FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

8. Mentiras são Apenas Verdades


Fic: Um Casamento Mais do Que Conveniente - DRAMIONE - CAP 20 ON


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 8: Mentiras são Apenas Verdades que Ainda não se Tornaram Reais.
Traduzido por xCamila
Betado por Tonks Fenix


“Gostar de dança foi um passo certo em direção ao amor.” – Jane Austen


“Eu acho que me apaixonei por ela na primeira vez em que nós dançamos” – Draco Malfoy


“Pode-se dizer que se apaixonar é semelhante a uma dança, você começa devagar, vai evoluindo gradativamente, e termina prostrado.” – Hermione Granger.




Draco sabia que se ele anunciasse seu noivado com esta mulher, a qual ele não via há anos e mal havia tido qualquer contato com ele quando o vira pela última vez, os membros da sua família (Bons e velhos Mãe e Pai) iriam vê-lo como louco. Ele não se importava. Sabia que algumas pessoas na sala (Cicatriz Estúpido, vulgo Potter) poderiam querer enfeitiçá-lo com um obliviate, por elas não acharem que ele era bom o suficiente para ela. Ele não se importava. Sabia também que alguns (todos os outros) não acreditariam que era verdade, porque não havia nenhuma maneira de Hermione Granger e Draco Malfoy terem um encontro, muito menos se casar. Ele não se importava.


Tinha certeza que pelo menos uma pessoa pensaria que era tudo fingimento (Hermione), e ele dificilmente se importaria com isso. Só se preocupava com o que queria. Ele só se importava com o que achava que estava certo. Estivera esperando por um fantasma, uma mulher misteriosa, reaparecer e salvá-lo dessa praga por muitos anos. Agora ele já não precisa esperar, porque alguém está salvando-o, e é ainda melhor, porque pelo menos ele conhecia Hermione, e ela estava aqui ao lado dele em carne e osso e em toda a sua glória. Ele já tinha uma história com ela, talvez uma história desgastada, mas antes uma história de louco do que história nenhuma, e pelo menos, o casamento com ela poderia parecer plausível para todos no salão... não que uma coisa como essa importasse para ele.


E então, ele sorriu e disse para Flint, “Faça o anúncio, meu velho.”


Marcus balançou a cabeça e disse, “Você tem certeza? Você está cem por cento certo?” Ele olhou para Hermione. “Granger, este é o Malfoy. Você perdeu o juízo? Você acaba de voltar ao país. Acredite em mim, ele não mudou enquanto você estava fora.”


“Droga, cara. Pare de exaltar minhas qualidades e faça o maldito anúncio, agora,” Draco disse sarcasticamente. Ele segurou a mão de Hermione firmemente na sua. Olhou para ela, que estava pálida. Ele a viu engolir em seco, ela estava tremendo um pouco. “Anime-se Granger, ele não está nos levando para a forca, apesar de tudo.”


“Você está certo, Draco” respondeu. “Além disso, é apenas uma farsa, certo? Eu estou apenas ajudando-o em uma situação apertada. Eu posso fazer isso. Não sou covarde.” Ela endireitou os ombros e sorriu.


Draco soltou uma risadinha maníaca, porque ele ERA um covarde e isso não era farsa. Ele disse, “Faça, Flint, agora.” Ele queria apressar antes que Hermione caísse na real e percebesse que Draco estava fazendo-a de trouxa.


Todo mundo já estava olhando para eles, e enquanto eles se misturavam, um murmúrio baixo de conversa tomava conta do salão. Marcus ergueu suas mãos e disse, “Pessoal, como todos já sabemos, esse baile e banquete está sendo realizado por uma razão muito específica, embora guardamos essa razão da maioria de vocês até agora. Draco Malfoy me pediu para convidar a todos vocês para compartilharem boas notícias com ele. Ele quer que todos participem de sua felicidade com o anúncio de seu noivado com Hermione Granger. Todos peguem uma taça de champanhe com o garçom e me ajudem a saudar este casal feliz.”


Marcus pegou duas taças de champanhe de um garçom, passou um a Hermione, e ficou com o outro para ele mesmo. Ele brindou sua taça com a dela. Ela assentiu com a cabeça e tomou um gole pequeno, então olhou para a multidão de pessoas. Ninguém estava bebendo. Ninguém. Todos estavam trocando olhares de horror e choque. Dizer que suas reações eram inesperadas seria mentira. Ela pensou que algumas pessoas ficariam em choque, mas não o salão inteiro.


Aparentemente, Draco também não esperava. Ele pegou uma taça de um garçom, sorriu para Hermione, embora por dentro ele estava em ebulição. Será que ele não merece a felicidade? Por que todo mundo estava sério? Por que ninguém acreditaria neste anúncio? Onde estava todo o apoio? Para onde foram as palavras e votos de felicitações? Não era a norma quando alguém anunciava seu noivado?


Draco se virou para Hermione e pode ver que ela estava visivelmente chateada. Ele disse, alto, “Não é você, amor, sou eu. Você é boa demais para mim e todos sabem disso.”


“Eu não acho que seja isso, Draco.” disse suavemente. Ela segurou sua taça na mão, voltou-se para ele e disse baixinho, “Talvez você deva lhes dizer que tudo isso não é verdade. Ninguém parece apreciar a brincadeira. Eles esperavam um anúncio real, e eles sabem que isso não é real. Tenho certeza que é isso. Diga a eles.”


Agora, Draco também estava sério. Ele sentiu uma pontada de raiva, ergueu a taça e disse, “Levante sua taça, Hermione.” Ela o fez. Ele entrelaçou seu braço com o dela e disse, “Beba, pela sua saúde, e pelo nosso casamento longo e feliz.” Ele se inclinou para a frente e sem jeito, tomou um gole. Ela também.


Ele pegou a taça das mãos trêmulas dela e disse, “Maestro, música, por favor. Eu gostaria de uma valsa para ser a primeira dança com minha noiva.”


Ele pegou a mão dela e puxou-a para o meio da multidão de rostos sérios. No entanto, um zumbido era presente no salão, agora. Todo mundo estava começando a fazer comentários. Nenhum dos comentários foi alto suficiente para qualquer um ouvir. A única coisa que eles conseguiam escutar era a música, suas respirações entrelaçadas, e a agradável batida de seus corações.


Uma mão nas costas dela, sobre a pele nua, que estava quente e macia, a outra segurando a mão dela possessivamente, contra o peito, ele a olhou. “Deu tudo certo, você não acha?”


Ela o olhou com olhos curiosos. “Draco, este foi um grande erro de sua parte. Todo mundo está olhando para a gente. Ninguém acredita nisso de qualquer maneira. No final da dança, você deve lhes dizer que é falso.”


“Não”, ele disse segurando-a mais perto. “Você não entende. Era esperado eu fazer este tipo de anúncio esta noite. Eu lhe disse isso. Eu fiz. Agora só o que posso fazer é relaxar e me divertir.”


Ela virou a cabeça para a direita, assim que ele virou para a esquerda. Ela examinou a multidão. Ninguém estava dançando. Todos os olhares ainda estavam sobre eles. Algumas pessoas olhavam com raiva. “Como você pode se divertir?” Hermione olhou diretamente para a mãe de Draco, e então rapidamente desviou o olhar. “Draco, eu acho que isso só vai dificultar as coisas para você quando você tiver que fazer o anúncio real, porque você vai ter que explicar por que você mentiu hoje à noite. Após a dança, apenas diga a todos que era uma brincadeira. Eles não precisam saber que você mentiu, para se salvar por algum tempo.”


Mais uma vez, ele repetiu, “Não.” Ele estava mais sério. Ele segurou-a com tanta força que ela quase fez uma careta. Por que ela não conseguia ver que ele queria que isso fosse real? Ele olhou para ela e então ele sabia... por que ela conseguiria? Esta era uma idéia louca, mas não significava que ele não queria. Ele teria, de alguma forma, que convencê-la a querer também.


“Aproveite a dança, amor, e relaxe. Você faria isso por mim? Lembre-se de sua resposta para esta noite.”


Ela fechou os olhos lentamente, se entregou ao som da orquestra, à sensação da mão dele em suas costas, sua outra mão pegando na dele. Ela colocou seu rosto no ombro dele. Se entregou à sensação de seu peito subindo e descendo, e da respiração dele soprando contra seu rosto. Ela se perguntava uma coisa... por que isso não poderia ser real? Ele precisava casar antes dos trinta anos. Que era em apenas três meses. Ela precisava da proteção que o casamento com ele poderia oferecer. Não teria mais problemas com dinheiro, e não teria mais que se preocupar com Kevin dizendo ao mundo que Alice não era dele (porque essa era a ameaça dele o tempo todo), e Alice estaria com seu pai verdadeiro.


Talvez ela devesse seguir com isso, manter-se na farsa, e no final, convencê-lo que um casamento com ela seria conveniente para ambos. Ela finalmente abriu os olhos quando a música terminou, e quando o fez, ela percebeu que não podia mais negar seu coração. Havia negado por muito tempo, então disse, “Sim.”


“Eu não pedi nada desta vez.”, disse ele com um sorriso torto.


“Oh,” respondeu envergonhada. Ele pegou sua mão enquanto caminhava para fora da pista. Para seu espanto, a multidão aplaudia enquanto caminhavam saíam da pista. As pessoas começavam a se voltar para Draco, apertando sua mão e lhes desejando felicidades. Pessoas que Hermione conhecia sorriram para ela e faziam o mesmo. Algumas pessoas ainda estavam em estado de choque, mas em sua maior parte, eles foram recebidos com um caloroso entusiasmo.


As pessoas estavam finalmente começando a se socializar, e os murmúrios baixos de conversa, agora eram altos. A música recomeçou, e mais e mais pessoas preenchiam a pista de dança. No entanto, os dois foram direto na direção de uma mulher com os cabelos negros, amontoados no alto de sua cabeça, e um homem pequeno, com um nariz achatado, e cabelo loiro oleoso.


Enquanto eles caminhavam na direção deles, Hermione disse, “Foi melhor do que eu pensava.”


“Foi, amor, foi. Vamos ver o quão bom o resto da noite vai ser, antes que você faça seu julgamento final.”, ele sussurrou em seu ouvido. Sua mão ainda estava segurando a dela. Ela gostou disso mais do que deveria. Parecia certo, e ela descobriu que queria que fosse assim.


“Hermione, eu posso apresentar a minha tia Phillipa e meu primo Talbert Malfoy. Phillipa foi casada com o irmão mais novo do meu pai, que morreu há muito tempo. Tia, Talbert... Esta é a minha noiva, Hermione Granger.” Draco olhou para os dois de uma forma desafiadora, antes de dar um passo para trás para observar suas reações.


A mulher sorriu para ela, mas Hermione podia ver seu desprezo. Ela estendeu a mão.  Hermione segurou de volta, como se fosse um peixe morto. Ela virou para Draco, “Que conveniente você finalmente fez o seu anúncio, sobrinho. Eu sabia que você era um menino esperto. Sua mãe e seu pai estavam começando a se perguntar se você faria a coisa certa, mas é claro, você não fez a coisa certa, não é? Casar-se com uma sangue-ruim não é exatamente certo, mas acho que ainda cumpre os requisitos.”


Hermione ignorou os sons em volta dela... a multidão, a música, as pessoas, e focou sua atenção na mulher detestável à sua frente. Antes que ela pudesse se defender, Draco, na sua voz de maior desprezo, declarou, “E como é apropriado para você, tia querida, mostrar a todos sua verdadeira face. Eu não irei descer ao seu nível chamando-lhe de outro nome, mas eu vou ressaltar o fato de que se você chamar minha amada noiva de “sangue-ruim” mais uma vez, vou mostrar a todos quem você realmente é.”


Virou-se para Talbert e disse, “Como você tem estado, Talbert meu velho?”


O outro homem apenas sorriu, provocou uma risada nervosa, e disse “Ótima notícia, Draco. Excelente, de verdade, parabéns.” Apertou a mão de Draco e então falou para Hermione, “Eu vou esperar uma dança mais tarde.”


“A dança vai levar o resto de sua vida, Talbert, mas foi gentil de sua parte oferecer,” respondeu Draco.


Em seguida, o casal seguiu na direção da mãe e do pai de Draco. Hermione estava ciente de que eles não eram mais casados, mas eles pareciam unidos enquanto os esperavam. Hermione ajeitou sua postura e fez uma cara de desafio. Ela não tinha medo dessas pessoas, ou o que poderiam dizer a ela. Se o pai dele a chamasse de sangue-ruim, assim como sua tia acabou de fazer, ela poderia puxar sua varinha da dobra de seu vestido, onde ela a havia escondido, e enfeitiçá-lo.


Imagine sua surpresa quando eles se aproximaram do casal e a mãe de Draco se inclinou, pegou nos ombros de Hermione, e pressionou um leve beijo em sua bochecha. “Oh minha querida, esta é uma notícia tão maravilhosa. Draco prometeu que ia fazer o anúncio hoje à noite, e estou tão feliz que ele fez. Isso é perfeito, não é, Lucius?”


De alguma forma, Hermione imaginava que Lucius discordaria, então de novo, ela estava completamente chocada quando o velho homem disse, “Eu achava que ele nunca iria fazer isso. Estava certo que ele iria deixar sua herança inteira ir para o idiota do Talbert algum dia. Eu estava fadado a morrer, sem nunca saber se a minha casa e fortuna iriam para meu sobrinho, só porque ele era casado, e porque meu próprio filho não era. Agora eu não tenho nenhuma razão para me preocupar. Fez muito bem, filho”. Ele apertou a mão de Draco e então voltou sua atenção para Hermione.


Hermione rapidamente olhou para Draco, que encolheu os ombros. Ele também ficou surpreso com o aparente apoio deles. Lucius estendeu a mão. Hermione timidamente colocou sua mão na dele. Ele sacudiu para cima e para baixo três vezes, então antes de deixar cair, trouxe-a para os lábios e beijou-a. “Você será uma esposa maravilhosa para meu filho, Senhorita Granger.”


Draco agradeceu aos pais e, em seguida, pegou o braço de Hermione e levou-a embora.


“Draco, isso foi mais do que estranho”, ela disse.


“Eu concordo, mas estou feliz com isso. Eu acho que eles estão apenas agradecidos que eu finalmente estou me casando, e eles não terão que sustentar um dia um homem velho de trinta anos. Eles, evidentemente, não se importam com quem eu vou casar, sem ofensas.”


“Nenhuma, eu acho, mas o que você vai dizer a eles mais tarde? Nós vamos agir como se tivéssemos uma grande briga, quando terminarmos o noivado?” perguntou.


“Aí vem o Potter, é sua vez de dizer algo agradável sobre mim para ele.” Draco disse divertido, enquanto ignorava a pergunta.


Hermione olhou para ele e disse rapidamente, “Você não respondeu a minha pergunta, nem disse nada de bom sobre mim para ninguém... oh, Harry, olá.”


Harry tinha pegado sua mão e foi puxando-a para longe de Draco, que ainda tinha o braço dela em sua mão. Ele deslizou sua mão pelo seu braço, para pegar a outra mão. Que causou arrepios por sua espinha. Ela ignorou Harry na sua mão direita, para olhar para Draco segurando sua esquerda.


Harry exigiu sua atenção novamente quando ele sibilou, “Que diabos está acontecendo aqui?”


“É uma farsa, Harry. Draco teve que fazer este anúncio hoje à noite, porque essa era a finalidade deste baile, mas ele não tinha uma mulher no qual estava noivo, então ele me pediu para ajudar.”


Draco disse, “Mas agora, nós poderíamos realmente nos casar, porque seria vantajoso para nós dois, então pegue isto e enfie na sua cicatriz.”


Hermione riu e virou-se para Draco “Eu repito, você é tão estranho às vezes.”


“Mas esse é o meu charme, certo amor? Draco riu.


Harry balançou a cabeça, “Vocês são dois loucos! Isso é uma brincadeira! É isso que você está dizendo? Não é real? Porque, eu tenho que lhe dizer, Hermione, se for real, esse é o maior erro de sua vida, bem, talvez o segundo maior erro.”


Hermione soltou as mãos de ambos os homens e olhou com fúria para Harry. “O que você quer dizer com ESSA afirmação?”


“Acho que você sabe exatamente o que quero dizer, e envolve esse idiota também,” disse Harry enquanto apontava para Draco.


Os olhos de Hermione se dilataram e ela correu para perto de Harry, colocou seu dedo em seu peito e disse, “Como você ousa dizer que foi um erro!” Ele estava se referindo à Alice, e ninguém nunca disse algo sobre a filha dela assim e fugiu ileso. “Retire essa afirmação ou eu nunca mais irei perdoá-lo!”


Draco estava completamente confuso, mas satisfeito de que Hermione estava dando ao menino-prodígio o que lhe era devido.


“Eu mantenho minha afirmação,” Ele se virou e se afastou dela. Ela se virou e correu do salão. Draco estava lá, e se perguntou quem deveria seguir. Deveria seguir Potter e pedir-lhe para explicar essa discussão, ou ele deveria seguir Hermione e confortá-la por uma grosseria na qual ele não entendia?


Ele seguiu Hermione.


Ela estava parada em um pequeno corredor próximo ao banheiro. De costas para ele, ela parecia estar chorando.


Ele tocou em seu ombro e disse, “Não deixe o Potter incomodá-la. Ele não vale a pena.”


“Ele é meu melhor amigo” defendeu. Ela se virou para ele e secou uma única lágrima que escorria por sua face com sua mão. Por algum motivo, ele desejou que ele tivesse a secado.


Draco riu, “Nós deveríamos mesmo deixá-lo louco e nos casar de verdade. Isso provaria tudo a eles.”


Ela sorriu e fez um pequeno som que parecia uma risada. “Sim, sim, provaria.”


“Quero dizer, seria simples, e resolveria todos os nossos problemas,” disse ele nervoso, esperando que ela pensasse que ele estava apenas brincando. Foi em sua direção e correu um único dedo pelo seu ombro. Ela soltou um suspiro pequeno que ela estava segurando.


Mais uma vez, ela disse, “Sim, seria.”


“Minha mãe está, provavelmente, lá, planejando nosso casamento enquanto falamos”, respondeu ele, apreensivo. Poderia realmente ser tão fácil, ou ela somente concordando com suas sugestões porque estava chateada?


Seu dedo voltou para o braço dela, pelo seu ombro, para a clavícula. O vestido era alto na frente, com um estilo frente-único, então ele não podia ver o decote, mas os seios dela intumesceram contra o suntuoso tecido apertado do corpete, e sua virilha manifestou-se contra os limites de sua calça enquanto Draco olhava para eles.


Ele moveu seu dedo da clavícula, para o pescoço dela. Colocou a mão inteira em seu pescoço, seus dedos se espalharam através da pele lisa, tocando, segurando, movendo-se para sua nuca, para sentir seu cabelo. Seu polegar manteve-se em seu pulso, que era rápido e forte. Tudo nela parecia familiar e enchia-o de querer. Até o cheiro dela era familiar. Ele se inclinou e colocou seu nariz ao longo de sua mandíbula. Ela moveu a cabeça para o lado para permitir a procura e, em seguida, ela suspirou.


Ele a beijou em seu pulso e disse, “Você cheira tão bem. Que perfume é esse?”


“Só um que eu tenho usado desde que eu era mais nova. Minha mãe fez especialmente para mim no meu aniversário de vinte anos. Nele possui flores de cerejeira.” Ela mal podia falar, enquanto os lábios dele beijavam seu pescoço, e depois seu ombro. A mão nas costas dela moveu-se para baixo de sua coluna, causando arrepios.


Ela colocou as duas mãos em seus ombros. Ele levantou a cabeça para dizer, “O que nós deveríamos fazer, é sair daqui amanhã e ir para minha casa aqui perto, no litoral. Chama-se Whitehall, e minha mãe e minha tia estarão por lá temporariamente. Não seria elegante não aparecer lá. Não concorda?” Ele esperava que não estivesse apertando sua mão. Ele retomou o seu beijo, desta vez, beijando-lhe a mandíbula e bochecha, mas evitando sua boca a todo custo. Estaria condenado se a beijasse na boca. Não conseguiriam voltar para o salão se o fizesse.


Quando ela não respondeu, ele continuou, “Você deve provar a todos, e realmente me fazer casar com você. Isso seria um triunfo, não acha?”


Ele decidiu não a deixar responder. Em vez disso, ele quis que ela pensasse sobre as coisas. Ele olhou profundamente em seus olhos, colocou as mãos em cada lado do rosto, e gentilmente acariciou seu rosto com os polegares. Os olhos dela estavam um pouco fechados, ele supôs que fosse por desejo, porque ele sabia que estava cheio desse sentimento e muito mais.


Por quê? Oh! Por que isso parecia tão real para ele? Por que ele realmente quer se casar com ela? Por que essa sensação de que ele estava esperando por ela?


Ele não podia esperar mais. Precisava beijar sua boca. Abaixou a cabeça, seus lábios tocaram suavemente os dela, com firmeza, seduzindo-a a abrir-lhe. Ela abriu seus lábios; suas mãos passaram de seus ombros até a sua cintura. Para o momento, as mãos dele permaneceram em seu rosto. Sua língua enrolou na sua boca, acariciou o céu de sua boca, os lados, até mesmo os dentes, antes se voltar para a dela. De repente, eles se agarraram com força, enquanto o beijo se aprofundava e continuava.


Suas mãos agora estavam levemente passando pelo seu corpo. As dela estavam segurando seu casaco, como se fosse sua vida, sentindo como se estivesse se afogando em um mar, e só ele poderia salvá-la. A paixão crua e verdadeira passou através dele e para ela, assim como aconteceu naquela noite quase cinco anos atrás, e isso a deixou sentindo um remorso triste, em vez de felicidade. Ela poderia ter tido isso o tempo todo, se ela só tivesse mostrado para ele seu rosto naquela noite no baile, quase cinco anos atrás.


Bem, esse baile iria revelar-se diferente. Ele terminou o beijo, e descansou a testa no ombro dela. “Pelo menos isso foi bastante real, e muito, muito bom, se eu posso dizer por mim.”


Ela teria que concordar. Ela tinha cometido um erro no julgamento há cinco anos, mas ela não faria isso novamente. Ela não tinha certeza se Draco estava brincando antes, quando ele disse que eles deveriam tornar em um noivado real, mas ela não deixaria nada ao acaso. Ela o empurrou, para ter certeza de que ela conseguiria ficar de pé sozinha, já que ela sentia seus joelhos cederem enquanto eles se beijaram.


Ele não iria deixá-la ir longe, manteve as mãos sobre seus braços nus. Ela manteve as mãos sobre o peito dele. Confessou, “Sim, isso foi muito bom. Se você foi sincero com a oferta de viajar para a sua propriedade, eu adoraria estender minhas férias, e acho que a Alice iria amar. Draco, você não acha que, talvez, poderíamos continuar esta farsa, enquanto estivermos lá?” Por dentro, ela estava cantando “diga sim, diga sim, apenas diga sim!”


“Agora você quer que a minha resposta seja ‘sim’?”, perguntou ele. Ela assentiu. Ele poderia transformar esse noivado de mentirinha em um real em um determinado tempo, e ela simplesmente ofereceu-lhe o tempo que precisava para fazê-lo! Ele a teria e Alice e sua fortuna, e tudo estaria perfeito. Inferno, ele teria até que manter a babá narcolepsa (*)! Com o tempo, ela iria querer isso tanto quanto ele. Ele agarrou a mão dela e ficou de joelhos. “Eu acho que seria uma boa idéia para manter a farsa por mais algum tempo. Hermione Granger, você vai fingir se casar comigo?”


Fingir. Ela poderia fingir por agora, e fazer com que ele queira que seja real depois. Ela respondeu do jeito que ele a instruiu, “Sim”.


(*) que sofre de narcolepsia (enfermidade caracterizada por ataques de sono incontroláveis)


--------------------------------------------------------------


N/B: esse capítulo foi maravilhoso, como esse casal tem química minha gente.. rsrs Me surpreendi tanto quanto a Mione com a reação de Lucius... o q o dinheiro não faz, né?! Até a próxima galera!


N/A: E esse beijo dos dois! Merlin! Ficou quente até aqui! Hehehehe E o Harry falar aquelas coisas pra Hermione? Xiii! Vamos ver no que vai dar!

Continuem comentando muuuuito e votando muuuito na fic! Temos quase 60 leitores (*-*) e só 15% deles comentam! Que absurdo! Só as autoras compreendem o que sinto neste momento ç.ç huahauhauahhauua Tá, acabou momento drama! Vamos responder os comentários das minhas queridas leitoras que merecem!


Janayna von Uckermann: E o que achou do noivado dos dois?? Melhor do que esperava, não é? Ahhh! Juro que não vai demorar muito para o Draco ficar sabendo! Mas não posso contar mais do que isso! :X


Thata_Malfoy21: Pois é! Não sei se valeu mais a pena o dinheiro ou ele realmente está mudado! Vamos ver, não é? E o que achou da grande notícia? Obrigadaa por ter comentado!


Jheni weasley: Obrigada Jhenii!  A Tonks agradeceu também, logo acima do seu comentário, caso você não tenha visto! Você é uma fofa! Mas digamos que a reação do Harry não foi tão hilária assim, mais engraçado foi a reação do Draco pela reação do Harry! Isso sim! Heheheh Mas algo me diz que o Draco não vai precisar de muito esforço para conquistar a Mione, o que você acha? E a Alice é um anjo mesmo! Obrigada pelo comentário, linda! Continue votando e comentando! Beijos!


Angel_Slytherin: Merlin! Quantos comentários! Hehehe Essa fic é linda mesmo! Não te preocupes, não sou dessas de desistir e abandonar a fic pela metade! A Alice é realmente uma fofa queria uma filha como ela! E claaaaro, um Draco como marido, por que não? Hauhau Menina, se quiseres tu podes participar das nossas altas conversas tentando traduzir umas expressões que a gente não usa por aqui! Chega até ser engraçado! Continue comentando e votando, flor! Amo tuas fics! Tu mesma já viste que eu sempre estou por lá! Beijo!


hellen: Vai sim ser muito bom! Obrigada pelo elogio! Nem fez muita pressão dessa vez, né? Hauahuah Mas aqui está o capítulo prontinho! Espero que goste!


thatah: Que bom que você está gostando! Lembrando que é uma tradução e então não tenho poder quanto ao fazer o Rony aparecer! Mas continue comentando e votando porque a fic é incrível e vale a pena conferir sempre!


Landa MS: Foi mais ou menos isso que aconteceu, a exceção que ele não precisou se jogar aos pés dela! É bem o que a Tonks Fenix disse, o que o dinheiro não faz? Obrigada por comentar, flor!


Queen Malfoy.: Que bom que você tenha gostado! Dramiones em geral são seeempre de tirar o fôlego! *-* Continue comentando e votando, linda! Beijos!


Layra Black: Leitora nova! Como já disse, tudo que envolve esses dois é perfeito! Continue comentando, votando e dizendo o que você acha!


Hilary J. S. Lestrange: O Draco acha que é fácil, mas todos nós sabemos que não vai ser muito difícil, não é? E o esforço de sempre comentar já vale! Beijos, flor!


Katie Black:  Reações diferentes dos Malfoys com a notícia do casamento, não? Parece que nem todos queriam que o Draco fizesse o anúncio! Muita confusão ainda vai aparecer por causa disso! Obrigada por ter comentado! Apareça sempre!


Naaty A. Silva: Surpresa com a reação dos Malfoys? Hehehee Acho que tu ainda vais te surpreender muito com essa fic! Beijos, continue comentando e votando!


Scarlett: Algo me diz que o Lúcio teria um ataque do coração se o Draco não anunciasse o casamento dele com ninguém! Isso sim! Hehehehe Obrigada pelo comentário! Beijos!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 13

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Dark Moon em 16/12/2012

Own que fofinho

eles planejando como conquistar o outro hauhauah adoreii

perfeita

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por the em 25/07/2012

que fofura essa fic

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por sonimai em 31/03/2012

uawwwwww.....não esperava essa reação do Harry,nem dos pais do Draco,muitooo bom o cap

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Iza Greenleaf em 12/09/2011
Caracas! Tão fascinante, envolvente essa fic! Maravilinda! Ah Leitora Nova =) a Alice é a pequena mais encantadora, fofa demais... Alguém pode pufavor me explicar oq aconteceu com Lúcio? Porque esse definitivamente não é o Lúcio q eu conheço kkkk. Estou adorando a fic, por favorzinho, não demore com o próximo cap ;)
Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Angel_Slytherin em 11/09/2011

Eu posso ajudar voce, com certeza! ;D Teria o maior prazer do mundo. heheheh.

Se quiser, me add no msn: danielle.ribeiro@ajato.com.br (é esse mesmo, pode add).

O capitulo está maravilhoso como sempre, não podia ser diferente certo!? Bem, ficarei esperando ansiosa pelo proximo capitulo. hehehe.

Beijos
Angel_S

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Mohrod em 09/09/2011

ah, por favor, possta logo... eu to amando a fic! *-* é linda...

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Prado Soares em 08/09/2011

falta de comentário realmente mata!!! kkkkkkkk adorei o cap, to amando nao ter os errosnormais que traduções costumam ter! Parbén msm... continuo por aqui, e não saitão cedo... suahauhusahusahusah o cap ficou ótimo... as dois são fodas juntos... espero pelo prox, viu? beijinhoz ;)

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por hellen em 06/09/2011

ah parabéns pelo capítulo!

Ficou muito boom, sahioashiohsaias

quando DRaco vai descobrir a verdade sobre a filha?

Bjss

*--*

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Katie Black em 04/09/2011
Adorei!! Realmente, nao eram essas as reaçoes que se esperava, mas ficou melhor assim com a surpresa! E esse beijo?! Muito lindoo (e sem interrupçoes, kkk)! Só estou com saudades de Alice... Tô esperando o next cap! Bjss!
Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Morgana Granger Malfoy em 04/09/2011

oooi :]  Eu estou definitivamente, VICIADA nessa fic *-*  Você, escreve muito bem :) Parabéns, e POR FAVOR não demore muito, eu fico MUITO anciosa. HAHA'  Estou adorando a história, ai quero que Hermione conte toda a verdade pra ele, estou ficando desesperada já.  UASHUSHAHUSUASU'  bom, eu estou esperando pelo próximo capítulo :)  beijos :*

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Jheni weasley em 04/09/2011

Adorei tudo, vocês duas estão fazendo um ótimo trabalho viu, parabéns!!

Merlin a reação do Lucius me surpreendeu tenho que concorda com a Thata " acho que é o efeito do dinheiro". E a reação do Harry na podia se esperar ourar, mais colocar o anjinho da Alice no meio, ela que não tem culpa de nada, que nem sabe quem é seu pai de verdade isso sim foi um erro. Acho que Narcisa vai se apaixonar pela Alice quando ela for com a Hermione para Whitehall, mais quem ne se apaixonaria por essa doce menina. Hermione que se prepare, pois a tia do Draco não é flor que se cheire.Beijokas ansiosas pelo próximo capitulo.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Thata_Malfoy21 em 04/09/2011

Me surpreendi com a reação do Lucius, mas não acho que ele mudou, acho que é o efeito do dinheiro...

Esse beeeeeijo... POR MERLIN! A quimica deles é demais.

Espero que o Draquinho descubra logo que a Alice é sua filha.

E a Mione cheia de planos... adoooooooro! 

Péssima atitude do Harry! -.- Como pode falar assim da Alice? Ela é tão adorável `*-*

Esperando pelo próximo, não demora não, por favor!! hehe

:*

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por leleu_mione em 03/09/2011

Estou adorando essa fic, adoro DRAMIONE. Agora quero ver como eles vão se comportar daqui pra frente, beijos

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.