FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

16. An old friend back.


Fic: A Broken Heart and a Troubled Mind - reescrevendo


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Hogwarts andava calma.Os alunos estavam todos ocupados com N.I.E.M’s e N.O.M’s.Sorte a minha que eu não precisava fazer essas joças de provas.Mas em compensação,os professores pegavam pesado nas aulas.Eu não agüentava mais aquele maldito blábláblá do professor Rookwood.Ele pedia trabalhos impossíveis,coisas sem sentido algum.Como,por exemplo,um trabalho de como se proteger contra diabretes.Por Merlin,quem é que encontra um diabrete assim do nada pela rua?


Eu estava ficando louca daquele jeito. Elizabeth dizia que estava a mesma coisa na Sonserina.Então,eis que uma idéia iluminou nossos caminho.Precisávamos divertir aquele lugar.Uma pegadinha.Uma vitima.Muitas risadas.


Jennifer Gold. Lufana. Quartanista. Monitora chefe. Batedora da Lufa-Lufa. Nossa vitima perfeita. O local para isso: Sala de DCAT.


Eu coloquei uma bomba de bosta em cima da porta, ativada por um mecanismo na minha mão. Quando Jennifer entrasse na sala, a bomba a atingiria em cheio. Dito e feito. A bomba acertou a cara dela. Todos riram muito, eu e Liz não parávamos de gargalhar.


É claro que Rookwwod, como diretor comunal da Lufa-Lufa, não deixaria assim, e ele sabia quem havia feito aquilo. Como castigo, tivemos que limpar a sujeira, fazer um puta trabalho sobre os lobisomens e ficamos de detenção. Pontos foram descontados de nossas casas. Mas a detenção foi boa, uma semana divertida. E os pontos foram recuperados com nossos trabalhos esplendidos. 


____________________________________________________________________________________________________


Eu estava andando apressada pelos corredores do castelo, eu precisava falar com Allynne,queria saber como ela estava sobre toda a pressão dos N.I.E.M’s,mas algo me impediu.


Eu tropecei e caí sobre um menino. Eu como sempre desastrada pra caralho,né.


- Desculpa aí,eu não te vi no caminho... Eu... – Eu olhei para cima e o reconheci. Peter Winchester, o menino que me ajudou em Londres quando eu fugi da mansão dos Williams, ele estudava em Hogwarts?Por Merlin!


- Annie?!Você estuda em Hogwarts? – Ele estava mais espantado que eu. – Nossa não tinha reparado nisso naquele dia lá em Londres.


- Eu também não, mas que bom que nos encontramos aqui. – Ele ficou vermelho, talvez de timidez ou saiba lá o que,mas meus olhos se voltaram para suas vestes. – Lufano,certo?


- Claro, e você... Grifinória.Hey,foi você que soltou a bomba de bosta na Jennifer Gold? – Por Merlin eu estava famosa desse jeito?Ta certo que na Grifinória todos aplaudiram e na Sonserina também,mas os Lufanos deviam estar morrendo de raiva,isso se comprovou quando alguns lufanos  tentaram me derrubar da vassoura na aula de vôo.


- Ah, eu... Foi... Mas... Não foi de propósito sabe...


- Aquilo foi demais.


- Sério?Não esta com vontade de me derrubar da vassoura como os seus colegas? – Um lufano do contra?Merlin, o mundo está maluco!


- É claro que não, eu odeio Jennifer Gold, ela acha que a melhor da Lufa-Lufa.


- Nossa, que... Legal isso Peter. Mas então, você está indo para onde?


- Na verdade,eu estava indo para as estufas. – Ele estava muito estranho,ficou corado e começou a passar a mão no cabelo.Ele era um menino alto,com cabelos castanhos e olhos muuuuito azuis. – E você?


- Ah,para lá também. – Eu até havia esquecido de falar com Allynne,me virei e fui andando com Peter.


Ele era realmente incrível.Odiava quem eu odiava,queria ser apanhador da Lufa-Lufa,mas não podia porque o cargo estava ocupado,assim como eu queria e não podia,Fred era o apanhador.Ele era uma versão minha,mas era homem.Pelo tanto que ele contava sobre sua vida eu poderia ter escrito sua biografia.Ele morava em Londres,no mesmo bairro que eu.Seus pais morreram quando ele tinha 7 anos,em um acidente no Ministério,desde então ele mora com  a avó.


Ficamos um bom tempo nas estufas,depois ele foi comigo até a torre da Grifinória e foi para a comuna da Lufa-Lufa.Eu entrei no dormitório e me atirei na cama,eu me sentia leve,como se fosse voar.Era bom conversar com alguém que me entendia.E caralho,conversamos muito naquele dia.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.