FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. O CASAMENTO!


Fic: viverei por você


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

O Largo Grimmauld estava em polvorosa aquele dia, todos corriam de um lado para o outro, e Harry tinha a impressão que iria desmaiar se continuasse observando a Sra. Weasley de um lado para o outro, parou e olhou o relógio, estava quase na hora, Hermione, Fleur e a Sra. Weasley não deixaram Harry ver Gina, e esta por sua vez não deixou Harry ver como ficara o vestido de noiva.
_Rony, onde está a Hermione? – perguntou vendo o amigo saindo emburrado da cozinha.
_Foi se arrumar tem quase duas horas.
_É melhor nós irmos também. – falou Harry. _Se eu me atrasar a Gina me mata.
_É, mesmo porque se mamãe me vir aqui mais uma vez, nem quero ver o que ela irá fazer.
Harry sorriu tinha certeza que Rony estava tentando comer algum aperitivo e a Sra. Weasley o pegou na hora, o que deve ter rendido um belo puxão de orelha, Harry reparou que a esquerda de Rony estava mais vermelha que o normal.
Harry desceu meia hora depois, vendo um Rony ansioso esperando ao pé da escada.
_O que foi? – perguntou vendo o amigo esfregando as mãos nervoso.
_A Hermione não está aqui... Cara faz quase três horas que ela disse que ia se arrumar daqui a pouco. – Rony foi até Harry e arrumou a gravata borboleta do garoto que estava torta. _Daqui a pouco, ela vai chegar junto com a noiva.
_Bem que poderia, vocês poderiam se casar. - disse Harry.
_Tá louco, Harry.
_Por que você não quer casar?
_É claro que quero casar com a Hermione, mas acho que meus pais tendo um ataque só por você e pela Gina já esta de bom tamanho. Então vou esperar acabar a escola agora que vamos voltar.
Harry sorriu.
_E então como estou? – perguntou ao amigo.
_Bom você não faz o meu tipo, - ele e Rony caíram na gargalhada. _Mas esta bem.
_Você também.
_Obrigado!
Harry não mentira, Rony estava com um traje social black-tye, ele tinha penteado o cabelo e feito um feitiço que lhe deixou um topete discreto, e se Harry não soubesse que ele era irmão de Gina teria ciúmes do amigo. Harry também estava com um traje social, a única diferença é que o dele era um cinza escuro e a gravata azul contrastava com os olhos verdes.
Harry olhara o relógio de novo, estava quase na hora, e seu estomago começou a dar um nó.
“E se Gina desistisse?”. “Ah Merlim ela iria desistir, era jovem, tinha a escola, e o que eu posso oferecer a ela?” “Nem sei se estarei vivo amanhã.” Rony soltara uma exclamação ao lado dele, e Harry virou-se rápido para onde Rony estava olhando.
A Sra. Weasley, vinha descendo, sendo seguida por Fleur e Hermione. Fleur estava com uma veste azul clara, e seguiu direto para a sala onde Gui a esperava, os dois seriam os padrinhos de Gina. Hermione estava com um vestido longo salmão, que balançava conforme o seu movimento, um pouco do decote deixava um pouco a mostra o seu colo, e os cabelos estavam presos com alguns fios soltos caindo em seus ombros e costas, e Harry teve que admitir que nunca vira Hermione tão bonita. Harry olhou para Rony, que estava com a boca aberta, e antes que pudesse se controlar, ele foi até ele e encostou a mão no queixo do garoto.
_Se você babar aqui, vou ter que contar a sua mãe quem sujou o chão que ela passou dias limpando, - ele se aproximou de Rony. _Para de babar tanto ou a minha roupa vai ficar molhado, e eu pretendo me casar seco. – Harry dera graças que eles haviam conseguido remover o quadro da Sra. Black um dia antes do casamento.
Hermione se aproximou.
_Esta linda Hermione. – disse Harry, a garota retribuiu com um sorriso e ficou encarando Rony pra que ele também dissesse algo.
_Linda... Ta... Você. – saiu tão confuso que Hermione e Harry não entederam.
_O que? – perguntou Hermione.
Rony se recuperou.
_Você esta linda, deve ser a mulher mais linda desse lugar. – disse Rony ganhando um beijo de Hermione. Ele ofereceu o braço a ela, e saíram logo em seguida.
_É melhor você ir também Harry. – disse a Sra. Weasley, Harry só percebera que ela estava ali naquele momento.
_Mas, e a Gina?
_Artur a levara até você agora vá para a sala, e veja se gosta da decoração que fizemos.
Harry foi caminhando com passos lentos só agora percebera que estava tremendo, tinha ido no dia seguinte ao noivado no beco diagonal com Rony, Fred, George e o Sr. Weasley comprar as alianças nem sabia se Gina gostaria, mas quando ele viu aquele par tinha certeza seria ele, só sabia que Gina iria gostar, algo em seu interior lhe dava essa certeza, mexeu nos bolso e encontrou a caixinha preta, esperava que tudo desse certo.
“Ah, por Deus, não faça ela desistir no altar.”
Harry estacou onde estava, nem em seus sonhos imaginou que a Sra. Weasley conseguiria fazer aquela decoração com a sala, a mobília tinha sido retirada, ela fizera um feitiço pra que a sala ficasse maior, distribuira cadeiras, deixando um caminho no centro por onde eles passariam, dois aros brancos um no começo e outro perto do altar, enfeitavam se com rosas e galhos, o chão estava com um tapete vermelho e o restante da decoração em vermelho e amarelo as cores da Grifinória. Harry sorriu ao ver a Sra. Weasley.
_Ficou ótimo.
_Obrigada filho, mas tenho que admitir que Fleur me deu uma grande ajuda. – Sra. Weasley passou um braço por ele. _Vamos?
Harry sentira o estomago revirar chegara a hora, apenas a família Weasley, Hermione, Luna e Neville estavam lá, eles mandaram convites aos dois e pediram segredo. Haviam mandado um a Dumbledore também, mas ele avisou que não poderia comparecer, mas gostaria de falar com o jovem casal Potter em Hogwarths.
A marcha nupcial começara, e Harry sorriu com a musica para a Sra. Weasley, que levava um lenço a boca começando a soluçar. Ela o deixou no altar, e Harry olhava para a porta esperando por Gina. Rony, Hermione, Gui e Fleur estavam lá antes da musica recomeçar Harry pediu ao celebrante para tocarem uma outra musica, nem ele acreditou mais sabia que Gina iria gostar, era uma musica trouxa e deu graças pela banda conhecer.
A musica começara apenas com um violão tocando. Gina surgira, estava linda a Sra. Weasley havia feito um bom trabalho com o vestido, não se tinha mais a renda das mangas até os pulso, ao invés disso estava com alças como se fosse uma regata, mas de cetim se ajustara ao corpo de Gina, ele tinha um leve decote e a saia Gina deixara do mesmo jeito, com o bordado de flores pequenas em ouro, começando do começo da saia até o fim, os cabelos de Gina estavam um pouco presos e um pouco solto, algumas folhinhas de laranjeira ajudavam a enfeitar um pouco mais, e Gina carregava no semblante um sorriso lindo que quase fizera Harry desmaiar quando a viu, tinha nas mãos um buquê de rosas claras, Harry achou o vestido discreto mas não podia negar que ela estava linda, Rony se aproximou dele.
_Quem esta babando agora? – perguntou sorrindo.
Harry tinha resolvido que não tiraria os olhos dela se ela desistisse ele saberia antes, e Gina parecia ter resolvido fazer o mesmo, Sr. Weasley se aproximou de Gina e lhe ofereceu o seu braço, o musico começou a cantar.

Eu sou o brilhos dos teus olhos ao me olhar
Sou o teu sorriso ao ganhar um beijo meu
Eu sou o teu corpo inteiro a se arrepiar
Quando em meus braços você me acolheu.

Gina sorriu mais para Harry ao ouvir que a musica não era a marcha nupcial, não tirava os olhos de Harry.
“Por Merlim ele não desistiu, será que esta com medo dos meus irmãos, ah Guinevré pare de pensar besteiras, idiota ele esta ai por que te ama escute a musica que ele escolheu pra te receber.

Eu sou o teu segredo mais oculto
Teu desejo mais profundo, o teu querer
Tua fome de prazer sem disfarçar
Sou a fonte de alegria, sou o teu sonhar

“Ela esta se aproximando, e está tão linda.”

Eu sou a tua sombra, eu sou teu guia
Sou o teu luar em plena luz do dia
Sou tua pele, proteção, sou teu calor
Eu sou o teu cheiro ao perfumar ao nosso amor

“Ah como ele esta lindo”. “Ele esta esperando por mim.”

Eu sou tua saudade reprimida
Sou o teu sangrar ao ver minha partida
Sou o teu peito a apelar, gritar de dor
Ao se ver ainda mais distante do meu amor.

“Por Merlim, mesmo com essa guerra ela aceitou ficar do meu lado.”
Gina estava se aproximando e seu pai estava bem mais próximos agora.

Sou teu ego, tua alma
Sou teu céu, o teu inferno a tua calma
Eu sou teu tudo sou teu nada
Minha pequena, és minha amada
Eu sou o teu mundo, sou teu poder
Sou tua vida, sou meu eu em você! (Sr. Weasley entregou Gina a Harry nessa hora), ele sorriu.
“E eu viverei por você” – pensou Harry se perdendo naqueles olhos chocolates.
O celebrante começou o casamento todos prestavam muito atenção, Hermione olhava Gina emocionada, Rony se aproximou dela.
_Logo será o nosso. – Hermione sorriu, aquele não se parecia o Rony que conhecia, e tinha que admitir que quando ele queria era um perfeito cavalheiro.
Chegara a hora da troca das alianças, Harry pegara a caixinha e de lá mostrou a Gina, a aliança era em ouro puro, em toda sua volta tinha pequenas pedrinhas de brilhante, ela sorriu para ele, e Harry entendeu que era aquilo exatamente que ela queria. Gina colocou a aliança de Harry, nela estava gravado Guinevré Molly Weasley Potter, e na dela Harry Tiago Potter, logo depois de Harry colocar a aliança no dedo esquerdo de Gina ele juntou as mãos dela e conjurou uma rosa, de uma cor azul escura ela se abria e fechava, nas mãos de Gina.
_Guinevré Weasley Potter, esta rosa é para te dizer que enquanto eu viver, ela batera como o meu coração por você! – disse Harry fazendo as mulheres que estavam na sala soluçarem. Ele conjurou uma bola de vidro, encolheu a flor e a bola do tamanho de um pingente, e colocou num cordão de ouro, entregando a Gina logo em seguida.
Gina sorriu e entregou o presente a Fleur que tentava enxugar os olhos com a ponta dos dedos, Harry teve impressão de que Rony e Gui também estavam tentando secar os olhos, e para sua surpresa Gina também juntara as mãos dele.
_Harry Tiago Potter. – ela conjurou um cordão de ouro com uma medalha que quando abria dentro tinha um coração de vidro e ele parecia bater emitia uma luz verde clara. _Este cordão contém um pedaço do meu coração, que mesmo na vida ou na morte estará com você.
Harry sorriu emocionado.
_Então depois dessas juras de amor, os declaro marido e mulher! Pode beijar sua noiva senhor Potter.
Harry se aproximou de Gina, e a beijou, foram aplaudidos por todos.
Sr. Weasley e Gui retiraram as cadeiras para que os convidados pudessem dançar, Gina puxou Harry para um canto.
_Estou cansada.
Ambos já estavam com os cordões em seus pescoços.
_Você viu a Hermione e o Rony tem um tempo que não vejo os dois... – disse Harry.
Gina deu um sorriso maroto, e Harry conhecia aquele sorriso, era como os gêmeos quando aprontavam alguma coisa.
_Vem comigo. – disse ela puxando a mão de Harry
Harry abraçou a esposa.
_Eu adoraria ir pro quarto agora mais os convidados vão sentir a nossa falta, - disse ele a agarrando por trás.
_Deixa de ser bobo, Harry. Além do mais estou tão cansada que acho que não iria rolar e pela sua cara você também esta cansado.
Gina parou a porta do quarto que ela se hospedara antes e a abriu devagar, ela e Harry olharam lá e sorriram. Hermione estava deitada sobre o peito de Rony, sem sapatos, Rony havia se livrado da gravata, e os dois dormiam profundamente com a roupa da festa.
_Pensei que fossemos nós dois os mais cansados. – disse Harry, entrando com Gina.
_Podíamos acordá-los. –disse Gina sorrindo marotamente, e Harry adorava ver que a esposa continuava a mesma. _Mas não acho que eles mereçam. É melhor dormirem sossegados, eles trouxeram o malão para irem amanha para Hogwarths? – perguntou Gina baixo cobrindo os dois com um lençol.
_Sim está no outro quarto. – respondeu Harry.
_Ótimo damos uma desculpa qualquer aos meus pais e eles vão amanha com a gente para Londres, o que acha?
_Vou adorar. – disse Harry abraçando a esposa e saindo devagar do quarto com ela.
Demorou um tempo a mais pra que todos os Weasley fossem embora, junto com Neville e Luna, Gina invetara que Rony e Hermione haviam trabalhando tanto nos últimos dias e estavam tão cansados que foram dormir mais cedo, mesmo com o olhar interrogador da mãe, Gina lhe dissera que seria bom os dois ficarem, para irem para a estação 9 ¾, e a Sra. Weasley acabou concordando.
Harry e Gina estava tão cansados que quando se viram sozinhos, só conseguiram se deitar um nos braços do outro e dormir, os dois tocando o pingente que agora os unia para todo sempre.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.