FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

12. Chapter II-III


Fic: Harry Potter REWRITE - Rondo da ilusão e da Ressurreição


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Chapter II-III – Eventos.


 


Parte 1


 


- Bem, os nossos campeões estão prontos para a segunda tarefa, que começará quando eu apitar. Eles têm exatamente uma hora para recuperar o que foi tirado deles. Então, quando eu contar três. Um... Dois... Três!


O apito produziu um som agudo no ar frio e parado; as arquibancadas explodiram em vivas e palmas; sem se virar para ver o que os outros campeões estavam fazendo, Harry, no mesmo instante, havia se tornado uma espécie de raio de luz negra, que saltou para dentro da água.


O silêncio pesou em seus ouvidos ao nadar por uma paisagem estranha, escura e enevoada. Só conseguia ver três metros ao redor, por isso à medida que se deslocava novos cenários pareciam surgir repentinamente da escuridão à sua frente; florestas ondulantes de plantas emaranhadas e escuras, extensões de lodo coalhadas de pedras lisas e brilhantes. Ele nadava cada vez mais para o fundo e para o centro do lago, os olhos abertos, espiando, através da misteriosa claridade cinzenta que iluminava as águas, rumando para as sombras além, em que as águas se tornavam opacas.


Pequenos peixes passavam velozes por ele como flechas prateadas. Uma ou duas vezes ele viu um vulto maior nadando mais adiante, mas quando se aproximou, descobriu que era apenas um grande tronco enegrecido ou uma moita densa de plantas. Não viu sinal algum dos outros campeões, nem dos sereianos, nem, graças a Deus, da lula gigante.


Plantas verde-claras se estendiam à sua frente até onde sua vista podia alcançar, como um prado coberto de relva muito crescida. Harry olhava para a frente sem piscar, tentando discernir as formas na obscuridade.


Ele continuou a nadar por uns dois ou cinco minutos ou assim lhe pareceu. Atravessava agora grandes extensões de lodo escuro, que redemoinhavam sujando a água agitada por ele. Então, finalmente, ouviu um trecho da música misteriosa dos serejanos.


Uma hora inteira você deverá buscar,


Para recuperar o que lhe tiramos...


Harry nadou mais rápido e não tardou a ver um grande penhasco emergindo na água lodosa à frente. Nele havia pinturas de sereiano: carregavam lanças e caçavam algo que parecia ser a lula gigante. Harry deixou o penhasco para trás seguindo a música dos sereíanos:


Já se passou meia hora, por isso não tarde


Ou o que você busca apodrecerá aqui...


Um punhado de casas toscas de pedra, manchadas de algas, tomou forma de repente no lusco-fusco que rodeava o garoto. Aqui e ali, às janelas escuras, Harry viu rostos... Rostos que não tinham qualquer semelhança com o quadro da sereia no banheiro dos monitores-chefes...


Os sereianos tinham peles cinzentas e longos cabelos desgrenhados e verdes. Seus olhos eram amarelos, como seus dentes quebrados, e eles usavam grossas cordas de seixos ao pescoço. Lançaram olhares desconfiados quando Harry passou. Um ou dois saíram das tocas para examiná-lo melhor, seus fortes rabos de peixe prateados golpeando a água; as lanças nas maos.


Harry continuou a nadar veloz, olhando para os lados, e logo as casas se tornaram mais numerosas: havia jardins de folhagens ao redor de algumas, e ele chegou a ver um grindylow amarrado a uma estaca do lado de fora de uma porta. Os sereianos apareciam por todos os lados agora, observando-o ansiosos, apontando para suas mãos palmadas e guelras, falando entre si, com a mão encobrindo a boca. Harry virou um canto e deparou com uma cena estranha.


Um grande número de sereianos flutuava diante de casas enfileiradas que pareciam uma versão local de uma praça de povoado. Um coro cantava no centro, chamando os campeões e, por trás, erguia-se uma estátua tosca; um gigantesco sereiano esculpido em um pedregulho. Quatro pessoas estavam firmemente amarradas à cauda da estátua.


Luna estava amarrada entre Hermione e a mesma menina que havia acompanhado Cedrico ao baile de inverno, se ele estava certo, seu nome era Lidvia Lorenzetti. Havia ainda uma garota que não aparentava ter mais de oito anos e cujas nuvens de cabelos prateados deu a Harry a certeza de que era irmã de Fleur Delacour. Os quatro pareciam profundamente adormecidos. Suas cabeças balançavam molemente sobre os ombros e um fluxo contínuo de pequenas bolhas saía de suas bocas.


Harry correu em direção aos reféns, meio que esperando os seretanos baixarem as lanças para o atacarem, mas eles nada fizeram. As cordas que atavam os reféns à estátua eram grossas, viscosas e muito fortes. Assim que viu isso, Harry lançou um feitiço de corte nas cordas, e elas se romperam. Luna flutuou, inconsciente a alguns centímetros do leito do lago, acompanhando o movimento da água. No mesmo instante, Harry a pegou e ambos se tornaram um raio de luz negra, que voou para fora da água, aparecendo na margem, onde os juízes e Fleur o aguardavam.


Logo vieram Cedrico e Krum, e a menina de cabelos prateados que era carregada por alguns sereianos.


- Senhoras e senhores, já chegamos a uma decisão. A chefe dos sereianos, Murcus, nos contou exatamente o que aconteceu no fundo do lago e, portanto, em um máximo de cinquenta, decidimos atribuir a cada campeão, as seguintes notas... A Srta. Fleur Delacour, embora tenha feito uma excelente demonstração do Feitiço Cabeça-de-bolha, foi atacada por grindyiows ao se aproximar do alvo e não conseguiu resgatar sua refém. Recebeu vinte e cinco pontos.


Aplausos das arquibancadas.


- Eu merrecia zerro - disse Fleur com uma voz gutural, sacudindo a magnífica cabeça.


- O Sr. Cedrico Diggory, que também usou o Feitiço Cabeça-de-bolha, foi o segundo a voltar com a refém, embora tenha chegado um minuto depois da hora marcada. - Ouviram-se grandes aplausos dos alunos da Corvinal entre os espectadores;


Harry viu Lidvia lançar um olhar feio a Cedrico. - Portanto, recebeu quarenta e sete pontos.


- O Sr. Vítor Krum usou uma forma de transformação incompleta, mas ainda assim eficiente, e foi o segundo a voltar com a refém. Recebeu quarenta pontos.


Karkaroff bateu palmas com especial entusiasmo, fazendo ar de superioridade.


- O Sr. Harry Potter usou um feitiço desconhecido - continuou Bagman. - Ele foi o primeiro a voltar, e a maioria dos juizes - e aqui Bagman olhou com muita indignação para Karkaroff- acha que ele merece o número máximo de pontos. Mas... O Sr. Potter recebeu quarenta e cinco pontos.


- A terceira e última tarefa será realizada ao anoitecer do dia vinte e quatro de junho - continuou Bagman. - Os campeões serão informados do que os espera exatamente um mês antes. Agradecemos a todos o apoio dado aos campeões.


Terminou, pensou Harry atordoado, quando Madame Pomfrey começou a arrebanhar os campeões e reféns em direção ao castelo para trocarem roupas secas... Terminara, ele conseguira... Não precisava se preocupar com coisa alguma agora até o dia vinte e quatro de junho...


 


Parte 2


 


Eu e a minha boca enorme.


Essa era a frase que estava na mente de Harry enquanto ele procurava por uma certa garota de cabelos loiros. No próximo fim de semana era dia dos namorados, e teria visita a Hogsmeade, ele estava pensando em convidar Luna para ir com ele, e, talvez ele a pedisse para ser sua namorada nesse dia.


O motivo dessa frase pessimista era que ele não conseguia encontrar a loira em lugar algum. Ele já estava pensando em desistir após passar pela sala de feitiços, quando ouviu vozes vindas da mesma.


- Como eu disse Filio, o nível dela é alto demais para estar no terceiro ano, você precisa falar com Dumbledore para colocá-la no quarto ano.


- Eu sei Battler, e eu concordo com isso, mas, você precisa entender que não é tão fácil assim, afinal, ela só demonstra habilidades assim na minha aula, eu não sei quanto as outras aulas... – Mas Harry não ficou para ouvir a conversa, ele havia finalmente avistado Luna passando no corredor em frente, e correu para alcançar a mesma.


 


Parte 3


 


- Rony? Hermione? - Ele gritou.


- Aqui, Harry! - ele ouviu Rony gritar e viu uma mão acenando da primeira carruagem.


Harry levou Luna para dentro do carro, onde viram Rony e Hermione sentados lado a lado e em frente a eles, Lilá Brown e Parvati Patil sentadas lado a lado. Isso deixou dois lugares em bancadas opostas para o par de se sentar - Luna ao lado de Rony e Harry ao lado de Lavender.


Os seis adolescentes trocaram saudações ao redor. Lavender olhou por cima de sua revista para Harry e Luna, e disse


- Eu ouvi que vocês dois estão indo juntos para Hogsmeade. - Ao aceno de Harry, ela continuou, - O que vocês estão pensando em fazer?


Harry corou um pouco.


- Não há planos definidos de verdade. Procurar coisas divertidas para fazer, passar algum tempo juntos... - Luna sorriu para ele quando ele disse isso.


- Vocês deveriam ir a Loja de chá da Madame Puddifoot, eles servem chá e café e todos os tipos de bolos pequenos. Todos os casais gostam de ir lá. É tão romântico... - Lilá disse melancolicamente.


- Vou me lembrar disso...


 


Parte 4


 


E ele realmente se lembrou, mas eles também foram a outros lugares, e acabaram aproveitando bem o tempo juntos. E quando o dia finalmente acabou, eles estavam voltando para Hogwarts, quando uma explosão alta foi ouvida, seguida de vários gritos, e sons ensurdecedores. Harry reconhecia aquele som, mas não podia ser o que ele estava pensando. Porem, seus temores foram confirmados quando ele se voltou para Hogsmeade.


Várias pessoas vestidas de forma semelhante aos comensais da morte, exceto por não usarem varinhas, e sim revolveres.


-Potter, Lovegood, voltem imediatamente para o castelo. – Dizia Ushiromiya aparecendo bem atrás deles. Ele estava diferente do normal, não usava a loga capa negra de sempre, e nem seu terno branco, em seu lugar ele usava um terno roxo aberto. Seus olhos negros, agora estavam vermelhos, e ele tinha um ar um tanto arrogante. Mesmo estranhando, eles estavam para fazer o que lhes foi ordenado, quando Harry parou.


- Prof... Quem são eles?


- Eles, Potter, são um grupo constituído por abortos e bruxos que não podem fazer magia, é um grupo conhecido como, Skill-Out.


 


Entre as Linhas 2


 


O lugar estava silencioso, tanto que o único som que podia ser ouvido era o som dos passos dele, Lelouch Lamperouge, antigo líder da Skill-Out, foi deposto após alguns problemas internos. Ele aparentava ter por volta dos vinte anos, tinha cabelos negros e olhos púrpuras, ele andava por um escuro corredor, até finalmente chegar a uma porta de metal, ele deu três batidas na porta antes de ouvir uma voz o mandando entrar.


Ali dentro era uma enorme sala vazia, e no centro dela estava um outro rapaz que parecia ter a mesma idade de Lelouch, ele tinha olhos vermelhos e cabelos brancos espetados, alem de usar uma longa capa negra.


- A hora finalmente chegou, você finalmente poderá voltar ao mundo lá fora.


- Então, os preparativos já estão prontos? – Perguntava Lelouch.


- Sim e não, você devera terminar com os preparativos para o próximo evento.


- Entendido, então eu acho que terei que ir para aquele lugar.


- Não, eu já coloquei peças lá, mas você ficara próximo e aguardara minhas ordens.


- Entendido, então, se me der licença, eu partirei imediatamente.


- Claro, boa sorte, minha peça.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por rosana franco em 21/06/2012

Finalmente uma batalha!!!Ele vai mesmo pedir ela em namoro ou esta briga vai atrapalhar?

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.