FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

22. Baile: Parte I


Fic: Garota Malvada


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

[...] Dá-me um sinal...

Um minuto a mais para conversarmos...

Dá-me somente uma oportunidade,

Para poder apaixonar-me cada dia mais!





Musica: Enséñame.
Autor: RBD.




N/A: Acho que vocês estão pensando (RBD de novo?Mas que chato...), bem, eu coloco as musicas que são mais a cara do capitulo.E como eu estou em uma fase meio dramática na minha vida, eu coloco essas musicas tristes....Huahuahuahua. (Eu sou boba mesmo).
Ah, se puderem baixem as músicas.Não irão se arrepender...!São bem bonitinhas.

Isso é porque eu curto Hard Core....huahuahua!

Bjks e aproveitem a leitura...

...Falo com vocês no final do capitulo... ^.^




Bateu com tanta força a porta do dormitório feminino, que ainda ficou se perguntando como que as garotas que já dormiam não tinham acordado.
Com certeza elas estariavam num sono profundo.

Jogou-se de qualquer jeito na cama e ficou de barriga para baixo com a cabeça enterrada no travesseiro.

Novamente começou a chorar.Porque diabos tinha que ter abraçado o babaca do Potter?E pra completar ainda fizera isso chorando.Chorando como uma garotinha desprotegida a qual precisava de carinho...

Queria se bater...Morrer...

Porque tinha que ser tão idiota ao ponto de ter feito aquilo?

Agora estava se achando a garotinha mais frágil e doce daquela escola.
O maldito do Potter, com certeza estaria se gabando e rindo de sua cara naquele momento.

Também, queria que ele e o resto do mundo se explodisse e que sobrasse somente si mesma...

Queria fugir pra nunca mais ter que ver o rosto tão...tão...Tão lindo que ele possuia.

Porque tinha que amar o cara errado?Porque não podia se apaixonar simplesmente por...Edw...Ou até mesmo Draco?

Sim!Até Draco era melhor que o maldito Harry Potter!

Se fosse a tempos atrás, só de passar um pensamento ridiculo desses em sua cabeça, seria capaz de achar que estava doida e precisava ir para o St Mungus, mas agora achava que se precisase casar com Draco para esquecer o idiota do Potter, faria, e com muito gosto.Mesmo que sua familia nunca mais olhasse na sua cara.Se isso fosse provado que esqueceria Harry, com certeza já estaria de aliança no dedo!

Ficou mais um tempo pensando em tudo que havia lhe ocorrido, e sinceramente, tinha vontade de se sufocar com o próprio travesseiro.

Flash's

Se soltou daquele abraço acolhedor e Harry sorriu.Sorriu de um jeito doce, que dava vontade de agarrá-lo e beijá-lo até ficar sem ar.

Mas em questão de segundos viu a grávidade do que fizera.Estava chorando na frente de seu inimigo e ainda o abraçara, deixando bem claro que precisava daquilo a muito tempo.

Droga!Como fora idiota.Nem pensara nas conseqüencias e justamente agora fora se tocar.

Se levantou e enxugou as lágrimas.Iria correr para seu quarto, encher uma banheira e enfiar a cabeça lá dentro.Quem sabe não conseguiria cometer um suicidio né?

-Tá tudo bem agora Gina?-Ele sorriu de forma calorosa, o que quase a fez mudar de idéia sobre ele.

-Eu...Eu te odeio Potter...-Disse crispando os lábios e com a respiração ofegante.

Harry ergueu uma sobrancelha um pouco confuso e com cara de que tentava achar uma resposta para a reação inesperada da ruiva.

-Mas o que eu fiz agora?-Ele perguntou um pouco confuso e muito indignado.-Gina, o que eu fiz?-Ele repetiu ao vê-la abaixar a cabeça.

-Nasceu...-Ela proferiu antes de sair correndo daquela maldita sala de música.

Fim do Flash




Es dolor el saber

Que lo nuestro se puede terminar

Porque simple y sencillamente

Nunca he sabido actuar...





O que achava de si própria naquele momento?Uma idiota a qual não sabia conter nem os póprios impulsos.Uma Gina igualzinha a de quando tinha 11 anos e corava só de fitar aqueles olhos mágicos de Harry.

Mas será que ele tinha culpa de tudo o que lhe acontecia?

Mas é claro qeu tinha! -Conluiu depois de um tempo pensando- Ele era o causador de sua fata de fome, de sua insônia, de seu péssimo desempenho nas aulas...Em fim, ele era o causador de sua tristeza e desespero...

Bufou e fechou os olhos fortemente.

Ou dormia ou acabaria ficando louca e ai realmente faria questão de que á levassem para o St Mungos...




Manhã

Já tinha tomado seu banho e aquela coisinha ruiva na cama ainda nem tinha se levantado.Será que Gina estava bem?Okay, não tinha outra opção, teria que acordá-la e dizer que a terra ainda estava Girando e as aulas começando...

Aproximou-se um tanto cautelosa.Realmente chegou a conclusão de que tinha medo de Gina.Tinha medo dos gritos dela, em fim, tinha medo dela lhe lançar algum feitiço ao qual só teria poucas horas de vida.

Colocou uma das mãos no ombro da amiga e sacudiu de forma carinhosa a qual não á fizesse acordar assustada.

-Gina, acorda...-Murmurou ao pé do ouvido da garota.

Nada!Ou a ruiva estava morta ou então num sono de pedra.

-Gina!-Falou um pouco mais alto, fazendo está se revirar na cama.

Okay!Muito bom...Ela ainda estava viva.Agora, sobre si mesma...Já era outra história e duvidava muito que depois do que fosse fazer ainda ficasse viva...

-GINA ACORDA!-Gritou tão alto que algumas meninas olharam com cara feia.

A ruiva abriu os olhos rapidamente.

-Putz, quem foi a maluca que gritou?-Perguntou tirando o cabelo do rosto e se sentando na cama.

-Eu.-Nick respondeu com cara de anjo.

E que anjo chato viu... -Gina concluiu após se recuperar do susto-.

-O que você quer?-Perguntou suspirando e procurando os óculos em cima do criado mudo ao lado de sua cama.

Colocou-os e viu Nick com o cenho franzido.

-Gina querida, não é querendo parecer uma velha chata, mas já parecendo, hojé é terça-feira e temos MUITAS aulas para comparecer ainda...-Informou.

-E dai?-A ruiva perguntou dando de ombros.

-Como assim e dai??

-Eu não vou para as aulas hoje...-Falou voltando a se deitar na cama.

-Porque?

-Não estou com vontade...-Respondeu de mal grado.

-Gininha...-Revirou os olhos.-Quero dizer, Gina, temos duas aulas com a Minerva hoje...

-Não me importo...-Infirmou virando-se para o lado onde pudesse fitar Nick.

-Gina, você tá passando bem?-Perguntou de forma preocupada.

-Do que isso importa?-Bufou.

-Acho que vou te levar na enfermaria...!Vamos, levanta!

-Não enche Nick, eu quero ficar sozinha...-Fechou os olhos na intenção de que a morena fosse embora.

-O que aconteceu ontem a noite com você e o Potter?-A morena perguntou emburrada com a chatisse de Gina.

A ruiva abriu rapidamente os olhos, cerrando-os logo em seguida.

-Não aconteceu nada!Será que é dificil de acreditar que só quero dormir um pouco mais?

-Primeiro...-Nick começou, falando de um jeito nervoso.-Você nem me mencionou essa possibilidade.Segundo...Eu não acredito em desculpas esfarrapadas.E...Terceiro...Eu só saio daqui quando você me contar a verdade!

Gina levou ar aos pulmões e logo soltou pela boca, na tentativa de se acalmar.

-Tá bom Nicolly...-Voltou a se sentar na cama, ainda envolta de cobertores.-Eu fiz a pior burrada da minha vida ontem e ainda não estou pronta pra sair da cama...

-O que aconteceu?-Nick suspirou.Gina era realmente estranha.

-Aconteceu que eu abraçei o maldito do Potter!-Contou fazendo uma horrivel careta, deixando bem claro que não gostava de se lembrar.

Nicolly começou a rir e só parou quando viu o olhar incrédulo da ruiva.

-E o que tem de mais em abraçar alguém Gina?-Perguntou contendo a vontade de rir.

-O fato é que eu ainda chorei na frente dele...Abraçada com ele...

Nick arregalou os olhos.Ai já era outra história...

-Po...Porque?

-Eu não me contive...!Ele estava tão lindo ontem...O jeito encantador que ele falava e ai quando nós cantamos uma música que eu fiz pra ele...Simplesmente não aguentei.

-Que musica?-A morena perguntou curiosa.

-Sou quem te ama em silêncio... -Informou olhando para a janela onde entrava fortes raios de sol, mostrando a bela manhã que se fazia.

-Oh!Entendo...-Murmurou mordedo o lábio inferior.

-Não entende!-Levantou-se pegando uma toalha.-Vou tomar banho e voltar pra cama...

-Gina, você tem que ir as aulas...

-Só hoje.Eu preciso ficar aqui, pensando na vida...-Falou baixinho.

-Tá bom.-Nick deu de ombros.Achava que a ruiva realmente precisava desse tempo.Senão ela estaria quebrada no dia do baile...

Se despediu e pegou sua bolsa quanto a ruiva entrava no banheiro.

Depois terminariam aquela conversa, porque pelo que viu, Gina precisava conversar ou...Desabafar!




-Harry...-Chamou normalmente enquanto acabava de dar um nó na gravata.

O moreno nem respondeu.Parecia entormpecido de mais olhando para fora da janela, com uma cara de bobo que só vendo pra acreditar.

-Harry, estou falando com você...-Chamou outra vez.

-Ah, desculpa Rony, nem te ouvi...-Virou-se para fitar o amigo.

-Isso eu já percebi...-Ironizou.-Mas o que há com você hein?

-Nada!-Disse dando de ombros.-Eu pareco ter algo?

-Sei lá, você tá muito esquisito hoje...-Rony disse pegando sua mochila.-Vamos descer?

Harry assentiu com a cabeça, pegando sua mochila também.

A verdade era que não conseguira dormir um segundo pensando em Gina.O que foi aquilo que aconteceu na sala de música?

Em um momento estavam cantando e se abraçando, em outro Gina dizia que o odiava sem mais nem menos.

Será que ela estava pirando?

E...porque ele chorou?Isso também não dava pra entender.Só sabia que quando viu aquela ruivinha chorando sentiu vontade de abraçá-la pra ficar ali com ela pra sempre...

Parecia tão frágil...Coisa que ela nunca foi, pelo menos desde seus 13 anos.

Gostava tanto dela que ontem, quanto estava pronto para dizer que a amava ela simplesmente o abraçara e começara a chorar, sem mais nem menos.

Tudo bem, iria assustar ela se chegasse do nada com cara de quem gravava os ultimos momentos da vida e dissesse: Gina, eu te amo! . Seria meio tosco.

Olhou para Rony que tinha o cenho franzido e o fitava meio confuso.

-Harry, você está bem mesmo?

-Claro que estou...-Sorriu para tentar dar convicção ao que dizia, mas talvez isso só tenha feito Rony ter mais certeza de que Harry estava pirando.

-Talvez tenhamos que fazer um Fidellus Findus pra você Harry...-Rony ironizou.

-É, talvez tenhamos mesmo...-Para a surpresa de Rony, Harry concordou.

Entraram no Salão Principal e foram se sentar na mesa da Grifinória.

Deu uma olhada e viu que só Nicolly se encontrava lá, abraçada com Fred, enquanto Gina...Onde estava Gina?

-Er, Nicolly, a Gina não vai tomar café hoje não?-Perguntou um pouco cauteloso, fazendo Fred cerrar os olhos, deixando bem claro que queria saber o porque de Harry estar perguntando de Gina.

-Nem café nem nada...-Falou em meio a um suspiro.

-Ela está bem?

-Quem sabe...-Murmurou dando de ombros.

-O que a Gininha tem?-Fred perguntou olhando assustado para Nick.-Ela estava acordada quando você saiu de lá?

-Sim!-Nick respondeu simplesmente.-Ela só me pareceu um pouco cansada.-Mentiu.-Talvez sejá o stress por ter que fazer tantas coisas ao mesmo tempo em uma semana.

-Pois é, sábado é o baile né?!-Fred fez uma pergunta meio que respondida.

-Pelo que me consta...Sim!-Nick disse sárcastica.

Harry voltou a se sentar no seu lugar, ao lado de Hermione, que o cumprimentou feliz.

-Oi...-Retribuiu ao cumprimento da amiga, que parecia radiante nesse dia.

-O que foi hein Harry, tá tudo bem?-Perguntou meio confusa.

Rony riu baixinho.Pelo menos não era o único a perguntar se Harry estava bem.

-Eu estou bem pô!-Respondeu fazendo uma careta.-Tá todo mundo me agourando hoje...-Riu, o que fez os amigos suspirarem aliviados.Pelo menos ele ainda sabia rir.

-Calma Harry, não estamos te agourando querido...-Riu com vontade.-É que você está com uma péssima cara...

-Nem todo dia eu acordo lindo e gostoso...-Ele falou um tanto convencido de mais.

Rony ergueu uma sobrancelha e Hermione balançou a cabeça negativamente.

-Pelo que vejo você continua sendo o menos modesto de nós três...-Rony falou sem graça.-Você não era assim até seus 13 anos...

-Pois é...As pessoas mudam...-Falou dando um gole no seu suco.

-Umas pra melhor e outras pra pior...-Hermione completou.

-Hermione, está insinuando que mudei pra pior?-Perguntou com os olhos arregalados.

-Eu por acaso mencionei seu nome Harry?

-Não, mas...

-Então pronto!-Respondeu, como que dizendo que o assunto estava encerrado ali.

-Nossa, eu não conhecia esse seu lado Mione...-Rony falou rindo.

-Nem eu...-Ela completou.

-Vocês estão bem felizes hoje viu!-Harry suspirou.Queria ter um motivo pra rir também.

-Estamos felizes por você Harry...-Hermione falou caindo na gargalhada novamente.

-Estamos?-Rony perguntou confuso.-Porque estamos?

-Por mim?-O moreno perguntou intrigado.

-Sim!-Mione repondeu com um sorriso caloroso.

-Mas o que é isso?-Nicolly praticamente gritou com o jornal de Hogwarts nas mãos.

-O que Nick?-Fred sorriu e esticou o pescoço pra ver o que dizia ali.

Em segundos o ruivo ficou mais vermelho que os próprios cabelos, mostrando que não gostara nada do que viu.

-Qual o problema?-Harry perguntou com cara de inoscente.

-Harry...-Hermione começou, parecendo querer rir e chorar.

-Potter o que diz nesso jornal é verdade?-Fred foi até Harry, que se levantou, ficando frente á frente com o ruivo mais vermelho que pimenta.

-O que diz ai?-O moreno perguntou calmamente.

-Na verdade, nem sei porque pergunto, a foto já diz tudo...-Falou pegando o jornal das mãos de Nicolly e colocando na frente de Harry, que arregalou os olhos ao ver o título da reportagem.

Harry Potter descide deixar Patricia de escanteio para partir para a Caçula dos Weasleys...Gina.

E logo embaixo havia uma foto de Harry abraçado com Gina.

-Eu...Er...Não é nada disso que você está pensando Fred...-Gaguejou.Tá bom que ele ia acreditar.

-Ah não, seu garanhão?-Fred riu de forma maléfica.-Você anda tendo um caso com a minha irmã e nem pra nos contar.

-Um caso?-Jorge e Rony perguntaram em coro.

-Pois é, olhem isso...-Fred entregou o jornal para os outros irmão, que ao lerem arregalaram os olhos.

-Harry, você nos apunhalou pelas costas...-Jorge falou sem se mecher.

-Harry...É você mesmo seu cretino?-Rony bufou, cerrando os punhos.

-Na..Não, na verdade é eu sim...Mas...

-Como é que é?-Os três ruivos pararam na frente de Harry.-Então admite?

-NÃO!-Falou sem hesitar e temendo ter que ir ao baile com um olho roxo.-Eu só estava abraçando ela, isso não significa que...-Cerrou os olhos apanhando o jornal.-Deixa eu ver quem tirou essa maldita foto.

Fred, Jorge e Rony permaneciam olhando Harry com uma de suas piores caras.A de fúria!

-Ah, filho da mãe, eu ainda mato o Colin...-Harry murmurou amassando o jornal.

-Trate de se explicar Harry...-Os três falaram em coro.

-Tá bom.Eu explico...-Falou da mesma maneira calma que antes.Santa Paciência!-Eu e a Gina...-Caramba, não podia falar do projeto da ruiva porque era surpresa.Será que sua unica saida era apanhar mesmo?

-Você e a Gininha...-Fred repetiu, pedindo pra ele continuar.

-Nós, er...Bem, eu e ela...A Gina estava me mostrando uma sala de música que o Dumbledore deu pra ela aqui em Hogwarts, ai ela cantou e tocou pra mim ver, depois eu dei os parabéns pra ela, abraçando!-Sorriu.Até que não tinha sido uma desculpa esfarrapada.

-Harry, se você estiver mentindo pra nós, pode se considerar um cara morto!-Fred sorriu maniacamente.-Escreve isso.

-Pode deixar...-Harry falou sorrindo amarelo.

O fato de omitir algumas coisinhas contava?

Logo voltou a sentar-se no seu lugar, um pouco aliviado por não ter apanhado dos três ruivos nervosinhos, que agora pareciam as criaturas mais dóceis do mundo, e davam a impressão de que nunca seriam capazes de matar uma mosca.

Deu um gole no seu suco, tentando imaginar qual seria a reação de Gina quando ela visse aquilo.Com certeza viria dizer que ele dera notinha pro jornal.

-Harry, o que significa isso?-Uma irritante voz de gralha gritou no seu ouvido, tão alto que ainda estava se perguntando como não ficou surdo.

Fechou os olhos e fez cara de choro.Será que não podia ter mais nem um segundo de paz na sua vida?Droga!A vida era sua e podia muito bem estar com Gina, namorar com ela...Isso era somente do seu interesse e do dela, mas a fofoca era tão grande, que a Hogwarts inteira que achava que podia cuidar da sua vida queria uma explicação naquele momento.

-O que foi hein?-Perguntou de costas.

Pra que virar se já sabia quem era?!

-Essa foto...Essa matéria.Harry, você não podia ter feito isso comigo...-Falou chorosa.

Dessa vez teve que se virar pra fitar o rosto daquela chata e impertinente que nunca o deixou em paz.

-Patricia, quer me fazer um favor?-Ela fez cara de triste, o que pouco lhe importou.-Vai cuidar da sua vida e deixa que eu cuido da minha!-Falou com cara de poucos amigos.

Todos da mesa da Grifinória tinham cara de entediados, mas isso era o que menos importava naquele momento.

-Harry, você não podia ter me trocado pela feiosa da Weasley...-Falou ficando vermelha.

-Feia é a tua mãe sua miserável...-Nicolly disse se levantando e se soltando dos braços de Fred, que sorriu satisfeito com a resposta da namorada.

-Não vem falar da minha mãe não sua...Sua coisinha ridícula.-Disse cospindo as palavras.

Fred se levantou mas Nick o empurrou fazendo-o cair de volta no banco.

Até paresse que não sabia se virar sozinha.

-Então para de falar mau da minha melhor amiga que eu paro de falar mal da pobre coitada que te pôs no mundo!-Falou sárcastica.

Hermione soltou uma alta gargalhada enquanto Harry se segurou pra não aplaudir Nick.

-Eu falo apenas a verdade querida, aquele objeto ambulante vermelho não serve pra nada nesse mundo, só de encosto para o MEU Harry.

-Seu o escambau...-Harry falou com nojo.

-E você, que a única coisa que sabe fazer é correr atrás do Harry.Mesmo que ele pise, cuspa em você, ainda podendo ter fama e popularidade, tanto faz não é mesmo?-Sorriu torto.-O que esperar de uma coitada que nunca teve atenção não é mesmo?

Patricia ergueu uma mão e num gesto rapido acertou um tapa no rosto de Nicolly, que virou o rosto pro lado, tamanha a força da agreção.

-Cretina!-Fred gritou se levantando, mas logo Nick o empurrou de novo, virando o rosto e mostrando a marca de cinco dedos.

-Fica ai Fred, eu sei me virar sozinha.-Ofegou e olhou para a loira que parecia prestes a ter um desmaio.-E você sua jezebel de quinta, nunca mais ouse me bater porque da próxima vez não vai ficar assim não...-Nick crispou os lábios.-Já está avisada.

-Eu não tenho medo de você sua oferecida...Acha que eu não sei?Acha que já não me contaram?-Patricia sorriu maniaca como querendo dizer que sabia de algo muito grave sobre Nick.

-Olha quem tenta botar medo...-Riu com vontade.-Procura o que fazer, ai quem sabe você não começa a cuidar da sua vida e deixa que os outros tomem ar.

Outro tapa.

Patricia parecia estar louca e vermelha de mais, era uma idiota e dessa vez ia pagar.

Um filete de sangue escorreu dos lábios de Nick, que apenas sorriu, enfiando a mão dentro do sobretudo e tirando a varinha apontou para Patricia, que olhou indignada.

-Eu te avisei sua louca...-Falou, cada vez mais saindo sangue dos lábios.

Patricia num movimento rapido também retirou sua varinha e apontou para Nick, que apenas alargou mais ainda o sorriso.

-Quer tentar igualar querida?-Sorriu provocativa para a loira que parecia tremer com a varinha na direção do coração de Nick.-O que você pretende fazer?Tentar usar o Avada Kedavra?-Riu alto.Os alunos já haviam feito uma rodinha em volta das duas e Fred parecia alarmado de mais, enquanto Harry tentava acalmá-lo, mas como, se nem ele estava calmo?-Cuidado pra não estar segurando o lado errado da varinha...

Mais um monte de risadas, o que fez Patricia começar a soluçar.

-Acho que você deveria se despedir do seu namoradinho...-Falou olhando de Nick para Fred.

-Oh, Merlin, isso é uma ameaça de Morte?-Sorriu sarcástica.E Nick pôde percerber que cada palavra sua dita, fazia Patricia ficar mais vermelha e raivoza.Cara, será que ela transmitia algum tipo de doença?-Eu deveria pedir socorro nesse momento ou...-Olhou bem nos olhos de Patricia, que parecia estar morrendo de medo.-Cara de Lesma... -Gritou, fazendo um fecho de luz verde sair da varinha e acertar Patricia em cheio, que caiu sentada a alguns metros de lá.

Harry e Fred começaram a rir enquanto Nick guardava a varinha sorrindo para os alunos que aplaudiam.

Aproximou-se de Patricia que começava a ficar verde, logo em seguida cospindo uma enorme lesma gosmenta.

-O que é isso?-Ela perguntou fazendo cara de nojo.

-Sua cria...-Nick ironizou.-Enquanto você fica os parindo pela boca eu vou embora...Mas antes...-Cerrou so olhos.-Isso é pela Gina, que teima em não descer ao seu nivel, coisa que eu fiz hoje, mas...Até que eu me diverti bastante!-Riu junto dos outros alunos e saiu do Salão Principal, junto de Fred, que parecia lhe dar os Parabéns.

-Harry, como faz pra isso parar?-Ela perguntou cospindo outra lesma enquanto olhava para Harry, que parecia perdido em pensamentos.

-Não tem como...-O moreno falou normalmente.

Patricia já tinha sido muito humilhada naquele dia.Chegou até a ter uma das ultimas coisas que imaginou ter por ela...,Pena!

-Eu vou ficar vômitan...-Cospiu mais uma enorme.-...do pelo resto da minha vida?

-Não, só por alguns minutos...-Bufou e saiu de lá.Patricia bem que merecera mesmo.




De noite

-Putz Nick, o que você fez com a Patricia foi de mais...-Jorge falou dando um beijo no rosto de Nicolly.

Fred olhou feio par ao irmão, mas logo riu de forma irônica,

-Ela mereceu, viu só como a coitadinha da minha namorada está com o rosto roxo?

-Cala a boca Fred!-Nick mandou passando de leve os dedos pela marca roxa no rosto.-Precisa ficar me lembrando desse detalhe insignificante?

Fred deu um celinho nela, que sorriu radiante.

-Eu já tive uma experiência do cara de lesma e sei que é horrivel...Parece que você está vômitando um dos rins...Sei lá...-Rony falou fazendo uma careta enquanto se lembrava do ocorrido em seu segundo ano em Hogwarts quando tentara enfeitiçar Malfoy com a varinha quebrada e o feitiço acabara virando contra o feitiçeiro.

Hermione sorriu.

-Eu só não tirei pontos da Grifinória porque a Jordan provocou...-Hermione falou com gosto.

-Gente eu tenho que subir...-Falou se levantando e dando um ultimo beijo rápido em Fred.

-Porque?-O namorado perguntou enconformado.

-Eu não vi a Gina desde manhã e nem sei como ela está...-Falou rapidamente.

-Ah sim, então pode ir...-Fred disse dando um empurrãozinho em Nick, que cerrou os olhos.

Despediu-se dos outros amigos e subiu rapidamente os degraus que levavam ao dormitório feminino.

Abriu rapidamente a porta e viu Gina sentada na cama com os braços entrelaçando os joelhos.

-Oi...-A ruiva falou um pouco rouca.

-Oi...-A morena respondeu indo sentar-se ao lado da ruiva.-Como passou seu dia?

-Como uma verdadeira sedentária...-Falou sarcástica.-Não desgrudei da cama...

-Sedentárismo faz mal a saúde.Engorda e deixa rugas...-Nick falou parecendo achar que Gina ficaria preocupada.

-Olha minha cara de preocupada...-Falou dando de ombros.-Nem ligo pra essas coisinhas de gente fresca.

Nicolly arregalou os olhos.Era impressão sua ou Gina á chamara de fresca?

A porta do quarto se abriu novamente onde entrou uma menina morena de tranças, que sorriu emocionada para Nicolly.

-Oi, Parabéns Nicolly, o que você fez com a Patricia valeu por todos nós que tinhamos raiva dela.Falaram pra mim que ela ainda estava chorando até agora...-A menina falou, fazendo Gina franzir o cenho.

-Que isso...-Nick sorriu radiante, mas logo desfez o sorriso quando viu a cara de quero uma explicação que Gina tinha.

-Nicolly o que aconteceu entre você e a Patricia?-Perguntou com os dentes cerrados.

-Bom, primeiro ela te xingou...

-Desgraçada!-Gina enterrompeu.-Prossiga...

-Ai depois ela me bateu...

-Cretina!-A ruiva enterrompeu novamente ao notar o roxo proximo da boca de Nick.-Desculpa, continua...

-Ai eu amaldiçoei ela com um feitiço de cuspir lesmas...-Terminou mordendo o lábio inferior e erguendo uma sobrancelha.

-Cacet...-Parou na metade.-Eu queria estar lá pra ver isso...

-Ninguém mandou a moça ficar ai deitada o dia inteiro...

-Mas agora já estou novissima...-Falou sorrindo para a morena que tinha feição de intrigada.

-Gina, só uma perguntinha...-A ruiva assentiu com a cabeça.-Você não está com fome não?

-Sabe Nick, acho que meu sistema 'sedentarialista' já me fez engordar o que a comida faria...-Falou irônica.

-É sério Gina!-Insistiu.

-Ah, fome eu estou, mas a Pri não deixa que eu levante da cama.

-Quem é Pri?-Nick arregalou os olhos.

-Preguiça...-Falou rindo.

-Que susto...-Nick suspirou aliviada.Realmente achou que tinha alguém enchendo o saco de Gina.-Vamos lá na cozinha ver se tem algo pra você comer?

-Não!Amanhã eu como por hoje...-Sorriu de forma meiga.

-Mas faz mal pra saúde ficar um dia inteirinho sem comer Gina!-A morena disse da mesma forma que sua mãe Molly.

-Só hoje mãe...-Falou sarcástica.

-Tá bom Gin...-Arregalou so olhos.-Mãe de uma velha que nem você?Deus que me livre.

-Ai credo Nick...

-Zueira Ruivina...-Falou indo se deitar em sua cama.

-Nick eu...-Gina começou quando foi interrompida por uma Nick doida gritando.

-GINA!-A morena berrou levantando-se da cama.-Ficou sabendo?

-Do que?-A ruiva olhou alarmada.

-Que você e o Harry estão tendo um caso?-Falou caindo na gargalhada.

-Um caso?-A ruiva ficou pálida e sentou-se na cama.-Quem disse uma barbaridade dessas?

-O jornal de Hogwarts...

Gina bufou e voltou a se deitar.

-Só podia ser...-Falou irônica.-O jornal das mentiras e fofocas mal contadas...

-Er, tinha uma foto sua abraçada com o Harry...-Nick mordeu o lábio inferior.

-Ah, tinha uma fo...-A ruiva arregalou os olhos.-Tinha o que?-Ficou pálida, vermelha, roxa, todas as cores existentes.

-Uma foto sua abraçando o Harry.

-Quem foi o desgraçado que tirou?-Perguntou cuspindo venenosamente as palavras.

-Colin...

-Sabia!-Falou rindo seca.-Esse nerd não perde uma...

-Er, todos estão acreditando que você e o Harry...Sabe né?

-Pouco me importa o que os outros acham...-Falou dando de ombros.-Boa noite Nicolly!

Nick bufou e começou a se trocar, logo em seguida deitando emburrada na cama.Gina esses dias estava parecendo uma velhinha gagá chata.

Fechou os olhou mentalizando os foras que dera em Patricia e só hoje tivera oportunidade de fazer isso.Foi de mais...Fenômenal...

-Er...Nicolly?

Ouviu a voz de Gina.

-Quê?-Perguntou seca.

-O que o Potter disse quando viu a matéria?-Perguntou cautelosa, o que fez Nick ter que rir.

-Tremeu na base...-Falou sarcástica.

-Como assim?

-Seus irmão queriam bater nele...-Falou cerrando os lábios, deixando que estes parecessem apenas uma linha corada.

-E bateram?-A ruiva perguntou alarmada.

-Não, o Harry deu uma desculpa de que foi te dar os parábens por cantar bem...-Nick pigarreou e voltou a fechar os olhos.Agora estava com sono.

-Devia ter apanhado...-Falou sem hesitar.

-Ninguém te entende Gina...-Nick murmurou.

Que essa droga de jornal fosse pro escambau.Até que imaginou como seria se ambos fossem namorados ou estivessem somente ficando.

Droga!Não podia pensar nisso, era uma coisa impossivel, e nem sequer poderia estar passando por sua mente.




Y se que mueres por mi, vives por mi,

Y nunca me has dejado atrás...

Aunque sabes que a veces yo soy solo miedo...





Sexta-Feira

A semana estava passando tão rapido que quando foi se tocar já era sexta-feira e faltava apenas um dia para o primeiro Baile de Halloween.

Mas isso nem fazia diferença na sua rotina.Agora para as outras meninas, até mesmo para Nick, era algo de suprema importância pois não paravam de conversar sobre o baile, sobre a coroa que ganhariam no baile...Em fim, só falavam do baile e isso já estava começando a ficar chato.

Estava pouco se lixando pro baile e suas babaquices, só queria poder ter paz para se consentrar e pensar no show que daria ao lado do Potter.

Pensando nele, até que os outros ensaios haviam ocorrido muito bem.Apenas treinavam e logo iam se deitar nos seus respectivos quartos.

Nem se falavam direito.Apenas uns oi, como vai? e nada mais que isso.

Tá bom, queria conversar com ele, mas teimava em ser orgulhosa e...Ele também. -concluiu enquanto entrava no Salão Principal pra almoçar-.

E o idiota ainda chegava com cara de bunda só porque estava ficando louco em ter que ensaiar para o projeto do Lupin e o seu...

Todo mundo já estava lá, inclusive Cassandra que estava sentada na mesa da Grifinória.Pô, fazia quase uma semana que ambas não se falavam.

Também estava uma correria e só por causa do maledeto baile.

-Olá...-Falou sentando-se em maio as duas amigas.

-Gina, quanto tempo...-Cassandra falou sorridente.

-Pois é né...-Sorriu encabulada.Como Cassandra era discreta e falava baixo.

-Então...Está pronta pra arrasar no baile de amanhã?-Perguntou entusiasmada.

Gina sorriu de forma seca.

-Você nem imagina o quanto.Já estou a mais de um mês vendo revistas com modelos de penteados e maquiagem...-Falou imitando uma paty.-Quero estar divina nesse dia...

Nick e Cass riram.

-Ótimo senso de humor Gina...-Nick falou sorridente enquanto Fred dava-lha um beijo no rosto.

A ruiva fez uma careta.Será que eles nunca paravam de se beijar?

-Próxima aula é do que Gina?-Nick perguntou se desvencilhando dos braços do namorado.

-Adivinhação...-Riu divertida.-Hora de virar homicida e começar a imaginar nossas próprias mortes.

As duas amigas riram.

-Droga, são duas aulas né?

Gina assentiu com a cabeça.

-Ainda bem que eu tenho aula de Poções...-Cass falou sorrindo radiante.

-Sou mil vezes adivinhação...-Gina falou em meio a uma careta.Snape era terrivel.Pelo menos consigo...-É bem melhor imaginar nossa morte ao invés de se preparar para ela...

Virou o rosto e encontrou o olhar de Harry.Ele era encantador.Simplesmente encantador com aqueles maravilhosos olhos jade que davam vontade de arrancar pra guardar.

Mas...Sem os olhos ele ficaria ridículo.




Pero vives en mi, junto a mi en mi interior,

En mi enterior y neste corazón confundido.

Por eso te pido por favor...





Mais um dia que passara simplesmente voando.Até as aulas da Sibila pareciam não pesar tanto.

Entrou conversando e Sorrindo com Nick, no Salão Comunal.

Harry conversava com Rony e Hermione que pareciam rir muito do que ele dizia.

-Nick, eu vou subir tá?-Falou baixinho, para que somente a morena ouvisse.

-Porque?

-Vou tomar banho.Estou muito cansada.

-Beleza, daqui a pouco eu subo tá?-Falou focalizando Fred conversando com Jorge em uma poltrona no fundo do Salão.

Gina assentiu com a cabeça e subiu pro dormitório, logo indo diretamente para o banho.

Não é que não queria ir bonita como todas as garotas, o único problema é que sempre que tentava acabava se dando mal e se achava uma super hiper mega master superficalista.

Okay, ano passado sua mãe lhe comprara um horrivel vestido de babados brancos e quando vestiu pra descer, realmente passara o maior mico de sua vida.

Harry e mais metade do Salão começaram a rir.

E com razão....!Ficou parecendo um bolo de aniversário ao qual só fatava a velinha.

Também jurou que nunca mais tentaria ficar como ninguém!Seria si mesma.Gina Weasley qual não era linda e que gostava do seu jeito.Iria cantar e mostrar que a beleza estava dentro de cada um de nós e não fora!

Sorriu e se trocou, voltando a deitar na cama e fechando os olhos fortemente.




Encostou fortemente sua cabeça no sofá, colocando os pés para cima do encosto.Fechou os olhos e focalizou a imagem de uma morena chata.

Porque será que de uns tempos pra cá não conseguia deixar de pensar em Cassandra?

Ela era chata, irritante, uma verdadeira cobra -como todos Sonserinos- mas mesmo assim não conseguia deixar de vê-la como uma garota linda a qual tinha que conquistar.

Seu próprio juramento de fazê-la se apaixonar e depois mandar ela ir se ferrar já estava mais que no fundo do poço.

Será que estava gostando daquela cascavel?

Não.Se fosse isso teria que se internar ou cometer suicídio.Isso seria pior que um pesadelo.Mas quem podia garantir que já não estava vivendo esse pesadelo?

Adorava aquele jeito indiferente dela, mas odiava quando ela chegava toda doce em um dia e já no outro queria pisá-lo até não restar mais nada.

Queria que Cassandra morresse assim não teria que viver mais na duvida.

Não, morrer não, seria um grande disperdicio para uma menina tão bonita como ela...

Sentiu uma respiração calma junto da sua e quando abriu os olhos deu de cara com a própria cobra na sua frente, olhando-o com cara de irônia.

-O que foi hein garota?-Perguntou de mal humor, se levantando do sofá.

-Sei lá, você estava sorrindo pro nada...Achei que seria preciso chamar alguém com a camisa de forças...-Falou sorrindo torto.

O mesmo sorriso que tantas vezes usara...

-Não precisa de camisa de forças, muito menos de você.-Falou dando de ombros e olhando-a fortemente nos olhos.

-E porque estava rindo?-Cassandra franziu o cenho de uma forma curiosa.

-Até isso você quer saber?Putz, nunca vi garota tão curiosa...-Falou indo até ela e parando a poucos centimetros.

-Nem quero mais saber sabe...Perdi até o interesse...-Falou indiferente.-Eu só queria falar sobre o baile de amanhã com você...

-Fala!-Draco pediu sem expressão no rosto.

-Er...-Olhou aquela boca vermelha dele, torta em um sorriso que nunca saia de lá.É uma chatisse mesmo.-Deixa pra lá.

-Admite que você só veio aqui pra me ver garota...-Ele falou com ar sensual, mostrando que quem mandava ali era ele.

-Eu?Claro que não...-Balbuciou sem graça, corando um pouco.

Maldito Malfoy!

Draco sorriu charmoso e aproximou ainda mais os rosto, fazendo com que os lábios se roçassem e que um calafrio percorresse seus corpos que clamavam um pelo outro.

-Nu..Nunca faça isso de novo seu trouxa...-Cassandra gaguejou um pouco abobada com a ousadia de Draco.

O loiro sorriu e beijou-a.De uma forma possessiva que mostrava que não era agora que iria desistir daquele beijo.E que nem ela nem ninguém poderia parar aquele momento.

E por irônia, realmente não tinha a mínima vontade de parar.

Queria aproveitar cada pedaciho daquele beijo doce e quente.

Passava as mãos de uma forma possessiva pelos cabelos louros e lisos de Draco, enquanto ele passeava com os dedos pela cintura da morena, que abafava um gemido de prazer ao toque daqueles dedos gelados que tanto almejava sentir.

Droga!Seja o que estivesse acontecendo, já estava passando dos limites.

Mas...Do que isso importava naquele momento?




Enséñame a quererte un poco más.

Y a sentir contigo,

El amor que tu me das!

Desvanece el frío,

Quiero verte ya...!





-Nick, quer ir ao baile comigo?-Fred perguntou com cara de quem quer rir.

-Agora que você vem perguntar seu nojento...-Falou irônica.

-Desculpa, é que eu pensei que já tinha te convidado.-Sorriu e deu um celinho na namorada.

-Tá bom...!Você deu sorte deu não ter aceitado ir com ninguém até agora...-Falou convêncida.

-Okay Miss simpátia e beleza...-Ele falou sarcástico, fazendo Nick rir brevemente.

Logo sentiu uma mão no seu ombro e virou pra trás.

-Nick, você por acaso viu o Potter por ai?-Gina perguntou indiferente.

-Ele acabou de sair...-Fred falou pela namorada.-Porque?

-Nada!-Gina falou sorrindo fraco.-Tchau pra vocês...

E antes que Fred pudesse questionar, Gina não estava mais lá.

-Você sabe o que ela pode querer com o Harry?-Fred perguntou para a namorada, que ergueu umasobrancelha.

-Matar ele?

-Pode ser...-O ruivo concordou rindo.




Virou o ultimo corredor e viu a porta da sala de música aberta.Essa seria a ultima vez que iria entrar lá e ver Harry a esperando para cantarem juntos...

Se bem que isso seria até que bom.Já não estava aguentando mais toda santa noite ter que vê-lo sem poder nem ao menos dizer o que realmente queria.

Cantar com ele as musicas que diziam tudo o que sentia e o idiota nem perceber...

E querer matá-lo sem ser presa e levada pra Azkaban. -riu e entrou na sala a qual o moreno estava tocando no violão uma musica até que bonita, mas que quando a viu, parou no mesmo instante.

-Oi...-Ele falou sorrindo.-Pensei que não vinha hoje...

-Eu também!-Cocordou.

-Como?-Harry ergueu uma sobrancelha sem entender nada.

-Esquece...-A ruiva falou dando de ombros e indo se sentar em frente ao piano.-Vamos ensaiar logo porque eu tô com sono.

-Tá bom...-Ele se sentou um um banquinho ao lado do seu e suspirou.-Começemos então...

Gina começou a tocar uma melodia no piano, um pouco triste de mais.E algo lhe disse que era isso que á estava deprimindo.

Cantaram umas cinco vezes em seguida e só pararam quando Gina viu que estava perfeita e que não poderia haver erro no dia seguinte.

-O que acha que vão achar quando nos verem cantando juntos?-Harry perguntou bebendo um pouco de água.

-Não me importo com o que vão achar...-Falou dando de ombros.-Prefiro não pensar nisso...

-É melhor mesmo!-Harry concordou suspirando.-Talvez me achem patético.

Gina virou o rosto para fitar aquele imbecil.

-Patético você parece agora...-Falou nervosa.-É isso que eu odeio em você e na metade do mundo.

-O que?-Harry arregalou os olhos.

-Vocês pensam mais nos outros do que em si próprios...-Disse bufando.-Isso é ridículo!

Harry abaixou a cabeça.Ela realmente estava certa.Bem, ela quase sempre estava certa.Isso era meio chato.

-Okay, é verdade.Mas é que não dá pra fazer o contrário...-Falou um tanto encabulado.

-Lógico que dá...-Sorriu.

-Como?-Harry perguntou calmo.Estava com a cabeça baixa então nem pôde vê-la sorrir.

-Esquece o mundo por um instante e só pense no que você realmente quer...-Levantou o rosto dele com a ponta dos dedos gelados.

Okay, iria se controlar.Tinha de se controlar.

Harry engoliu em seco.Era Gina mesmo?

-Harry...-Ela falou com muito esforço pra não começar a chorar de novo.

HARRY?Ela havia o chamado por seu primeiro nome?

Deus, seria capaz de dar uma festa naquele momento.Gina, sua Gina que amava tanto voltara á chamá-lo de Harry e isso provava que ela queria uma pequena aproximação não é?Ou não...?

Sorriu de forma contagiante, o que de certa forma fez Gina ter que retribuir da mesma maneira.

Ele parecia tão feliz!Seria por ter chamádo-o de Harry?

Como ele era lindo...

-Harry...-Repetiu da mesma forma, agora um pouco mas baixo.-Você pode fazer o que bem entender.Todos nós podemos.É só querer.-Sorriu.-Faça-se capaz.Olhe pra você mesmo e diga eu posso!-Suspirou.-Nada é impossivel...

Harry não conseguia desgrudar seus olhos verdes dos turquesa dela.Como era encantadora e ainda falando daquele jeito dava vontade de guardá-la para sempre em uma caixinha, para a ruiva ser somente sua.

-Você falando assim me dá algo estranho...-Ele começou um pouco rouco.-É como se eu realmente pudesse...Mas só se eu tiver você...-Ele falou sem medir palavras.

Naquele momento Gina se sentiu a garota mais feliz daquela Hogwarts e mundo.

Harry praticamente dissera que sua felicidade estava e era ela...!

Desceu suas mãos até o pescoço dele, que suspirou com o toque da ruivinha.

Como amava aquele moreno.Amava e não podia dizer isso a ele.Era algo tão triste que parecia até um conto de um dos livros de romance que já lera.Romanece dramático -completou-.

-Eu estou aqui com você agora...-Começou aproximando seus rosto e só parou quando percebeu a respiração ofegante de Harry junto da sua.Já estavam próximos de mais.E sabia que apartir daquele ponto já era muito dificil de parar.-Porque não tenta dar o primeiro passo?É só fazer o que você mais quer...!Não se importe com o que os outros vão achar...!Agora...Só pense em você Harry!-Falou ainda com as mãos no pescoço dele e involuntariamente podia sentir o coração acelerado dele.

Ela era tão linda, que dizendo aquelas coisas, o fez realmente não se importar mais com ninguém.

Aproximou-se ao máximo dela.Agora podia até sentir a respiração fraca dela junto com a sua.Queria a muito tempo experimentar aqueles lábios vermelhinhos que tanto o chamavam.Que tanto clamava por experimentar.

Ela era perfeita aos seus olhos e não importava aos olhos dos outros.

Agora suas mãos estava na cintura dela, que por incrivel que pareça não resisitiu e nem mostrou vestigios de raiva ou indignação.

Será que ela realmente queria a mesmo coisa que si prórpio.

A muito tempo poderia ter dito a ela que a amava mas sempre acontecia algo para que não falasse.Talvez não fosse a hora certa, ou até mesmo não fosse a hora de ficarem juntos.

Mas sabia o que fazer naquele momento e também sabia que talvez aquela fosse a hora certa para mostrar o que sentia e ter uma resposta dela.




Enséñame a quererte un poco más,

Y a vivir contigo!

Que no aguanto la ansiedad...

De saberte mío,

Quiero ir donde vas!





Seus lábios estavam a milímetros e sabia que em instantes eles logo estariam unidos em um beijo que sempre sonhou, desde que tinha 11 anos de idade.Harry era seu sonho de menina, mulher, enfim...!Ele era o homem que queria para sua vida.E dessa vez não poderia, não iria se arrepender, pois independente do que pudesse vir a acontecer, agora, aquilo se tornava um desejp maior e ensegurável.

Seus olhos se fitavam e mostravam juntamente a intensidade do desejo, ardor e felicidade daquele momento.Gina não podia desconfiar pois viu nos olhos de Harry que era exatamente aquilo que ele queria.Não soube se era por puro desejo sôfrego ou paixão -claro que não seria paixão- mas naquele momento isso era a ultima coisa a que poderia vir a pensar.

Amava aquele garoto e uma parte de si clamava por dizer para ele, enquanto a outra lhe dizia que era uma burra e que não sabia controlar nem seus prórpios empulsos.

E não soube porque, mas não deu atenção a mais nada que sua mente tentava lhe impor.Seu coração e corpo falavam mais alto, e estava experimentando sensações totalmente desconhecidas.Tanto para seu corpo quanto para os sentimentais.

Era algo estranho ao qual tentava se encontrar mas não podia.Tentava achar a Gina Weasley mas só achava uma menina que queria estar ali com Harry.Uma garota que não se importava com nada, só com o fato de que amava.

E quando seu lábios ia se encontrar, ouviram um barulho de flash vindo da porta.

Harry virou o rosto rapidamente para constatar uma cabeleira loira que saia correndo da sala.

-Espera aqui...-Harry pediu nersoso saindo correndo da sala.

DROGA!Porque aquele alguém maldito tinha que estragar tudo?Justamente agora que não se importava com mais nada nem ninguém?

Mas naqule momento sua realidade estava vindo a tona o que deu uma vontade enorme de chorar.Mas não iria chorar, e se por acaso viesse a fazer isso seria por não ter beijado Harry!-Sorriu para si mesma-Essa era a Gina que tanto tentava sair e se mostrar a todos, mas que a Gina realista nunca deixou.Só que naquele momento só queria matar o indigente que atrapalhara seu momento de paixão e plenitude ao qual até a respiração ofegante de Harry parecia exitante.

Harry voltou mais vermelho que um pimentão, segurando pela camisa uma criastura loira e pequena que parecia tremer de medo.

-Encontrei esse sujeitinho aqui tentando nos fotográfar de novo...-Harry falou bufando de tanta raiva.

Aquele idiota não tinha o direito de estragar o seu momento e da Gina...

Amava aquela menina e quando estavam prontos para se provar, se beijarem, vem um bendito anão e estraga tudo.

Ah, mas se Gina concordasse, iria matar aquele burro!

-Colin!-A ruiva exclamou colocando a mão na boca.-Mas o que pensa que estava fazendo?

-É que a ultima fotográfia deu muitos beneficios ao jornal, ai então eu pensei que se tirasse mais...

-Pensou errado!-Harry disse de forma agressiva.-Gina, eu posso matar ele?-Sorriu ofegante para Gina que franziu o cenho e sorriu.

-Espera Harry!-Ela pediu suspirando.-Larga ele.

Harry olhou indignado e soltou Colin que caiu de joelhos no chão.

-Não entendo porque estão tão nervosos.Ia ser só uma foto...-Ele falou se levantando e limpando as vestes.

-Não é isso Colin, o problema é que você engana as pessoas!Eu e o Harry não temos nada!-Gina falou mordendo o lábio inferior.

Harry fez uma careta de desgosto.

-Mas vocês ia se beijar!Não adianta negar porque eu vi!Dessa vez eu não estaria enganando ninguém...-Ele falou erguendo as sobrancelhas.

Gina corou e abaixou a cabeça.

-Não interessa o que estávamos ou não estávamos fazendo...-Harry começou cruzando os braços em frente ao peito.-Não interessa a ninguém.Se eu ia ou não, beijar a Gina, é problema só nosso.

Gina levantou o rosto ainda corada e olhou para Colin.Harry era a última pessoa que pretendia fitar.

-Você não precisa contar pra Hogwarts inteira.-O moreno voltou a falar.-Você não viu a confusão que armou com a última foto?Era só um abraço que causou tanto alvoroço.-Terminou fazendo cara de mal.

-Não tenho culpa se vocês são os mais populares da escola...-O loirinho voltou a falar com um pouco de irônia na voz.

-Colin, me dá essa camara agora!-Gina pediu estendendo a mão...

-Não!-Colin disse assustado.-Eu juro que não vou pulblicar a foto...

-E você acha que nós vamos acreditar em promessa de anão?-Harry sorriu irônico o que fez Gina rir baixinho.

-Eu juro!-Ele falou com os olhos marejados.

Okay, parecia verdade!

-Eu tenho fotos que preciso mandar para o jornal, mas promento que a de vocês eu entrego aos próprios...-Ele engoliu em seco.-Por favor!

-Não!-Harry falou rapidamente.

-Sim...-Gina contrapôs carinhosa.

-Gina!-Harry protestou indignado.-Porque...

-Colin, se por acaso essa foto sair no jornal, você está ferrado ouviu?-A ruiva falou de maneira ameaçadora.

-Sim, valeu Gina.-Ele disse saindo rapidamente da sala, mas antes, fazendo cara de desdém para Harry, que arregalou os olhos indignado.

Esperaram até que os passos de Colin fossem deixados de ouvir.

Gina deu um passo mostrando que ia se retirar também, mas Harry fechou a porta rapidamente, deixando-a com feição interrogativa.

-O que pensa que...-A ruiva começou sem entender nada.

-Gina, nós precisamos conversar sobre o que...

-Nada!-Ela falou rapidamente.Não queria falar sobre o que ia acontecer com Harry.Se não aconteceu é porque não deveria.-Amanhã nós nos falamos tá bom Harry?-Suspirou.-Boa noite...-Disse se aproximando dele e dando um beijo de leve nos rosto do moreno.

Apesar de ter sido um beijo simples, fez o moreno se arrepiar todo.Droga, de hormônios... -ele pensou enquanto focalizava a sua frente uma ducha gelada-.

-Noite...-Ele suspirou dando espaço para que a ruiva passasse.

Gina cerrou os lábios e saiu lentamente de lá...

Essa ruiva ainda ia o matar de tanto desejo.

Queria ela só para si, ela não tinha nada de linda mas era uma verdadeira tentação.

**

Entrou rapidamente no dormitório masculino e encontrou Rony, pela primenra vez, acordado até tarde!

-Aonde você estava Harry?-O ruivo perguntou com o cenho franzido.

-Eu?-O moreno sorriu contrangido.

Quase beijando sua irmã... -sentiu vontade de dizer-.

-Eu estava andando por ai...-Falou dando de ombros e pegando uma toalha.

-Até agora?-Rony estranhou.

-Sim!-Falou depressa.Queria entrar logo debaixo da ducha.As imagens de Gina consigo juntinhos em uma ca... chega Harry!Ela é irmão do meu melhor amigo... , pensou se indiganando com seus próprios pensamentos que faziam a causa ficar apertada.

-Você parece estranho Harry!-Rony falou com uma sobrancelha erguida.-Estava com uma garota não é?-O ruivo riu.-Essa sua cara não nega.

-Rony...Er...

Não me faça responder isso Rony...

-Estava!-Rony concluiu rindo.-Era bonita pelo menos?

-Rony!-Harry não podia dizer nada pois a garota era Gina.

-Ela era feia Harry?-O ruivo arregalou os olhos.

-Claro que não!-Falou fazendo cara de desespero.

-Okay Harry, vai tomar seu banho!-Riu divertido.-A garota que fez isso deve ser bem sexy!Eu nunca te vi nesse estado...-Ele disse bixinho.-Depois me apresenta.

Harry arregalou os olhos.

Rony falava da própria irmã!!!

Achou melhor nem dizer nada e foi diretamente para a ducha.




Manhã (Dia do baile)

-Ahhh...!!!!-Ouviu um grito histérico e se levantou rapidamente um pouco alarmada.

-O que foi?-Perguntou ainda de olhos fechados.

-Meu vestido está amassado...-Ouviu uma voz fresca resmungando.

Okay!Pelo menos não era Nicolly.

Abriu os olhos e viu um monte de garotas envolta de um vestido rosa pink com um pequeno...Pequeno não!Minimo amasso.

Nick estava sentada na cama com a pior cara de sono que já pudera ver alguém.

A ruiva não se conteve, começou a rir como uma boba, o que fez Nick virar lentamente o rosto para fitar a amiga que já chorava de tarto gargalhar.

-Do que está rindo?-A mesma garota do vestido perguntou com cara de fim do mundo.

-Vocês estão assim por causa de um vestido amassado?-A ruiva perguntou se engasgando de tanto rir.

-Como eu vou desamassar hein?-Perguntou colocando as mãos na cintura.

-Alou querida, pra que existe mágia?-Sorriu feliz e foi até o vestido.

Apanhou sua varinha e disse algumas palavras rapidamente.

Logo o vestido já estava mais desamassado do que antes.Pena que ele era muito curto e rosa não combinava nadinha com o Halloween.Odiava essa cor fútil.

-Valeu...-A menina agradeceu em meio ao seu suspiro e de suas amigas que pareciam indiganadas.

-Viu, nem precisou de tanto desespero.-Concluiu voltando a sentar-se em sua cama.

Olhou para Nick que fechava lentamente os olhos e logo voltava a abri-los de uma forma cansada.

-A mocinha está bem?-A ruiva perguntou sarcástica.

Nicolly suspirou cansada e sorriu com muito esforço.

-Gina querida, hoje é o dia do baile e eu estou morrendo de sono.Morrer seria a maneira mais prática?-Riu irônica.

-Não, suponho que você precise de um feitiço também...-Gargalhou.Hoje era o dia da super Gina entrar em ação.Apanhou sua varinha e falou mais um feitiço.

Nick sentiu um pequeno calor e logo sorriu.Não estava mais sentindo nem vestigio de sono.Seus olhos não pesavam mais e seu corpo parecia novinho.Pronto para mais uma noite em claro.

-Valeu Gina.Não sei o que seria da minha vida sem você!-Falou sorrindo alegre e dando um abraço na amiga.

A ruiva sorriu satisfeita e convencida.Realmente, o que seria do mundo sem ela?

Estava amando seu inicio de dia cheio de bom humor.Nem o baile estava lhe estressando.Até ajudara uma menina com seu pobre amassado no vestido.

Sorriu para o nada.

Porque será né???

-Gina, o que deu em você hein?-Perguntou curiosa ao ver a melhor amiga sorrindo para o nada.

-Nadinha Nick...-Crispou os lábios e ergueu uma sobrancelha.-Eu pareco ter algo?

-Felicidade!-A morena disse arrumando a sua cama com um aceno da varinha.

-Isso não é bom?

-Muito.Queria te ver todo dia assim!-Completou ao ver Gina morder o lábio inferior em meio a um sorriso.-Mas posso saber o motivo?

-Não tem motivo.Só acordei feliz...-Jogou-se na cama.-Acontece as vezes...-Falou dado de ombros.

-Vai, se troca logo sua boba...-Nick falou gargalhando.-Temos que tomar café ainda.

-Tá bom!-Levantou-se bocejando e se enpreguiçando.-Mas, posso saber porque você não dormiu ontem a noite?

Sorriu...!Quando entrara no quarto na noite anterior nao viu Nicolly na cama e só ouviu o barulho da porta se abrindo quando já era umas 5 da manhã.

-Eu?Estava dado uns amaços no Fred...-Falou rindo safada.

-Nick!-Gina arregalou so olhos.-Você e o Fred...?

-Não!-A amiga caiu na gargalhada.-Eu disse uns amaços!Não mencionei nada sobre o ato totalmente concluido...-Brincou.

-Mas onde vocês se amassaram?-A ruiva perguntou baixinho.

-Na sala precisa...!Ela serviu bastante ontem.-Concluiu.

-Aff, credo!Minha melhor amiga e meu irmão...-Fez uma careta e correu para o banheiro com a muda de roupas nas mãos.

-Eu hein...-Nick ironizou.-Ela perguntou e eu respondi.




Entrou totalmente pálida no Salão Principal.

Harry e todos já estavam lá.Inclusive a Weasley e a maldita Melabouth.

Queria matar aquela cretina, aliás, aquelas cretinas, mas logo aquilo tudo teria troco.Elas realmente não sabiam com que estavam mechendo.

-Vem Patricia, vamos logo.-Sua amiga chamou a puxando pelo pulso.

Hoje seria o dia do baile e a feiosa da cabeça de fosfóro iria se ferrar.

Teria de ganhar a coroa e mostrar para Harry que ambos foram feitos um para o outro.Mas o melhor seria amanhã no segundo baile onde teria a entrega da coroa e a apresentação do projeto do professor Lupin.Não sabia porque ele foi adiado para o segundo baile mas tudo bem!O que importava é que iria mostrar para todos que ela e Harry se amavam.

Sentou-se na mesa da Corvinal e seu olhar se encontrou com o de Cho, que fez cara de esnobe e foi retribuida da mesma maneira.

Droga de escola.Só estava lá ainda por causa do Harry.Não desistiria do seu Principe tão rapidamente.Antes acabaria com todas que se aprosimassem dele.

Se Harry não fosse só seu, não seria de mais ninguém.Essa era a regra e impôs isso a si mesma desdo primeiro momento que beijou ele e descobriu quer tinha que ser para sempre.

-Paty, está tudo bem?-Rebeca perguntou com cara de falsa preocupação.

-Eu estou bem...-A amiga respondeu sem desgrudar os olhos de Harry que conversava animadamente com Hermione.-Mas ainda ficarei melhor...-Terminou.

Aquela sangue-ruim também iria ver só por não largar do seu Harry.

Mas primeiro aquela maldita Weasley que a humilhara tanto.

Depois, aquela ridicula bastarda da Melabouth.Todos ficariam sabendo do seu segredo.

TODOS!




-Hei pessoal...-Rony chamou, fazendo todos o fitarem.

-Que é hein Rony?-Jorge pergunou alvoroçado e quase derrubando suco na própria veste.

A conversa no Salão estava muito animada e o assunto era nada mais nada menos que: Baile de Halloween.

-Sabe o que eu descobri por conta prórpia?-O ruivinho sorriu para Harmione que ergueu uma sobrancelha.

-O que?-Fred torceu o lábio.

-O Harry está apaixonado!-Disse fazendo todos arregalarem os olhos.

Inclusive Harry e Gina que antes sorriam e que ao ouvirem o pronunciado pelo ruivo, fizeram as piores caras do mundo.

-Sério Harry?-Hermione deu um beijo no rosto do amigo.-Por quem?

-Quem disse que eu estou apaixonado Rony?-O moreno perguntou corando.

-Ontem ele chegou no quarto com uma cara de apaixonado que nem conto a vocês...

Gina arregalou ainda mais os olhos e abaixou a cabeça.

Harry virou os olhos para fitar a ruiva que parecia não querer ouvir mais nada e estava muito vermelha.

-Rony eu já disse que...

-Ele me disse que ela era bonita...-Rony falou interrompendo-o.-E eu acredito.Pelo jeito que ela deixou ele...

-Chega Rony!-Gina falou rispida, fezendo todos olharem intrigados para ela.

-Porque?-O ruivo perguntou sem entender nada.

Todos os outros pareciam querer comer Gina com o olhar.

Harry balaçou a cabeça negativamente e a abaixou.

Era uma droga mesmo!Iria matar Rony quando estivessem sozinhos.

-Er...Acho que não precisamos ficar entrando em detalhes sobre a vida pessoal do Harry...-Falou sem fitar o mencionado.-Se ele está apixonado é só problema dele.Não quero que isso vire um jornal de Hogwarts.

Rony corou e deu um gole no suco para esconder o constrangimento que as palavras de Gina causaram.

Nicolly e Hermione se fitaram de uma maneira cúmplice e olharam juntas para Gina que fez cara de desentendida.

-Gina, você está apixonada pelo Harry?-Fred perguntou com os olhos cerrados.

-NÃO!-Gritou, logo em seguida pondo a mão na boca.-Quero dizer, claro que não.

-Hum...Acho bom.-Jorge completou.-Ele é muito galinha pra você...

Harry abriu a boca indignado mas a fechou sem conseguir dizer nada.

Olha onde sua fama já estava...




O dia passou voando e logo já era 5:00 da tarde e em duas horas aconteceria o inesperado baile de Halloween.

No dormitório feminino já havia o maior alvoroço inclusive no banheiro onde todas garotas tentavam entrar ao mesmo tempo já que nehuma queria se atrasar para o baile.

Os vestidos já estavam todos em cima de suas camas, inclusive o de Nicolly que arrumava suas coisa de maneira tranquila.

-Gina cadê seu vestido?-Nick perguntou analisando a ruiva deitada na cama com cara de cansada.

Gina bocejou se virou para fitar a amiga.

-Tá na sacola...-Respondeu normalmente.

-Ainda?-A morena arregalou os olhos.-Mas você não vai usar ele?-Perguntou revirando os olhos.

-Não.-Respondeu sentando-se na cama.-Que sono...-Completou bocejando.

-Gina, você está brincando né?-Sorriu sem dar atenção.

-Se você acha...-Falou dando de ombros.-Espera pra ver.

-Duvido mesmo!-Nick disse rindo.-Agora eu vou tomar meu banho okay?

-Vai lá...!Aposto que você ganha a coroa.-Falou certa do que dizia.Nicolly era linda suficiente para ganhar a coroa e tinha certeza disso.

Fechou os olhos mentalizando tudo que ouvira de Rony na manhã.

Harry apaixonado...

Será?E o que ele disse sobre o moreno achar a garota bonita era verdade?

Ah Merlin...Porque tinha que ficar pensando nisso?

Tá certo que amava de mais aquele moreno lindo...Mas ficar um dia inteirinho pensando nele já era de mais.

Só que quando pensava que estava prestes de beiajr aqueles lábios perfeitos, sentia até um friozinho na barriga.

E de lembrar daquele sorriso perfeito junto com a covinha sexy que ele tinha nos cantos das bochechas...

Ah, melhor do que Harry Potter era impossivel.Ele era o Deus da Beleza....

Um Deus Grego...

Concluiu suspirando de forma apaixonada.

E era exatamente hoje que iria cantar com ele...A música que dizia tudo sobre seus sentimentos.Exatamente tudo.




Lejos de pensar

Que me estoy haciendo mal.

Tengo que reconocer,

Que todo esto me ha salido mal!





-Chegou...!-A loira riu histérica e foi até a janela apanhar o embrulho que a coruja negra veio lhe trazer.

-O que é isso?-Rebeca perguntou curiosa olhando de esguelha.

-Meu vestido.-Falou suspirando e abrindo o embrulho.

-Mas você não já tinha comprado?-A amiga perguntou intrigada.

-Me aconselharam a usar esse...-Ela falou com os olhos brilhando ao ver o vestido.

Era lindo.

Negro até os pés com detalhes vermelho sangue que brilhavam conforme ele era movimentado.

O decote glorioso redondo com mangas três quartos que abriam na metade.

Aquele era o vestido perfeito.Algo que qualquer garota gostaria de usar...

Tinha uma beleza tão imensa que era dificil alguém não notá-lo.

Ele parecia ser único e totalmente enfeitiçante.

-Onde você comprou essa reliquia?-Rebeca perguntou lentamente.

Os olhos violeta de Patricia brilhavam e ela tinha uma curiosa feição assustadora e maniaca.O que dava impressão de que em instantes começaria a nascer caninos gigantes nela.

-Um parente meu que me mandou.Bem que ele disse que era lindo!-Ela falou colocando-o de forma delicada sobre a cama.-Me fez jurar que eu ia usá-lo.E é claro que eu pretendo...-Terminou se levantando.

-Tenha certeza que a coroa do baile é sua...-Rebeca disse com uma certeza indispensável.

-Eu sei!-Concordando com um asceno da cabeça.-Eu sei...

-Espera, tem um bilhete...-Rebeca mostrou apontando com a cabeça.

Patricia virou-se e pegou o bilhete, abrindo-o rapidamente e correndo os olhos sobre o papel amarelado e riscado com uma letra fina e inclinada para a esquerda.

Querida Patricia,

Espero realmente que esse vestido dê o resultado que eu e você esperamos...
Você tem que concordar comigo que mais bonito não existe!

Achei a sua carinha.Tenha certeza que o Potter vai cair como um verme aos seus pés.E, ah, por favor, como agradecimento, faça-o dizer que te ama, de joelhos...

Faça bom proveito do vestido pois eu nunca confiaria coisa tão rara a outra pessoa.

Se sinta especial, porque você nasceu assim!!!

Ass: ...


Olhou feliz ao redor e sorriu.Hoje era o dia da vitória para uns e perda para outros!!!




-Gina, como eu estou?-Nick perguntou dando uma volta.

O vestido estava perfeitamente ajustado ao corpo da amiga.Ficara perfeitamente perfeito e duvidava muito que alguém pudesse ficar mais bonita.As garotas do dormitório ficavam olhando admiradas para Nick.Com certeza achando bonita.

Os cabelos da morena caiam até a cintura com uma parte do lado esquerdo preso com uma presilha negra.

-Perfeita é pouco...-Gina elogiou olhando-a de cima a baixo.

-Ahhh, valeu Gina, te amo!-Falou dando um pulinho de felicidade.

-Nick, acho que...-A ruiva se levantou e foi até as coisas de Nicolly.-Tira esse colar que você colocou...-Ela pediu.

A morena franziu o cenho e tirou o colar.

-Achei!-A ruiva gritou.-Ponha esse aqui...

Nick sorriu e pegou com cuidado a jóia.

Era um colar prata com uma estrela de seis pontas que brilhava juntamente com as pedras negras que o rodiavam.Era realmente uma maravilha.Como não achara antes aquele colar.

-Agora você está divina!-Gina disse se sentando na cama e sorrindo para a amiga que se olhava no espelho.

-Ai Gina, eu estou tão nervosa...

-Não fique.O Fred vai ser o cara com a menina mais linda do baile...

-Ai Gina, você é tão certa das coisas que me faz até criar esperanças...-Brincou com os lábios rosados e brilhando por causa da camada de brilho.E os olhos cerrados e mais obscuros pela razoável camada de rimel e lápis preto.

-Eu digo a verdade!-Concluiu cruzando os braços em frente ao peito.

-Você não vai ao beile não?-Nick perguntou com uma sobrancelha erguida.

-Vou!Porque?-Perguntou dando de ombros.

-Você nem se vestiu ainda...-A amiga falou mordendo o lábio inferior.

-Me dá só cinco minutinhos...-Gina correu para o banheiro e se trancou.-Espera ai...-Gritou.

-Tá bom.-Nick se sentou na cama e sorriu para sua imagem no espelho.

O que Gina iria aprontar?Nem tomar banho dava em cinco minutos!




-Harry, cara, você está muito da hora...-Rony falou olhando Harry de esguelha enquanto arrumava seu terno sobre os ombros.

-Você também...-O amigo retribuiu.

-Pelo menos não é algo do tipo que eu usei no quarto ano...-Ironizou fazendo Harry rir.-Mas garanto que você está bem melhor que eu...

-Do que me adiante?Estou sem par mesmo!-Falou dando de ombros.

-Ah Harry, par pra você é o que não falta!-Suspirou e se virou para o amigo.-Estou bem assim?

-Ótimo, agora vamos...-Harry bufou e saiu do dormitório.

Todos garotos já tinham ido e só eles haviam ficado por ultimo, graças a enrolação de Rony, que fazia de tudo pra ficar exuberante para Mione.

Pararam em frente a porta de entrada do Salão Principal e já ouviam a música alta que tocava junto das vozes dos alunos que cantavam e conversavam ao mesmo tempo.

-Vai você primeiro...-Harry falou dando um passo pra trás...

Rony mordeu o lábio exterior e empurrou a porta, fazendo-a abrir-se sozinha.

Todos do Salão pararam e olharam para quem estava entrando.

Sorriram calmos.Pelo menos Rony tinha vindo com uma roupa discreta.

Hermione abriu o maior sorriso e se dirigiu até o namorado que deu um passo a frente, fazendo a porta se fechar atrás.

A namorada estava linda com o vestido azul royal até a canela e cheio de pontas que lhe caiam até os pés onde tinha uma linda sandália beje de salto fino que dava um ar super feminino a ela.

Hermione nunca fora a beldade da escola.Mas naquele momento Rony percebeu vários olhares masculinos sobre ela e com certeza, morreu de ciúmes.

-Você está linda Mione...-Ele falou segurando nas mãos e dando um beijo rápido para poder vê-la melhor no vestido alças finas e decote em 'v'.

-Obrigada Rony.Você também está lindo!-Concordou de forma sincera.

Pelo menos daquela vez estava falando a verdade.

-Cadê o Harry?-Perguntou puxando o namorado e sentando-se com ele em uma mesa de três lugares.

-Er...

Rony nem precisou termianar pois a porta do Salão abriu-se de novo deixando amostra um belo moreno que sorriu de forma galante nas suas vestes pretas junto de uma camisa com dois botões desabotoados deixando amostra o peitoral totalmente sexy e tentador.

Várias garotas suspiraram e olharam indignadas para a beleza extrema daquele moreno.

Ele sorria e encantava todas garotas no Salão, até as que já estavam com seus pares, que pareciam emburrados ao ver Harry.

Os olhos do moreno brilharam ao ver todas meninas de boca aberta e paralisadas.

Deu uns passos a frente fechando a porta atrás de si.

Esperou um pouco pra ver se alguma menina vinha até ele.Nada!Todas estavam intactas em seus lugares suspirando e o fitando com cara de bobas.

-Ninguém quer dançar comigo?-Ele perguntou com a sobrancelha erguida.

Como que se a voz de Harry despertasse elas, várias garotas correram até Harry, formando uma rodinha em volta dele, que por sua vez, sorriu alarmado ao ver tantas meninas pedindo para dançar consigo.

Que droga!Não podia ter simplesmente escolhido uma?

As outras que estavam com seus pares suspiraram emburradas e cruzaram os braços em frente ao peito.

Os outros meninos pareciam querer pular em Harry e matá-lo, assim pelo menos as atenções não seriam somente para ele.

-Nossa, o Harry arrasou não é?-Hermione falou se aconchegando nos braços do ruivo.

-Até você Mione?-Ele perguntou emburrado.

-Lógico que não seu bobo!Até aprece que você não sabe que eu amo apenas você...-Falou dando um beijinho no pescoço dele, que se arrepiou todo.

-Acho bom mesmo...-Murmurou abraçando carinhosamente a namorada.

Aquele baile realmente não tinha muita coisa de atraente, até mesmo porque estava muito parado e a maioria sentados em seus lugares.

Só Harry e umas vinte meninas que pareciam se divertir, pois estavam dançando com o moreno que ria toda hora.

-Aff, cadê a Nicolly hein?-Hermione perguntou para si mesma, o que fez Rony bufar.

-Porque?

-Sei lá, esse baile está muito desanimado...-Ela respondeu de propósito, só para deixar Rony nervoso e ver se ele se tocava.

-Nossa Mione, é desanimante ficar comigo?-Ele perguntou chateado.

-Não é isso Rony, é que você nem me chama pra dançar...-Falou meiga.

-Ah, por que não me disse que queria dançar?-Rony levantou-se rapidamente e puxou Hermione, encontrando seus corpos rapidamente e começando uma dança sensual e ritmica.Ondulando seu corpo com o dela, que sorriu abismada.

-Nossa Rony, eu não sabia que você dançava tão bem...-Ela falou alarmada.

-Nem eu...-Ele disse de forma eufórica.-E agora, o baile ainda está parado?

-Não pra mim, meu bem!-Riu e segurou firmemente no pescoço do ruivo.

Harry virou o rosto e sorriu para Rony.

Pelo menos as aulas do projeto do Lupin tinham feito Rony ser mais solto pra dançar.Ele realmente havia aprendido e dançava muito bem com Hermione.

A porta do Salão Principal abriu-se novamente e todos pararam de dançar e olharam para entrada.Quem seria agora?

Ninguém entrou.

Harry cerrou os olhos e deu um passo a frente, era como se algo o chamasse, passou por entre as garotas e ficou olhando para a entrada, sentindo algo estranho, como que se no seu estômago só tivesse vento.

Pouco a pouco foi vendo uma imagem distorcida que em instantes ficou nitida e fez o salão inteiro suspirar.Era a garota mais linda que havia entrado no salão naquele momento.

Parecia que ela emanava algum tipo de feitiço que não deixava que ninguém falasse nada.

Hermione arregalou os olhos.

Droga!Não podia ser quem ela estava pensando?Ou podia?

A menina parou no meio do Salão, onde as portas se fecharam novamente.

Ela olhava fixamente para Harry, que estava de boca aberta e seu corpo parecia não aceitar seus incetivos, a única coisa que queria era ficar ali aprado admirando aquela dama que usava um longo vestido negro com detalhes em vermelho sangue e que sorria para si.Sabia quem era ela, sabia o que ela pretendia, mas era como se estivesse encantado e sua vida dependesse de admirá-la...

Até mesmo as meninas do salão estavam paralisadas olhando para Patricia que sorria carinhosa para Harry que estava na sua frente.

-Mione, aquela ali é a Jordan ou meus olhos me mostram uma miragem?-Rony perguntou abobado.

-Ronald Weasley...-Hermione pronunciou nervosa.-O que você disse?

-Que você é linda...-Ele falou se tocando e com muito esforço, olhando para Hermione.

A namorada bufou e o puxou para voltarem a se sentar.

-Olá Harry...-Ela murmurou com a mesma voz esnobe de antes.

Era mesma Patricia, só que com todo aquele encanto, era meio dificl achá-la fútil.Para a surpresa de todos que achavam que ela iria com um pedaço de pano verde oliva, ela fora como uma verdadeira rainha a qual merecia muito a coroa.

Sua beleza era tão imensa que Harry não conseguia mais pensar em nada nem em ninguém.Somente na magnifica Patricia Regina Jordan que estava sorrindo para si.

-É você mesmo?-Ele balbuciou temeroso e abobado.

-Pelo que me consta...-Ela sorriu e pegou na mão dele...-Eu estou aqui, pronta pra você!-Ela se aproximou dando um beijo próximo a boca do moreno que sentia as pernas bambearem.-Vamos dançar Harryzinho?

-Claro!-Ele sorriu sexy e a puxou para o meio da pista.

Logo a música voltou a tocar e os garotos faziam um grande esforço para não ficarem olhando para Patricia, que dançava lentamente com o moreno.

Ah, como Harry tinha sorte!-esse era o único pensamento de todos rapazes-.

Dumbledore cerrou os olhos e suspirou.

-Sr diretor, aquilo não é o que eu e Snape achamos não é?-Minerva perguntou com ar preocupado.

-E sim Minerva, mas vamos deixar assim...-Ele falou lentamente sem desgrudar os olhos de Patricia.

-Porque?Isso é errado!É contra as regras...-Minerva murmurou alarmada.

-Deixe como está Minerva...-Dumbledore repetiu.

-Sr diretor...

-Por favor Minerva, eu sei o que faço!-Dumbledore pigarreou.

-Tudo bem!-A coordenadora da Grifinória deu-se por vencida.

**

-O que você fez?-Harry perguntou baixinho ao pé do ouvido da loira.

-Nada!-Ela murmurou...-Agora Harry, me diz, você me ama?-Ela perguntou de forma carinhosa, fazendo seus lábios se roçarem.

Harry suspirou.

Um parte de sua mente gritava para ele dizer que não, mas outra pedia para ele dizer sim.Era como se não conhece mais seu corpo nem a si próprio.O que estava acontencendo?

Quando estava pronto pra dizer sim, mesmo sabendo que não amava ela e nunca amaria, a porta do Salão voltou a se abrir.

Todos olharam pra lá novamente para ver uma bela Nicolly entrando de forma encantadora.

Ela realmente estava linda, chegava a estar mais bela que Patricia, mas era como se algo os impedisse de achar isso, era algo estranho.

Patricia virou pra trás e ergueu uma sobrancelha.

Nem a burra da Melabouth conseguiria ser melhor que si própria naquele momento.

Nicolly franziu o cenho ao ver Patricia.

O que será que aquela loira aguada tinha feito?

Ah, não queria nem saber.

Fred se levantou e foi até a namorada, segurando nas mãos dela.

-Você está linda...-Ele murmurou dando um celinho nela.

-Você está mais do que isso...Meu gato!-Retribuiu o elogio.-Agora me responde uma coisa.O que aquela elfa doméstica oxigênada está fazendo ali com o Potter?




Por eso voy a aprender, voy a vivir,

Voy a abrazarte más y más,

Y no quiero y no debo y no puedo dejar de verte.

Por que vives en mi junto a mi,

En mi interior en este corazón confundido.

Por eso te pido por favor...





-Eu não sei.Quando ela entrou, os únicos que não ficaram tão impressionados foram eu e o Rony.

-Como?-Nicolly perguntou assustada.

-É como se ela fosse o centro das atenções.Quero dizer, como que se para todos os garotos ela fosse a mais linda!

-Não acredito!Como isso é possivel?-Nick perguntou nervosa.

-Não sei mesmo.Você não percebeu que só eu e o Rony que estamos de boa no baile sem ficar suspirando por ela?

-Esquece!Não vou estragar o baile por causa daquela ogra...-Falou dando ombros e dando um passo a frente.

-O que você vai fazer?-Fred perguntou ao ver Nicolly olhar para a mesa dos professores.

-Dar um recado da sua irmão...

Fred ergueu uma sobracelha.

-Da Gina?-Ele perguntou curioso.

-Dumbledore.-Nick chamou de forma alta, o que fez o diretor se levantar e sorrir carinhoso.-Ela disse que já está pronta.-Disse simplesmente indo sentar-se em uma mesa com Fred.

O Salão ficou em silêncio e o diretor fez um gesto com as mãos, fazendo a música parar.

-Agora queridos alunos...-Ele começou.-Tenho uma surpresa para vocês!Aposto que irão gostar.-Ele olhou para Harry, que piscou algumas vezes.-Harry, venha aqui...

O moreno olhou ao redor.Todos estavam o fitando.Patricia pegou no pulso dele.

-Onde você vai Harry?-Ela perguntou olhando ao redor.

Harry se soltou e sem dizer nada foi até o diretor, parando ao lado dele.

Dumbledore fez mais um gesto com as mãos fazendo aparecer um palco e um piano.

O salão permanecia em silêncio, apenas observando e tentando advinhar o que iria acontecer.

-Harry, você está pronto...?-O diretor perguntou baixinho.

-Dumbledore, eu não sei o que está acontecendo comigo, é como que se eu não soubesse mais o que eu tenho que fazer...-O moreno balbuciou olhando alarmado para Dumbledore.

-Harry, você vai conseguir, isso logo vai parar.Confie em mim...

-Eu confio.-Harry olhou para todos, menos para Patricia que estava com um sorrisinho perverso nos lábios.

As luzes se apagaram, deixando apenas uns flashs azuis por todo o Salão, que parecia encantado e cuiriosos com o que viria a acontecer.

-Que abram as portas do Salão...-Dumbledore disse em voz alta, o que fez as portas se abrirem, deixando amostra, uma sombra.

Quem seria, o que iria acontecer e qual seria o mistério, era a única coisa que todos queriam saber naquele momento.

Nem Patricia parecia mais tão importante assim.




Es dolor el saber,

Que lo nuestro puede terminar,

Por que simple y sencillamente...

Nunca he sabido actuar!





CONTINUA...


N/A:
Capitulo Mais enorme que eu já fiz....UEBA!

Eu sei que nem deveria ter parado ai, mas á repararam no tamanho do cap?Eu espero do fundo do meu coração que vocês tenham gostado.E já estou na metade do outro capitulo, então não vai demorar tanto.Mil desculpas pela demora e obrigado aos que comentaram.Amo muito vcs, mas tenho que ir rapido pq entrei escondida na net....Huahuahua!

Bjks e não esqueçam de entrar no meu blog.

Bjão Queridos...




Tradução:

Esina-me.

É doloroso saber que tudo pode acabar
Porque simples e sencivelmente nunca soube atuar
E sei que morres por mim, vives por mim
E você nunca me deixou para trás
Porque sabés que ás vezes o que eu sinto é medo
Mas você vive em mim, junto a mim
Em meu interior neste coração confundido
Por isso te peço por favor...
Ensina-me a querer-te um pouco mais,
e a sentir contigo o amor que tu dás
Acabe com o frio, quero te beijar
Ensina-me a querer-te um pouco mais, e a viver contigo
Que eu não agüento esperar,
Quero te beijar...
Longe de pensar que estou me fazendo mal,
tenho que reconhecer que o que eu fiz so fez eu me dar mal,
por isso vou aprender, vou te sentir, vou te abraçar mais e mais
E não quero, e não devo e não posso deixar tu ás vezes
Porque te tenho em mim, vivo em mim, no meu interior e neste coração
Tão ferido, por isso te peço por favor...
Ensina-me a querer-te um pouco mais, e a sentir contigo
O amor que tu me dás
Acabe com o frio, quero te beijar
Ensina-me a querer-te um pouco mais, e a viver contigo
Que eu não agüento esperar,
Acabe com o frio,
Quero ir onde vas...
É doloroso saber que tudo pode acabar
Porque simples e sencivelmente nunca soube atuar
Ensina-me
E a sentir contigo
Acabe com o frio, quero te ver já
Ensina-me a querer-te um pouco mais, e a viver contigo
Que eu não agüento a ansiedade,
Acabe com o frio,
Quero ir onde vas...












Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.