FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Capítulo 01


Fic: A new beginning


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 01


 


O portão da escola se abriu e as crianças entraram correndo. Algumas acompanhadas pelos seus pais, outras pelas mães. Algumas vinham com elfos e outras sozinhas. Um grande arco escrito “Escola Infantil Pequenos Marotos – a magia começa aqui”  erguia-se sobre o portão...


O novo empreendimento, idealizado por Lauren Hills, estava tendo retorno. Durante muitas décadas, as crianças bruxas foram criadas e educadas em casa antes de ir para Hogwarts; porém, o tempo passava e o mundo moderno batia à porta. Ou à lareira, como preferir.


Acontece que as bruxas saiam para trabalhar e nem sempre queriam deixar seus filhos sob o cuidado de elfos domésticos. Não que duvidassem de sua capacidade “cuidadora”, mas as crianças precisavam de educação: aprender a ler, escrever, fazer contas... Precisavam aprender sobre o mundo em que viviam e também sobre o mundo que não sabia sobre elas: o mundo trouxa.


O projeto começara tímido, poucos acreditaram que aquilo daria certo. Mas ­­­­Lauren investiu na ideia. O projeto começou pequeno, a escola não passando de uma casinha onde ela e mais duas professoras recém saídas de Hogwarts trabalhavam. Porém, a escola foi crescendo.  Lá, elas ensinavam o que seria ensinado em uma escola trouxa. As crianças eram admitidas a partir de um ano e meio. Mesmo que se descobrisse que a criança era um aborto, todo um projeto de inclusão era preparado e cuidadosamente posto em prática.


Além das matérias básicas como alfabetização e contas, as crianças aprendiam sobre contos de fadas bruxos e trouxas, conheciam sobre mitos. Mitos gregos, romanos e africanos. Aprendiam como podiam tentar controlar seus poderes. Conheciam sobre o cinema trouxa...


Renata Cassel foi uma das primeiras contratações da Escola. Ela dava aula para as crianças de sete anos. Estava na porta da sala esperando seus estudantes. Os cabelos castanhos, quase pretos, presos em um rabo de cavalo. A franja caía solta mais para o lado direito...


 A sala já estava arrumada com os brinquedos e livros preferidos de seus estudantes. As crianças chegaram correndo e gritando por seu nome. Ela abraçava cada uma, com carinho e afeto verdadeiros. Cumprimentava as mães e elfos sempre de forma educada e alegre.


Já Daniel Reid era diferente. Ele não vinha correndo. Vinha andando calmamente ao lado do seu irmão. Eles sempre vinham conversando. Só que Renata não olhava para o pequeno Daniel. Seus olhos estavam focados em Matthew. O irmão mais velho...


O cabelo de um loiro escuro não era curto nem longo. Corpo esguio. Sempre bem vestido. Os óculos davam um ar intelectual ao rapaz sério.


- Deveria disfarçar – Renata ouviu uma voz murmurar. Olhou para sua amiga, que estava na sala ao lado, recebendo os estudantes um pouco mais velhos que os seus.


- Não enche! – murmurou, sorrindo.


- Sério... O coitado logo cai seco.


- Cale sua boca, Ártemis! – ela disse ao ver que os irmãos Reid estavam bem próximos.


- Bom dia, senhorita Cassel. Senhorita Stark – ele cumprimentou sorrindo. Ártemis cumprimentou-os e se afastou para não rir da expressão envergonhada que surgira no rosto da amiga.


- Bom dia... Tudo bem? – ela perguntou, tentando não gagejar.


- Sim. Ele prometeu que vai se comportar hoje.


- Eu sempre me comporto! – o pequeno falou cruzando os braços.


- É verdade – Renata disse, piscando para ele – É o mais comportado da sala!


- Viu? – o pequeno disse, uma sobrancelha erguida, o nariz empinado para o irmão.


 


Matthew sorriu e Renata sentiu o ventre se contorcer.


- Entre, Danny, seu jogo preferido está naquela mesa – a criança entrou correndo e se dirigiu para onde a professora havia apontado.


- O mais comportado? – Matthew perguntou, sorrindo de lado.


- Um dos mais comportados – Renata disse, tentando disfarçar o nervosismo ao ver as pequenas covinhas no rosto à sua frente.


- É o favorito dela – Ártemis disse, passando rapidamente pela porta, fazendo a amiga corar intensamente – Vou pegar mais cola, volto já! Fique de olho neles!


- Favorito, hein? – ele murmurou maliciosamente, deliciando-se ao ver o embaraço da professora do seu irmão – Em casa, ele não é nada comportado. – sorriu pelo nariz, marotamente – Ou você me conta seu segredo ou precisarei levá-la para casa, senhorita Cassel – ele piscou – Preciso ir. Tenha um bom dia.


Ele, então, afastou-se e levou uns segundos até que a professora saísse do seu estado de torpor e entrasse na sala, completamente anestesiada.


---


- Como vão suas invenções?


- Indo – Fred respondeu.


Hermione rolou os olhos. Não sabia mais o que fazer. Nem como ajudá-lo. Ela e Draco tentavam ajudá-lo e o loiro até apresentara uma bruxas, mas Fred recolhia-se à sua solidão, à sua tristeza.


- A loja tem estado sempre assim? Movimentada?


- Sim, Hermione – ele disse enquanto repunha alguns produtos.


- Sabe a Katie? Amiga de Draco? Ela perguntou por você – Fred rolou os olhos sem paciência. Atendeu uns clientes, sorrindo de forma fingida. – Essas amigas de Draco estão apenas interessadas em homens com dinheiro.


- Você nem a conhece, Fred!


- Conheço o tipo. Não preciso disso, Hermione. Estou bem assim.


Hermione bufou, irritada, e cruzou os braços.


- Não foi apenas você quem perdeu pessoas que amava! – Fred a olhou com raiva e a morena imediatamente arrependeu-se de suas palavras.


- Quando seu gêmeo e metade da sua família morrerem, conversamos sobre dor. – ele passou por ela, sério, e Hermione disse:


- Está sendo injusto, Frederick! Você sabe que eu sei o que é dor. – Fred parou, ainda de costas. Sentindo-se culpado. Voltou-se para ela e abraçou a amiga.


- Desculpe...


---


Ártemis puxou sua amiga pela mão.


- Eles já devem estar fechando!


- Ainda não fecharam! Eu sempre passo por aqui! A loja é maravilhosa!


- Acho que o nosso happy hour não fez bem para você! – Renata exclamou, tentando não rir.


- Fez muito bem!


- Sei... Deveria ter parado na quinta cerveja!


Elas entraram na Loja que estava quase vazia. Os poucos clientes estavam finalizando as compras. Ártemis pegou alguns produtos e parou de frente para o balcão, onde uma bruxa morena de longos cabelos cacheados e um ruivo fechavam a compra dos últimos clientes.


- Ele é bonito, não?


- O ruivo? – Renata indagou, sorrindo, diante do olhar bobo da amiga.


- Claro que é o ruivo! Quem mais seria?! Ele é bonito. E inteligente! Imagina inventar isso? – ela mostrou um pacote com as orelhas extensíveis – Ele é o Frederick Weasley.


- Prefiro Matthew... – Renata murmurou, sonhadora, e Ártemis rolos os olhos.


- Vou até lá. Comprar esses produtos...


- Quero ver quando um dos seus anjinhos aparecer com isso na sala...


- Sala de aula é sala de aula... Nesse momento, não estou dando aula! – piscou para amiga e chegou até o balcão. Renata ao seu lado. Tentando conter o riso.


Fred passava as compras e Ártemis olhava para ele. Sua amiga a cutucou e murmurou


- Ele está falando que foi 17 galeões. Ficou surda, foi?


Ártemis saiu de seu torpor e entregou o valor pedido.


- Você é Frederick Weasley, não?


Fred sabia o que vinha a seguir. Mais uma bruxa, provavelmente amiga de Draco, tentando puxar assunto para sair com ele apenas por que agora era, como disse o Profeta, um proeminente e rico empresário.


- Sim, acho que é meio óbvio não?


- Fred – Hermione alertou, enquanto ouvira uma das mulheres murmurar um ‘Creeeeedo!’, praticamente inaudível aos ouvidos do ruivo.


Ártemis ficou meio sem graça perante a resposta nitidamente mal educada, mas continuou:


- Queria dizer que eu admiro muito sua loja e seus produtos. Venho frequentemente aqui. Gostaria de parabenizá-lo. – ela lançou um sorriso tímido e Renata a olhou sem acreditar que a amiga estava mesmo falando aquilo, ainda mais depois da grosseria feita pelo ruivo.


- Certo. Olha, mocinha, se está procurando um encontro, um homem rico em quem se encostar, não sou eu essa pessoa – Hermione cutucou o amigo para que se calasse. A garota à frente dele abriu a boca surpreendida e não sabia o que dizer. – Conheço esse jogo. Fica aí me elogiando, sem nem saber do que está falando realmente, uma bruxinha cabeça de vento, provavelmente enviada por Malfoy, não?


- Fred... – Hermione olhava nervoso do amigo para as duas moças do outro lado do balcão.


- Eu... eu...


- Venha, vamos embora – Renata disse puxando a amiga – Não precisamos ficar ouvindo um estúpido e cabeça de vento qualquer! – usou as palavras dele, irritada facilmente como sempre ficara - Arre! Grosso, estúpido e ignorante... – a morena bufou.


Elas deram dois passos em direção à saída, mas Ártemis se virou e falou:


- Eu apenas queria dizer o que disse. Agora vejo que não passa de um idiota. E sou bem capaz de me virar sozinha, como faço desde os 17 anos. Não preciso e nunca precisarei me encostar em um marido rico! – ela e sua amiga voltaram a andar e saíram da Loja. A porta batendo com força.


- Por que falou isso para ela? – a morena indagou.


- Vai dizer que ela não é uma amiguinha de Draco?


- Não! Eu nunca a vi antes, quer dizer... Eu já a vi por aqui, comprando uma coisa ou outra... – Fred encarava a porta fechada por detrás do balcão. Hermione tirou o avental e falou, seu tom sério – Olha, Fred, sei que está sofrendo, mas descontar nas outras pessoas não leva a nada. Ainda mais numa moça, uma cliente, que estava apenas fazendo um elogio... Vou sair com Draco e ficar na casa dele hoje...


Hermione foi embora e Fred sentiu a culpa chegar aos poucos. Sobre o balcão, os galeões e os produtos que a moça que ele ofendeu tinha comprado, mas não levara.



 ***



 


N.B.: Fred fdp, hein!!!! Grosso, estúpido e ignorante, minha tríade favorita! Cap sensacional, eu mega ansiosa pelo 2, mas esperarei, quase morrendo, mas esperarei RS E Matthew? Ainnnnnnnnnnnnnn, tão fofinho, tão bonitinho, tão maroto... aiaiai morri! Manda logo o cap, Artemis, senão, morro e vc não terá mais beta!!!


N.A.: srsrsrsrsrsrsrsr Não morra, senão não sabe o que acontece, poxa!!! Fred foi fdp... mas ele vai tentar consertar sua cagada...


 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Vênnice em 09/03/2012

Ah! Bem que eu desconfiei que vc estava de arte...rsrs...sério, adorei mesmo! O que vai acontecer agora? Vc...quer dizer...Ártemis deve ter ficado bem chateada...aguardo o próximo capítulo. Bjs

 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Tonks Fenix em 07/03/2012

Deixo bem claro que agora eu li os dados da fic! e não comentar bobeiras de novo... kkkkkkk
Amei a idéia Artemis! e o Fred combina contigo mocinha!
Ele foi bem rude nesse chapter, mas, espero que nosso doce e brincalhão ruivo volte aos poucos a dar o ar de sua graça!
Esperando por mais!
Bjinhus! 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por jessica salicio da silva em 05/03/2012

*---------------*

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.