FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

9. Capítulo 08


Fic: A new beginning


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 08


 


- Ok, como faremos? – Derek perguntou, a vassoura segura numa mão, os olhos visivelmente fixos em Ártemis.


- Qual será a divisão dos times? – Bill perguntou, ansioso por aquilo. Fazia tempo que não jogava e achava que o clima tenso faria daquela partida algo inusitado.


- Dois times de quatro. – o loiro anunciou, sendo prático – Meu irmão, eu, Ártemis e...


- Ela joga comigo! – Fred anunciou, firme, parando ao lado da professora.


Pronto. A confusão estava armada...


- Acho melhor você dormir lá em casa hoje... – Matthew murmurou ao pé do ouvido de Renata, que contorceu o pescoço, involuntariamente – Isso não vai terminar muito bem...


A morena riu e deu um selinho nos lábios do namorado.


- Vou pensar no seu caso, bexiga-boy... – alfinetou, no que o namorado fez uma careta.


- Ela joga comigo.


- Não.


- Joga.


- Não.


- A casa é minha.


- Então vamos embora.


- Calma, gente!!! – Bill exclamou, já impaciente com aquilo – Parecem duas crianças mimadas!


- Pior que meus alunos! – Renata assentiu, séria, parando no centro do circulo que eles haviam formado – Seguinte. – disse, assumindo o controle da situação – Sei que os dois querem a Ártemis...


- Renata!!! – a amiga exclamou, no que Draco, Matt, Bill e James riram.


- Faremos o seguinte. – a professora não se abalou – Faremos dois jogos, cem pontos cada. Apenas goleiros e artilheiros. Não somos suficientes para termos batedores e apanhadores, concordam?


Todos assentiram, Matthew sentindo-se orgulhoso da líder nata que era sua namorada. Um tanto destrambelhada, mas líder nata.


- Mesclamos as equipes para não ter confusão. – disse, ainda séria – Primeiro, Ártemis joga com Derek. – Fred abriu a boca para protestar, mas a morena apontou-lhe o dedo em riste, um olhar mortal – Ele quem, gentilmente, nos convidou.


O loiro sorriu, satisfeito, enquanto o ruivo mordia o lábio inferior com força.


- Depois, ela será do seu time. – Renata completou, piscando discretamente para Fred – Afinal, será você quem, gentilmente, irá deixá-la em casa.


- Hei! – Derek exclamou, mas emudeceu no instante em que Renata voltara-se para ele.


- Estamos certos? – a professora quis ter certeza. Novamente, todos assentiram – Ok.  Equipe A: Derek, James, Ártemis e eu...


- Hei!!! – Matthew reclamou, segurando o braço da namorada – Achei que fosse jogar comigo!


Renata simplesmente sorriu.


- Ela quer vencer, garoto das bexigas! – Bill falou-lhe baixo, passando por ele, enquanto o loiro via a namorada piscar-lhe o olho, montar em sua vassoura e alçar voo.


A partida começou, Fred Weasley e Matthew Reid ainda sérios.


- Você fica de goleiro! – o ruivo disse para Draco, que abriu a boca para protestar, mas calou-se de pronto ao ver o olhar assassino de Fred.


Fred jamais seria goleiro, não ao ver que Derek pusera o irmão no gol. Queria enfrentá-lo e vencê-lo. Como nunca quisera algo antes em sua vida...


Não era justo, eram quatro contra três, pensara Fred. Apesar de nunca terem jogado juntos, as escolhas esportivas de Matthew pesavam contra ele. Assim, precisava de toda a habilidade e sincronia que um dia tivera com seu irmão para que vencessem aquela partida. Sim, pois ele queria vencer. E iria...


- Merlin... – Hermione murmurou, baixinho, tensa – Isso não vai prestar...


As duas equipes se posicionaram e Renata riu ao ver que ficara do mesmo lado que Matthew. Não podia negar, o loiro de olhos claros tirava todo o seu fôlego, ainda mais naquela calça de tactel justa e a camisa preta sem mangas. Os braços dele... Balançou a cabeça com força, voltando a ter foco.


- É quadribol, por Merlin! – dissera a si mesma, mas tornando a se perder no corpo do namorado – Merda!


Bill e Ártemis foram emparelhados juntos. Derek e Fred se encaravam, fixamente. Seriamente. Mortalmente...


A goles fora arremessada para o alto, todos avançaram em velocidade...


Hermione e Danny prestavam atenção ao jogo, a morena podendo sentir a tensão que pairava no ar.


Derek, que fora mais rápido, capturara a goles, para irritação de Fred, que se arrependeu imensamente por estar ainda fora de sua forma física ideal. O loiro avançava rapidamente. O ruivo, então, avançou contra ele, tentando desarmá-lo. Derek deixara a goles cair, mas propositadamente, para que Renata, que voava abaixo dele, a capturasse.


A morena desviava de Matthew com facilidade, arremessando a goles para Ártemis.  Porém, apesar de ser boa em quadribol, a outra professora fora facilmente desarmada numa jogada rápida de Bill Weasley. O ruivo, então, arremessou a bola para seu irmão mais novo, que avançou e marcou os primeiros dez pontos, vibrando imensamente em seguida.


Derek e Fred trocaram um olhar rápido. O loiro não deixaria aquilo por menos...


Com a posse da goles, Derek tornou a avançar, trocando passes com Renata Cassel. A morena sabia o que estava fazendo e, mais uma vez, facilmente se desvencilhou de Matthew Reid, deixando o loiro livre, que empatara o placar.


- Merda, Malfoy! – Fred reclamou, recebendo xingamentos de Draco. Hermione prontamente tapara os ouvidos de Danny.


O jogo continuou duro e tenso.


- Troca! – Renata berrara para a amiga, que girou sua vassoura, passando a cuidar da marcação de Matt.


O loiro, então, viu que aquela era sua chance. Renata estava muito enganada se achava que ele não sabia jogar...


Numa jogada rápida, Matt interceptara a goles arremessada por Bill a Fred. Avançara por todo o campo, sem dar margem para que Ártemis, Derek ou mesmo Renata o alcançassem.


Marcou um lindo gol, indo até Renata para comemorar.


- Aparências enganam, amor. – murmurou-lhe baixinho, um sorriso maroto no canto dos lábios.


Renata sentiu o cabo da vassoura escorregar por entre seus dedos e teve de se segurar com mais força para não cair. Matthew afastou-se, rindo.


- Ok, eu quero matar esse desgraçado! – exclamou, impaciente e vermelha, para Ártemis, que riu, trocando novamente de posição com a amiga.


Meia hora já havia se passado e Fred vencia por 60 a 40. Derek estava visivelmente impaciente. Aproximou-se das duas professoras e disse, baixinho:


- Precisamos de um plano! – exclamou, chamando o irmão com um aceno.


Os quatro se entreolharam, afastando-se depois de um tempo. Ártemis sorriu, achando graça. Sempre fora boa esportista. Não se importava em vencer ou perder, queria era se divertir. Porém, estava jogando com Derek, que ela já havia percebido, detestava perder. O irmão tinha o mesmo gene. Renata... A amiga sempre fora doida de qualquer maneira...


O plano consistia, basicamente, numa jogada surpresa. E realmente fora uma surpresa. Quando Derek avançou, mais uma vez, com a goles debaixo dos braços, Fred o seguiu, como de costume. Ártemis avançou pela esquerda, Bill a seguindo, Matt fazendo o mesmo com Renata à direita. Nenhum dos três contava com James...


O ruivo passou veloz por debaixo deles. Draco, que notara a aproximação do rapaz, ficou indeciso sobre se ia em direção a ele ou se guardava as balizas. Tarde demais...


Sua indecisão permitira que Derek tocasse a goles para o irmão, abaixo de si. Matthew, Bill e Fred olharam para baixo e deixaram o caminho livre para as meninas passarem. Num chute perfeito, James devolveu a goles para Renata, que avançou, atraindo a atenção de Draco. Quando o loiro fora em sua direção, a morena tocou a bola para Ártemis, que marcou um belo gol.


Todos comemoravam, a exceção de Fred e seus companheiros. Até mesmo Hermione não pôde deixar de concordar que aquela fora uma bela jogada. Danny pulava, animado, divertindo-se, pois o pequeno comemorava os pontos marcados pela equipe do irmão e os pontos marcados pela equipe de sua professora querida.


Quinze minutos depois, Derek vencia pelo placar de 90x80. O jogo ficara mais tenso. Restava apenas um ponto para que o loiro vencesse aquele primeiro embate...


Ártemis avançava pelo campo, depois de um passe rápido de James, que salvara sua equipe de um empate indesejável naquele momento. Avançava a todo vapor, William sempre em sua cola. Vira Renata livre ao seu lado. Preparou-se para lançar-lhe a goles...


Renata avançava, tendo Matthew à sua frente. Sentiu os dedos formigarem, aperto o cabo da vassoura com mais força. Olhou para Ártemis, fez um aceno de cabeça. A amiga laçou-lhe a bola, Renata estendeu as mãos para capturá-la.


- Mas que...?


A morena se distraíra com Matthew, que surgira em sua frente. Sem camisa... Um sorriso malicioso nos lábios


Tudo acontecera muito rápido. Para sorte de Derek, Fred estava poucos segundos atrás de si. Com isso, ele conseguira se desviar do ruivo, recuperar a goles perdida por Renata Cassel e marcar o ponto que faltava para sua vitória. Ártemis teve pena do ruivo, mas mesmo assim comemorou a vitória de seu time. Riu mais ainda ao ver a face de espanto na face da amiga.


Renata piscou algumas vezes, demorando um pouco para entender o que havia acontecido. Quando recuperou a fala, xingou Matthew com todas as suas forças. O loiro riu com gosto.


Irritada, a morena, que errara o apoio e quase caíra, empinou sua vassoura para longe, descendo depressa.


- Espera! Rê! – Matthew saltou da vassoura e correu atrás da namorada, ainda rindo. – Amor. Renata! – disse, segurando-a pelo braço, no tom que somente ele sabia dizer – Me desculpa, eu...


- Desgraçado, filho da mãe! – a morena bateu com força no peito dele, pois o loiro ainda continuava sem camisa, o tórax largo levemente suado – Isso foi trapaça. Trapaça!!!


Matthew continuou rindo, tentando desviara dos socos dela.


- Calma, Renata, calma! – pediu, rindo, segurando-a pelos punhos – Foi só um jogo, amor.


A professora ergueu uma sobrancelha, séria. O loiro riu mais uma vez.


- Se vale de consolo, vocês ainda venceram. – ele disse, tentando amenizar a situação, mas sem conseguir conter o riso.


- Não, não serve! – a morena rebateu, furioso – Não deveria usar isso contra mim! – murmurou-lhe ao pé do ouvido, com raiva – Foi injusto!!!


O rapaz sabia que ela não se acalmaria. Não com o gênio dela. Ainda lembrava nitidamente como ela falara com Fred na danceteria.


Decidiu usar o que tinha em mãos...


- Matt, não... – mas ela fora calada com um puxão e um beijo.


A professora tentou se desvencilhar, mas seu corpo prontamente desistiu perante o toque de Matthew Reid. Detestava-o mais que nunca. Amava-o mais que nunca...


- Me perdoa... – a voz rouca dele em seu ouvido resolveu tudo. Como não perdoaria?


- Idiota... – fora tudo o que conseguira murmurar, num tom praticamente inaudível, ainda presa nos braços dele, seu corpo apertado contra o tórax nu.


- Isso foi trapaça! – Danny chegou, correndo, ofegante – Trapaça, Matt... – parou de frente para eles, sério, cruzando os pequenos bracinhos junto ao peito – Não foi justo! Renata sempre diz que temos que jogar limpo, Matt, e você não fez isso! – o tom sério dele, fez o casal sorrir.


- Seu irmão é um bobão! Um bobão! – Renata disse, afastando-se um tanto a contragosto do peito do namorado, mas tinha que recuperar sua razão, ainda mais com Danny ali entre eles – Ele não sabe perder, Danny, é um...


- ...bobão! – o irmão completou, no que Matthew riu pelo nariz.


- Amanhã vamos ao cinema depois da escola, só eu e você, ok? – Renata disse, sabendo que aquilo irritaria o loiro. Dito e feito.


- Hei! – Matthew interpelou, ficando sério no mesmo instante – Achei que íamos os três!


Renata pôs-se de pé, um dedo em riste para o namorado, o nariz levemente empinado, a outra mão dada a Danny.


- Está de castigo, Matthew Reid. – disse, usando o tom que costumava usar na escola.


Saiu dali, direto para a arquibancada, avisando aos demais que não jogaria mais. Matthew engoliu em seco e disse o mesmo para Fred, que viera ver como ele estava.


Com um olhar significativo, afastou-se e foi para o vestiário, tomar um banho frio. Precisava descarregar toda a eletricidade que o tom da namorada causara em si.


Imaginou Renata dando ordens na cama, usando o mesmo tom firme. Talvez fossem melhor dois banhos...


 


 


________________________________________________________________________________________


 


Esse capítulo sim é todo da Renatinha!!!!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 2

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Tonks Fenix em 18/04/2012

Ainh meninas, que delícia de capítulo!
Amei essa dupla atualização! Esse fic é tão leve e cativante!
Quero mais, e ainda espero por uns socos e pontapés... kkkk
Bjinhus! 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por jessica salicio da silva em 18/04/2012

A Artemis só me engana, mas de qualquer jeito a Renata consegue me matar, não tão como a Artemis, que já é mestre disso, mas a Renata ta aprendendo com a melhor, fazer o que né? ksoaksokaoks
Parabens, lindezas. 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.