FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Dandelion and Burdock


Fic: Suck it and see


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Assim que entrou na casa dos Potter, Rose pode ouvir algo que não ouvia há muito tempo: Jimmy Hendrix, tocando Voodoo Child, em vinil! E isso só podia significar uma coisa: James estava de volta.

- James está aqui? – ela perguntou anciosa.
- Yeap. As provas terminaram mais cedo em Cambridge. Ele resolveu passar um tempo com a gente ao invés de mochilar, dessa vez.

Ela mal escutou as últimas palavras e saiu em disparada para o quarto do primo, no sótão da casa.

Há dois anos, James era apenas um nome para ela. Seu primo favorito, seu ídolo durante a pré adolescência, era agora uma lembrança. Uma lembrança boa, mas que a deixava magoada. Magoada pelo fato de ele não ter se importado em vê-la nas poucas vezes que voltara pra casa, pelo fato de não ter escrito um email sequer...

Ela abriu a porta sem bater, eufórica demais para se preocupar com qualquer educação. Ele estava deitado no imenso tapete felpudo, vestindo apenas uma calça de moletom, os braços atrás da cabeça, os olhos fechados... “Apreciação do rock em sua essência...”, ele costumava dizer. Ela sorriu com o pensamento e silenciosamente se deitou ao seu lado. Quieta, apenas o observando, e esperando que a música acabasse.

James estava diferente. Os cabelos, sempre grandes e bagunçados estavam um pouco maiores, a barba por fazer... O rosto de criança desaparecera por completo. Era um homem, e por mais constrangedor que fosse, Rose sabia que aquele era o seu tipo de homem, o tipo que a excitava, que a deixava trêmula, só de pensar... Mas era James. Seu primo. Seu guru do rock pessoal. Não, nada disso, não podia estar atraída por James...

A música terminou, assim como o disco. O som da agulha no vinil permaneceu por ainda alguns instantes. E ele finalmente abriu os olhos. Ela não lembrava de quão verdes eram aqueles olhos... Ele a encarou por um minuto, que pareceu uma eternidade; a confusão em seus olhos estava explícita.
- Não me reconhece, Potter? Eu já esperava por isso, já que fui abandonada por dois anos...

- Rose?! – ele se sentou espantado, sorridente, e um pouco atrapalhado.

Quando fora para Cambridge, Rose era uma menina de 14 anos, sem qualquer atrativo físico. Parecia-se mesmo com um garoto naquela época: cabelos curtos, praticamente sem seios, sem curvas, linhas da face tão suaves quanto às de um bebê... Olhos tão ingênuos e azuis que surpreendiam à todos quando ela fazia um de seus comentários sarcásticos.

E agora? Rose Weasley parecia outra pessoa. Os cabelos castanhos cascateavam, longos, pelo tapete, as mechas azuis confundindo-se com o tecido. Um corpo que fez James ter problemas para olhá-la nos olhos... Os olhos... Aquela não era a Rose ingênua, criança, curiosa, que ele deixara há dois anos...

- E então, qual a sua desculpa, Mr. Cambridge?
- Desculpa?
- Eu não acredito nisso, James! Eu só ouvia de você por comentário alheio! E você não acha que me deve uma explicação? – ela se sentou também, e atravessou uma das mãos pelo cabelo, para tirar as mexas do rosto.
- Desculpe, Rose... Eu não achei que iria te magoar.
- Você era meu melhor amigo...
- Era?
- Humrrum... Tive tempo de desenvolver um gosto mais apurado... – mordaz com sempre. Sim, aquela era a sua Rose.
- Bobona! Bem, eu pensei em você...
- Ah é?
- É... Adivinha o que eu procurei e comprei em todos os pubs que fui?
- Dandelion and burdock?!
- Yeap! – ele se levantou, indo até uma mala, jogada na cama, e pegando um saco de pano, que jogou no colo da garota, logo em seguida.

Ela o abriu, encontrando várias tampinhas da cerveja, que era extremamente difícil de encontrar. Aquela era uma piada interna. Rose nunca fora uma garota tradicional, e desde que a apresentara à bebida, James repetia o mesmo bordão, tirado de uma música do Artic Monkeys: “your rarer than a can of Dandelion and burdok”.

- Sex Pistols? – ele falou apontando para a camiseta da garota. – É isso que você tem ouvido hoje em dia?
- Nem vem, James, que eles têm seu lugar...
- Claro, claro... Como fantoches de produtor, talvez...
- Olha só quem fala, o viciado em Velvet underground...
- Andy Wahol não é nenhum produtor padrão de estúdio mercenário...
- Aff... Vai ter ensaio hoje, você que vir?
- A Panic in Heaven ainda toca?
- Mais ou menos, o Mathew tem vacilado, faltado aos ensaios…
- Que merda...
- Yeap!
- Mas hoje eu não posso...
- Por que não?
- Tenho que buscar a Jess na estação.
- Quem?
- Hum... Minha namorada. – James não sabia o porquê da frase soar incômoda... E Rose não entedia o porquê do fato ser incômodo...
- Namorada, é?
- É... Mas você não vai gostar dela.
- Como é? E por que não?
- Ela ouve The Wanted...
- Urgh! Qual o seu problema, James?
- Ela é linda... E é bem legal...
- Humrrum... Bem, eu vou almoçar... Melhor do que ficar ouvindo sobre a adoradora de boy bands...
- Ah, Rose, não seja implicante.
- Implicante, eu? Imagine! Sou uma flor delicada e amorosa, incapaz de magoar os sentimentos alheios. – James riu alto, e ela apenas piscou pra ele, antes de fechar a porta atrás de si.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lana Silva em 21/07/2012

kkkkkkkkkkkkkkkkkkk Rose é terrivel! Ual....Rolou quimica entre os primos foi ?! Será...? Bem eu só quero ver quando o "queridinho" Scorpius Malfoy der as carasp or ai, a terra vai tremer. Amei o jeito como descreveu a Rose e o James flr, sensacional *----------*

beijoos! 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.