FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

3. SR. WEASLEY VAI AO DENTISTA


Fic: UM VERÃO TROUXA


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

CAPÍTULO III: SR. WEASLEY VAI AO DENTISTA




Sr. Weasley e Ron iriam viajar por pó de flu aos Granger às 11:00, domingo pela manhã. Ron, debaixo do olho atento de sua mãe, arrumou seu material de Hogwarts na noite antes. Depois do café da manhã, ele subiu os degraus para pegar seu malão. Para sua surpresa, algo macio, azul escuro, estava dobrado em cima do malão. Havia uma nota presa a isto.




Queridíssimo Roniquinho,

Nós pensamos que você poderia apreciar vestes a rigor novas. Suas outras eram horrendas e nenhuma menina quereria o beijar enquanto as estivesse usando. Também, elas provavelmente não servem mais em você, gigante desajeitado. Não conte para mamãe, ela não sabe que nós temos vendido “Gemialidades Weasley” o verão todo.

Com amor,

Seus irmãos mais velhos e mais sábios, Fred e Jorge





Ron segurou a veste a rigor para olhar melhor. Ela era aveludada e azul escura e não havia nenhum sinal de babado em qualquer lugar nela. Ignorando a parte da nota sobre o beijo, Ron abriu o malão, alcançando no fundo as vestes a rigor velhas, castanhas, as lançou no chão e pisou nelas com muita força, e então cuidadosamente dobrou a nova e a colocou sobre o malão. Ron estava extremamente agradecido.


No andar de baixo, Arthur Weasley estava parado junto à lareira esperando por Ron, parecendo muito contente com ele mesmo, em um par de calças compridas xadrez e uma camisa listrada. Gina deu um pacote pequeno e uma carta a Ron para Hermione. Sra. Weasley abraçou Ron firmemente e lhe disse que se comportasse como um cavalheiro, nessa hora Fred e Jorge riram silenciosamente e levantaram para Ron os dedos polegares. Felizmente, ele entrou no fogo e ninguém pôde ver que ele se ruborizou.


Chegar aos Granger por pó de flu era muito mais fácil que chegar aos Dursley. No ano anterior, Ron e o pai dele, junto com Fred e Jorge, tinham combinado de apanhar Harry de carro. Infelizmente, os Dursleys possuíam uma lareira elétrica e os Weasley tinham feito uma verdadeira bagunça tentando sair de uma lareira fechada. Os Granger tinham feito um fogo generoso, embora o dia estivesse quente. Ron e seu pai saíram da lareira, arrastando o malão de Ron atrás deles. Hermione tinha obviamente advertido os pais dela sobre o pó de flu, porque o chão ao redor da lareira estava coberto com uma manta roxa grande para abrigar toda a fuligem.


Ron saltou e piscou quando viu Hermione parada na borda do tapete roxo. Ela sorriu nervosamente a ele e esperou que ele falasse. Embora eles tivessem se visto há pouco mais de oito semanas, esses dois meses pareceram ter feito uma diferença profunda na aparência de Hermione. O seu cabelo cheio estava puxado em uma trança que caía sobre suas costas. Ela estava usando uma camiseta e um par de shorts, algo que era completamente uma visão para um garoto que tinha crescido em uma família de bruxos. Ron sentia seu coração batendo rapidamente e tentou fazer isto parar, 'Estúpidos Gred e Forge”, ele pensou, 'tentando me arranjar tanto trabalho em cima de nada. E afinal de contas é só a Hermione.' Finalmente, Ron limpou a garganta, fingiu tirar fuligem do olho, e murmurou: "Lô Hermione. Muito obrigado pelo convite. Er, isto é de Gina", adicionou, enquanto lhe dava o pacote pequeno.


Hermione parecia ter se recuperado da timidez inicial e o cumprimentou de volta, enquanto aproximava para pegar o pacote das mãos dele. Assim que ela fez isso, os dedos deles se tocaram brevemente. Depressa ela puxou o pacote e se ocupou o abrindo, enquanto Ron a encarou pasmo. O que há pouco tinha acontecido? Ele não tinha pretendido fazer nada disso. Ela tinha tirado a mão dela bastante depressa, mas talvez ela só estivesse entusiasmada com o presente de Gina, que parecia ser uma revista e algum tipo de maquiagem de garotas. Ele esfregou sua mão que ainda estava formigando ligeiramente.


Sra. Granger acompanhou a todos para dentro da cozinha para uma xícara de chá. Ron começou olhando a casa ao redor,que era muito limpa, mas cheia de livros em quase toda parede. Nenhuma surpresa Hermione ser tão inteligente. Ron imaginou que ter tantos livros ao redor obrigava a pessoa a ser inteligente.


"Bem, Ted", Sr. Weasley estava dizendo na cozinha, "Eu não suponho que você gostaria de me mostrar seu escritório de dentista? Quero dizer, eu penso que seria muito educativo para o Ron e eu vermos como aquela maquinaria opera. Nós não tivemos nenhuma chamada para equipamento de odontologia encantado no departamento, mas eu gostaria de saber o que fazer no caso de uma emergência."


"Talvez você possa limpar os dentes deles do jeito trouxa!" Hermione exclamou, sorrindo um pouco e olhando para Ron com riso nos olhos.


“Excelente idéia Hermione!" respondeu o Sr. Weasley, "claro que nós não quereríamos incomodar seus queridos pais."


"Oh isso não é nenhuma dificuldade, Arthur", se entusiasmou o Sr.Granger, "nosso escritório está de fato naquele edifício pequeno à direita da casa. Não levará muito tempo e eu adoraria ver o que você achará disto."


Então o grupo seguiu para o escritório dental dos Granger depois que eles terminaram o chá. Ron admitiu que todos aqueles aparelhos de trouxas eram bastante fascinantes. A sala principal tinha uma grande cadeira reclinável. Sobre a cadeira estava um objeto bastante feio, claro, preso a um tipo estranho de armário. Ron observou o que parecia ser instrumentos de tortura em uma mesa perto da cadeira. Ele chegou mais próximo a Hermione e sussurrou "Nenhuma novidade que você quis encolher seus dentes por magia, isto parece terrível."


"Bem, de fato não há nenhum modo para trouxas encolherem dentes", Hermione explicou, obviamente feliz de bancar a professora. "Eles podem mover os dentes um pouco, ou acrescentar a um que está quebrado, mas é impossível os encolher. Meus pais nunca pareceram entender isto, motivo pelo qual eu suponho que eu esteja realmente devendo a Malfoy por ele ser tão desagradável." Hermione deu um sorriso grande mostrando os dentes relativamente novos, retos, perfeitos. Madame Pomfrey, a enfermeira escolar, tinha os encolhido no ano anterior depois que um feitiço extraviado tinha os feito crescer até o colarinho de Hermione. Ron achou que ela estava muito bonita e teve o desejo de lhe falar isso, mas impediu a si mesmo.


"Então, tudo isto funciona com ecleticidade?" Sr. Weasley estava dizendo animadamente aos Granger. "Fascinante, eu agora me sento então nesta cadeira? Certo." Sr. Weasley sentou-se na cadeira e arregalou os olhos quando o Sr. Granger sentou-se próximo a ele e fez a cadeira mover um pouco mais adiante. "Ohhhh! Assombroso o que trouxas podem fazer sem magia."


"Agora, Arthur, nós somente limparemos seus dentes, é indolor e bastante rápido", disse o Sr.Granger quando acendeu a luz em cima. Sr. Weasley piscou em surpresa à intensidade disto. "Você gostaria de assistir?" perguntou a Sra. Granger, enquanto entregava para o Sr. Weasley um espelho de mão. Ron achou que seu pai parecia absolutamente ridículo e se decidiu por não ter os próprios dentes limpados.


Sr. Granger sacudiu outro interruptor e um barulho de sucção enorme veio de um dos dispositivos no “armário”. Ele apanhou o tubo e disse ao Sr. Weasley: "Agora abra sua boca para nós, isto ajudará a sugar a saliva extra de forma que nós possamos limpar melhor os seus dentes." Sr. Weasley abriu a boca, permitindo que o Sr. Granger enganchasse o tubo sobre a boca dele, e ergueu para Ron o dedo polegar com a outra mão. Ron balançou a cabeça e Hermione tomou fôlego, tentando não parecer grosseira rindo completamente do Sr. Weasley.



Então o Sr. Granger apanhou uma ferramenta de metal pequena que parecia muito afiada, e um espelho miniatura. Ron assistiu com horror como o Sr. Granger continuou raspando os dentes do pai dele com a ferramenta de metal. Sr. Weasley estava tentando questionar o Sr. Granger, mas ele apenas podia falar com a boca cheia, então a Sra. Granger estava dando para o Sr.Weasley detalhe por detalhe do que ocorria: "Agora, Arthur, Ted está raspando placa de seus dentes. Placa é muito ruim e contribui para a decadência do dente. É importante ter seus dentes limpos assim a cada seis meses ou então… "


"Ou faz um feitiço repelidor de placa uma vez em sua vida", Ron brincou com Hermione, que agora estava encarando a parede num acesso de risada, incapaz de olhar para o Sr. Weasley novamente.


"Maravilhoso! Seus dentes estão em muito boa forma, Arthur!" pronunciou o Sr. Granger, enquanto pegava outra ferramenta que começou a fazer um barulho, zumbindo alto. "Nenhuma cárie até onde eu posso contar. Agora, nós poliremos seus dentes e então terminamos com você! Este polimento tem gosto de goma-de-mascar!" Os olhos do Sr. Weasley se arregalaram à visão de um ponto girando rapidamente que ia em direção à sua boca. Finalmente, o Sr. Granger terminou, afastou o aparelho de polir dentes, e tirou o tubo da boca do Sr. Weasley. "Enxague! " ele anunciou, enquanto dava para o Sr. Weasley uma xícara cheia de água.


O Sr. Weasley resistiu bravamente. "Isto. Foi. Verdadeiramente. Interessante. Assombroso o que trouxas têm que fazer para manter higiene dental. Hmmmm. Isto foi bastante informativo. Ronald? Você gostaria de ir?" O Sr. Weasley parecia um pouco verde e inseguro. Ron apenas balançou a cabeça e se retirou da sala, seguido por Hermione que não pôde deixar de rir.


Sra. Granger deu para o Sr. Weasley uma escova de dente roxa e um tubo de pasta de dentes como uma recordação e eles todos voltaram para casa.




*****
E aí, estão gostando?? A autora é realmente genial! Eu adorei traduzir essa fic! Comentem por favor!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Raiane Gryffindor em 01/10/2011

Tá ficando mara *-*  

to indo pro proximo capitulo..vou tentar sempre comentar! :D*-* 

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.