FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. Lado das Trevas.


Fic: A Herdeira!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Mia achando que voltariam pra Hogwarts estava engana foram para Sede da Ordem, que por incrível que pareça estava impecavelmente arrumada e limpa.


Tonks avia lhe dito que ela tinha ganhado um quarto, e realmente tinha ganhado.


 


Do outo lada tinha uma escrivaninha com uma luminária e uma cadeira branca, e do lado uma porta que era o banheiro, branco com toalhas e enfeites em azul claro e uma gbanheira grande e confortavel. Do outro lada uma enorme penteadeira também branco com uma cadeira da mesma cor e um espelho enorme, do lado uma porta que era um enorme closet.


 


 


Mia entrou no quarto e ficou admirada.


-É lindo de mais.-disse Mia encantada.


-Que bom que gostou,- disse Tonks- achei que você deveria ter um quarto de princesa.


- Me explica porque um closet tão grande?-perguntou Mia rindo.


-Você tem muitas roupas, tinha que ter um closet grande.- explicou Tonks.


-Eu amei, obrigada mesmo,-disse Mia- mais não precisava disso tudo. -ela disse sorridente


-Claro que precisava. Você tem que ter conforto. - disse Lupin simpático-E aliais mandamos fazer um pro Harry também, mas não terminamos ainda, paramos para começar logo o seu.


Mia deu um pequeno sorriso.


-Me deixa por as coisas no lugar.-disse Mia.


Tinha caixas pelo quarto inteiro. Num aceno com a varinha as roupas começaram a voa e objetos iam para cima das estantes e os livros estavam encima da escrivaninha e logo tudo já estava no lugar.


-Ficou craque nesse feitiço. -disse Tonks rindo.


-Minha mãe me mandava arrumar o quarto-falou Mi lembrando d e sua mãe- então...- ela levantou os braços e riu- vamos dizer que eu não sou fã de arrumar as coisas... Eu prefiro cozinhar... -disse dando de ombros.


-Você cozinhando-Tonks disse surpresa- a essa eu quero ver...-riu irônica.


-Eu cozinho muito bem ta. -disse Mia dando língua para Tonks que fez o mesmo. Lupin riu.


-Que tal me ajudar com o quarto do Harry?-perguntou Lupin a Mia.


-Sério?-perguntou Mia animada.


-Sério,-afirmou Lupin- você conhece os gostos dele melhor que eu. E eu ainda tenho que ver com Dumbledore como fica a guarda do Draco.


-Com quem ele vai ficar?-Mia perguntou preocupada.


-De inicio com o próprio Dumbledore, temos que agilizar algumas coisas e depois a guarda será de Tonks já que ela é a parente mais proxima já que o Malfoy e a Bellatrix são comensais.


-Que bom fico mais aliviada em saber disso-disse a Morena mais calma-Tonks a mamãe de Draco Malfoy e Hermione Granger-disse debochada, Lupin e Tonks riram.


Tudo decorreu tranquilamente Draco iria para Toca daqui a uma semana e Mia iria para Hogwarts treinar, também depois de uma semana.


O combinado era Draco mentir sobre Mia, ele diria que tinha ficado hospedado na casa da tia da Mia junto com os pais da mesma. Ela iria ficar mais um tempo lá, pois sua tia estava doente, ninguém contaria nada sobre morte dos Pais de Mia e nem o fato de ela ser a Herdeira. Sobre ser a Herdeira ela mesma contaria assim que eles chegassem à escola.


Dois dias se passaram e tudo estava tranquilo, Mia tinha cozinha naquela noite e tinha provado a Tonks o quanto sua comida era gostosa.


Já era tarde da noite e todos foram pra seus quartos.


Mia já tinha ido dormir a algum tempo, mas seu sono estava muito conturbado, ela abriu os olhos e não se deparou com seu quarto como achou que ia ser. Seus olhos se depararam com uma sala escura com uma grande cadeira que mais parecia um trono, era de camurça preta e tinha uma cobra em prata no encosto.


E alguém apareceu com vestes pretas esvoaçantes, alguém que ela logo reconheceu.


-Voldemort. -sussurrou Mia.


-Vejo que não tem medo de dizer meu nome. - disse ele sarcástico.


-Você não me conhece tão bem assim. -Mia disse séria.


-É tem razão, -disse ele comum leve sorriso- não a conheço tão bem assim,-ele disse estendo a mão- mas creio que podemos mudar isso.- seu sorriso era quase destruidor.


Mia deu uma estrondeante gargalhada e Voldemort recolheu a mão estendia e a olhou incrédulo.


-Sério cara de cobra essa foi boa, - Mia disse e dando outra gargalhada-isso mais pareceu uma cantada barata deu um garoto ridículo qualquer.-ela voltou a gargalhar.


Voldemort estava irritado e iria falar, mas Mia o interrompe.


-Se acha mesmo que vai conseguir me ter do seu com um papinho desses esquece. -ela riu novamente.


-Que tal trazer seus pais de volta a vida-ele disse rindo-talvez esse “papinho” funcione - ele andou até a frente de Hermione, estavam a uns 15 metros de distancia, ele estendeu a mão novamente.


-Realmente acha que sou idiota-ela deu alguns passos para trás e riu-eu sei desde muito tempo que não podemos dar a vida aos mortos e creio eu que você seja esperto bastante pra saber disso também, afinal você estudou em Hogwarts.-ele deu uma risada da cara de Voldemort.


-Você tem muito poder minha cara e estando do lado de Harry Potter, não fara bom uso dele. -disse Voldemort sua mão ainda estendia.


-Não conte comigo cara de cobra, você pode dizer o que quiser, não vou para o seu lado-seu sorriso era cruel- terá que me matar antes para isso acontecer. – seu sorriso se aumentou, mas agora era desafiante.


-Não mataria uma peça tão rara como você querida-Mia se arrepiou ao ouviu ele a chamando de “querida”- mas acho que matar mais algumas das pessoas que você ama, me trará algum resultado. –os olhos de Voldemort ficaram amarelos como os de uma cobra, Mia estremeceu, Voldemort soltou uma alta gargalhada.


Mia olhou para os lados da sala e se deparou com os corpos dos pais ensanguentados, e logo depois a sala estava rodeada de corpos de pessoas que ela conhecia e amava, Tonks, Lupin, Gina, Luna, Rony, Draco, os gêmeos Fred e Jorge, Tia Sam, Dumbledore, Minerva, Moody, Snape, Victor, Fleur e mais vários outros, suas lagrimas azuis caiam sem parar aquilo doía nela mais do que imaginava.


Um corpo apareceu em seus pés, o corpo de Harry Potter ensanguentado o rosto do garoto tinha vários cortes, Mia mudou sua postura ou ver aquilo, sua tristeza foi toda embora dando lugar a raiva, os olhos de Mia ficaram vermelhos vivo injetado de raiva.


-Saia da minha mente- ela deu um grito Voldemort caiu vários metros para trás a olhando assustado, ele começou a sentir uma dor estranha, soltou um grito de dor e Mia deu uma gargalhada alta seus cabelos voavam com um vento que começou a soprar ela tinha um brilho envolto ao corpo.


Voldemort a olhou surpreso. ”Essa garota tem mais poder do que eu imaginava” pensou Voldemort.


Ela novamente fez Voldemort sentir dor, mas dessa vez era diferente seu corpo pegava fogo de dentro para fora e quando se deu conta já estava em chamas e simplesmente explodiu.


Hermione acordou aos berros, e logo todos estavam no quarto dela, percebeu que estava flutuando todos a olhavam assustados e logo ela caiu no colchão com toda força.


Ela chorava sem parar e Draco foi abraça-la, ela fechou os olhos tentando se acalmar.


-Não fica com medo, eu to aqui. –sussurrou Draco a ela.


-Eu não to com medo, eu to com raiva.-Mia disse, abrindo os olhos e Draco tomou um susto com a cor, o vermelho vivo e suas lágrimas azuis, fez Draco tremer...


Algum tempo depois Hermione estava mais calma e tinha parado de chorar e seus olhos estavam violetas novamente ainda estavam no quarto de Mia.


-O que aconteceu?-perguntou Tonks assustada.


Mia contou tudo que avia acontecido em sua mente, Lupin, Tonks e Draco ficaram boquiabertos.


-Mas como ele conseguiu entra na sua mente tão diretamente?-perguntou Lupin intrigado.


-Não faço ideia de como, mas sei que ele não vai desistir de mim assim tão facil.-comentou Mia.


-Tambem acho, Mia você tem que praticar acumulência urgente. -disse Draco


-Não acho que ele vá tentar entrar novamente, ele viu que sou, mas forte que ele mentalmente, ele achava que eu ia me derrubar de primeira com papo de trazer meus pais de volta à vida, viu que não ia conseguir e apelou pelo lado emocional. Eu meio que bloquiei ele, sinto que ele não pode mais entra na mente.


-Espero mesmo Mia,-disse Tonks pensativa- mas agora você tem que ir dormir.


A garota assentiu com a cabeça, e todos saíram do quarto, Draco deu um beijo em sua testa e saiu também.


Mia olhou para os lados e viu que não ia conseguir dormir sozinha, fez que nem criança se levantou e pegou um travesseiro e se direcionou até o quarto de Draco, ele estava no quarto que Harry e Rony dividiam, abriu a porta e Draco a olhou.


-Não vou conseguir dormir sozinha-disse Mia.


Draco sorriu.


-Vem cá Ferinha. -ele disse.


Mia se deitou e Draco a puxou para perto a abraçando pela cintura e ela fez o mesmo.


-Obrigado Maninho. –Mia murmurou se aconchegando no peito do “irmão”.


-Faço isso porque eu te amo Mana, não precisa agradecer. - ele murmurou.


-Também te amo Mano- disse ela sonolenta.


Draco sorriu e logo depois caíram no sono.


Com isso eles se tornaram a família um do outro, se consideravam irmãos.


E claro como todos os irmãos brigavam por coisas idiotas, Draco reclamava que Mia parecia um menino, no jardim ela subia e descia das arvores, ou pior quando ela ficava nervosa sempre fazia alguma coisa explodir, Draco a chamava de Muleca ou Ferinha.


A semana tinha passado e já era segunda feira.


Já eram umas 14h00 quando Draco se despedia de Mia na sala estar da Sede.


-Isso não vai dar certo. -dizia Draco pela milionésima vez, não concordando nem um pouco com toda essa mentira.


-Claro que vai dar, você não esta mentindo ,-Mia disse e Draco revirou os olhos e disse junto com ela- só omitindo a verdade. -Mia riu.


-Viu já decorou. - disse ela ainda rindo.


-Você é louca, -disse Draco sério- mas mesmo assim eu te amo. -ele deu um sorriso.


-Eu sei todos me amam. -disse Mia rindo.


-Você não é nem convencida. -disse Draco sarcástico.


-Sério agora, -disse ela séria- vou sentir sua falta maninho. -ela o abraçou pela cintura.


Agora Mia só a chamava de Mano, Maninho ou Loiro.


-Eu também Muleca.


Mia o apertou e ele a tirou do chão.


-Fica bem ta, -Draco seguro o rosto da "irmã" com as duas mãos- não esquece que você não está sozinha e mande noticias. -disse dando um beijo na testa da garota.


-Você fica bem também, -agora ela segurava o rosto do "irmão"- não implica com Rony e conversa com a Luna ela uma ótima pessoa e vai te entender e vai ser sua amiga, não vai chamar a Gina de ferrugem, ela odeia, cuidado com as brincadeira dos gêmeos, e tenho certeza que o Harry vai te dar um voto de confiança. -disse Mia como uma mãe dando instruções para o filho que vai dormir fora pela primeira vez.


-Espero. -disse num suspiro pesado.


"Ha única coisa que temia nessa história era ser rejeitado, Mia tinha lhe garantido que todos lhe dariam o beneficio da duvida um voto de confiança, mas ainda sim estava temoroso em relação a isso." pensara Draco


Ele já estava em frente do estojo preto que era a chave do portal para casa dos Weasley.


-Draco!-chamou Mia.


Ele olhou para garota.


-Não esqueça, seja você mesmo-ela disse com um sorriso que iluminaria qualquer lugar escuro.


Ele riu e ela lhe mandou um beijo, ele e Lupin seguraram a chave do portal e foram.


Mia deu um grande suspiro.


Subiu foi terminar de arrumar o quarto de Harry, ela e Tonks compraram algumas roupas e calçados para o mesmo, quem ela queria enganar tinha comprado um closet inteiro, Harry iria lhe matar, mas ela não estava nem ligando.


E ainda tinham ao poucos reformando a casa com magia, por dentro já estava quase terminada, agora o lado de fora.


Com Harry Potter alguns dias antes.


Sr.Weasley tinha chegado as seis em ponto, com sempre foi muito simpático. Foram de chave de portal e caíram em frente à Toca, logo quando entrou recebeu um dos abraços quebra ossos da Sra.Weasley que já falava que ele estava muito magro.


Fred e Jorge zuavam dizendo que ele estava fortinho, mal sabiam eles que Harry tinha se exercitado todo o tempo disponível, seus braços estavam musculosos e sua barriga sarada de tanquinho, suas coxas também estavam fortes e grosas.


Subiu e se deparou com Luna, Gina e Rony conversando.


Logo já estavam num papo tranquilo quando Rony fala.


-Cara, olha que sacanagem o Malfoy vai vir pra cá. -disse de mau humor.


-Perai, Draco Malfoy?-perguntou Harry surpreso.


-Exato!-respondeu Gina com o mesmo mau humor do irmão.


-Falaram pra gente que ele se rebelou contra Voldemort. -disse Luna de modo normal.


Os ruivos estremeceram ao ouvir o nome, Luna disse o nome firme o que a fez ganhar um sorriso de Harry.


-Só isso?-perguntou Harry descrente- tenho certeza que aconteceu algo mais. -afirmou ele.


-Pode até ser, mas só saberemos quando ele chegar. -disse de modo frio.


Ficaram em silencio por alguns minutos até Rony se pronunciar.


-Harry você recebeu alguma carta da Mione?-perguntou ele.


-Não e isso está me preocupando, -disse pensativo- ainda mais depois que eu tive um sonho super estranho. -falou Harry.


-Sonho?-perguntou Rony coma preocupação estampada no rosto-Conta.- ele pediu.


Harry contou o sonho detalhadamente e sobe a carta que mandaram para Dumbledore e resposta do mesmo, ficaram debatendo sobre, até que foram almoçar e com isso passou mais algumas horas até que Draco Malfoy chegou a Toca...


Draco chegou a Toca e foi muito bem tratado pelos Sr. e Sra.Wealey e até pelos gêmeos, que foram a ele dizendo que todos merecem um segunda chance, e logo começaram dizendo que eles iam armar uma com as meninas e eles não aceitariam "não" com resposta, o que deixou Draco mais confiante.


Toda sua confiança sumiu quando se deparou com Rony, Harry, Luna e Gina, sabia que teria que conversar com eles.


-Acho que vocês tem muito o que conversar. -disse Lupin.


-Pode ter certeza. -disse Rony grosso.


-Por favor, não se matem ta, -disse Lupin que viu o clima ficando meio tenso- Draco e Mia se deram tão bem sigam o exemplo. -ele deu um sorriso.


-Mia?- perguntou Gina estranhando ninguém ali conhecia nenhuma Mia.


-Ele ta falando da Mione, -Draco disse automaticamente e todos olharam espantados para ele- ela não gosta mais que a chame assim, ela diz que agora quer ser chamada de Mia. -terminou ele.


Todos o olharam espantado desde quando que ele e Hermione estavam tão íntimos.


Luna deu uma alta gargalhada e todos olharam para ela.


-Ta rindo do que doida?-perguntou Gina a amiga.


-Do momento. -disse de forma obvia e rindo novamente.


-To viajando. -disse Jorge.


Sem intender nada ainda como todos os outros presentes na sala.


-Olha-Luna disse dando um longo suspiro e segurando riso- o Malfoy falando da Mione digo Mia como se eles fossem melhores amigos. -e riu novamente.


-Mas é, eles meio que ficaram melhores amigos,-disse Lupin de modo simples- quase irmãos a Mia o chama de "Maninho”. -ele disse dando uma leve risada.


Todos ficar espantados ao saber da noticia extraordinária.


Draco bateu com a mão na própria testa. Luna gargalhou novamente e deixou todos mais espantados ainda.


-Desculpa Malfoy,-pediu Luna- mas de tão estranho que chega a ser engraçado.-ela riu novamente.


-Por favor, não me chama de Malfoy não.-pediu Draco.


Luna o olhou séria e caiu na gargalhada de novo quase chorado de rir,ela meio que se desiquilibrou e Gina a segurou, Luna apoiou no encosto do sofá com uma mão.


-Ai me desculpa não aguento, -disse Luna- o fato de tudo isso ser tão bizarro deixa a situação hilária. -falou limpando a lagrima que caia do canto do olho.


Ninguém aguentou e caiu na gargalhada também.


______________________________

Melissa Hashimoto:Minha Flor,espero que goste desse capitulo, no proximo se não me engano tem cena HHr.

 fernanda:linda juro que fiz esse encontro mental entre Mia e Voldemort pensando em você,não fiz uma coisa muito cheio de luta, pois ainda não é a hora,esse momento ação da fic foi escrito penssando em vc.

PamyMalfoy:No proximo capitulo tem ceninha HHr, acho que ficou muito legal.A os treinamentos vão ser cheios de surpresas...

bjs e obrigada por comentarem.


Galera vocês gostaram?

Comentem e perguntem o que quiser.

Se tiver algum comentario eu post amanha!

e um favor galera, tentem divulgar a fic !

Beijocas...
       
            Clara Flor            



Meu Tumblr:   http://www.tumblr.com/blog/thclariinhafloor


Meu Twitter:  @ClariinhaFloor 


Sigam   
    
   





 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Hermione Rosier Black Malfoy em 30/05/2012

me acabei com a luna....kkkkkk
muitooo legal...adorei 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por PamyMalfoy em 28/02/2012

Ah! Me deixou na curiosidade, quero só ver o momento HHr com o Harry todo gostoso.

Att logo, beijos.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Bruna Bullock em 27/02/2012

Amei!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Posta logo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
Beijosssssssssssssssssssssssssssssss 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.