FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Os Por Quês dos Olhos Não Ment


Fic: AS MEMÓRIAS DE DRACO MALFOY Shippers DracoHermione e HarryGina


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Hermione estava exausta, foi mais um dia de trabalho ensinando bruxos a preparar poções, feitiços, enfim, qualquer coisa que pudesse defendê-los de Voldemort. E era assim todo dia. "Se pelo menos, eu estivesse enfrentando isso com alguém que eu amasse... O Rony é uma ótima pessoa, mas, só isso."



O tempo passava e passava insistente... mas ela nunca conseguiu esquecer Draco Malfoy.



As perguntas eram sempre as mesmas: "Por que ele me deixou?" "Será que ele me amava?" "A fortuna do pai dele era mais importante que o nosso amor?" Até hoje, Hermione se negou a acreditar na justificativa que Malfoy dera. Ela sabia quando ele mentia, os olhos dele mudavam e o denunciavam. Então, Por quê? Por quê a abandonara tão cruelmente? Por quê?



Eram tantos os porques que lhe davam dor de cabeça. Ela levantou da cadeira, saiu da antiga sala de Dumbledore e se dirigiu para o salão principal do castelo de Hogwarts, onde Rony estava tendo uma reunião com os seus principais aliados. Com a volta de Voldemort, esse foi o único lugar seguro que os seus opositores encontraram, Hogwarts e seus arredores. Ao redor de Hogwarts agora existia uma cidadezinha, que eles deram o nome de Hope. Graças ao feitiços e armadilhas que Dumbledore havia colocado antes de sua morte, Hope era um local impenetrável.



Hermione parou em frente a porta do salão e ficou observando Rony... como ele estava diferente, era mais corajoso e decidido, tinha amadurecido bastante. Até porque as circunstâncias lhe obrigaram a isso, perdeu os pais e todos os irmãos com exceção de Percy e Gina. Percy se juntou a Voldemort e Gina ficara louca depois da morte de seu marido, Harry Potter.



"Já que tudo mudou, por que esse maldito amor também não muda? Se eu pudesse arrancar o meu coração do peito..."



A verdadeira vontade de Hermione era fugir, fugir para longe dali. Procurar Draco e falar:



- Eu sei que você mentiu e que me ama. Estou aqui porque te amo também, mesmo depois de tudo... Vamos fugir e deixar as nossas vidas, abandonar nossos passados sujos e buscar um futuro melhor!



Hermione também tinha um passado sujo, matou dezenas de Comensais da Morte, entre eles, Lucius Malfoy.



Sonhar era bom, mas ela não poderia fazer isso. Tinha seus filhos e uma cidade inteira para liderar, para ajudar e socorrer em todos os momentos!



Os seus filhos, ou melhor, filhotes, como ela mesma gostava de chamar, eram uma das poucas coisas que davam alegria a Hermione. Cecil era a mais velha, tinha 7 anos e Harry, nome posto em homenagem ao seu grande amigo, 2 anos. Hermione havia insistido com Rony que o nome da menina seria Cecil, mas nunca lhe explicou porque. Esse porque nós já sabemos, porque ela queria se lembrar de Draco.



Os cabelos ruivos e o rosto não deixavam dúvidas que ela era filha de Rony, mas no orgulho e teimosia Cecil lembrava muito Draco... ("ou me lembra?").



Rony notou a presença de Hermione na sala.



- Mione, venha aqui, por favor. - Rony disse, gentilmente



Hermione foi até ele com um sorriso, mas um sorriso triste, os olhos dela nunca mentiam e Rony percebeu isso.



- Para os que não a conhecem essa é Hermione Weasley, minha esposa, vice-líder da Armada Dumbledore. - ele falou orgulhoso, apresentando-a.



Todos na sala a cumprimentaram.



- Bem, senhores, nossa reunião termina aqui. Amanhã combinaremos os detalhes e as pessoas que irão na missão.



- Missão, que missão? - perguntou Hermione interessada, já que até o momento não havia sido informada sobre a razão
da reunião



- A Missão Final - respondeu Rony friamente - nessa operação iremos matar os principais Comensais da Morte.



O coração de Hermione parou.



- E... - ela disse gaguejando - Vo-vo-cês pre-ten-ten-dem ma-ma-tar o...



- Ele também - disse Rony tristemente, ao perceber que Hermione ainda demonstrava algum sentimento por aquele traidor assassino - Draco Malfoy é um de nossos alvos.



*********



Obs.: Surpresos? Intrigados? Irritados por essa fic ser tão ruim? Ou Enamorados pela estória? Digam o que vocês estão sentido com essa fic! COMENTEM, POR FAVOR!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Mérope Fowl S. em 10/06/2015

Querida, acho que tu escreve bem, e teve algumas boas ideias para a o enredo da fic, porém, vou parar de ler ela aqui. Depois de tudo o que o Dracco fez, não me desce o fato de hermione o perdoar e o amar tão intesamente. O amor é forte sim, mas independente da força dele, Hermione Granger não perdoaria o Malfoy por ter matado o harry. Nunca. Ainda mais assim, de cara.

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.