosos comentários deixados aqui. Então vamos lá: 

Mellisa, amei as suas palavras sobre as minhas "divagações". Concordo com vc: um amor construído com longa espera, superação de obstáculos, tem um sabor especial. No caso de Ron e Mione, em particular, podemos ainda acrescentar a renúncia. Tenho certeza que se não fosse a missão ao lado de Harry, os dois começariam a namorar no fim do sexto ano. Pode ser até que a Ordem não tenha "sugerido" isso, como vi na minha bola de cristal, mas algo dentro deles os impulsionou a adiar o momento para estar inteiros na caça às Horcruxes. Concordo com tudo que vc falou e acho que os dois se completam sim e de uma forma mágica 

Tati, você descreveu de forma simples e fabulosa o fascínio exercido por RoMione em tantas pessoas. Não basta amar, tem que emocionar, não é mesmo? E nosso casal é pura emoção.
Agradeço, de coração, por marcar presença com seus comentários carinhosos, tanto aqui como na minha outra fic. Beijos :)

Neuzimar, que emoção vê-la por aqui! Sabe, tenho um carinho enorme pela série "Entrelinhas". Não sei se me faço entender, mas, de certa forma, escrever essas três fics foi uma "catarse". Quando terminei de ler os livros de HP, senti um vazio pelo fato de Rowling ter falado tão pouco sobre os sentimentos de Ron e Mione. Precisava ler mais sobre os dois, acabei descobrindo o univero paralelo dos ficwriters e, quando dei por mim, estava fazendo a minha própria leitura dos missing moments desses incríveis bruxinhos. Enfim... 
Voltando à minha emoção, já entendi e encaro numa boa o seguinte fato: nem todos os leitores das "Entrelinhas" curtem "À Espera da Coruja" e vice-versa. Aqui a história é mais densa e tensa, com momentos para rir, mas também para chorar. Já a outra fic é de leitura mais fácil, divertida, menos complexa. Amo igualmente as duas, como uma mãe, mas estou consciente dessas diferenças. Já tinha identificado vc como leitora de "Á Espera..." e vê-la falando com tanto carinho desse meu outro filho amado, me emocionou. Grata por suas palavras. Bjs!


Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Neuzimar de Faria em 01/05/2013

Olá, de novo, Morgana! Essa fic vem ratificar a minha opinião sobre seu trabalho: você é uma talentosíssima escritora. Gostei tanto, mas tanto, principalmente dos dois capítulos mais recentes, que até encontro difuldade de encontrar palavras para elogiar. Então, B R A V O !!! Bjos.
Nota: 5 0000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000000 

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Tati Hufflepuff em 23/04/2013
Cheguei até aqui Morgana... Li o "teste" do capítulo 24... que ficou como sempre maravilhoso e intenso... acho que acabo me tornando repetitiva em meus comentários mas não consigo achar palavras diferentes uahuahauahuahuahauhauah Realmente, RoMione nos atrai de uma forma totalmente inexplicável... tudo que acontece entre os dois é mágico... das discussões até as demonstrações de carinho, amizade e afeto que sabemos que estão ali a séculos! Acho que o casal nos atrai tanto por ser simplesmente tudo que procuramos em um relacionamento... alguém que nos complete, que nos entenda apenas com um olhar, que queira estar por perto e outras coisas que esse casal nos mostra no decorrer dos livros. O amadurecimento da relação dos dois acontece de maneira tão simples e natural que se torna impossível não torcer por um final feliz dos dois... Gostar de RoMione é simples como respirar, acho que essa é a grande verdade uahauhauahuahauhau Bom, é isso... espero que você esteja de volta em breve pra mostrar o desfecho dessa fic que me encantou e me fez sentir coisas que eu nunca havia sentido ao ler uma fic antes... Obrigada por postar suas histórias!! :**
Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Mellissa Weasley em 25/03/2013

Belo texto, Morgana.
Até hoje não consegui descrever o poder que Romione tem sobre mim. Acredito que seja a estrutura do casal que me chama tanta a atenção, afinal, que graça teria se os dois ficassem juntos desde que perceberam que gostavam um do outro? Talvez nem ficassem juntos 'para sempre'.
Eles se completam, pois o Ron encara a Hermione de frente, não permite que ela mande nele e sempre responde a ela, em resultado os dois vivem brigando. A Hermione leva a vida de forma muito tensa, no caso dela com relação aos estudos e, na maioria das vezes, ela tem uma séria dificuldade em se descontrair. Já o Ron diverte as pessoas e leva a vida de uma forma mais leve, o que o faz o par perfeito para a Hermione. Em resumo Ron e Hermione se equilibram.
O ótimo é que a diva JK deixou várias entrelinhas nos livros, para que pessoas tão talentosas como você decifrassem-nas.
Concordo com tudo que você escreveu, creio eu que todos, principalmente amantes de Romione, sonham com um amor assim como o deles. ♥

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Priscilla Moreira em 12/03/2013

Oi Morgana, li sua fic em alguns dias e confesso que estou adorando!! Espero que consiga achar um tempinho pra saciar a curiosidade (quase vicício!) das suas leitoras!! Beijocas =)

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Beatriz Granger em 03/02/2013

Morgana, posta logo, to super ansiosa, quero que saiba que mesmo só comentando agora, acompanho sua fic desde o inicio, quero te procurar (e que vc também me procuro)no face, aqui esta o meu: Ana Beatriz/Limoeiro. To precisando de ajuda com a minha fic. BEIJOS!<3.

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Morgana Lisbeth em 17/12/2012

Oi, Eliana e Liana (e quem mais passou silenciosamente por aqui)!

O próximo capítulo está pronto. Planejo revisar hoje, ao longo do dia, e postar à noite. Obrigada pela paciência de esperaram a atualização. Liana, agradeço também pelas palavras carinhosas e tão inspiradas.

Beijos :) 

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por ELIANA FREITAS em 14/12/2012

Cade você Morgana Posta mais to anciosa to lendo todas as finc porém devagar por isso ainda não comente as outras bjos e de noticias.....

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Annabeth Lia em 11/12/2012

Morgan, uma das minhas autoras favoritas no mundo da floreios e borroes, vim aqui lhe contar que mesmo que lentamente, vou estar SEMPRE acompanhando suas fics, tanto as entrelinhas como as cartinhas nas férias de Ron e Mione e também as próximas que virão ♥ só pra você saber que no final, não estará sozinha..
Cada um de nós -escritores- coloca um pouco de si, dos seus próprios sentimentos e pensamentos mais profundos em seus personagens e em seus capitulos... escrever uma fic, é como estar em frente a um espenho de Ojesed, onde se vê os desejos mais desesperados de nossos corações, e francamente, é assim que deve ser, pois mostrar um pouco de si, receber reconhecimento e expressar-se em algo que você realmente ama fazer é um dos melhores sentimentos que se pode sentir...nossos leitores, que gostam e compreendem as histórias escritas, provavelmente sentem o mesmo que a gente, sentimentos que até mesmo pessoas próximas não entendem, e poder compartilhar um sentimento assim com alguem, que te entende e admira não tem preço. 
Devo ter sido muito sentimental neste pequeno texto, mas depois de ler as ultimas atualizações e afins sinti que devia te dizer isso, pois muitas vezes precisamos de alguem que compreenda.
Um grande beijo, 
                                                 Lia. 

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Morgana Lisbeth em 04/12/2012

Eliana, o comentário de uma leitora "silenciosa" vale ouro! Você me deixou muito feliz com sua participação. 
Um segredinho (só para vc rsrsrs): no último fim de semana viajei e não tive como escrever, mas neste vou ficar por aqui e estou bem motivada. Então, acho que o novo capítulo não demora. Espero mais algumas palavrinhas suas qualquer hora dessas. Bjs :) 

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por ELIANA FREITAS em 04/12/2012

Está de parabéns estou aquardando mais eu sou uma leitora silenciosa mais você merece meu comentário

é raro eu comentar FINC bjosss

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Morgana Lisbeth em 07/09/2012

Gego, e eu estava com saudade de vc! Pois é, como falei em resposta ao seu comentário na fic "À Espera..." (sintomático esse nome, não?), se eu conseguir um pouco de silêncio hoje (de preferência sem precisar "estuporar" alguém) aqui no meu cantinho, o capítulo sai... Fica na torcida! Bjs!

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Gego em 07/09/2012

Não esqueci, não, em? Cadê meu capítulo, moça? Sexta-feira já. 
Quer me matar aos poucos, mulher? Parece que não leio sua fic há séculos. ;(
Tô com saudades!

Agora que o feriadão me deu uma pausa pra respirar, vou ficar aqui de plantão. 
*Onde está minha placa de revolução?*  kkkkkkkkkkkk
Esperando ansiosamente! Beijos! 

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Morgana Lisbeth em 27/08/2012

Oi, Neuzi! Fiquei feliz por vê-la aqui também... Acho que essa "complicação" faz parte do processo de amadurecimento dos dois. Mas já está começando a "descomplicar" (hehe). Bjs

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Neuzimar de Faria em 26/08/2012

Olá, acompanhando aqui também e gostando muito. Mas, será que eles têm sempre que complicar tudo ? 
bjs. 

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Lily_Van_Phailaxies em 23/08/2012

Que pena q não vai dar para postar hoje, mas totalmente razoavel o motivo! =D
Fico no aguardo.
Até mais.

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por luluweasley em 19/08/2012

Awn, Morgana! *O* Muito Obrigada!

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Morgana Lisbeth em 12/08/2012

Oi, Lulu! Que feliz coincidência! Quer dizer que nós duas, além se sermos apaixonadas por Ron e Mionte, também dividimos o mesmo signo? Faço aniversário dia 17 (he, he!). Pode deixar que estou preparando o seu presente, com muito carinho. Bjs!

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por luluweasley em 11/08/2012

Olá, Morgana! Boa sorte em seus novos desafios e esperaremos conformados pelas atualizações :D estarei aqui quando o próximo capítulo sair! Ah, seria pedir demais um capítulo perto do meu aniversário, dia 19? bjs 

Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

Enviado por Morgana Lisbeth em 11/08/2012
Oi, Bells! Estou bem ansiosa para postar o capítulo, mas este fim de semana veio recheado de afazeres... Fique na torcida que chego em breve, se Deus quiser. Obrigada por se fazer presente. bjs
Nota: 5

Páginas:[1][2]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.