FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. O plano


Fic: 7 coisas que odeio na doninha


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Hermione andava de um lado para o outro em seu quarto. Estava desesperada. Aflita. “Como ele pôde ter feito isso comigo? Aquele pergaminho era um jeito de aliviar tudo, e agora só piorou. Ele não podia ter feito aquilo. Não podia mesmo. EU TE ODEIO DRACO MALFOY” pensou a garota.


Do outro lado do castelo, Draco estava deitado na cama, mas não conseguia dormir. Estava pensando em Hermione, e o quanto ela era irritante, idiota, louca, inda, com olhos perfeitos, linda demais. Pois é, ele não conseguia pensar em defeitos que ela tinha. Ele gostava muito dela para pensar nisso. Não suportaria pensar em algo ruim sobre ela. Mas já conseguiu várias vezes ao longo dos anos. Mas era criança, era inocente. Agora ela virara ma mulher maravilhosa, e todos os seus hormônios gritava por ela.
- AH! VOCÊ É UM RIDÍCULO MALFOY! – gritou consigo mesmo.
- Vish cara! Tá louco hein? Falando sozinho? Vou te colocar no Saint Mungus – disse um moreno.
- Eu acho que me colocando lá, minha vida seria bem mais fácil, Teodoro.
- Cara, você é muito dramático. Cala a boca e vai dormir. – Draco assentiu, e respeitou o pedido.


O dia amanheceu nublado, como o humor de Hermione. “Ah, aquela doninha vai pagar, ah se vai!” pensava Hermione, com uma expressão de maníaca que acabara de fugir de um hospício.
- Que medo da sua cara Mione – uma ruiva apareceu na sua frente do nada a assustando.
- Não enche ruiva!
- Que isso! Que mau humor hein garota.
- Desculpa ruivinha linda da minha vida – disse entre dentes e sarcasticamente.
- Pára com isso. Te mando pro Saint Mungus hein garota.
- Tá bom Gina. Desculpa tá bom? Agora tenho que ir. Beijo, beijo. – e se virou para sair pelo retrato da mulher gorda, só que estava s abrindo. Parou abruptamente por dar de cara com Córmaco McLaggen.
- Ah, desculpa Hermione.
- Não, não foi nada. – sorriu meigamente e saiu. Então, como se acendessem uma lâmpada em cima da sua cabeça, teve uma ideia. Uma ideia para acabar com Draco Malfoy.
Ela foi até a biblioteca e pegou vários livros. Se tinha algo que garotos educados pegavam no chão quando caía, era livros. Andou rapidamente em direção da sala comunal, mas bateu em algo sólido, e se desequilibrou, os livros foram parar no chão, espalhados. Passou a mão na cabeça, e levantou os olhos. Era McLaggen.
- Hoje a gente tá se encontrando mais do que devia né? – e riu. Tinha uma risada gostosa de ouvir, verdadeira.
- Pois é. Me desculpe, nem prestei atenção.
- Ah não? – Hermione notou um tom risonho. – Como não consegue ver um brutamonte como eu? - deu um sorriso encantador e estendeu sua mão para ajudá-la
- Você nem é brutamonte Córmaco. Eu tava mesmo distraída. – aceitou sua mão e se curvou para pegar os livros, mas foi detida pela mão enorme dele.
- Não precisa. Eu pego. É o mínimo.
- O-obrigada. – disse envergonhada. – Então, soube que Rony conseguiu o lugar de goleiro. – disse com simplicidade.
- Pois é. Eu acho que ele foi bem, é menor e então mais veloz. Eu sou grandão, seria ruim em um gol. Dou mais pra batedor.
- Mas você foi bem ao teste. Eu o vi.
- Pois é. Mas o Ronald foi melhor. Ou talvez por ele ser melhor amigo do capitão.
- Ah, não, não, Harry não faria isso. Mesmo com Rony sendo o pior de todos. E também se Rony não entrasse, iria entender mesmo assim. Ele mesmo me disse que não era bom o suficiente pra isso, e que você deveria ter entrado. Mas foi só por um triz que não entrou.
- É eu sei. Não sei o que me deu. Eu ia defender o último gol, mas confundi. – Hermione deu um risinho sem graça. Lembrava o porquê disso. Ela que jogou um confundus nele, para que Rony pegasse a vaga.
- Que pena não é?
- É sim. – e deu um riso sem graça. – Bom, eu vou indo agora. A gente se vê por ai.
- É sim. Se não nos esbarrarmos de novo. – e riu, acompanhada por ele. Virou-se para ir embora, e então ouviu Córmaco chamar seu nome:
- Hermion. Ah, hum, você não tá saindo com ninguém não é?
- Hum, não. Não estou.
- É que, hum, você gostaria de ir a Hogsmeade comigo?
- Ah – e sorriu – É claro Córmaco. Eu vou sim. Quando é o próximo passeio?
- Nesse sábado.
- Tá bom. Então a gente marca que horas vamos tudo bem?
- Tudo ótimo. – e deu mais um sorriso galanteador antes de se virar e ir embora.
 “Prontinho. É só eu fazer o Malfoy ir a Hogsmeade e tentar convencer o Córmaco a jogar o meu jogo. Vai se arrepender Malfoy. Ah se vai.” pensou Hermione, e deu um sorriso para si.


Draco estava treinando quadribol, mas sozinho. Toda hora soltava o pomo de ouro e voava velozmente atrás dele. Dava uma dianteira a ele de 5 segundos, e voava. Fez isso durante 2 horas, e depois se cansou. Desceu até o chão e foi ao vestiário para se trocar. Estava ensopado de suor. Entrou no banheiro, tirou as vestes e foi para baixo do chuveiro. Depois de tomar banho de trocou e saiu do banheiro. De longe viu uma garota de cabelos bem cheios, e seu coração começou a acelerar. Não tinha visto Hermione hoje de manhã, não tinha aula com a Grifinória. Passou a mão pelo cabelo molhado, e o despenteou ainda mais, deixando que alguns maços de cabelo caíssem em seu rosto. Andou a passos firmes, em direção a Hermione, que estava carregando, percebeu, um grande número de livros, que mal aguentava segurar.
- Deixa que eu te ajudou – disse quando chegou bem perto dela, e estendeu as mãos.
- Não preciso da sua gentileza Malfoy. – disse fechando a cara.
- Calma Hermione...
- Não me chame de Hermione – cortou-o.
- Só queria ajudar.
- Ajuda muito ficando longe de mim.
- Que mal humor hein garota. – disse risonho.
- Nem estou. – e teve uma ideia – Estou bem feliz, aliás. Acabei de ser convidada para sair.
- E quem foi o idiota? Quebro a cara dele. – Draco começou a se irritar.
- Não lhe devo satisfações, Malfoy. – disse entre dentes.
- Caramba, Hermione. Calma. To tentando ser amigável com você, e já vem com patadas.
- Eu já disse pra não me chamar de Hermione. Pra você sou a Granger. E não tente ser amigável tudo bem? E não se irrite – riu de desdenho – não sou nada de você para ter ciúmes. – dito isso saiu andando para longe de Draco.
- Por Merlin, por que fui gostar dessa maluca? – Draco saiu andando, e falando sozinho.


O sábado chegou bem rápido, na opinião de Hermione. O dia estava lindo, bem ensolarado e calorento. Marcou de se encontrar com o Córmaco às 14 horas no salão comunal, e já era 13h30min e ela nem tinha tomado banho. Correu para o banheiro, e foi o banho mais rápido em sua vida, colocou uma calça jeans, uma bota preta de couro, uma blusa branca, e uma jaqueta jeans. Pegou um pouco de cabelo de cada lado, e o amarrou atrás com uma piranha pequena. De maquiagem não passou nada, não queria impressionar ninguém mesmo. E assim desceu as escadas para o Salão Comunal. Lá estava Córmaco. La viu que ele estava bonito, talvez pela ocasião, ou talvez por ser bonito mesmo, e ela nunca tinha reparado antes.
- Oi Hermione. Você está... linda. Como sempre – ela corou.
- Que nada, você que está - sorriu. – vamos?
- Claro. – ele abriu o sorriso mais lindo que Hermione já vira na vida, a não ser de Draco. Mas já tentara tirar esse pensamento da cabeça.
- Então, quer ir onde primeiro? – até então eles não tinham dito nada um pro outro. O assunto não fluía. Começava, mas logo acabava. Eles tinham gostos totalmente diferentes, ela percebeu.
- Ah, não sei, vamos para... – mas parou abruptamente de falar quando viu Draco entrando no Três Vassouras, então disse segurando seu braço e o arrastando – vamos para o Três Vassouras.
- Tá bom né. – disse sem entender nada.
Entrou agarrada ao braço de Córmaco, procurando Draco, e o viu bem no fundo do bar. Sentou quase perto dele, e fez MacLaggen sentar bem do seu lado. Fez com que eles ficassem de frente a Draco.
Então, tomando coragem, respirou bem fundo e falou:
- Córmaco, eu tenho uma proposta para fazer pra você.
- Hum, qual? – perguntou já desconfiado.
- Eu sei que você vai achar ruim, achar que eu estou te usando, é meia verdade, mas eu preciso fazer isso pra dar o troco.
- Não estou entendendo Hermione.
- Eu preciso que finja que é meu namorado. Mas só na frente do Draco. É que ele fez uma coisa comigo, e eu preciso dar o troco. – disse insegura.
- Hum, que... interessante. – e riu meio sem graça. – Então devemos ser “namorados”? – fez aspas com as mãos.
- Isso.
- Pacote completo?
- Como assim?
- Bom, segurar na mão, esperar por você entre as aulas, andar sempre perto de você, fazer coisas com você, te beijar na frente de todos, ou só do Draco. Isso?
Hermione estava absorta. Nunca pensara que ele, algum dia, iria aceitar, mas mesmo assim assentiu.
- Então tudo bem. Está feito. Somos namorados. – E deu seu sorriso.
- Tá bem – sorriu também. – gosto do seu sorriso Córmaco – e sorriu de lado.
- Também gosto do seu – e deu um sorriso bem grande, quase mostrando todos os dentes. – Bom, Draco está na mesa quase em frente, já devemos por o plano em ação?
- Com certeza namorado! – e os dois riram.
Córmaco colocou sua mão grande, com carinho, na bochecha de Hermione, e foi chegando perto dela. Tocou em seus lábios bem devagar, para dar tempo a ela de reagir, se quisesse. Mas não s distanciou, ela mesma aprofundou o beijo, o fazendo se impressionar. Nunca pensara que ela poderia beijar tão bem assim. E então, Hermione foi se afastando devagar dos lábios dele. Sorriu, quando abriu seus olhos. Viu que uma pessoa passara rápido por de trás dela, e viu pelas costas que era Draco Malfoy. Ficou satisfeita consigo mesma. Córmaco levantou sua mão pra ela, e em seguida ela bateu em sua palma da mão. Os dois riram, feito crianças que acabaram de ver seu plano dando certo.


Draco entrou no Três Vassouras, a fim de esquecer que Hermione iria sair com um idiota. Mas se desesperou ao vê-la entrando com Córmaco McLaggen. Ficou ainda mais frustrado quando percebeu que ela estava se divertindo com ele. “Ela só pode estar brincando, não é possível isso. E por que ela tem que sentar bem na sua frente, tenha a decência de, pelo menos sentar num lugar reservado” pensou. A cada risada dela ele ficava com mais raiva. E sua raiva alcançou o topo quando viu Córmaco tocando-a e logo em seguida a beijando. Bem na frente dele. Ele ficou exaltado. Queria voar no pescoço daquele ser insolente, que estava tocando a sua princesinha. Não importava se eram bruxos, só queriam esmurrar a cara daquele trasgo. Mas se contentou ao máximo, e saiu de pressa de lá, sem ao menos olhar para trás.

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------

N/A: Esse demorou mais um pouco pra sair, porque eu estava um pouco preguiçosa. Mas juro que tento escrever mais rápido os outros. Antes tinha dito que teria uns 4 ou 5 capitulos, mas acho que vai ter bem mais. Então comentem, sobre tudo, se está bom ou ruim, e deem sugestões. Vo ficar bem mais animada com isso.
Beijo :* 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 2

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por IsaBellatrix Black Malfoy em 21/07/2012
Continua pelas barbas de merlin!!!!!!
Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Accio Evanna Lynch em 20/07/2012

eu gosteii (: mas continua neeh, eu quero sabeer, beijoooos :DD

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.