FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

10. O último segredo


Fic: 10 segredos de Draco Malfoy


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Hermione,

Eu te amei. Te amei mais do que você pode imaginar, de um jeito que você nunca poderá entender, mas não pude ficar. Fui seu por completo, te dei minha alma e você me fez feliz. Desde o primeiro dia, senti algo especial por você, e guardei esse sentimento, apenas você poderia ser a dona dele, e você foi. Você me curou, queria poder retribuir tudo o que você me fez, mas não posso, não agora. Me perdoe se estou te magoando, tenha certeza sei sua dor, pois dói em mim também. Nem mesmo o ópio poderia me levar a um estagio tão elevado de meus sentimentos... eu estava delirando, eu estava perdido dentro de mim mesmo...
senti minha cabeça pesar e meus ouvidos só ouviam coisas abafadas, não havia mão pra me segurar, não havia nada que poderia impedir minha queda, mas você me salvou, você esteve aqui, do meu lado. Acordado, com medo de meus pensamentos, tentando retirar de mim a dor da escolha. Por um estante achei que eu estava louco, meus olhos observavam minha dor aguda e fria. Meu sono vem, mas meus olhos não fecham, eu diria que eu estava ficando louco... Peguei as coisas mais simples que tinham em meu coração e tentei fazer delas as mais importantes... Pensei em você, somente em você, e meu coração de alguma forma começou a bater forte e de repente a dor começou a fugir do meu peito, e eu pensava que você havia me curado. Quero acreditar que não é o fim, quero acreditar que você vai me esperar pra sempre, mas sei que não vai. Não pense "foi bom enquanto durou" ou coisas do tipo, pense apenas nos momentos. Nos sorrisos, nas risadas, nas coisas boas. Nunca se esqueça que você é a dona do meu coração e eu nunca te esquecerei.
Estarei indo atrás de minha mãe. Ela precisa de mim agora. Não tive coragem de te dizer tudo isso, pois sei que meu pranto não permitiria que eu falasse mais do que as três primeiras palavras. Por isso escrevo, escrevo pra aliviar a dor, a dor de amar e não poder estar, a dor de ter estado e não ter amado. Só eu sei o quanto é difícil esse momento. Queria ter dito mais que te amo, queria ter aproveitado mais seus beijos, queria ter dito o quanto sentiria a sua falta se você fosse. Por te amar espero que você siga em frente, me deixe, quem sabe um dia poderemos nos encontrar, ser felizes novamente. Saiba que pra sempre você estará no meu coração.
Nesse tempo que ficamos juntos você descobriu nove coisas sobre mim, meu amor:
1º Meu medo do escuro.
2º Não sei dançar.
3º Sobre como eu sofria com meu pai.
4º Meu amor pelo rock.
5º Minha paixão por livros.
6º Meu mundo, aonde eu vou para pensar.
7º A tatuagem.
8º Eu era virgem antes de estar com você.
9º A vida toda eu te amei.

Entre muitos outros esses foram os meus segredos, mas existe mais um que eu deveria ter te contado, mas não pude...
Quando eu era pequeno fui amaldiçoado pelo meu próprio sangue. Nunca poderei ficar com quem eu amo. Nunca poderei ser feliz. Fui condenado à solidão desde pequeno. Eu sabia que isso iria acontecer, mas mesmo assim preferi aproveitar o pouco tempo com você em silêncio. Eu quero ser seu, quero estar com você, mas não posso, é a maldição. Nunca poderemos ficar juntos de verdade, mas saiba que você sempre terá meu coração. Eu te amo pra sempre.

Draco Malfoy."



Hermione desatara a chorar. O sangue a separara de seu amor. O sangue sempre a atrapalhava. Talvez se ela fosse uma puro-sangue eles estivessem juntos. Ele foi atrás do seu sangue. Sua dor era grande, sabia que ele não voltaria, mas mesmo assim ela o esperaria. Eles eram um, tinham sido um. Agora eram pedaços. Pedaços de um só coração separados pelas diferenças, pelo ódio, pela inveja, pelo sangue. Mais do que nunca ela desejou que todos fossem iguais. Que um dia o sangue dele fosse o sangue dela e que ninguém pudesse pensar que tem o controle da vida do outro. Mais do que nunca ela queria sumir. Ir para um lugar que seria apenas dele e dela, pra sempre, onde não houvesse diferenças.
Egoísta ela pensara. Não ele, ela. Por querer ele apenas para si. Uma tragédia grega. Um amor impossível, que se tornara real e depois novamente impossível. O que ela fizera para merecer isso? Nada. Apenas amara. Entregara-se, tinha sido por completa. O erro não era dela, nem muito menos de Draco. Era da humanidade. Humanidade egoísta, que não pode viver com diferenças, que não pode viver com um verdadeiro amor.
Ela chorava mais. Nada mudaria esse final, nada. Fechara os olhos. Quis voltar para o mundo de Draco, não conseguiu. Desceu as escadas correndo e subiu na árvore. Fechara os olhos novamente. O vento frio estava fazendo-a congelar. Derrepente sentiu o sol beijando seu rosto e um cheiro inconfundível pairava no ar.

Malva rosa.

Estava lá. Em um mundo que seria apenas dele e dela. Pensou em seus pais, pensou em Harry, em Ron... Nada a faria voltar, nem o amor pela sua família ou por seus amigos. Ela sabia que Draco uma hora estaria ali, e ela o esperaria, nem que para apenas um abraço.

Um abraço rápido, um amor infinito.

Entrou na casa. Deitou em frente à lareira e chorou mais ainda e adormeceu. Acordou com gritos. Já havia escurecido. Não era mais um lugar seguro. Sentia medo do escuro, sentia medo da noite.

Os medos dele, agora eram dela.

Frio. Se levantou e ascendeu todas as luzes da casa. Foi para a biblioteca. Olhou várias prateleiras. Anjos do Inferno, Ao meu final feliz, Apareça Lucy, Aquele amor, Ariana, Asas: Aprendendo a voar, Até que Hogwarts nos Separe... Ela riu no que viu esse livro na prateleira. Riu de tristeza, na realidade. Não queria ler. Tinha medo da história. Andou mais um pouco e se sentou na mesa. Em cima dela havia um bilhete.


Você voltará aqui, não sei quando, mas se sinta a vontade. E por favor, não saia da casa ao anoitecer. Te amo, D.

Ele sabia que ela viria! Ela voltou a chorar e se lembrou de um pequeno trecho da carta......escrevo pra aliviar a dor... Era isso! Pegou uns papeis em branco e uma pena de ponta fina. Olhou para o nada. Era como se pudesse sentir ele pensando nela. Enquanto ela estivesse ali, eles estariam ligados. Começou escrever.

Amor compartilhado. Ainda eram um.

Hermione passava a manhã dormindo e a tarde ficava na varanda olhando longe, esperando que a qualquer momento Draco aparecesse por ali. Não dormia a noite. Tinha medo. Draco não estava ali para protegê-la. Durante a noite apenas escrevia. Escrevia e se sentia bem. Passaram semanas, meses, anos. Não estava mais sozinha na casa. Seu filho nascera 9 meses depois que ela chegara. Era o filho de Draco. Ela era feliz, mas não de verdade. Seu filho estava com seus 6 anos completos e era a imagem de Draco. Se chamava Quin. Fazia quase 7 anos que Hermione estava lá e ele nunca voltara, Nunca estivera lá. Já não doía mais. Não tanto quanto antes. Finalmente terminou de escrever seu livro. Deixou a capa para escrever por ultimo. Ela sorriu.

10 Segredos de Draco Malfoy

Não o guardou na prateleira.

-Quin!
-Diga, mãe...
-Venha, está na hora de irmos embora...
-Mais... eu não quero sair daqui. Gosto desse lugar...
-Prometo que voltaremos, filho... Mas agora precisamos ir... Venha.
Hermione pegou o pequeno menino nos braços. Antes de fechar a porta deixou o livro em cima da mesa, olhouno relógio 10:58e finalmente saiu. A ferida estava curada. Finalmente!
Ela fechou os olhos e imaginou a casa de seus pais. Assim que abriu, estava em frente a casa, Apertou a campainha e viu sua mãe com um avental vindo atender a porta.
-Herm...
Ela não conseguira terminar de falar o nome da filha. Elas se abraçaram e choraram.
-E quem é esse menino lindo?- Disse a Sra. Granger.
-Esse é Quin, mamãe. Seu neto.
Ela sorriu. Eles entraram e se sentaram. Ela se sentia em casa, finalmente. Imaginou o mundo de Draco, imaginou Draco... Apenas sorriu tinha certeza de uma coisa...



Draco finalmente se sentiu pronto. Foi para seu mundo.Será que ela continua lá? Estava ansioso. Abriu a porta. Não havia ninguém na casa. Olhou para o relógio 11:00. Viu que encima da mesa havia um livro e um bilhete. Leu primeiro o bilhete.

Boa leitura, meu amor. H.

Ela sabia que ele voltaria lá! Ele pegou o livro. Leu a capa... 10 segredos de Draco Malfoy. Ele sentou-se na varanda e leu. Leu sem parar, palavra por palavra, capitulo após capitulo até o fim. Era uma história longa, de amor, segredos. Ele sorriu ao ler o final...

Draco Malfoy ainda não estava pronto para voltar. Hermione Granger pegou seu pequeno filho, fechou a porta da grande casa e foi embora daquele mundo. Estava pronta pra recomeçar.

Ele virou a pagina e havia apenas uma frase escrita naquela pagina... Eu te gritarei para casa.*
Uma lágrima escorreu pelo seu rosto. Ela havia ido. Há quanto tempo, será? Não sabia. Mas era melhor assim. Ele ficaria não tinha mais para onde ir. Será que ela voltaria? Um dia talvez... Ele a esperaria, mas por enquanto, esse era o fim.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 7

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por MaLu Potter Malfoy em 22/04/2012

Ficou muuuuiiiiitoooooooo bom!!! um final triste e perfeito, me fez chorar mto. vc precisa fazer uma continuação, de vdd.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Gabriella Ponce em 01/03/2012

maaaaaaaaaaan MARAVILHOSO *----------* please tenha continuação
muito emotiva aqui CRYYYYYYY 

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por EyeSparks27 em 20/01/2012

Só uma coisa a dizer:    PERFEITO!!    To chorando aqui!!  Muito lindo, me emocionei!!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Carol G. Potter em 09/12/2011

Ai chorei muito, nossa ficou linda sua fic de vdd, parabéns *--*

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Iza Greenleaf em 20/09/2011
Soh uma coisa a declarar... Final fantástico! Emocionante, triste, Triste, emocionante. Acho que não poderia ser melhor, foi uma linda história de amor a dos dois...
Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Yana F em 09/07/2011

Adorei sua fic!

Fiquei triste com o final *cry*

vou tentar imaginar eles se re-encontrando *-* 

 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Byanca em 07/07/2011

caara  , mt perfeeito (: e tristee :'(

mee diz q vaai ter continuaçãao please

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.