FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. Sem dúvida é ele!


Fic: Por que preciso te amar? - ÚLTIMO CAPITULO FINALMENTE POSTADO


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Ao chegar na aula de adivinhação, Gina e Hermione entram despercebidas, porque a professora Trelawney estava meio distraída, lendo a mão dos alunos. Os colegas de aula as viram, menos Lilá que estava muito intertida tentando ler sua mão. O resto da turma mesmo tendo visto elas, não as deduraram. As duas correrão até suas cadeiras. A professora Trelawney, foi em direção a Gina e, com seus óculos de fundo de garrafa parou em sua frente e disse:
- Cadê seu material mocinha?
- Está aqui professora. – disse Gina, rapidamente colocando seus livros em cima da mesa.
- E o seu senhorita Granger?
- Professora, eu me esqueci ele no dormitório feminino – disse Hermione chorosa.
Todos pararam de fazer seus deveres e olharam fixamente para Hermione, cochichando e olhando para ela. Inclusive Harry, Rony e Gina também olharam. Gina mais uma vez ficou indignada. Hermione esqueceu seus livros? Ela vive grudada neles! Algo muito estranho estava acontecendo e ela não queria lhe contar. Trelawney ficou indignada com o que acabara de ouvir. Deixou Hermione e disse, com os olhos fixados em Gina:
- Gina Weasley poderia ler sua mão?
- É claro professora! – disse Gina, muito rápido, pois não queria que ela se estressasse mais uma vez, já estava indignada demais com Hermione.
- Hum vejamos, aqui diz que sua vida é muito confusa, seus sentimentos são profundos, mas raramente não consegue expressa-los.
Gina a interrompeu.
- Professora aí diz que futuramente eu vou ser feliz?
- Deixa me ver. Sim, você será muito feliz, mas sua vida vai ser muito confusa. Vai ter de passar por perigos intermináveis. Seu grande amor, vai realmente existir pra você daqui, hã, vejamos, - Trelawney agora olhava fixamente os traços da mão de Gina – hoje.
- E professora, aí diz como ele é?
- Vejo que você está interessada, hem Gina, isso é bom. – disse Trelawney com um sorriso amarelo para Gina. – Respondendo a sua pergunta, sim, aqui diz como ele é. Ele tem cabelos castanhos-pretos, usa óculos é um grande bruxo, é perseguido por aquele-que-não-deve-ser-nomeado, é um ano mais velho que você, e seu nome começa com a letra H.
Hermione deu um gritinho e Gina não conseguiu esconder um sorriso, aquilo era emocionante demais para ela, com certeza aquele bruxo de quem Trelawney estava falando era Harry. Rony olhou para Harry, em seguida olhou para Gina e ficou boquiaberto. Harry e Gina trocaram olhares. Gina agora começou a achar Trelawney a professora mais legal do mundo. Ela estava falando sobre a vida amorosa das pessoas, nunca havia passado pela sua cabeça, que ela poderia falar sobre esse assunto em sala de aula, ela só falava desgraça!
- Vejamos o seu agora, senhorita Granger. – disse a professora atentamente olhando para Hermione.
- Não, eu não acredito nisso, não que...
Mas já era tarde de mais. Sibila nem deixou Hermione terminar e foi logo pegando em sua mão e lendo.
- Hum, que difícil, não dá para se ver direito.
Hermione sentiu-se aliviada, soltou um suspiro profundo de alegria. Mas a professora continuou.
- Não consigo ver se seus cabelos são castanhos ou ruivos, joga ou já jogou quadribol e no seu nome tem OR. Mocinha tente expressar melhor seus sentimentos, pense mais neles, você parece meio confusa quanto a eles.
Gina ficou indignada, a pessoa de quem ela estava falando era Victor Krum, joga quadribol seus cabelos eram castanhos e a única pessoa que ela conhecia que tinha OR no nome era Victor Krum, o no Victor e r no Victor ou Krum. A não ser, não, não pode ser, será? Não, é impossível. Hermione apaixonada pelo meu irmão? Nem pensar. Mas pensando por outro lado, por que Hermione ficou tão apavorada quando Trelawney pegou em sua mão? Se fosse o Victor de quem ela estaria falando, não teria o porque ela esconder, todos já sabiam que ela gostava dele.
Meio-dia, hora de almoçar. Chega de aula, direto ao Salão Principal.
Em direção ao Salão Principal Rony falou:
- Quer dizer então, que até na sua mão está escrito que você gosta do Vitinho? – disse Rony, parecendo que estava com ciúmes.
- A Rony, vê se me esquece, eu não sou nada sua pra ficar lhe dando explicações. - disse Mione, ainda um pouco apavorada com o que Trelawney havia lhe dito.
Harry e Gina não paravam de se trocar olhares.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.