FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. Capitulo 2


Fic: Harry Potter O legado


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capitulo 2 –
Bagunça em família.


Lily Potter nunca, em seus quatro anos como aluna, tinha visto Minerva McGonagall tão chocada, como quando ele bateu os olhos de um castanho escuro vivo sobre os “novos” grifinórios.

“Isso é... Impossível!” A diretora calou-se num sussurro. “Professora McGonagall!”, os quatro viajantes gritaram chocados ao se depararem com uma mulher tão mais velha quanto a que estavam acostumados.

“Olha...” Começou Lily Evans com um soluço de choro, “foi tudo culpa do Potter!” disse antes de cair em profundas lágrimas. “Hei!” Todos os Potter’s da sala resmungaram.

“Acalme-se senhorita Evans. Tenho certeza que há uma explicação sensata.” Virou-se a Sirius. “Sr. Black, pode me explicar o que aconteceu?” Sirius deu um suspiro, olhou para os amigos e começou a falar: “Bem... Nós estávamos na sala do professor Horst e...” Sirius foi interrompido por Lily Evans. “Eles estavam aprontando e eu... Eu só queria ajudar...” Lily deu uma fungada antes de recomeçar a chorar. ”Tudo bem, nós estávamos deixando um presentinho para o nosso ‘querido’ professor, quando ele entrou na sala, entramos num armário e ele, Horst, disse algumas palavras e a próxima coisa de que me dei conta é que estávamos ouvindo esses garotos discutindo.”

Minerva olhou por baixo dos óculos meia lua, sem saber ao certo o que fazer, começou um discurso tentando manter a calma.
“O único problemas senhores, é que estamos no ano de 2021.” Um silêncio incômodo se aterrou na sala, e só foi quebrado pelo mais jovem dos Potter’s.

“Mas isso é um pouco obvio diretora, e eu ainda não vejo problema algum nisto. O único problema é esse garoto fingindo-se ser meu irmão!” Al terminou indignado. “Estou certa senhor Potter, que não há enganos aqui. Na verdade, temos quatro Potter’s nessa sala, e esse rapaz aqui, acabou de chegar de uma viajem de quarenta e seis anos no tempo.”

Os três irmãos ficaram chocados por um tempo, até finalmente compreenderem.

“Mas... Isso é impossível!” exclamou a ruiva mais jovem. “Quero dizer, você está querendo dizer que... esse garoto é meu avô!? Sendo assim, se ele é James Potter e ela é Lily.. Lily Evans! É claro, como não reconheci esse sobrenome antes!? Meus avos!”

“O quê? O Potter procriou? Eu realmente gostaria de dar meus pêsames a infeliz!” Lily disse parando momentaneamente de chorar com um meio sorriso nos lábios, antes de perceber que James também ria. “Lily, você não entendeu? Eles falaram ‘meus avos’, ou seja, um avô e uma avó. E eu tenho certeza que nem o Moony, nem o pandfoot são avós...” James sorriu tão descaradamente que, por um momento, a idéia de sua boca se rachar em duas não foi descartada.

A próxima coisa que Lily Evans teve noticia, foi de um par de olhos tão verdes quanto os seus e uma cicatriz no meio da testa.

“Ela acordou” Lily pode ouvir a voz de James. “Lily você está bem?” Ela levantou-se abruptamente olhando ao garoto. “Potter, você não vai acreditar no meu pesadelo, eu sonhei que nos fomos parar um lugar cheio de Potter’s...” Ela não pode terminar de falar, não fora um sonho, ela realmente estava numa sala, com três maraunders, três Potter’s, uma velha diretora, e agora, também erra possível ver um homem muito bonito que olhava assustado a ela. “Agora que ela acordou, posso falar um minuto com a senhora diretora?” “Claro Harry.” A diretora sorriu ao homem e depois virou-se aos jovens. “Gostaria que vocês sete saíssem e me esperassem lá fora por um momento, sim?” Os garotos se retiraram da sala passando pelas gárgulas e sentando-se no chão do corredor.

“Hei”, o mais velho dos Potter’s chamou. “Cara, você é quase igual a mim quando estava no quinto ano, exceto pelos cabelos, os meus são um pouco avermelhados.” Prongs se virou a James. “Seus cabelos são assim por causa da sua avó?” O garoto pareceu pensar “Não sei, acho que deva ser mais por influencia de mamãe. Sabe, os cabelos delas são os mais vermelhos que eu já tive noticia. É o sangue Weasley”

“Então quer disser que seu pai também se casou com uma ruiva?” James riu “Interessante! Mas... Falem-me mais sobre vocês...”.

“Não há muito que falar, eu acho. Eu sou James Potter II, primogênito de Harry James Potter e Virginia Weasley Potter. Esses são meus irmãos, Albus Severus Potter e minha irmã mais nova, Lily Potter... Não gosto de falar muito de mim, as pessoas podem me achar um pouco metido...” James deu um sorriso e Lily revirou os olhos. “Sabe, se você não fosse minha avó...”
“Cale-se por um momento, sim James?” A garotinha Potter falou. “Podem me chamar de Liu,o cabeção tagarela é o James, podem chama-lo de... eh.. James mesmo, e o Albus, podem chamar de Al.”

“Posso fazer uma pergunta?” Sirius finalmente se manifestou. “O nome dele é Albus Severus Potter?”

”Sim!”.

“Severus Potter?”

“Claro!” Al começou a se irritar. “Qual é o problema?”

“É que, nunca na minha vida, pensei em ver um Potter chamado Severus; por acaso não é de Severus Snape, ou é?”

“Claro, papai me disse, ‘Você recebeu o nome de dois diretores de Hogwarts. Um deles foi sonserino, e o outro, provavelmente o homem mais magnífico que já conheci... ’”.

“Eu realmente preciso conversar com meu filho sobre isso! Que tipo de universo paralelo é esse em que um descendente de James Potter se chama Severus, e Snape foi direto de Hogwarts.!” James falou alarmado.

“Bem eu não sei muito disso também, sei que tem haver com você-sabe-quem.” Liu resmungou. “Vocês tinham que ter visto quando papai chegou, ele veio de chave de portal, privilégios de ser quem ele é, nas em fim, foi hilário!”

Os garotos não tinham visto porque apenas Lily Potter fora ordenada para que esperasse o pai na sala privada, longe dos demais estudantes.

“Ele chegou muito vermelho, pensou que havia sido mais uma do James” “James apronta muito?” Perguntou Lily Evans, olhando acusadoramente aos dois James. “Muito? Muito é pouco!” Liu deu um pequeno sorriso. “Sabe, acho que ele é reprimido, por isso que arruma tantas namoradas!” Al falou risonho, mas logo se calou com o safanão do irmão mais velho. “ Al, eu sou mais velho e exijo respeito! E não fale assim, o quê eles vão pensar de mim, que sou um namorador? “Nãnãninãnão” ele disse negando com o dedo. “Eu sou o melhor aluno, o melhor jogador e... Não tenho culpa se também sou mais bonito!”

“Meu deus, uma avalanche de ego que passa geração a geração” Lily suspirou. “ E você Al, também é um encrenqueiro?” Lily falou como se o menino não tivesse a mesma idade que ela. “Bem, eu não sou tão esperto, mas também faço parte do time de quadribol... Acho que é mais genético...” Prongs sorriu, mas Al ignorou e continuou. “Não é nada demais, é só um jogo legal!” Lily sorriu. “Até que em fim, pelo menos você é ajuizado!”

Liu olhou com desdém para os irmãos. “Querem saber a verdade, vocês são uma figura, não sei como não desconfiei de nada antes...” Lily rapidamente reconheceu aquele olhar, o olhar de Liu era igual ao seu sempre que se ela tirava boas notas ou sabia algo que ninguém mais sabia. “Não se enganem com essa carinha de anjo do Al.”Liu deu uma falsa gargalhada. “Ele tem mais detenção que eu e o James, juntos! Ele vive procurando encrencas” Lily arqueou a sobrancelha.

“Ei, eu não procuro encrencas... Elas vêm até mim...” Al olhou para os pés. “Ninguém pode ser tão perfeito igual à senhora monitora perfeita!” Al olhou com ciúmes a irmã. “Eu ganhei um troféu papai... Eu sou a melhor aluna mamãe... Vejam só como eu rebato rápido...” Al imitou a irmã. “Hei! Eu não faço isso!” Liu rebateu. “Faz sim Al retrucou”
Antes que os irmãos pudessem começar uma nova discussão James interveio. “Ei crianças, parem de brigar! Se não mamãe vai receber um bom relatório meu nas férias, e vocês sabem que no estado dela se irrita a toa!”

“Que estado?” Os Marauders quiseram saber. “Grávida de gêmeos!” Liu sorriu. E ouviu o James Potter mais jovem sussurrar um “esse só pode ser meu filho!”

Entretidos numa calorosa conversa mal puderam notar a presença de dois adultos que assistiam à cena.

“Oi.” Harry falou um pouco tímido. A visão de Lily e dos maraunders era a de que Harry era um homem muito imponente, alto de fortes traços, tinha os olhos tão familiares de Lily, o rosto e cabelos de James, sem se esquecer dos óculos de aro fino e redondo. “Prongs, ele é a sua cara!” Sirius sussurrou. “Como vai Sirius? Lily? James? Remo?” Harry os cumprimentou pessoalmente. “Eu acabei de chegar do Cairo e não esperava por uma dessas, acho que nem seu eu estivesse sendo preparado há semanas eu não poderia esperar uma dessas...” o homem sorriu e virou-se aos filhos. “James, Al depois quero conversar com vocês sobre Hogsmead.” os dois irmãos resmungaram pequenos palavrões. “E como vai minha princesinha?” Liu sorriu se atirando aos braços do pai, enquanto os outros tampavam o rosto com uma falsa vergonha. “Conversei com Minerva e ficou decidido que vocês passaram o natal lá em casa, depois irão voltar a Hogwarts, pelo menos até descobrirmos como os enviar de volta ao seu real tempo. Todos estão de acordo?” Harry terminou de falar e viu Lily com a mão levantada, assim como uma aluna com seu professor. “Sim Lily?” “Você tem certeza de que é filho do Potter? Quero dizer seu pai não pode ser James Poroint, ou James Poutty.” Harry sorriu e Prongs fez carranca. “Sim Lily, eu tenho certeza, mas isso não vem ao caso, não é certo saber tanto do passado, então não façam muitas perguntas OK? Ah, mais uma coisa, Ted passará, como sempre, o natal conosco então acho certo conta-lo a verdade.”

“Ted?” Sirius perguntou. “Sim, Ted Lupin!” Harry respondeu e riu com a surpresa causada no maroto mais calado. “Eu!? Eu não posso me casar!” Remo retrucou vermelho “Isso era o que você vivia falando para a Tonks, mas acho que isso não a impediu! Agora vamos, Gina deve estar uma fera e eu se quer avisei que passaria aqui...” Ainda atordoado Remo seguiu Harry e os outros até uma sala, poucos minutos antes de ver um quadro estranho que retratava uma espécie de carro muggle muito feio.

“Muito bem garotos, segurem firme!” Harry gritou os garotos correram até o quadro pouco antes de tudo ficar escuro e borrado...

----------------------------------------------



No próximo capitulo....

“Quem é você?” Gina perguntou vermelha. “Não me diga que é mais uma namorada do James! Eu já disse que não vou admitir garotas nessa casa, a não ser que sejam amigas da Lily para brincar de boneca...” ela ergueu a sobrancelha. “E ainda por cima mais nova... James! Eu ainda não me recuperei da sua ultima...”

Uuuu mas que pedação eh? O que será que o James fez? Essa é só um pouquinho de “Weasleys são sempre Weasleys” , espero que entendam que esses primeiros serão um pouco de apresentação, mas logo que a historia começar mesmo vai ter mais ação e bagunça!



------------------------------------------------


N/A: 15 comentários!? Cheguei a emocionar... Queria agradecer, foi graças aos comentários que eu me animei a postar “rápido” (pré-vestibular é ph***, por isso a demora), OBRIGADO mas de qualquer maneira, estou agradecendo pessoalmente, e não se esqueçam de comentar, não é querer ser chata, mas é que eu não tenho muito tempo disponível e postar sem ninguém ler não é nada legal certo? Ai vão os agradecimentos :

Larissa Manhães : Deu para perceber que apesar de serem parecidos eles são diferente (!?), mas ainda assim espero que tenha gostado, ele foi menos do que eu esperei mas ainda assim não ficou dos piores:

Stela Black Wolf: Bem, pra se colocar uma imagem no capitulo é fácil, basta você copiar e colar o código do HTML Tang do seu photobucket (ou o site que você usar como hospedeiro) e pode deixar que assim que eu terminar de postar eu vou lá dar uma olhadinha.

mayra black potter: Eu não coloquei muito o sentimento dele porque afinal de contas ele não pode dar “muita bandeira”, mas você logo vai ver um pouco mais do que ele sentiu quando viu os marotos (espero conseguir escrever bem do jeito que eu quero)

Alícia Spinet: Bem, eles realmente não têm, é que eu queria colocar essa personalidade (Weasley + Evans), e também quis mostrar que a Liu é uma menina prodígio, mas não vou contar mais se não estraga a historia. A reação dos maraunders não foi tão drástica né? Eu acho que os maraunders são tranqüilos de mais para se assustar com um historia dessa, mas deu pra notar a Lily né.

Kate Black Malfoy Potter: Atualizei, eu realmente quero ver mais um comentário, seja pra dizer que gostou ou que odiou OK?

Ninha Costa: A Lily ainda vai cair muito (estou baseando os tombos em fatos reais ¬¬), e quanto aos próximos capítulos vou tentar postar toda sexta.. Continua acompanhando Vlw?

Cristiane Erlacher: *com vergonha* Bem, a questão era que eu não tinha muito que contar nesses capitulo, mas de qualquer jeito esse foi um pouquinho maior (menos do que eu gostaria e mais do que eu esperava), mas não se preocupe com o decorrer eles vão aumentar, até porque a historia vai pedir... Ah! E quanto a gina, bem vamos começar o próximo com um bom “barraco de mãe”.. Hshs

Ju Silveira : Até que eu não demorei certo!? Espero que goste e que comente se gostar (ou odiar)...

Luana Blαck. :Ele são mesmo bem “cool”, é o resultado de uma criação (Potter + Weasley), continua lendo ok, e quanto a sua deixa o nome que eu vou dar uma passada OK?

Edu Pimentel: Está postada, espero que goste e comente seja pra dizer que é uma M**** ou que gostou de verdade.

Luzynha: Postar logo eu até que postei, os próximos eu não sei se vão ser rápidos mas eu farei meu máximo pra “acomodar” a fic nos meus horários.

Isadora Silva: Postei! E como já disse antes vou continuar tentando postar rápido (mas não antes de dar uma boa reeditada)...

Daiana Braga Pereira: Sem dúvida, confusão, afinal, é uma característica impregnada na família Potter! E continua lendo e comentando OK?

Flor_Lily.Evans: A hora chegou, então só falta você me dizer se gostou ok?

Fl4v1nh4: È, a garota Potter prodígio, e quando você pensar que já viu de tudo sobre ela vai se surpreender mais um pouquinho.. Hshsh..

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.