FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. O sócio.


Fic: Preconceito Consumível


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Blaise Zabini entrava pelos portões da Mansão Malfoy com um de seus carros esporte, o relógio do painel marcava cinco horas da tarde, “droga ele vai querer arrancar meu couro”.


Quando entrou foi anunciado por um dos elfos que serviam a Mansão, em seguida foi levado até o amigo.


Draco Malfoy estava confortavelmente de roupão, fumando um cigarro trouxa e lendo o Profeta Diário, que estava sobre as pernas estiradas em cima da mesa.


-Isso daí que você fuma, Draco, mata sabia? Minha mãe me contou uma vez...- Blaise foi cortado antes de terminar a frase.


-Que  parte do “ VOCÊ ESTÁ DEMITIDO”  eu não fui claro o suficiente?- Draco manteve uma falsa calma.


Blaise se deitou no divã preto sem se importar de não ter sido convidado.


-Como você é malvado, Draco.- Pigarreou antes de continuar, o loiro revirou os olhos esperando a cena. – Mas se é de sua vontade me mandar embora, ok vá em frente. No entanto, como seu amigo e EX administrador , devo informar alguns detalhes, bom seus galeões, dólares, euros estão todos aumentando consideravelmente todos os dias, mas existem alguns compromissos que você terá que assumir em meu lugar. –Blaise abriu uma agenda mágica, que flutuava no ar ao alcance dos olhos do homem negro.


-Bom, essa semana você fará sete viagens , sua secretária pediu demissão antes mesmo de começar o trabalho. Existem 4.700 pergaminhos para assinar, fechando assim nosso negócio com os carinhas de olho puxado, três funcionários do financeiro, pegaram Sarampintose nas férias, e todos os pagamentos vão atrasar, eu disse TODOS eles.


Blaise se levantou, indo em direção a grande porta de madeira .


-Recebi todas as notícias hoje às quatro da tarde, e só vim pra repassá-las a você, mesmo porque vai ficar difícil me localizar no Caribe.


Blaise sorriu com a cara lívida de Draco,  se adiantou até a saída e resolveu dar o golpe de misericórdia.


-Ah já ia me esquecendo... A Granger está abrindo um processo contra você.


Draco arregalou os olhos.


-Bem, vou indo Draquinho. –Blaise olhou para seu relógio de pulso e fez uma contagem baixa, 3,2,1...


-BLAISE! –Gritou Draco desesperado.


 O negro sorriu, e retornou à sala com um sorriso debochado.


-Sim?! Você me chamou?


-Está readmitido. –O loiro suspirou. –Agora senta essa sua bunda preta aí e comece a pensar no melhor advogado de Londres.


-Ele já está contratado. –Falou Blaise com um sorriso encantador.


Draco virou-se bruscamente em direção ao amigo, e quando notou seus caninos brancos aparecerem no sorriso aberto, entendeu tudo.


-Você já havia resolvido todos os problemas, não é, Blaise?-Perguntou Draco- E fez todo o drama, pra eu te readmitir não foi?


Blaise gargalhou alto e postou-se em frente ao loiro.


-Você não vive sem mim, caro amigo! Pode admitir. –O negro alto e de ombros largos, deu um beijo na bochecha pálida do loiro e se encaminhou a saída.


-Não se preocupe com nada, Draquinho, já está tudo em ordem, e sua entrada no Ministério será épica. – Blaise tinha os olhos vidrados em um ponto fixo imaginando a cena.


-Se a sangue ruim não me acusar de nada, já está de bom tamanho - Levantando a cabeça Draco viu o amigo se aproximando outra vez.


-Achei que estava de saída... –Draco colocou os dedos longos sobre as têmporas e fez movimentos circulares.


-Não sem antes saber, que merda você fez pra Granger entrar com um processo. –O negro cruzou as pernas aguardando a resposta.


-Não te devo satisfações, Zabini, eu sou seu chefe, esqueceu disso?-Quando Draco terminou seu pequeno discurso, Blaise notou que suas bochechas estavam levemente coradas.


-Draco Malfoy... Você está corando? –Blaise colocou a mão na boca tentando abafar a risada.


-Você podia voltar ao seu plano original, ir até a porta e SUMIR DA MINHA CASA! –Draco suspirou cansado daquela conversa.


-O que você fez, meu amigo? –Blaise começava a demonstrar os primeiros sinais de preocupação.


-Eu não fiz nada, ta legal? Eu não fui naquela festa porque eu quis, eu não revi todos vocês porque estava louco de saudades e sobre aquela maldita de sangue ruim... Eu não fui atrás dela, ela veio me provocando, ela que veio sussurrar idiotices em meu ouvido, FOI CULPA DELA! E agora está se fazendo de santinha... –Blaise estava atônito, sua boca levemente aberta lhe deixava com cara de idiota, sua mão estava suspensa, e os olhos pareciam pratos. Draco olhou pro amigo arqueando a sobrancelha. -Não imaginei que você pudesse ficar mais feio! Até eu que sou lindo, esperto, sexy, maravilhoso, quase um Deus do sexo... Erro às vezes, porque DEFINITIVAMENTE você consegue ficar muito mais feio.


-Vamos lá Blaise, tira essa máscara de elfo doméstico, vou ficar traumatizado. – Draco continuou.


-Você. Transou. Com. A .Granger. –Não era uma pergunta, era uma afirmação.


Draco parou de súbito.


-Claro que eu não transei com a Granger, Blás...- Blaise quase engasgou quando Draco o chamou pelo apelido antigo e não mais utilizado.


-Agora eu realmente estou confuso... –O homem negro tentava ligar os pontos da conversa mas não conseguia.


-Você confuso, Blaise? Porque será que isso não me espanta? – Pigarreou para começar a contar o que havia de fato acontecido entre ele e Hermione.


-Ontem depois que eu dancei com a Granger, bom houve um momento...hã ,que...


-Fala logo homem! Ta parecendo a Murta gemendo.


-Ok ok! É o seguinte, eu me tranquei com a Granger no banheiro e nós quase fizemos sexo lá mesmo. – Reação de Blaise era esperada, ficou mudo, depois tentou balbuciar e em seguida sua risada ecoou por toda extensão do escritório de Draco.


-Quem diria, Draco Malfoy beijando a sangue ruim.


-Eu não beijei a Granger, seu demente!


Blaise se levantou e apontou o dedo para Draco.


-Você quem está demente! Primeiro fala que quase teve sexo com a sangue ruim, agora diz que não! Sério... Não dá pra te entender. –Blaise jogou as mãos em sinal de rendição.


-Eu realmente quase transei com ela, Blás. – O homem negro ficou com um olhar totalmente irritado.


-Não é preciso beijar alguém para fazer sexo! Você acredita que eu beijaria aquela mulher? Nem em sonhos. “Mentiroso”  pensou o loiro relembrando do sexo egoísta na noite anterior, e todas as imagens que se permitiu imaginar, inclusive imagens de beijos depravados,molhados e luxuriantes, eram bem frequentes.


Blaise tinha um brilho malicioso no olhar.


-Aposto que fez a gostosa da Granger, beijar outra coisa, certo? Meu Merlin aquela boquinha linda, bem no meu...


-ZABINI!- Gritou o loiro quando Blaise fechou os olhos e mordeu o lábio inferior maliciosamente.


(N.A.:IMAGINEM A CENA)


-Você podia parar com os sonhos eróticos que tem com a escória e começar a trabalhar?! –Ao abrir os olhos, Blaise fitou as íris, acinzentadas de Draco e notou um brilho diferente.


-Eu duvido que você não quis beijar aquela boca carnuda, bem desenhada e vermelhinha! –Draco puxou a varinha do bolso, e quando levantou seus olhos para o oponente, Blaise desapareceu, deixando no ar uma sonora gargalhada.


Largou a varinha sobre a mesa e começou a pensar no que o amigo acabara de dizer.


Eu não quis beijar a sangue ruim,só fiz aquilo, pra assustá-la”, Draco estava prestes a acreditar em sua própria mentira, quando a imagem dele acariciando a intimidade de Hermione, veio como um raio “okay, eu não precisava me esforçar tanto pra assustá-la”, “ah, mas ela estava tão quente e apertada e deliciosamente ...”,Draco balançou a cabeça, envergonhado de seus próprios pensamentos.


“Você está proibido de pensar naquela sangue ruim nojenta, Malfoy!”, o loiro olhou para baixo, e se viu completamente excitado. “Ótimo, hoje vamos de banho frio, e amanhã... Conheceremos a nova secretária”.


 


Depois de passar o resto da tarde com Gina, Hermione voltou ao hotel e tentou dormir o máximo que podia. No domingo, por volta das dez da manhã, estava sentada em uma cadeira no luxuoso salão do hotel, escureceu  os cabelos e retirou por total as ondas do mesmo, pintou as unhas com um vinho que contrastava com a pele branca.


Algumas horas depois, se olhou no espelho gostando do resultado, e sorriu imaginando a quantidade de perguntas indiscretas que Rony faria.


 


A segunda amanheceu tão chuvosa como o fim de semana.


Pela manhã bem cedo todos os aurores estavam sentados em suas respectivas cadeiras, Hermione estava do lado oposto de Harry e Rony, que chefiavam os dois grupos. Enquanto, Hermione olhava de segundo em segundo para o relógio de pulso, notou que Rony a observava constantemente, nos olhos do amigo pôde ver todas as perguntas silenciosas. Depois de longos 30 minutos de espera, o Ministro da Magia entrou na sala, acompanhado de sua secretária, uma senhora discreta e baixinha, logo atrás vinha Draco Malfoy, Blaise Zabini e uma mulher loira, desconhecida para os demais.


Todos se acomodaram, o Ministro sentou-se na cadeira da ponta esquerda da grande mesa, sua secretária ao seu lado todo o tempo carregando penas e pergaminhos, na cadeira da ponta direita sentou-se Draco, ladeado por Blaise e Charlize sua secretária particular.


O Ministro da Magia, Octavio Randall, um senhor entre seus 60 anos, de aparência rude , conservava seus cabelos sem um único fio branco, seu bigode estranho se enroscava na lateral de suas bochechas, e seus pequenos olhos eram brilhantes e muito vivos.


Antes que começasse a falar o Ministro desabotoou as calças e se ajeitou para que ficasse confortável, os Aurores que não conheciam o Ministro pessoalmente espantaram-se, com seus péssimos modos.


-Meus caros senhores... – Hermione pigarreou. – E senhorita, como é de conhecimento de todos, o Ministério não tem caixa suficiente para manter todos os departamentos, o nosso hospital Sant’Mungus, e todas as associações vinculadas com nosso pessoal.  Os  gastos com o nosso QG são muito altos, sem contar as viagens, benefícios e missões, sendo assim foi aprovado no conselho, que aceitaríamos a ajuda financeira de uma empresa privada. Hoje, pessoal, quero que conheçam nosso novo sócio, administrador, e patrão de vocês todos. – O ministro tinha o sotaque carregado do Texas, EUA, lugar de sua origem, seus S’s e R’s eram extensos. Quando acabou o breve discurso e apontou para que Draco continuasse, passou as mãos em sua barriga proeminente, puxou um palito de dentes, de dentro do bolso e o colocou entre os lábios.


Draco estava imóvel ao presenciar tal cena, o Ministro da Magia Inglês,era um texano, gordo, bigodudo e de péssimos modos.


-Vamos lá, filho, não temos o dia todo pra vossa pessoa, e a gente não quer esse pessoal forte bravo com nós dois, né mesmo? – Quando estava discursando, notava-se o esforço que o Ministro fazia para falar um inglês correto, mas após o falatório esquecia completamente suas aulas particulares de Inglês com a senhorita Adele.


 


---


N.B.: Hermione processando, Draco? Draco com lembranças excitantes da “sangue ruim”? Blaise novamente todo gato e chato e engraçado e irônico? Esperamos por mais.,...


 


N.A.: Oii meninas, capitulo pequeno neh? Mas vou compensar no proximo. Gente seguinte... as atualizações vão demorar um pouco por hora,pq ando numa correria terrivel. Mas não é tanto tempo assim. Beijos obrigada por acompanharem e COMENTEM!


 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Verônica Malfoy em 24/03/2012

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK BLAISE

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Iza Greenleaf em 26/10/2011
Algo me diz qee a Granger vai acabar ganhando muita coisa com esse processo!!! kkk se o Malfoy estiver incluso nesses ganhos, eu tbem vou processá-lo! kkkk
Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Tonks Fenix em 25/10/2011

Dale Granger!!! Uma briga na justiça vai ser interessante! amei o capitulo, o Blaise tá ótimo, um charme só!

qndo tem mais amore?

Bjinhus!!!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por jessica salicio da silva em 23/10/2011

Que coisa maravilhosa é essa? A Hermione vai mesmo processar o Draco?  nem foi tanto assedio assim, dizem que só é assedio quando o cara é feio, o Draco é lindo, então estamos resovidas*-*

aksokaoskaoskaoksoaks

Ta lindo Bella, sua leitora ansiosa e doida espera por mais! *-*

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por leleu_mione em 23/10/2011

Larissa, meus olhinhos estão brilhando com a promessa de um capítulo bemmmmmm granndeeeee (leleu olha com os olhinhos do gato de botas) rsrsrsrsrsrsrsrsrsrs.
Quanto ao capítulo, sei que o draco não vai deixar barato o que a mione fez, de quebrar os dedos dele, estou morrendo de curiosidade pra saber como vai ser.
Bem, não me importo de cenas em que o draco deseja a nossa incrível mione né, mas também quero ver ação desses dois aí, que juntos parecem pólvora e fogo, nitroglicerina pura, então põe fono neles rsrsrsrsrsrsrsrsrsr.
Beijos e esperando o próximo capítulo.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.