FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

9. O Confronto


Fic: Os Sete Desafios


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________


Capítulo nove


Hermione abria os olhos com dificuldade, e sentiu a claridade das janelas envolvê-la com intensidade. Sentia-se exausta e seu corpo inteiro doía, piscou algumas vezes fitando o teto. Estava no seu dormitório de monitora, mas como chegara lá? A última coisa da qual lembrava era de estar na sala do diretor com Harry, Rony e o professor Lupin. Isso depois de iniciar o vínculo... Em questão de segundos seus olhos ampliam-se em choque.


-Onde estão todos?


Questiona levantando-se bruscamente, porém isso lhe trouxe uma forte dor de cabeça, viu as imagens perdendo o foco e começarem a girar, obrigando-a a deitar-se novamente. Seu núcleo mágico ainda estava muito fragilizado depois do vínculo. Tinha lido isso numa das anotações do diário de Lily, mas em poucos dias sua magia estaria restabelecida.


-Como cheguei aqui?


Pergunta a si mesmo vasculhando suas memórias enquanto massageava as têmporas.


-Mestre Harry Potter pediu para Dobby trazer a senhorita Grangey para dormitório em segurança!!!


A voz de Dobby despertou Hermione de seus pensamentos.


-Dobby? Onde o Harry está?


Pergunta apreensiva a morena esforçando-se para levantar novamente.


-O grande mestre Harry Potter foi encontrar o professor Dumbledore!


Anuncia o pequeno elfo aproximando-se da cama e a ajudando a levantar. Ao finalmente conseguir ficar sentada, a grifinória percebe a ausência de algo muito importante.


-Dobby onde está o meu livro?


Pergunta com aflição.


-Dobby não encontrar qualquer livro senhorita Grangey!


Responde o elfo com olhar confuso.


-Mas eu estava com um livro velho de capa azul, no escritório do diretor Dumbledore!!!


Justifica mais angustiada a morena pondo-se de pé, mesmo fraca.


-A senhorita Grangey não pode ir, mestre Harry Potter pediu para Dobby mantê-la em segurança!


Insiste o elfo com um semblante decepcionado pela teimosia da bruxa, mas ela coloca a mão sobre o ombro do pequeno e o agradece.


-Dobby, você já me ajudou demais! Mas eu preciso encontrar esse livro... se ele cair em mãos erradas coisas muito ruins podem acontecer...


Explica com cuidado a morena.


-Coisas ruins ao mestre Harry Potter?


Pergunta Dobby com os olhos alarmados.


-Também Dobby!


Conclui a grifinória antes de seguir a passos pesados até a mesinha onde estava a sua varinha.


-Dobby vai ajudar a senhorita Grangey a encontrar o livro azul! Dobby quer proteger o mestre Harry Potter dessas coisas ruins!


O elfo toma a mão de Hermione na sua antes de aparatar para a sala do diretor.


..................................Hogwarts.................................


-Você só pode estar ficando louco!


Bradava o professor Snape para Lupin que tinha a varinha apontada para o rosto do chefe da Sonserina.


-Eu já disse que confio nas palavras de Hermione!


Responde no mesmo tom.


-Então quer dizer que a senhorita sabe-tudo quebrou as leis mágicas para proteger o pirralho Potter!


Diz Snape com desdém, Remo rosnou para o sonserino e por trás da porta Harry fechou as mãos em punhos ferozes.


-Não ouviu uma única palavra do que eu disse??? Antes de mais nada temos um comensal da morte no castelo!


Gritou o professor Lupin perdendo todo o controle e segurando Snape pela gola do casaco negro. Seus olhos cruzaram-se mortalmente.


-Já basta!!!


Pela primeira vez a voz de Dumbledore se fez ouvir ganhando a atenção dos dois professores que discutiam fervorosamente.


-Temos uma escola para proteger!


Bradou o velho diretor que com um gesto breve de sua varinha jogou os professores em lados opostos da sala.


-Remo, sugiro que vasculhe a ala oeste, especialmente os banheiros desta ala, Professor Snape procure qualquer sinal de Bellatriz nas masmorras, enviarei o professor Slughorn para as torres, professor Flitwick para a ala leste, professor Sprout nas estufas, enviaarei um patrono à Hagrid para vasculhar os arredores do castelo e a professora Vector cuidará dos salões comunais!!!


Exige com uma voz dura Dumbledore.


-Se Bella estiver mesmo aqui, ela estará atrás do Harry!!! Devemos alertar os aurores!


Diz Lupin entre dentes.


-Mais que isso meu caro Remo... ela pode estar a procura de outras coisas! Mas em todo caso não iremos alertar o ministério agora!


Responde enigmaticamente o diretor quando os professores afastaram-se para seguir suas ordens através de portas laterais, mas não sem antes trocarem um olhar desafiador entre eles.


-Não é apenas o comensal da morte que está em Hogwarts professor! Sírius também está aqui e é por isso que ainda não chamou os aurores!


A voz de Harry ecoa na sala, o moreno agora estava frente a frente com Dumbledore, o olhar sombrio e a varinha presa num aperto firme em sua mão direita mostravam como o garoto estava tenso, seu cérebro trabalhando arduamente para processar a quantidade absurda de informações que escutou nesta ultima conversa.


-Sua dedução foi brilhante Harry!


Diz enfaticamente o diretor aproximando-se do grifinório.


-Professor eu preciso saber o que Hermione fez, o que implica esse vínculo de sangue?


Questiona Harry encarando o diretor com inquietação.


-Este assunto será tema de uma próxima conversa Harry! Diante do que está acontecendo temos que nos apressar, não queremos um encontro explosivo entre seu padrinho e a Bellatriz Lestrange!!!


Apressa-se Dumbledore puxando Harry pelo ombro para que o seguisse, ele levaria o garoto para uma das entradas que levariam à câmara secreta. Por alguma razão o diretor acreditava que lá estaria a comensal.


..........................................Luna Lovegood...............................


Um cão de pelos negros percorria os corredores vazios do castelo, farejando algo que o parecia repugnante, mesmo assim persistiu em seu caminho até o banheiro feminino, na entrada da câmara secreta, lá encontrara um único fiapo de vestes negras presa entre uma das pias.


Um rosnado feroz fora ouvido e em instantes o cão transformou-se num homem de cabelos pretos e feições desgastadas. Sírius Black agora estava diante da entrada da camara, apoiado em um dos joelhos enquanto analisava cuidadosamente o tecido em sua mão.


-Bella...


Murmura com desgosto jogando o tecido longe e trancando a porta de entrada do banheiro.


-Alguma hora sairás deste lugar fétido querida prima... e eu estarei aqui para recebê-la de braços abertos!


Diz ironicamente o homem que esfregava as mãos com expectativa.


-Só espero que Remo não demore demais!


Resmungava enquanto tentava arrastar uma das pias fora do lugar.


..................................Hermione Granger.......................................


-Nenhum livro azul foi encontrado senhorita Grangey!


Diz Dobby com semblante preocupado.


-Ele não está mais aqui!


Anuncia Hermione franzindo os olhos como se tentasse recordar de alguma imagem, alguma lembrança de onde poderia estar o diário de Lily. Mas a morena sente-se enfraquecer novamente, sendo amparada pelo elfo.


-Senhorita Grangey deve descansar, Dobby continuar a procurar livro mágico!


Diz o elfo a fitando com preocupação, mas Hermione recusa-se a voltar para a cama enquanto não estivesse tudo resolvido. Sentando-se no mesmo sofá onde estivera antes ela respira fundo antes de questionar o elfo.


-Dobby, saberia me dizer quem é Bellatriz Lastrange?


Os olhos do elfo ficam maiores que se poderia imaginar, ele dá um passo para trás com expressão horrorizada antes de conseguir responder.


-É umas das pessoas más que querem ferir o mestre Harry Potter!!! Ela ser má, muito má, seguidora daquele que não deve ser nomeado!!!


Diz sombriamente o elfo e Hermione sente-se estremecer por dentro.


-Dobby ser muito maltratado pela senhora Lastrange na mansão Malfoy, ela ser diferente do primo o senhor Sírius Black!


Continua Dobby e Hermione sente o coração acelerar, prima de Sírius? Mansão Malfoy?


-Ela é uma... uma comensal?


Pergunta hesitante a grifinória ao que Dobby apenas balança a cabeça afirmativamente.          


-Foi ela que atacou Hogwarts!


Diz convicta a garota levantando-se.


-Ela estar em Hogwarts?


Questiona o elfo.


-Mais um motivo para encontrar logo o livro Dobby!


..........................Ginny Weasley...............................


Draco seguia para seu dormitório com uma expressão sombria em seu rosto, e não surpreendera-se ao encontrar Pansy a sua espera, sentada sobre seu sofá com braços e pernas cruzados além de uma expressão assassina no rosto.


-Onde esteve Draco?


Questiona furiosa levantando-se e fazendo-se de ofendida.


-Onde estive não a interessa!


Responde pausadamente estreitando os olhos para a morena.


-Talvez interesse mais à garota cabelo de fogo da grifinória não é? O que aconteceria se eu espalhasse para toda Hogwarts seu “casinho” com a Weasel pobretona???


Destila ironicamente arfando irritadiça.


-Vá em frente, nem você mesma acredita nisso!


Rebate sem dar importância à explosão da garota que agora gritava.


-Não posso permitir isso Draco!!! Você é meu, somente meu!!! Não vou dividir você com nenhuma pirralha idiota e sem nome como ela!


Gritava histericamente apontando a varinha para o loiro.


-Desaparece da minha frente!


Diz entre dentes apertando os pulsos da morena com força e jogando-a no sofá.


-Eu não fui a única Draco! Zabini e Nott já sabem!


 


Diz com amargura a sonserina antes de deixar o dormitório que ainda fedia as bombas que os gêmeos jogaram.


 


......................................Ronald Weasley..........................


 


Remo andava a passos angustiados por Hogwarts, com a varinha sempre em mão e um olhar detalhista vasculhou cada sala que havia em seu caminho, seguindo agora para o banheiro feminino o que o professor Dumbledore falava.


 


O lobisomem não entendia a razão, mas sabia que deveria ouvir o diretor, mesmo que desconfiasse dos seus motivos para não alertar o ministério de imediato. Oras haviam crianças no castelo e por muita sorte apenas Madame Pomfrey estava na enfermaria no momento do ataque.


 


Adiantando-se na porta, Remo tenta forçar a maçaneta, mas esta parecia emperrada e a porta não abria, franzindo as sobrancelhas o professor murmura um feitiço que destrói a maçaneta permitindo sua entrada.


 


Com cautela, o lobisomem levanta a varinha à altura do rosto dando passos sorrateiros quando é surpreendido por um cachorro preto gigante saltando sobre ele. Mordendo a manga de seu casaco com empolgação


 


-Maldição Sírius!!!


 


Reclama Lupin levantando-se do chão onde havia batido a cabeça com força.


 


-Eu poderia tê-lo estuporado!


 


Justifica Remo.


 


-Duvido que conseguisse!


 


Diz em tom maroto Sírius já retornando a sua forma humana.


 


-O que está fazendo em Hogwarts?


 


Questiona Lupin.


 


-Seguindo pistas da minha querida prima Bellatriz!


 


Diz com sarcasmo. Os olhos de Remo ampliam-se em choque diante do estado de calamidade que se encontravam as pias do banheiro.


 


-O que em nome de Mérlin você fez???


 


O professor parecia chocado.


 


-Ela entrou em alguma passagem aí dentro!


 


Diz Sírius dando de ombros ganhando um olhar descrente de Lupin.


 


-Acredite em mim!


 


Reclama o moreno cruzando os braços ao que Remo balança a cabeça negativamente antes de apontar a varinha para as pias.


 


-Reducto!


 


Bradou explodindo algumas das pias, revelando a entrada da câmara.


 


-Brilhante Remo!!!


 


Comemora Sírius tirando uma varinha de seu bolso.


 


-Onde conseguiu isso?


 


Interfere Lupin com semblante chocado.


 


-Acho que algum lufa-lufa inocente deve ter perdido por aí...


 


Diz displicente antes de pular no interior da passagem deixando seu amigo furioso, que sem escolha o seguiu.


 


...............................................Hermione Granger..........................................


 


O interior da câmara estava completamente sombrio, úmido e com um cheiro forte de carne em decomposição. O imenso basilisco que Harry enfrentara em seu segundo ano permanecia no mesmo lugar. Uma onda de ar frio atravessava as tubulações laterais, e o único barulho que se poderia ouvir era de gotas de água caindo sobre uma poça de água e lodo.


 


Harry sentiu-se desconfortável com a imagem do basislisco ali presente. As recordações da sua luta contra a alma de Voldemort, o terror espalhado por toda Hogwarts, Ginny sendo controlada pelo diário e uma das coisas que mais o aflingiu... ver Hermione petrificada, sentiu o medo de perdê-la atravessar sua alma como a lâmina de uma espada.


 


Graças à Merlin tudo isso teve fim... ao menos temporariamente, até a fatídica perda de Cedrico, fechou os olhos com força abandonando essas lembranças dolorosas. Agora ele tinha total certeza que não deixaria nenhum de seus amigos envolverem-se nessa tempestade que tornou-se sua vida. Não suportaria perder mais ninguém, as pessoas estavam sempre sacrificando-se por sua causa, dessa forma a idéia de Hermione arriscando-se para protegê-lo o deixara apavorado.


 


Dumbledore estava a frente do grifinório a passos silenciosos, com a varinha a postos ele seguia por uma das tubulações que cercavam a câmara. Perdido em pensamentos o moreno quase escorrega em uma falha na tubulação sobressaltando-se. O diretor apenas volta-se para o garoto fazendo sinal para permanecer em silêncio absoluto ao que Harry confirma com um gesto do rosto.


 


Eles aproximam-se mais até ouvir vozes no centro da câmara.


 


-Este lugar fede como a Bella!


 


Resmunga Sírius contrariado, não estava conseguindo encontrar mais nenhum rastro da comensal ali.


 


-Se estamos procurando pistas deveríamos permanecer em silencio e não anunciando a nossa presença abertamente!!!


 


Repreende Lupin esfregando as têmporas.


 


-Mas eu quero que a BELLA me ouça!!! MOSTRE-SE BELATRIZ LESTRANGE!!!


 


Bradava Sírius impaciente levantando a varinha para o alto.


 


-Lumos máxima!!!


 


E toda a câmara torna-se iluminada de imediato. Harry assistia a tudo com apreensão, desejava juntar-se ao seu padrinho e o professor Lupin, porém Dumbledore insistia para que permaneceram em segredo. Sem argumentos válidos o grifinorio preferiu seguir as orientações do diretor.


 


-VAMOS BELLA!!! ESTÁ COM MEDO DE APANHAR DE UM CÃO SARNENTO???


 


Gritava Sírius em provocação.


 


-EU SEI QUE ESTÁ AQUI, SINTO O CHEIRO DE SUJEIRA DE LONGE!


 


Remo segurou o ombro de Sírius obrigando-o a parar de falar, um comensal da morte já era perigoso demais, seria milhões de vezes pior se ele estivesse furioso.


 


-Nunca deverias ter saído de Azcaban!!!


 


Vociferava uma voz carregada de ferocidade. Remo rapidamente aponta a varinha para ela, mas Sírius apenas a fitava com um olhar desafiador.


 


-Finalmente mostrando sua cara feia não é priminha?


 


Provoca Sírius.


 


-Sectusempra!


 


Gritava Bella lançando a maldição em sua direção!


 


-Protego!


 


Bradava Remo protegendo o amigo do feitiço.


 


-Crucius!!!


 


Ela dispara mais uma vez contra Sírius, que agora jogou-se no chão desviando do ataque enquanto Remo seguia para o lado oposto.


 


-Estupefaça!


 


Gritou Remo, mas Bella desviou rapidamente.


 


-Reducto!


 


Grita Sírius para a comensal, mas seu feitiço não sai muito forte, sendo desviado por Bellatriz e acertando a parede que cedeu formando grandes rachaduras.


 


-Avada Kedavra!!!


 


Berrou a mulher apontando a varinha para Sírius.


 


-Expeliarmus!!!


 


Gritou Lupin no mesmo momento acertando a mão da morena que acabou errando a direção do feitiço que atingiu o basilisco já sem vida.


 


........................................Draco Malfoy...................................


 


Hermione desistira de procurar o livro, alguém o tinha em mão e essa idéia a desesperava. O ciclo mágico que iniciara com o vínculo ainda não estava completo, a vida de Harry ainda poderia estar em perigo caso ela não conseguisse realizá-lo inteiramente.


 


Fechou os olhos com força. Ela não poderia ter ido tão longe para desistir agora!


 


-Dobby você pode encontrar Sírius?


 


Questiona a grifinória.


 


-Sírius Black estar em Hogwarts!


 


Responde Dobby com um olhar confuso diante da expressão da morena.


 


-Leve-me até ele agora!


 


Anuncia a grifinória colocando-se de pé.


 


.........................................Pansy Parkinson.......................................


 


Harry trincava os dentes e fechava as mãos em punhos tentando segurar o desejo de entrar na batalha de Sírius e Remo contra a comensal.


 


-Bombarda!


 


Gritara Remo apontando para o teto sobre a morena que desabara instantaneamente obrigando a comensal a fugir.


 


-Estupefaça!


 


Bradava Sírius lançando uma série de feitiços contra a sua prima com um semblante feroz.


 


-Crucius!


 


Gritou a comensal lançando o feitiço contra Remo que jogara-se contra uma rocha poteaguda para fugir, entretanto machucou o ombro direito no impacto.


 


Sírius levanta de seu “esconderijo” para ver se Remo estava bem, no mesmo instante que Dobby aparatara diante dele segurando a mão de Hermione, os dois de costas para Remo e a Lestrange. Os olhos do homem ampliam-se apavorados, Bella sorria de forma maníaca apontando sua varinha para a garota, seus olhos tornaram-se fendas assassinas.


 


-Sectusempra!


 


Gritou a comensal, e tudo mais pareceu correr em câmara lenta. Harry fugira do alcance de Dumbledore gritando pela amiga, Remo apontava com dificuldade a varinha para Bellatriz, Dumbledore murmurou um feitiço apontando a varinha para Dobby e Hermione e Sírius num ato desesperado joga-se sobre os dois. Os olhos da grifinória ampliam-se em pavor e Dobby solta-se da mão de Hermione colocando-se a frente dela.


 


.......................................HP.......................................


 


Demoreiii mas como prometido trouxe mais um post para vocês XD


 


O capítulo não está tãoooo longo até porque não coloquei a versão do Rony e da Luna ou até mesmo a de Ginny agora, mas vocês vão entender melhor no próximo capítulo quando finalmente os sete desafios serão entregues!!! Uahuahuahauhauhauhauahu


 


O que acharam desse capítulo??? Rosana Francoooooo!!! Cadê você??? Sinto falta dos seus comnetários =(


 


AAaaaaaaaahhh Angeline McFellow, Bem vindaaaa \o/ O que achou desse capítulo??? Dessa vez não mostrei a versão Rony/Luna, mas próximo capítulo terá algo muito especial entre eles *-* especialmente a reação do Ron ao ver as criaturinhas mágicas hauhauhauhauahuahuah A Gina ainda vai aprontar muito com o Malfoy especialmente agora que ela está “investigando” a vida dele!!! E ele... bem terá de fazer certas coisas que normalmente odiaria a partir de agora... Realmente o coitadinho do Harry nem teve tempo de processar a idéia de um vínculo e já foi para a luta... mas estou ansiosa para saber sua opinião!!! Alguma sugestão? O que mais gostou? O que não gostou??? Comentaaaaaa XD


 


Bruna Jean Granger Hale Cullen Potter, a garota do nome bonitoooow!!! Hauauahuahuahauha E aí? O que achou do capítulo da vez? O que mais gostou??? Dessa vez foi mais curtinho, mas prometo compensar no próximo!!! Garanto uma mega surpresa que vai levar a uma reviravolta da história =D Realmente Snape e Remo quase estuporam um ao outro quando o assunto é Harry e Mione XD O lobisomem pegou o diário de Lily e ainda foi atrás da comensal para proteger os dois!!! Agora só falta torcer para que a Mione escape do ataque da comensal!


 


Proximo capítulo será postado semana que vem *-*


 


Comentem pleaseeeeee!!! Não me abandonem!!!


 


=*****

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 4

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Bruna Bullock em 18/02/2012

Amei!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
A parte que mais gostei foi a Herms entra na mira da Bella!!!!!!!!!!!
Posta logo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Beijossssssssssssssssssssssssssssssss 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Angeline G. McFellou em 17/02/2012

Mano me diz que você não vai me dr o desgosto de matar o Sírius e o Dobby! Sério se não eu vo entrar na Fic e dar um Avada na Bella e dois em você1 Coitados, sempre morrem! Pq os Bons morrem primeiro.
E como assim a Mione se enfia em uma briga por puro desleixo? Como o Dobby permitiu uma coisa dessas?
Masi beleza vo abafa pq o capítulo foi muito bom! Faltou a Gina infernizando o Draco e o Rony se constrangendo com a Luna mais sempre existe um próximo capítulo!
rsrssr Amei o capítulo curiosa pela continuação, att assim que der, por favor.
Beijos... 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por rosana franco em 17/02/2012

Agora sim a coisa ta feia oq vai acontecer com todos eles na camara secreta?

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por rosana franco em 17/02/2012

As coisas estão cada vez mais emocionantes louca para saber como sera o encontro entre o Sirius e a Bela e saber mais detalhes sobre o pacto.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.