FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. Capítulo 07


Fic: A new beginning


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 7


 


- Fred, o que você está fazendo? – Hermione perguntou ao encontrar o bruxo ruivo, sem camisa, fazendo flexão no meio da sala, num domingo de manhã.


- Flexão – ele disse, sem deixar de contar mentalmente.


- Flexão? – Hermione olhou para Draco, que tinha uma expressão séria.


- Poderia ao menos vestir uma camiseta, Weasley?


- E por que está fazendo flexão a essa hora? – ela perguntou, sem entender.


O ruivo continuou com os exercícios.


- Vontade... – Fred respondeu, sem deixar de mover os braços no mesmo movimento rítmico. Draco rolou os olhos, sabendo muito bem de onde vinha aquela vontade.


- Vista a camiseta, Weasley – Draco falou, puxando uma Hermione sem graça pelo braço.


---


Quando Renata chegou em casa, encontrou sua amiga pintando as unhas no sofá. Uma expressão alegre no rosto. Muito mais alegre do que ela vira nos últimos dias.


- Obrigadaaa! – Ártemis exclamou, pulando no pescoço da outra bruxa e abraçando-a fortemente.


- O que aconteceu?


- Frederick Weasley... Ele que aconteceu...


- Humm. Vejo que fizeram às pazes? – Renata perguntou, marotamente. Ártemis contou sobre a conversa do dia anterior e sua ida à Loja mais cedo – E você vai sair com ele? E Derek?


- Derek e eu não temos nada sério... Não é como se eu o estivesse traindo ou algo parecido... –Ártemis falou, dando de ombros.


- Por falar em algo sério... – Renata começou, atirando-se no sofá e pegando uma almofada.


Foi a vez de ela contar sobre sua saída e seu pedido de namoro e de como Matthew era realmente um sonho.


- Definitivamente o cara mais perfeito do mundo! – continuou contando sobre os acontecimentos do dia.


- Deveria ter transado com ele – Ártemis falou. Renata quase jogou a almofada na amiga, mas conteve-se.


- O irmão dele estava lá!


- Feitiços silenciadores servem para isso, flor...


- Você é completamente maluca!


- Sou mesmo! Hoje vou sair com Derek e amanhã vou almoçar com o Fred... – piscou marotamente para a amiga, que meneou a cabeça e sorriu, pensando num certo bruxo loiro e de óculos.


---


- Obrigado pelo convite do almoço – Matthew disse após provar o frango – Está uma delícia.


- Imagina... Para compensar o dia de ontem – ela disse, sorrindo.


- Eu adorei.


Eles compartilhavam uma garrafa de vinho branco. Terminaram o almoço e ficaram no sofá, bebendo o resto do vinho e conversando.


- Matt – Renata começou, incerta, quando terminou sua taça – Você não acha mesmo que tem problema... Veja bem... Eu sou professora do seu irmão – ela disse, nervosamente.


Aquilo apenas fez o bruxo loiro sorrir ainda mais. Adorava aquele jeito meio tímido e meio contido dela.


- Sim, você é professora do meu irmão... E... – ele falou, terminando sua taça e colocando-a sobre a mesa.


- E, bem... – ela não sabia como continuar. Olhou para o lado e o viu sorrindo. As covinhas, o cabelo loiro escuro caindo sobre a testa...


- E eu acho que agora está na hora de você deixar de cuidar do meu irmão e cuidar um pouco de mim, não acha? – Matthew não deu tempo para que ela respondesse, calou-a com um beijo.


E Renata respondeu ao beijo com paixão, mas sabia que, dessa vez, não haveria Danny para culpar...


Sentiu a mão dele em sua cintura, subindo pela lateral de seu corpo e seus dedos passaram rapidamente, apenas roçando pela lateral de seu seio. O gemido morreu nos lábios dele. Ousadamente, Renata começou distribuir beijos pelo maxilar dele, sentindo a respiração ofegante do loiro em sua orelha. Estavam novamente inclinados no sofá. Os lábios voltaram a se encontrar até que ele, delicadamente, afastou-se e sussurrou:


- Vamos no seu tempo, namoradinha. – e beijou a ponta do nariz de Renata, que decidiu que precisava urgentemente de um copo de água.


---


Ártemis aparatou em Hogsmeade e encontrou Fred parado com as mãos nos bolsos. Ele era bonito. Muito mais bonito que Derek.


- Boa tarde – Fred disse sorrindo e beijando-a demoradamente na face.


- Boa tarde, Frederick – ela notou muito bem a demora no beijo, mas não falou nada, pois gostara daquilo.


- Fred, você pode me chamar de Fred. – ela olhou-o e concordou – E você? Algum apelido?


- Por mais que eu goste de meu nome, não há muitos apelidos. Todos ficam completamente estranhos: Art, Tetê, Temi, etc... – ele riu verdadeiramente.


- Ainda acharei um para você – o ruivo passou a mão pelo ombro dela, puxando-a para si – Um que só eu poderei usar – ela riu.


- A tal da possessividade, hein? Onde estamos indo?


- Restaurante italiano. Matthew me indicou. Topa?


- Claro. Adoro massas acompanhadas de um bom vinho – Fred fez uma mesura e falou:


- Seu pedido é uma ordem – eles entraram no restaurante indicado pelo ruivo. Sentaram e ele falou – Uma cerveja amanteigada antes do almoço ou a mocinha só toma uísque de fogo?


- É cedo para um uísque, mas...  Aqui eles servem cerveja trouxa? Não sou fã de cerveja amanteigada... – ambos olharam o cardápio e escolheram suas cervejas trouxas.


- Então,... Professora?


- Sim, professora. Você não virá com o mesmo discurso sobre eu não parecer professora, não é?


- Claro que não! – ele mentiu e a morena olhou desconfiada – E por que não foi trabalhar em Hogwarts?


- Eu? Em Hogwarts? – Ártemis exclamou. O garçom chegou com as bebidas – Adorei ter estudado lá, até fiz um estágio como professora por alguns meses quando me formei, mas não deu certo.


- E por que não?


- Por que gosto de curtir e não pegaria bem se a diretora me encontrasse na festa com os estudantes ou agarrando algum professor, não é? – Fred riu. Feliz. Fazia tempo que não se sentia assim.


- E há algum professor que possa ser agarrado em Hogwarts? – ele disse, bebendo sua cerveja.


- O instrutor de voo  – Fred quase engasgou com a cerveja – Madame Hooch se aposentou e uns anos atrás entrou esse professor, na época em que fiz meu estágio nas aulas de Transfiguração – Ártemis falou, piscando marotamente.


Fred preferiu não saber se ela já havia ou não agarrado o tal professor.


- Quer fazer seu pedido?


- Claro... Penne aos quatro queijos.


- Quatro queijos? – Fred perguntou, erguendo uma sobrancelha – Não vai pedir algo mais leve?


- Você me convidou para comer massa ou o quê? – ela disse, inclinando-se sobre a mesa. Fred fez o mesmo movimento. Parando bem próximo dela.


- Geralmente as bruxas pedem coisas leves ou saladas. Preocupação com o peso – ele sorriu marotamente ao vê-la recostar-se na cadeira e sorrir de lado.


- Então acha que preciso me preocupar com meu peso?


- Não! – ele disse rapidamente, um tanto nervoso – Por Merlin, não foi isso que eu quis dizer... Eu... Eu quis... – ela riu. Os cabelos lisos caindo ao redor do rosto.


- Eu sei o que quis dizer. Apenas te provocando um pouco. Alguma sugestão de vinho? Desde que seja seco, claro... E minha uva preferida é...


- Carmenère  – os dois disseram juntos.


Ártemis terminou sua cerveja e sorriu. Fred sentia-se entorpecido. Sorriu junto com ela, chamando o garçom e pedindo dois pratos de penne ao quatro queijos e um vinho tinto seco, uva carmenère.


---


- Para quem disse que não frequentaria nunca mais a Loja, você tem vindo bastante, não? – Renata provocou.


- Cale a boca – Matthew apenas ria das provocações entre as amigas – Fred é apenas um amigo.


- Um amigo com quem você sai para jantar, almoçar, passeia... – Renata começou a enumerar.


- Sim e é apenas isso. Estou ficando com o Derek.


- E morrendo de amores pelo Fred... – Renata disse e levou uma cotovelada da amiga. Nisso, Fred chegou e disse:


- Verity já está fechando a loja e poderemos ir. E pensei que amanhã a tarde poderíamos ver um filme lá em casa. O que acham? – Matt olhou rapidamente para Ártemis, que ficou sem graça e abriu a boca para recusar, mas Renata interveio:


- Amanhã vamos jogar quadribol. Topa?


- Renata! – Ártemis exclamou, dando um leve tapa no braço da amiga.


- O que houve? – Fred perguntou, um pouco incomodado.


- Bem... – Ártemis começou, visivelmente envergonhada, como era raro acontecer – É que Derek nos convidou para jogar na casa dele. Ele tem um pequeno campo no fundo da casa dele e...


- Claro, Derek... – Fred disse sem esconder sua insatisfação, sentindo raiva.


Ele evitava perguntar sobre o loiro, mas naquele momento tornou-se óbvio que ela ainda o via. Matthew notou a expressão de descontentamento do amigo e disse:


- E ele também falou que poderíamos convidar outras pessoas, não é? – apertou delicadamente o ombro da namorada, que concordou com a cabeça – Por que não chama Draco e Hermione? Draco jogava na Escola, não jogava?


- Sim, jogava – Fred respondeu, encarando Ártemis, que olhava para o chão.


– Eu posso levar o Danny, ele adora quadribol. O que acham?


- Acho uma ótima ideia! – Renata respondeu animada, tentando ao máximo disfarçar o fora que tinha acabado de dar. – Você vai, Fred?


- Não sei... – ele disse, Ártemis olhou para ele, que estava levemente corado e não era de vergonha. Os braços cruzados. Ela notou que ele deveria estar se exercitando.


- Eu adoraria que você fosse, Fred – sua resposta foi sincera. Ela realmente adoraria que ele fosse. Adoraria que ele estivesse interessado nela sem ser como amiga.


- Certo. Falarei com Draco e Hermione. – o ruivo falou, sentindo que aquele jogo não daria muito certo.


---


Todos chegaram cedo na casa de Derek, por volta das 15 horas, cada um carregando uma pequena mochila ou bolsa e uma vassoura, a exceção de Hermione e Danny.


Porém, casa não era o termo apropriado para o local...


- Wow! – Renata exclamou, os olhos arregalados, visivelmente surpresa – Isso, sim, é uma casa com estilo...


Todos concordaram, até mesmo Fred, a contragosto.


De estilo clássico, o casarão em mármore negro do século XVIII impunha seu respeito e esplendor. Duas pequenas colunas à frente da casa indicavam o caminho até a porta de entrada.


Draco e Hermione encontravam-se de mãos dadas, Fred ao lado deles, visivelmente irritado por estar ali. Ártemis encontrava-se ao seu lado, nervosa e irritada. Nervosa com a situação. Irritada com os comentários de Renata.


A professora encontrava-se ao lado de Bill Weasley, irmão de Fred que também os acompanhara. À sua frente, Danny olhava a tudo com os mesmos olhos arregalados e surpresos de sua professora. Ao lado da morena, Matthew.


- Boa... tarde... – Derek anunciou, animado no início, surpreso ao fim quando se deparou com Fred Weasley ao lado da garota que estava saindo – Este é James. – indicou o irmão, dois anos mais velho, ao seu lado – E vocês são?


- Renata, minha amiga. – Ártemis começou as apresentações.


- Lembro de você da danceteria. – Derek assentiu, apertando as mãos de Renata, um sorriso amistosos nos lábios – Está linda!


A morena sorriu, agradecida pelo elogio.


- Matthew Reid, namorado dela – o loiro adiantou-se, uma expressão dura na face, enquanto estendia uma mão para o rapaz.


Renata jamais vira Matt sério daquele jeito. Seu ventre se contorcera diante da possessividade presente nos olhos dele.


- Daniel Reid. – o pequeno se apresentou, com um sorriso – Cunhado dela! – e indicou a professora com um dedo.


Renata não resistiu e agachou-se para beijar o pequeno diversas vezes enquanto todos riam, inclusive Matt.


- Este é... Fred Weasley. – Ártemis disse, visivelmente sem graça.


- Amigo? – Derek perguntou, num tom debochado, estendendo uma mão para o ruivo.


- Por enquanto. – Fred devolveu a provocação, no que Derek riu e Ártemis sentiu o chão sumir debaixo de seus pés. Onde estava com a ideia de que aquilo daria certo?


Bill, Draco e Hermione se apresentaram, o loiro agarrando a namorada pela cintura diante do olhar de James sobre Hermione.


- Todos prontos? Podem trocar de roupa no vestiário do campo. – Derek informou, levando-os pela casa, que era enorme por dentro.


- Ah, er, eu não vou jogar. – Hermione anunciou, no que James murmurou um “Ah, não...” que fez o sangue de Draco correr mais quente por suas veias – Não levo jeito pra isso.


- Fique na arquibancada então. – Derek assentiu, sorrindo, educadamente – Qualquer coisa que precisar, basta chamar Foxy... – Renata tossiu levemente diante do nome – Nossa elfo. Ela atenderá aos seus pedidos.


Chegaram ao campo, que de pequeno não tinha nada. Ártemis sentiu o corpo enrijecer ao ouvir mais um dos comentários de Renata.


- Os vestiários são por ali. – Derek anunciou, indicando para a esquerda – Fiquem à vontade. Hermione e Daniel, vou levá-los até a arquibancada, a não ser, claro, que o pequeno campeão aqui queira jogar também.


Danny respondera um sim enquanto Matthew e Renata diziam não. Frustrado, o pequeno resignara-se e dera uma mão para Hermione, subindo os degraus com ela. James fora atrás do irmão.


- Você não me disse que ele era rico! – Renata puxou o braço da amiga com força, assim que entraram no vestiário.


- Eu não sabia! – Ártemis disse, sem jeito, puxando o braço de volta – E o que isso importa?


- Importa que ele tem um campo de quadribol só dele!


- Nós também temos. – Bill respondeu, indicando a si e a seu irmão com um dedo, rindo da expressão boba da morena – No Chalé onde moro. Perto da praia. Na França.


- Sou sócio de um. – Draco assentiu, também se divertindo.


Renata olhou rapidamente para Matthew, que sentiu o rosto enrubescer.


- Er... Faço parte de um clube de bexigas... – a morena afundou os ombros, visivelmente decepcionada.


Meneou a cabeça, abraçou o namorado, sorrindo, dando-lhe um beijo nos lábios.


- Sabia que nem tudo podia ser perfeito...


Todos desataram a rir, inclusive Ártemis, que não conseguia mais ficar zangada com a amiga. Matthew sentiu o rosto esquentar mais ainda, ficando completamente envergonhado.


Dez minutos depois e todos voltavam ao pequeno não tão pequeno campo de quadribol. Usavam roupas mais esportivas, como calças de tactel para os homens e calças de malha para as duas professoras.


- Linda. – Fred murmurou ao pé do ouvido de Ártemis assim que a vira sair do vestiário. A professora sentira um arrepio por todo o corpo...


- Ok, como faremos? – Derek perguntou, a vassoura segura numa mão, os olhos visivelmente fixos em Ártemis.


- Qual será a divisão dos times? – Bill perguntou, ansioso por aquilo. Fazia tempo que não jogava e achava que o clima tenso faria daquela partida algo inusitado.


- Dois times de quatro. – o loiro anunciou, sendo prático – Meu irmão, eu, Ártemis e...


- Ela joga comigo! – Fred anunciou, firme, parando ao lado da professora.


Pronto. A confusão estava armada...


 


_______________________________________________________________________________________


 


NA.: a parte sobre o jogo de quadribol chegada na casa do Derek... escrito por Renatinhaaaaa rsrsrrsrsrsr

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Maris em 02/05/2012

Me acabei de rir nesse trecho: "Renata não resistiu e agachou-se para beijar o pequeno diversas vezes enquanto todos riam, inclusive Matt."..pensei..A cara da Renata! Isso é a cara dela...

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Tonks Fenix em 18/04/2012

Gente, que loucura!!!
Maior programa de índio esse, hein Ártemis! 
Duvido muito que não resulte em alguns dentes quebrados, e o Doc Reid mostrando seus dotes! rsrsrs
Continua, please! 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por jessica salicio da silva em 18/04/2012

Que lindezaaaa e nem foi minha Artemis que escreveu dessa vez. Mas vamos conversar Senhorita Renatinha: Como, me diz  COMO VOCÊ ME PARA O CAPITULO ASSIM?  Ta aprendendo com a Artemis como matar a jéssica do coração? Porque é isso que ta acontecendo, meu coração não ta funcionando direito depois que um capitulo acaba assim. Minha morte na certa, ou seja, a Artemis tem uma escola de  assassinos, e você é uma boa aluna né? alskaoskoaks
Parabéns ficou ótimo. *--------------------------* 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.