FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Capitulo 1


Fic: Eu ainda não te esqueci. H&Hr AVISO ON


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capitulo 1
 


- O QUE? – gritara o moreno. – Porque justo ele? Pensei que tínhamos alguma coisa.


Sua respiração era pesada. A atmosfera daquela sala estava mais pesada do que nunca. Não sabia ela que era perda de tempo tentar convencê-lo. Sempre achou que era uma simples atração. Harry era seu melhor amigo, e não namorado. Não sabia quando essa situação havia surgido, mas desde do ocorrido era quase inevitável.


- Harry, qual é o fundamento da nossa relação?  


Se ele soubesse o que Hermione tinha a dizer, ele preferiria mil vezes ver mais uma aula chata do Snape.


Harry a pegara no corredor enquanto ela ia em direção a mais uma aula. Ele não agüentava mais de ansiedade. Precisava contar que descobrira mais uma Horcrux e como destruí-la. Hermione caminhava no corredor com passos largos e rápidos, sua expressão era dura. Harry a agarrou pelo braço, ela se assustou deixando livros, penas e cadernos caírem com um barulho ensurdecedor no chão. Se abaixaram para pegar, Harry achou uma ótima oportunidade para lhe contar o que tinha descoberto. A morena sorriu, mas não parecia muito interessada. Estranhando a cara da garota, Harry a chamou para conversar, ela aceitou com relutância. Ele queria resolver tudo ali mesmo, mas a garota não quis, escolhendo uma sala que a muito não era mais usada. Ele preferia não ter encontrado com ela naquela tarde.


Harry bufou. Não conseguia permanecer quieto. Ele começou a andar de um lado para o outro, seus passos eram largos e pesados.


- Qual é o fundamento? Precisa de fundamento? – ele olhara para ela intrigado.


O fato era: Hermione sabia que não podia contar para Harry. Estragaria tudo, e ter achado Draco como desculpa, facilitava as coisas. Harry não estava com cabeça e muito menos tempo para algum tipo de relação mais séria.


Hermione se aproximou do garoto. Seus olhos estavam perdidos e marejados.


- Harry! – sussurrara a garota afagando o rosto do garoto.


Harry virou o rosto tentando se livrar da mão de Hermione. O moreno estava confuso, seu coração estava disparado. Quando Hermione o tocou ele queria beijá-la, mas já não sabia se era o certo. Hermione pegou sua mão e a segurou gentilmente.


- Você às vezes não se pergunta... – ela fez uma pausa dramática – como isso tudo aconteceu? Foi tudo tão rápido e...


- E acabou na mesma velocidade. – completou.


Harry estava a um passo da loucura. Ele empurrou a mão da garota e se afastou. Hermione o olhava através das sombras daquela sala escura, iluminada somente pelas vidraças que estavam emperradas por falta de uso.  A respiração de Harry era pesada e nervosa. Ele se virou e seus olhos estavam vermelhos.


- Você nem ao menos o ama. – disse ele olhando para a garota. – E quanto a mim? Eu fico aqui igual um idiota pensando que tudo que tivemos não passou de uma simples atração? – Hermione fitou o chão, como se de repente ele tivesse ficado muito interessante. – Tudo bem, é uma escolha sua. Mas você mais do que ninguém sabe que eu estou em meio a uma guerra Hermione. As coisas não tem sido fáceis, perder o Ron foi difícil... Eu... – ele se aproximou. – Você é... bem, era meu único ponto de apoio. Quando Ron começou a namorar Luna ele nos deixou e sumiu sem nem dar satisfação.


- Harry, eu sei como é difícil... – começara a garota.


- NÃO VOCÊ NÃO SABE. – gritara, ele se aproximou a agarrou pelo braço. Ele a apertava com força. – Se você soubesse Hermione você... você... SEI LÁ O QUE VOCÊ FARIA. Quero que você se exploda. VOCÊ E O MALFOY.


- Ainda podemos ser amigos Harry. – disse ela tentando soltar-se. Ele era bastante forte.


- Escute uma coisa Hermione. Enquanto você estiver com aquele canalha do Malfoy eu nunca ousaria chegar perto de você. Eu não te tocarei nunca mais.


- Não diga nunca Harry. – ela estava chorando.


- PARA. Engole o choro. – ele a soltara empurrando-a na parede.


-Por favor, Harry. Entenda eu... – ela soluçava. – eu...


- Você o quê?


- Não seja tão duro comigo. – sussurrou a garota.


- E VOCÊ QUER QUE EU FAÇA O QUE? Diga: “Nossa Hermione serio? OH! Vai me deixar pelo Draco? QUE OTIMO” Faça o que você quiser Hermione só não em procure. Seria perda de tempo.


Dizendo isso Harry se virou, chutou uma cadeira que estava em seu caminho e saiu da sala. Hermione sentou no chão gelado daquela sala escura e fria. Pensou no que havia feito e se era realmente certo. Mas o que importa? Agora já era, já tinha feito, não havia como voltar atrás. Provavelmente, pensou ela, Harry deve estar em algum canto por ai, socando alguma coisa quando dá seus acessos de raiva. Hermione permaneceu sentada ali por varias horas, ela se sentia idiota e culpada. Mas no fundo ela sabia que não poderia ocupar Harry tanto assim.


~*~


Seus passos eram largos e determinados, precisava encontrar esse peste. Harry virou no corredor como se Voldemort estivesse parado no final dele e estivesse pronto para lutar. Com a varinha na mão e pronto pra qualquer ataque surpresa.


O garoto estava possesso, a raiva invadia por seus poros e se estagnava em seu coração. Queria quebrar a cara desse canalha que havia roubado o coração daquela que tanto amava e confiava. Sentia um gosto acido em sua boca, parecido com aquele que sentimos antes de vomitar. Sua língua estava presa no céu da boca e sua garganta estava tão seca, como se não bebesse água há séculos.  Enquanto procurava por Draco pensou em varias maneiras de torturá-lo. Pensou em pega-lo de surpresa e girar seu pescoço, o sufocando a até toda vida se extinguir de seu corpo.


Parou na ala leste do castelo, sabia que Draco ficava por ali quando estava sem nada para fazer. Ele e seu grupinho de najas. Procurou por alguns corredores, e decidiu por fim entrar em um corredor que levava ao pátio. E BAM, lá estava ele. Sentado como se o mundo girasse ao seu redor. Um grupo de meninas, diga-se de passagem, feias e safadas, estavam se queixando com o garoto. Enquanto seus amigos estavam se atracando com outras garotas. Parecia um ninho de orgias. Como Hermione podia confiar nele? Pensou Harry com seus botões.


- Ei, leite azedo! – gritou Harry indo em direção ao ninho da perversão.


Draco se levantou com um sorriso maroto nos lábios. Seus cabelos platinados balançavam enquanto o garoto se aproximava. Seus olhos carregados de hostilidade fitavam Harry. Os garotos que se atracavam com as ninfetas pararam para ver o que estava prestes a acontecer.


- Cicatriz. – disse Draco com uma falsa surpresa. – Sabia que cedo ou tarde você me procuraria.


Draco se aproximou de Harry com as mãos nos bolsos, seus lábios traziam um sorriso divertido.


- Parece que dói perder a Granger pra mim, não é mesmo?


Todos atrás de Draco começaram a rir. Harry sentiu uma corrente elétrica subir por sua espinha. Seus olhos ardiam e sua respiração era pesada.


- Não sei qual é sua intenção com ela Malfoy. – disse Harry em um tom ameaçador. – Se eu descobrir que você fez mal à Hermione, em sua pele eu desejaria não ter nascido.


Draco sorriu.


- Pode deixar Potter. – Draco cuspiu as pés de Harry ao pronunciar seu sobrenome. – Não faria mal a Granger, e não é só por ela ser muito boa de cama.


Uma explosão de gargalhadas surgiu atrás de Draco. Harry sentiu que todo seu corpo entrara em combustão. Sentia se forte. Pronto para qualquer coisa. Com um rápido golpe socou a cara de Draco.


Draco se assustou e demorou a entender o que tinha acontecido, quando notou Harry o atingiu mais uma vez. Draco investiu contra Harry, mas foi inútil. O moreno o socou mais uma vez no rosto, derrubando um Malfoy no chão. Sua boca estava inchada, roxa e sangrando.


Harry sorriu maliciosamente.


- Espero que tenha entendido o recado Malfoy.


Dizendo isso Harry chutou a masculinidade de Draco, que arfou ao receber o chute e se encolheu no chão. Com uma risada debochada Harry deixou Draco no chão e seus amigos para trás. Harry se sentia otimo, um peso fora tirado de suas costas. Ver Draco tão indefeso e podre naquele chão. Harry sabia que levaria um olhar de gelado de Dumbledore - caso o proprio ainda estivesse vivo. O orgulho é o ponto fraco de um homem, disse uma vez quando Harry descobrira algo sobre Tom e algo além de felicidade se encontrava em seus olhos. Harry tentou esquecer isso por um momento.

Harry se afastava do corredor com uma sensação boa, apesar da dormencia na mão. Logo passa, pensou Harry. 

~*~

N/A.: Bom gente - nossa, faz tempo que eu não faço uma 'Nota' - eu, como vocês podem notar eu sou fascinada pelo ship Dramione. Na minha antiga conta na FeB eu tinha uma fic H/Hr mas eu acabei deletando a conta por engano, e não consegui recuperar mais essa Fic. Então, eu tive uma ideia fantastica para uma fic, mas ele deveria ser H/Hr então eu decidi que faria, apesar de achar que H/Hr combinam mais como amigos, eu acho que um romance entra eles é muito inspirador. Então decidi misturar Dramione e H/Hr e criar a fic dos meus sonhos. *-* 
Espero que gostem de pequenino capitulo que fiz que dá uma abertura para toooooooooodo o resto da historia. XOXO Leticia

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Leticia F Malfoy em 12/09/2011

Oh! Vou postar o proximo capitulo assim que eu puder. Eu vivo rabiscando algumas coisas na aula, então provavelmente amanha ele já estara no esboço.

Beijooos

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Jéssica J em 12/09/2011

o que Draco tá aprontando? O que Hermione tem em mente? huuum, curiosa! esperando novas postagens, ótimo capítulo ^^

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por pedro lucas em 12/09/2011

gostei, posta mais

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.