FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

18. A última tarefa


Fic: Bem vindos de volta a Hogwarts


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

E lá estavam todos os alunos de Hogwarts, Durmstrang e Beauxbatons esperando ansiosos pelo início da última prova, a que definiria o grande campeão do torneio.


Scorpius, Sean e Claire estavam em pé cercados de amigos e os diretores de suas escolas. A frente deles havia uma enorme parede feita de plantas que pareciam de mexer aos poucos.


De repente o ar pareceu ficar mais tenso enquanto os campeões se despediam de seus amigos e se direcionavam as paredes.


Scorpius e Sean se entreolharam uma última vez e se cumprimentaram com um aceno de cabeça. Claire acenou do outro lado do lugar e sorriu para os dois.


- Em primeiro lugar estão Sean Parker e Scorpius Malfoy, sendo assim eles devem entrar juntos ao som do canhão. 1...2...- e então o canhão soou e a parede de plantas se abriu em duas pequenas passagens pelas quais os meninos passaram.


Não muito depois a parede abriu novamente e Claire entrou vacilante no labirinto.


Scorpius olhou para o céu escuro e tentou se guiar por meio das estrelas como seu diretor o havia sugerido.


-Direita com certeza- ele falou e seguiu por esse caminho riscando o chão com o pé.


Enquanto isso, Sean parou e olhou a bifurcação a sua frente. Ele colocou a mão no bolso e tirou de lá uma moeda trouxa que ele não sabia aonde havia conseguido.


- Cara eu vou pra direita, coroa eu vou pra esquerda- ele murmurou e jogou a moeda pra cima. – Coroa. – murmurou e disparou para a esquerda.


Já havia se passado pelo menos 40 minutos quando os dois meninos pararam abruptamente. Um grito agoniado e desesperado de Claire os fez virar e correr até a menina.


Scorpius e Sean avistaram Claire mais ou menos na mesma hora.


Ela estava de joelhos no chão, seu rosto coberto de arranhões e seus pulsos muitos vermelhos. Sua situação parecia até pior da dos meninos. Scorpius tinha um corte profundo na canela, muitos arranhões pelo corpo e sua roupa estava totalmente destroçada. Sean mancava e esfregava o braço que sangrava um pouco. A poucos metros de Claire, a taça do torneio brilhava, mas algo a impedia de seguir em frente.


Algo verde e brilhante estava em seu caminho e rastejava devagar até ela. As presas da criatura cintilavam por causa do veneno. A boca de Claire se abria mais nenhum grito saia lá de dentro. Sua varinha estava em sua mão, mas parecia que não fazia efeito algum na cobra.


Scorpius veio se aproximando devagar e viu Sean fazer o mesmo do outro lado de Claire.


Ele ergueu a varinha e gritou:


-Estupefaça- A cobra mal se mexeu, mas olhou para Scorpius ameaçadoramente e depois voltou a olhar para Claire.


-Scorpius, não!- a menina gritou ainda ajoelhada, mas ele se pôs na frente dela e a cobra quase que sorriu.


A criatura começou a se transformar em algo diferente. Uma pessoa, uma menina de cabelos alaranjados e levemente ondulados. A menina estava deitada no chão, morta.


Os olhos de Scorpius se encheram de lágrimas e ele começou a se aproximar


- Rose!- gritou Sean do outro lado e foi correndo até lá.


-Não se aproximem!- Claire gritou quase que tarde demais. Os dois meninos pararam e a encararam- Não é Rose, é um bicho-papão.


O bicho-papão então começou a se levantar e olhou para Sean, mas antes que ela pudesse se transformar em mais alguma coisa, Scorpius segurou a varinha com mais força, a apontou para o monstro e gritou:


-Riddikulus!- E “Rose” começou a sapatear alegremente enquanto tirava e colocava o chapéu.


O bicho-papão pareceu ter visto algo atrás do trio e correu em direção ao início do labirinto.


Depois que ele se foi, os três campeões se entreolharam e começaram a correr em direção à taça.


Scorpius a pegou agilmente e saiu correndo em direção à entrada do labirinto que, graças aos seus riscos no chão feitos pelo seu pé, agora era bem mais simples de se encontrar.


Assim que a parede de plantas se abriu e ele pode ver as arquibancadas, ele caiu no chão jogando a taça para o outro lado do local.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lilian Potter 10 em 18/01/2012

D + A ULTIMA PROVA

BICHO PAPÃO  excelente ideia

: ) 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Ju Weasley em 12/11/2011

Obrigadaaaa, mas agora vem a melhor parte haha *-*

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Richélita Souza em 11/11/2011
Ooiie,estou amando a fic....poste logo amoree...
Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.