FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Despedida


Fic: Nas Ondas da Paixão


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo Um - Despedida

*FlashBack*

Ela o olhou mais uma vez. Lágrimas corriam pelos seus olhos. Ele acariciava o rosto dele, sentido a textura entre seus dedos.

- Atenção, passageiros do vôo 3052, favor comparecer ao portão de embarque. – a voz robótica ecoou por todo aeroporto e ambos sabiam que aquele era um último “tchau”.


- Então... Acho melhor ir. O avião já vai sair... - ela soltou-se dele pegou sua valise do chão. Deu uma última olhada para a família e fez um aceno com a mão. A senhora Weasley estava com os olhos inchados de tanto chorar e era amparada pelo Sr. Weasley.

- Promete que vai me escrever? - ela sorriu.

- Todos os dias. - deram um último abraço, como se nunca mais se fossem se ver novamente. Direcionou-se ao portão de embarque junto com os outros passageiros. Olhou-o com carinho ao dar a passagem para a comissária. Harry acompanhou a ruiva até desaparecer de vista.

- Até logo, minha ruivinha... - murmurou antes de ir embora junto com os Weasley. Pela enorme janela, um avião levantava vôo com uma ruivinha que deixara as lágrimas escorrerem pelo rosto.

A festa estava sendo um sucesso.

Adolescentes, homens e mulheres passeavam pela areia, satisfeitos. Risadas, música, dança eram ouvidas pelo canto todo. Uma enorme fogueira acesa no centro. Ao fundo, meninas com flores no cabelo e biquíni rodeavam um rapaz que tocava músicas no violão e cantava.

O Lual era uma tradição em South Beach.

Seja festa, aniversário de alguém, fim de ano... aqueles luais eram esperados por todos os habitantes da cidade Litorânea que se situava na parte mais quente da Inglaterra. Claro que isso não impedia que nevasse na cidade, mas sempre com uma temperatura acima de um grau.

Suspiros e cochichos eram ouvidos quando passava. Vestia uma camisa branca totalmente aberta e uma bermuda branca, que dava amostra uma tatuagem de escorpião no lado esquerdo do abdômen e uma cicatriz de dez centímetros no lado direito.

Era o surfista mais belo daquele local.

- Lindo... – esse era o elogio mais ouvido por onde passava. Ele adorava, claro. Mas não fazia pose de galã como alguns surfistas faziam. Uma das características dele era a simpatia e a simplicidade.

- Ele é lindo, mas é só meu! – Harry estancou ao ouvir aquela voz. Cho Chang se jogou nos braços dele fazendo as garotas morrerem de inveja. – Oi amor. – deu um beijo nele.

- Demorou por quê?

- Desculpa, mas a minha entrada tinha que ser triunfal. Afinal, sou a namorada do surfista mais famoso da região.

- Cho, você sabe que eu não ligo para rótulos.

- Que seja. Você é famoso, o campeão de surfe é isso que importa. – beijou-o.

Harry tinha que lidar com o ciúme da namorada. Cho sabia muito bem no assédio que o namorado sofria e não deixava ninguém da ala feminina se aproximar dele. Às vezes, agarrava e beijava-o só para demonstrar que ele já tinha dona.

- São tudo Maria-Parafinas. – dizia Cho. Harry girava os olhos. Tinha consciência que Cho era meia Maria-Parafina: não sabia nem pegar numa prancha direito.

Não longe dali

- Pronto, a Maria-Parafina chegou. – disse Rony para sua namorada Hermione ao observarem Harry e Cho juntos.

- Você acha que ela deixaria o Harry sozinho no meio nessas meninas? – brincou Hermione. Rony riu.

- Nunca.

- Você sabe como a Cho é ciumenta, certo?

- Claro. Eu e a metade de South Beach sabemos disso.

- A Gina era menos ciumenta. – Hermione lembrou da ex-namorada de Harry, que estava fazendo um intercâmbio nos Estados Unidos.

- Aquele namoro era baseado na confiança. Ao contrário do atual, aonde parece que Cho é capaz de matar as “fãs” do Harry só com o olhar e... – Rony estancou.

- Rony, o que foi? – Hermione olhou na direção do namorado e sua surpresa não foi menor ao ver quem chegava.

Vestia um biquíni branco um uma saída de praia de crochê da mesma cor, moldando seu corpo escultural. Seus cabelos ruivos soltos com cachos nas pontas e uma maquiagem leve.

Não entendia muito bem o porquê de tanto nervosismo, era só aparecer no Lual, rever velhos amigos... E rever Harry! Sentia tanta saudade dele... Mesmo com o fim do namoro, não havia um só dia em que não pensasse nele. Só de pensar em revê-lo novamente, sentia seu coração pular no peito.

Respirou fundo e entrou na roda. Era acompanhada por olhares masculinos, que a observavam como se ela fosse uma jóia preciosa. Abriu um sorriso ao ver Hermione e Rony.

- Rony! Hermione! – correu até eles.

- Gina!!! – o casal gritou quando a ruiva abraçou os dois.

- Que saudades!!!

- Nós também, maninha. Quando você chegou?? – Rony se afastou para olhar a garota melhor. Estava mais bonita, mais moça. Aqueles anos na América fizeram bem à ruiva.

- Hoje à tarde. Eu queria fazer uma surpresa para vocês.

- Estamos realmente surpresos. – sorriu Hermione. – Olhe para você. Está linda!

- Obrigada, Hermione. – sorriu Gina. – Você continua linda!

- Oi gente, o que está pegando? – Harry chegou abraçado a Cho, mas estancou ao ver Gina. Seu coração deu um solavanco. Não espera ver Gina de supetão. Ela estava mais bonita do que se lembrava. - Gi? Gina? Vo… você aqui? – respondeu soltando Cho, que fuzilou a ruiva com o olhar. Sabia dos sentimentos que o namorado teve pela ruiva.

“Mas ela não pertence mais a você. Vocês terminaram, lembram” Aquela maldita voz ecoou na mente de Harry como um lembrete. Ele não se esqueceria tão cedo.

- Olá, Harry. – disse Gina disfarçando a surpresa e a tristeza ao ver Harry e Cho juntos.

- Ora, ora... Então a Weasley resolveu aparecer? – Gina percebeu um certo tom de ironia na frase de Cho e respondeu.

- Pois é, Cho. Meu intercâmbio acabou e eu resolvi voltar. Desculpe-me aparecer assim. Eu queria fazer uma surpresa.

- É, realmente estamos surpresos sim. – Cho disse com desdém. – Acho melhor colocá-la a par das novidades, não é, amor?

- Hã... claro. – Harry parecia ter despertado dos seus devaneios.

Cho percebeu que Harry não conseguia pronunciar nada e essa foi a deixa que ela queria.

- Eu e Harry estamos namorando. – abraçou Harry, que permanecia calado.

- Namorando? – Gina sentiu seu rosto esquentar e seu coração falhar um batimento. De todas as garotas de South Beach, Cho era a última que imaginava como namorada de Harry. – Nossa... parabéns... hã... felicidades ao casal. – custou muito aquelas palavras saírem da boca de Gina.

- Obrigado, Gina... – falou Harry num fio de voz. Ainda estava em choque.

- Amor, por que não vamos dançar? – Cho puxou Harry para a pista e acenou para os três.

- Eu vejo vocês depois. – acenou Harry acompanhando Cho.

Permaneceram em silêncio por alguns minutos. Gina abaixou a cabeça, evitando que as lágrimas caíssem.

- Gina... nós sentimos muito.

- Tudo bem, Hermione. Nós terminamos. É natural que Harry arrumasse outra a garota... – “Mas logo a Cho?” – Eu vou cumprimentar alguns amigos. Vejo vocês depois.

- Tudo bem... – Rony e Hermione entreolharam-se preocupados.

Duas Semanas depois...

Harry estava em seu quarto, pensando. Desde que Gina voltara, não conseguira tirá-la da cabeça. “Como ela está linda...” Lembrava-se do jeito dela, dos olhares... tudo isso o levava a loucura.

Por um momento, se sentiu culpado por ter terminado. Mas ambos decidiram que um namoro à distância não resistiria e resolveram terminar um dia antes da partida de Gina. Isso já faz dois anos.

E agora ela havia voltado... mais bela do que nunca. Harry pôde perceber que Gina ainda mexia com ele. Não podia cogitar a hipótese de uma reconciliação: estava namorando Cho e Gina poderia ter “desencanado” dele durante esses dois anos.

“Pelo menos poderemos ser amigos, se ela quiser.” Sentiu uma pontada no peito ao pensar na palavra “amigo”.

Casa dos Weasley

- Sinto muito por não ter te contado antes, Gina. Eu pensei que ficaria chateada se soubesse que Harry estava namorando. – Gina e Hermione estavam sentadas na cama da ruiva colocando a conversa em dia.

Gina ainda estava matando a saudades de casa. Sua mãe a faz comer todo o tipo de comida que só Molly Weasley poderia preparar. Disse que a filha ainda estava magra e que precisava de forças se quisesse voltar a surfar. “Surfei muito pouco nos EUA. Não tinha ondas como as daqui”.

- Está tudo bem, Hermione. Eu sabia que Harry seguiria com a sua vida. Mas... justo a Cho? Ela é a maior Maria-Parafina dessa praia. Muito pior do que as garotas daqui. Pensei que Harry detestasse esse tipo de garota.

- E é. Mas Cho treinou um “pouco” sobre surfe e conseguiu namorar Harry depois de muita insistência. Os dois estão juntos apenas há quatro meses. Fora isso, Harry não teve mais ninguém. Penso que ele sonhava em voltar com você.

- Eu também... Quer dizer... eu ainda gostava do Harry quando terminamos, mas tinha medo de me magoar e preferi não me corresponder com ele. Eu preferi saber notícias dele através de você.

- E agora... o que você vai fazer?

- Nada. Harry está morto para mim. – disse de supetão e um pouco convincente.

- Tem certeza? Não vai, pelo menos, tentar?

- Eu não sei... não quero arrancar ele da Cho, embora seja a “Cho”. Se ele gostar de mim ainda... termine o namoro e me procure.


Praia Lady Di

O mar estava para os surfistas.

Ondas enormes quebravam nas rochas. O sol lá em cima convidando a todos para um banho de mar. O dia estava lindo.

- Nossa! Eu nunca vi o mar com tantas ondas assim! – admirou-se Harry.

- Está muito convidativo! – concordou Rony.
- Se continuar assim, eu vou ter que ir para loja ajudar o Ewan com as pranchas e parafinas, porque ele não pode dar conta do movimento.

- Relaxa! Ewan dá conta do recado!

- Olha só para isso! – Harry reconheceu a voz e virou-se lentamente. – Do jeitinho que eu me lembrava. Talvez até melhor. Oi, Harry. – lançou o melhor sorriso ao moreno e sorriu por dentro ao vê-lo sem palavras.

- Vem matar as saudades, irmãzinha?

- Pode crer. – lançou um olhar significativo para Harry antes de ir em direção ao mar.


Continua...

N/A: Essa fic será curtíssima (short) e escreverei um cap. por dia, mas não deixarei minhas outras fics na mão. Essa fic é da minha amiga Ciça que me concedeu (eu pedi, hehehe) e transformei numa UA. Ci, embora ela seja meia-NC e você só ter 15 aninhos, eu deixo você ler porque você que deu o pontapé inicial.

Espero que gostem. Bjos.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.