FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Prólogo


Fic: Dangerous Cat - UA


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

A vida sempre guarda grandes surpresas…


 


16/07/2004 – Convenção Mundial de Segurança Escolar – Brasília/Brasil


 


Um congresso estava instalado na capital do país do futebol, membros importantes de vários países compareciam a tal evento, entre eles, o Presidente dos E.U.A. Uma representante de cada região foi escolhida para falar da segurança escolar da sua região. Norte: Máyra Meneses (Acre); Nordeste: Marina Souza (Sergipe); Centro-Oeste: Luna Lovegood (Brasília); Sudeste: Hermione Granger (Rio de Janeiro) e Sul: Gina Martins (Paraná). Depois do discurso das garotas, Hermione, Gina e Luna, de apenas 9 anos, que já conversavam por MSN se encaminhavam para o estacionamento, onde os pais das três esperavam-nas.


 


-Tchau. –Despediram-se e se encaminharam até os carros, Hermione que chegou primeiro lá soltou um grito de terror. Seus pais estavam mortos nos bancos da frente, as amigas viram a mesma coisa em seus carros.


 


-Ali estão elas! –Berrou um homem com uma mascara preta e armas.


 


-Corre! –Mandou Gina e as três correram para dentro da convenção. Luna e Hermione esbarraram em um homem alto e forte, cabelos dourados e pele levemente morena, e em uma mulher alta e esguia, morena de olhos azuis.


 


-O que está havendo garota? –Perguntou o homem vendo o estado de choque de Luna.


 


-Nossos pais... Homens atrás de nós... –Falava a loira entre soluços. A mulher pegou um rádio e deu algumas ordens em inglês.


 


-Vamos. –Disse a mulher puxando as três. –Corram! –Falou quando os homems mascarados apareceram. O homem de terno e a mulher com um tailleur tiraram armas tecnológicas das vestes e acertavam os perseguidores.


 


-Vamos! –Falou o homem levando-as para um corredor e entrando em uma sala, também dando ordens por um rádio.


 


-Tudo limpo. –Comunicou a mulher tranquilamente após cinco minutos as crianças chocadas.


 


-Vamos. –Disse o homem amavelmente puxando Luna e Gina pela mão e a mulher fazendo isso com Hermione.


 


#


 


Os americanos haviam levado as brasileiras até um tipo de quarto presidencial do principal hotel da cidade.


 


-Quem são elas? –Indagou um homem de feições rigidas, vestes formais, cabelos um pouco grisalhos.


 


-As garotas, senhor Presidente. –Informou a mulher.


 


-Ah! Tragam algo para elas beberem, rápido! –Ordenou já com aparência amigável. –Sentem-se. –Sugeriu o homem. Um silêncio incomodo instalou-se no local.


 


-Como estão nossos pais? –Indagou Hermione.


 


-Mortos. Sinto muito. –Informou o homem tristemente. As três deixaram lágrimas caírem, mas não se desesperaram, deixando os adultos surpresos.


 


-Quem são vocês? –Foi a vez de Gina perguntar.


-Meu nome é Eliot Mason, Presidente dos E.U.A. –Informou o homem que as recebeu.


 


-Não quero ser mal educada, mas estavamos perguntando para eles. –Falou Luna apontando o casal em que haviam esbarrado. Os dois sorriram.


 


-Meu nome é David Strong, um dos diretores gerais do FBI. –Informou o homem simpaticamente.


 


-E meu nome é Margaret Frongs, Meg, uma das diretoras gerais da CIA. –Informou a morena. O trio infantil não escondeu a surpresa.


 


-Quem eram aqueles homens mascarados? –Indagou Luna.


 


-Rebeldes. Muito provável que só queriam chamar atenção. –Informou Eliot.


 


-Matando nossos pais? –Perguntou Hermione entre dentes.


 


-Fiquem tranquilas... –Começou David.


 


-Tranquilas? Não temos mais famílias por causa de rebeldes americanos! –Acusou Gina.


 


-Resolveremos tudo isso. –Disse Meg.


 


-Dúvido. –Falou Luna secando as lágrimas com força. O Presidente fez um sinal com as mãos e copos de água foram servidos.


 


-Bebam. –Pediu o homem. As três obedeceram e caíram em sono profundo alguns minutos depois.


 


-


 


Quando abriram os olhos estavam em uma sala branca.


 


-Onde estamos? –Indagou Hermione grogue.


 


-Bem vindas a sala de interrogação da CIA. –Disse Meg sorrindo.


 


-Prefiro a do FBI. –Resmungou David.


 


-Calado. –Ordenou a morena.


 


-Não liguem, eles são sempre assim. Vou ter que contatar agentes para impedirem os dois de se matarem no julgamento de guarda de vocês. –Falou Eliot.


 


-Que?! –Falaram assustadas. –Quanto tempo ficamos desacordadas? –Emendou Gina.


 


-Três dias. –Respondeu David. –Mas depois falamos sobre isso. –Completou quando as três abriram a boca. –Temos que escutar o interrogatório. –Pediu e elas olharam por um vidro preto um homem com uma horrenda cicatriz cruzando o rosto.


 


-Robson Leunis Morks, chefe dos RACP – Rebels Against Capitalist  Politics. –Anunciou um funcionário. Meg entrou na sala em que o estranho homem estava.


 


-Por que? –Perguntou ela diretamente. –Não minta. –Emendou.


 


-A famosa máquina das verdades da CIA? –Indagou o homem de forma esnobe. –Uma mulher gostosa é muito mais eficiente. –Disse e recebeu um tapa no rosto.


 


-Me respeite. –Rosnou Margaret.


 


-Ih! Não é para ela matar o interrogado. –Falou um homem de aparencia jovial, mas que elas sabiam já ter mais de 50 anos.


 


-Alvo Dumbledore! –Falou David abraçando o homem.


 


-Por causa que elas são As Garotas. –Disse o homem e um silêncio tomou conta do lugar.


 


-Verdade. –Falou um homem que ficava monitorando uma tela de computador com as ondas cerebrais do homem na outra sala.


 


-Impossível! –Falaram Meg, David, Eliot e o tal Alvo.


 


-Que garotas? –Perguntou Luna.


 


-Nada. –Disse David.


 


-Só isso? –Perguntou Meg.


 


-É. –Falou o homem.


 


-Você acha que... –Começou Eliot.


 


-É claro que não! –Falou a morena em tom ofendido. –Eu ganho dessa máquina cinco em seis vezes e vocês sabem!


 


-2010. –Disse o homem antes de ser levado pelo agente. Os presentes que entediam do que se tratava se olharam apavorados.

***


N/A: Gente! Eu não sei o que me deu! Quando vi já tinha cadastrado a fic! Me deem uma força! Critiquem para valer, ok! É uma  UA, espiãs... Gostam? To pensando em passar a calssficação para 16 17

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 2

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Carolzinha Gregol em 31/05/2011

gooooostei! não desiste. *-* sério meeesmo.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por rosana franco em 19/05/2011

Elas vão ser treinadas como agentes e quem irão proteger gostei do prologo vamos esperar o primeiro capitulo para saber como as coisas vão ficar.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.