FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

14. O Resgate de Sirius Black


Fic: A Herdeira!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

14ºCapitulo-O resgate de Sirius Black.


 


Tudo já estava certo, mas Mia ainda estava com medo das palavras do livro que dizia "As tragédias de todos os tempos” aquilo não soava bem para ela.


Já eram 21h00, o movimento no Ministério era pequeno, Mia terminava de se arrumar quando Tonks entrou no meu quarto.


-Que isso está poderosa. - disse notando o visual da garota.







-Nem to!-ela riu- Vamos logo!-disse puxando Tonks pela mão.


Elas foram para sala de Dumbledore.


-Vejo que estão prontas!-disse sorrindo- Vamos minhas queridas.- estendendo as mãos Mia e Tonks pegaram, e como maior bruxo do mundo tinha algumas regalias como apartar em Hogwarts  ou no Ministério.


Logo aparatam dentro de um lugar vazio no Ministério.


-Você tem uma hora, - disse Dumbledore- Hermione nem um minuto a mais, - frisou ele - você não pode ficar com a mente desprotegida por muito tempo. Tenho que ficar lá com Fudge, ele pode não desconfiar de nada. - comentou o professor.


-Eu vou cuidar dela!- disse Tonks


-Pode deixar, uma hora. -falou seguindo Tonks até a sala do véu.


Entrando naquele lugar sentiu um arrepio na espinha.


Andaram até o véu, Mia tirou as sapatilhas e sentou de frente ao véu, respirou fundo.


O plano central era entrar mentalmente dentro do véu enquanto Tonks protegia corpo de Hermione com a mente.


_Narrado por Hermione_


Coloquei só as mãos dentro do véu e fechei os olhos, tendo o que fazer o mínimo de força para entrar, no véu. Quando os abri novamente estava num lugar claro, que pareciam nuvens de algodão doce, brancas como a neve.


Vinham tantos relances tantas imagens me assombrando, pessoas morrendo sendo torturados de todos os modos, tanto trouxa como bruxos, de varias e diferentes formas, de todos os tempos, pessoas morrendo, agora entendeu o que estava no livro "As tragédias de todos os tempos”.


Mas não podia ficar ali vendo tudo aquilo tinha que ir enfrente, ia até onde conseguia.


Umas das imagens vêm novamente e dessa vez era pior, ela mesma na sala do véu sendo torturada e logo depois Dolohov quebrando sua perna. E foi piorando quando já estavam mostrando os seus maiores medos...


Todos mortos aos seus pés, ela trajava um vestido de ceda branco que batia no joelho, ela estava pingando sangue da cintura para baixo. Tinha muitas crianças, mortas ao chão e pessoas que amava, ela levantou as mãos e viu pingando de sangue.


Olhou para o lado e viu Harry caído ao chão, coberto de sangue com Voldemort em pé diante dele com os olhos vermelhos injetados de maldade e um sorriso angelical nos lábios o que a fez estremecer.


_Fim por Hermione_  


Aquilo jamais iria acontecer, prometeu a si mesma.


Ela andou mais um pouco e avistou quem queria, Sirius Black, com trajes velhos e esfarrapados, ela a encarava de forma estranha.


Mia foi até ele.


-Sirius! Não acredito que seja você mesmo. -ela disse ao homem que se afastou bruscamente.


-Saia daqui espirito sei que não é Hermione.- disse o Homem, Mia lembrou de algumas coisas no livro que leu ”o ser que reside dentro do véu não pode ter a mente controlada”.


-Eu sou ela sim, acredite, por favor. -suplicou, viu que ele estava em seu estado mental bom, sendo que não confiava nela, algum ser já teria se passado por ela ou por mais alguém.


-Me diga algo que só ela saberia.- ordenou ele.


Mia pensou em algo.


-Sei que Harry te disse que ele e Cho Chang se beijaram na sala precisa de baixo do visgo.- disse ela rapidamente.


Detestava essa lembrança mais foi a primeira que venho em sua mente, e o pior ele não ficou nem um pouco surpreso.


-Não é o bastante. - ele disse, Hermione sabia que isso não convenceria, de fato não o convenceu.


Mia respirou fundo e disse.


-Sei que você sabe que eu sou a Herdeira do Trono-ela disse séria e Sirius tomou um leve tom de supresa- e que Lílian Potter,-ela dizia cada nome lentamente - mãe de Harry James Potter seu afilhado, foi a Escolhida- sim agora ele estava assustado continuou- que foi ela quem me achou, eu sei sobre o sonho que ela teve comigo e com Harry, também sei que Thiago Potter brincava com Remo Lupin e você Sirius Black dizendo que eu e Harry iriamos ficar juntos,-ela disse dando uma leve risada se ele soubesse tudo que rola entre eles- sei que você e Lupin ficaram surpresos ao me ver pela primeira vez. -isso era realmente verdade, nunca sou o porque deles ficarem surpresos mas depois de ouvir a história de Tonks entendeu- Harry me disse que naquela noite em que te resgatamos, que você o chamou para morar com ele quando tudo estivesse resolvido, -ela sorriu ele teria uma grande surpresa quando chegasse a antiga casa dos Black -sei o quanto ele ansiava por isso e sei que você quer cumprir essa promessa, e eu juntei provas que vão te inocentar, e você vai viver novamente como um homem livre.- ela disse tão firme que nem o Snap, o ser mais duvidoso que conhecia, duvidaria de qualquer palavra dita.


Ele a olhou e deu um sorriso encantado.


-Hermione!-exclamou alto fazendo um extremo eco.


Mia tinha visto que conseguiu convence-lo.


-Vamos sair daqui,-começou ela- por favor, minha mente não pode ficar muito tempo aberta, alguém pode tentar entrar nela.- disse lembrando do que Prof Dumbledore tinha dito a ela, sabia também que no véu o tempo era mais corrido, provavelmente já teria passado sua ”Uma Hora” intitulada.


-Eu tentei voltar- ele comentou de forma moribunda- mais eu não consegui, são muitas coisas no caminho.- ele disse se achando uma fraco.


Mia deu um sorriso.


-Segura minha mão-disse estendendo a mão- feche os olhos e sua mente. - logo Sirius pegou sua mão e fez o que Hermione mandara.


Ela fez a parte mais difícil ir sem olhar para os lados, e acabar com todos os obstáculos a sua frente saiu tão rápido que nem sentiu quando já estava na sala do véu no Ministério.


-Sirius!-gritou Tonks assim que viu o Primo .


Foi até Mia e Sirius que estavam jogados ao chão.


-Pega a poção de vitalidade na minha bolça. -disse enquanto pegava a varinha e ia para frente de Sirius.


Bateu levemente à varinha na testa te Sirius e depois na sua e murmurou.


-Memoriuns Exumentes.


Tinha aprendido esse novo feitiço em um dos livros de Merlin, as memorias dele vinham para ela, à mesma tinha escolhido as memorias que ele tinha visto dentro do véu.


Sirius urrou de dor, ela suprimiu o grito.


-Deem a poção a ele. -disse antes de desmaiar.


 


....


 


 


 


 


Os pesadelos a atormentavam mais que o normal então fez um esforço a mais para acordar.


Quando abriu os olhos estava em seu quarto, olhou pela janela e viu que ainda era noite, olhou no relógio e ainda era 01h47, viu que estava de pijama então levantou e vestiu um roby preto prendeu o cabelo num rabo de cavalo frouxo e saiu do quarto pra enfermaria.


Logo avistou Sirius, Tonks, Dumbledore e Minerva conversando animadamente.


-Olá. - falou entrando.


-Mia pensei que só acordaria amanhã. -disse Tonks surpresa em ver a garota.


-Sabe que eu não ia conseguir .- respondeu risonha e se virou para Sirius- Como você está se sentido Sirius?- perguntou olhando o homem a sua frente que agora estava com trajes novos.


-Muito bem e graças a você!-respondeu divertido.


Mia sorriu constrangida.


-Não fiz nada de mais.- disse sem graça.


-Não diga uma coisa dessas,-reprendeu Dumbledore- a Srtª foi mais atenta do que todos nós, conseguiu provas que o próprio ministério não conseguiu isso vale muito a pena.


-Obrigada.- disse vermelha de vergonha.


-Quando contaremos ao Harry?-perguntou Tonks.


Mia estremeceu.


-O quanto antes melhor, não podemos esconder Sirius dele. -respondeu rapidamente -Harry fará parte do julgamento. Seria melhor mesmo amanha contarmos a ele. -disse apressada.


-Por que tão rápido?- perguntou Tonks-Não acha melhor...


-Chega de mentira,-disse Mia interrompendo a metamórfa- já vou esconder a morte dos meus pais por não sei quanto tempo. -falou com raiva.


-Seus pais estão mortos?-perguntou Sirius surpreso.


-Sim,-respondeu com pesar na voz- Voldemort mandou Lucius e Belatriz a minha casa para me torturar para dizer sobre algo importante sobre o Harry ou simplesmente me machucar para atingi-lo,- no caminho encontram meu pais ai eles foram mortos, foi assim que fui descoberta como a Herdeira.-disse com um olhar perdido.


-E você não contou ao Harry por quê? –perguntou serio.


-Você conhece o Harry, ele ficaria se culpando como ele se culpou com sua suposta morte, não queria que ele sentisse culpa por algo que ele não tem. - falou Mia inexpressiva.


-Entendo!- respondeu de forma pensativa.


-Não conte a ele, por favor. - pediu de forma preocupada.


-Não cabe a mim. -disse ele de repreensiva.


O clima ficou meio tenso.


-Obrigada. - ela disse simplesmente.


-Como contaremos ao Harry sobre Sirius então?-perguntou Tonks, tentando distrair.


-Tem que ser de modo calmo, tanto quando Sirius e sobre você Hermione. - disse Minerva.


-Devemos contar uma coisa de cada vez. -pronunciou-se Dumbledore.


-Amanha diremos a ele,-Mia começou dizendo- depois do banquete de boas vindas vamos a sala precisa e contamos sobre Sirius e depois será a minha vez,-deu um suspiro pesado- Enquanto Harry conversa com Sirius eu falo para Luna, Gina e Rony, Draco já sabe de tudo então poderá me ajudar. -ela riu nervosa-E depois eu conversarei com o Harry, já que aquela fera é mais difícil eu dobro. - todos riram.


E assim seria feito.


Ficaram até tarde conversando com Sirius, dizendo tudo que aconteceu enquanto ele ficar fora o mesmo ficaria mais aquele dia na enfermaria os outros foram dormir e como Mia não conseguia dormir fez algo que já estava para fazer a algum tempo... Pintar o cabelo!


E foi isso que ela fez.


De manhã Tonks ficaria de queixo caído com o resultado.



__________________________________

Minha Fafikeiras(kkk eu adorei essa palavra estranha), ta ai capitul, espero que tenham gostado do Sirius ter voltado!


Comentem!


Proximo Capitulo " O reencontro"(só pros fortes, hahahaah) ,o nome já diz tudo !
kkk



bjs minhas gatas!

         

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por PamyMalfoy em 31/05/2012

PINTAR O CABELO?! OMG! KKKKKKKKKK!

Quero só ver esse reencontro cheio de revelações!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Hermione Rosier Black Malfoy em 30/05/2012

o meu merllin !!!! ja t falei q vc é um maximo ? nao ? O.O VC É UM MÁXIMO
ansiosas,eu estou amando a fic....bjs 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Jade Moreira em 30/05/2012

Amei o capitulo ficou mto legal kkkk thau ate o proximo =)))))))))

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.