FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

6. Uma Viagem Diferente


Fic: Às Escuras - COM CAPA -


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Eram cerca de 5:30 da manha quando Harry deitou na cama, apesar de um pouco cansado ele não conseguia parar de pensar em tudo o que tinha acontecido nesses últimos dias, do imenso prazer que Hemione estava lhe proporcionando, na alegria que ele sentia ao vê-la com seu jeitinho todo meigo, mas ao mesmo tempo sexy pela casa.

Então, perdido em seus devaneios Harry se lembrou de duas coisas.

A primeira era que daqui a algumas horas eles estariam indo para Hogwarts, ele tinha esquecido completamente disso, não tinha dormido nada, mas nem se preocupou muito.

A outra é da carta que ele tinha encontrado na sua mala na casa dos Dursleys. Não sabia exatamente o que fazer, não sabia se contava para Hermione, ou se deixava isso de lado, afinal já fazia tanto tempo...E ele não tinha dúvidas de que ela realmente o amava, assim como ele a amava mais do que qualquer coisa no mundo. Decidiu parar de pensar um pouco e tentar aproveitar as poucas horas de sono que ainda o restavam ,virou para o lado, e em pouco tempo, adormeceu.



Quando Harry foi acordado por um Rony já inteiramente vestido ele teve a sensação que tinha acabado de se deitar na cama, mas não pode compartilhar isso com o amigo, afinal de contas, para Rony eles tinham ido dormir ao mesmo tempo.

-Vamos logo HARRY! Faz uns 5 minutos que estou aqui tentando te acordar e você NADA! Desse jeito vamos nos atrasar. E mamãe praparou ovos mexidos e panquecas para nós.

-Hmmm, estou faminto, desculpa Rony pela demora.

Harry se trocou rápido, tinha tomada banho há apenas algumas horas, não era necessário outro, apenas se vestiu, tentou ajeitar seu cabelo, mas como sempre, isso era uma missão impossível.

Os dois desceram já prontos e com suas malas, o cheirinho do café da manhã da Sra Weasley era de dar água na boca em qualquer um.

Hermione, Gina e os gêmeos já estavam comendo como loucos.

- Bom dia pessoal - Disse Rony já se servindo de um pão, antes mesmo de sentar na mesa.

- ‘Dia gente – Harry passou as mãos pelos cabelos de Gina e sentou-se ao lado de Hermione, dando um sorrisinho envergonhado.

- Mamãe você caprichou hein?! – Rony tentou falar com a boca cheia de pedaços de panqueca.

- Olha os modos Ronald. E vamos rápido, ninguém mandou vocês acordarem tarde. Eu já preparei lanches para vocês levarem.

Rony fez uma careta de desgosto, mas tratou de comer rápido.

Ele estava ancioso, fora nomeado, junto com Hermione, monitor da Grifinória, estava louco de curiosidade para saber qual seria sua primeira missão no trem.

Todos acabaram de comer, estavam satisfeitos, foram até a estação King Cross com um carro que o Sr Weasley tinha pego emprestado do Ministério.

- Bom, eu espero que vocês se comportem, Rony não esqueça que você agora é um monitor, não saia por aí arrumando encrencas desnecessárias. Harry querido, tome cuidado por favor, você sabe o que está acontecendo, não é mais nenhuma criança. Hermione e Gina, tomem conta do namorado de vocês, tenham um ótimo ano letivo.- A Sra Weasley deu um beijo em cada um, com um longo abraço eles se despediram e entraram no trem a procura de uma cabine.



- Rony – Chamou Hermione ao ver o namorado sair com Harry a procura de uma cabine vazia – Nós temos que ir lá pra frente esqueceu? Temos que ver o q faremos.

- É verdade Mione...er...Harry, daqui a pouco voltamos.

- Sem problemas...eu vou achar um lugar mais lá pro final do trem ok? Me procurem por lá quando acabarem...

- Harry – Gina olhou para o namorado e disse – Eu vou procurar por uma amiga minha, a Laura, acabei de descobrir que o pai dela sofreu um ataque essas férias...você se importa se...

- De maneira alguma...- Harry respirou aliviado, não queria passar metade da viajem sozinho com Gina – fique com ela o tempo que for necessário.

- Obrigada meu amor, então...nos vemos quando o trem chegar.- Gina se despediu com um beijo na boca de Harry.

Harry foi até a ultima cabine, estava um pouco sem paciência para ficar no meio do resto dos alunos, preferiu um lugar mais distante.

Enquanto esperava os amigos Harry começou a pensar em Rony, na amizade dos dois, e no quanto ele poderia estar sendo ingrato e falso. “Mas...eu não tenho culpa de amar Mione....e eu acho que ele vai sofrer menos sem saber o que esta acontecendo e...’’ Harry não pode terminar seu pensamento, ele acabara de ver na cabine ao lado Hermione sozinha vistoriando o maleiro, que fica acima dos bancos, ele teve uma idéia repentina.

Abriu a porta da cabine que estava o mais silenciosamente que podia, foi até ela devagarinho para que ela não percebesse e colocou as mãos sobre a boca da menina e posicionou a cabeça dela de modo que ela não pudesse descobrir quem era.

O coração de Mione pulava, Harry podia sentir, e ela tentava gritar, mas com a mão de Harry abafando sua boca o máximo que saia era alguns grunhidos.

- Pshhhh – Disse Harry – Fica quietinha garota, que agora, quem manda aqui sou eu. E não adianta gritar não, ninguém vai te ouvir, nós estamos muito longe de todos.

Hermione riu, seu corpo relaxou ao perceber que era só Harry. O menino tirou as mãos da boca dela, a pegou com certa violência e a puxou de frente para o seu corpo.

- Ah Harry, que susto foi esse que você me deu? Você quer que...

- Já falei pra você ficar quieta não falei? Será que você vai ter que levar uns tapas pra me obedecer?

Hermione olhou para Harry e ao encontrar seus olhos entendeu o que ele estava querendo fazer, aquela situação a excitou muito, o modo como ele a abordou e a pequena dose de medo e violência a deixaram extremamente deliciada.

- Agora - Falou Harry em um tom de quem apenas dá as ordens para que as obedeçam – a senhora vai ficar bem quietinha está me entendendo? Qualquer som que emitir vai resultar em tapas fortes nessa sua bundinha gostosa.

Hermione, adorando a situação, fez que sim com a cabeça.

- Muito bem, muito bem – Disse Harry sárcastico, você compreendeu muito bem. Agora abaixe as suas calças vire de costas para mim e se apoie na janela.

Mione o olhou.

- O que está esperando? AGORA – Harry gritou.

A garota obedeceu, tirou sua calça rapidamente, jogou-a para o lado e se apoiou na janela.

- Hmmmm – Gemeu Harry, já estava quase me esquecendo da perfeição de seu corpo, agora, eu quero que você me ouça bem – Harry a pegou pelo cabelo enquanto sussurrava em seu ouvido – Não tem magia alguma nessa cabine, eu não fiz e nem vou fazer nada, qualquer barulho que você provocar, além de você apanhar, a gente corre o risco de ser pego, portanto abafe todos os seus gritos, com a sua mão ou de qualquer outra forma que prefirir.

Hermione quase implorando para Harry penetra-la, tal o tesão que aquela situação tinha provocado, fez que sim com a cabeça.

- Boa garota – Sorriu Harry.

Ele começou a morder as nadégas da menina, queria provoca-la até ela não aguentar mais.

Mordia e dava lambidas rápidas enquanto colocava um dedo dentro do sexo da menina muito molhado.

-Você quer brincar né? Eu to sentindo que você quer...Quer que eu meta bem forte quer? Quer que eu te faça pedir pra parar?

Mione susurrava abafando os gritos de sua boca com um pano que ela colocara para morder.

- Já vou matar essa sua vontade.

Falando isso Harry abaixou sua calças, já estava com seu membro totalmente ereto. Segurou na cintura de Hermione, que ainda estava de blusa, e começou a penetra-la, metia forte, queria fazer ela gritar, a cada bombada mais forte Mione apertava seus dedos e gemia baixinho, até que em uma mais forte ela não aguentou e gritou alto:

- Assim Harry, assim forte, assim que eu gosto.

- Eu mandei você ficar de boca fechada não mandei? – Ao mesmo tempo que falava Harry batia na bunda de Hermione, que se deliciava e urrava.

- Você gosta de apanhar não gosta?

- Uhum- Hermione tentou dizer.

- Você quer mais?

- Mais Harry mais.

- Então fica bem quietinha, se não, não ganha.

Ela obedeceu, e Harry metia fundo em Mione, enquanto batia forte na bunda da garota.

- Tá gostando tá? Estranho, eu não to ouvindo você gemer. – Harry ria enquanto aumentava o ritmo, eles precisavam acabar rápido, era muito arriscado fazer o que estavam fazendo num trem e sem feitiço algum, a qualquer momento alguém ia aparecer, poderia ser Rony, Gina, Neviller ou até mesmo a mulher do carro de doces.

- Harry – Hermione falou baixinho – Vai assim forte, vai assim que eu vou gozar.

Harry não falou nada, apenas continou metendo forte e rápido para que os dois gozassem juntos.



- Uau Harry, você me impressionou. – Disse Hermione assim que eles terminaram e se sentaram no banco.

Harry estava cansado, suado, apenas deitou sua cabeça no colo de Mione.

- Que bom que você gostou, me desculpa se eu te assustei no começo, era só pra deixar a coisa mais interessante – Disse Harry.

- Nem precisa pedir desculpas, no começo, tenho q ser sincera me deu medo, mas realmente eu adorei o que você fez, foi perfeito.- Ela o beijou na testa e enxugou o suor dele.

- Eu não resisti, vendo você aqui na cabine ao lado, toda sozinha, todo gostosinha...- Harry sorriu. – E a propósito, o que a senhorita fazia aqui hein?

- Neville – Hermione disse virando os olhos – Ele perdeu Trevo novamente e me pediu para procurar por aqui.

- Me lembre de agaradece-lo a próxima vez que o vermos.

-Bobo...! – Mione sorriu enquanto passava as mãos no cabelo de Harry.

Os dois ficaram ali, a maior parte do tempo.

Sem que esperassem entraram Rony e Gina, e a visão que tiveram, foi de seus namorados em uma situação comprometedora

- Er...Oi...- Rony olhou e sentou no banco da frente.- Você está bem Harry?

Hermione olhou assustada, não sabia o que responder, olhou para Harry e depois para Rony e disse:

- Harry me pediu para passar colírio nos olhos dele Rony. – Foi a primeira coisa idiota que veio na cabeça dela e que cabia naquela situação.

Harry concordou com a cabeça.

-É isso mesmo Rony, eu fui colocar minhas malas ali em cima e caiu algo em meus olhos que estava me incomodando.

Gina não falava nada apenas escutava.

-Ah sim – Disse Rony – E.. han... cadê o colírio?

Hermione gelou.

- Já está lá na minha mala – Disse Harry apontando para a outra cabine.

- Ah... tá ok então. E...e você está melhor?

- Estou sim, obrigada. E me conte as novidades. – Harry queria mudar logo o assunto. – Malfoy foi nomeado mesmo monitor?

Ao longo da viajem Rony nem mais lembrava da situação em que encontrara os dois.

Apenas Gina que com o namorado ao lado, mostrava frieza e um pouco de preocupação.









N/A: Primeiro queria pedir desculpas pela demora na atualização da fic...
faculdade realmente atrapalha ehehe e han..namoro tbm hohoohho
Mas tah aih o 6 capitulo....espero q gostem!
Valeu pelos comentários...
eu prometo atualizar com mais frequencia ok?
Q bom q vcs estaum gostando!
E muito obrigada pelas criticas construtivas! elas ajudam E MUITO!
Bjoooooooooos

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.