FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

4. Coraçao partido


Fic: Meu segundo amor !


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 4 – Coração Partido.



N.A; --> Depois de seculos e seculos a fic esta de volta, perdoem-me, sou uma incosequente, mas tudo bem, nao deixem de ler a fic, esta legal, e quase no fim, leiam... preciso terminar de posta-la, mas preciso saber o que estao achando... hehehehhehe, beijinhosssss



Obrigada a todos que ja a leral e comentaram...



Draco e Hermione estavam namorando a mais de um ano, se é que podia chamar aquilo de namoro, pois não queriam que ninguém soubesse, só quem sabia era Harry e Rony que eram contra. Eles quase não se viam, e quando se viam era rapidamente, ela como sempre, passava mais tempo com Harry e Rony.



O baile de inverno estava chegando, era o ultimo baile deles em Hogwarts, Hermione sabia que provavelmente iria com Draco, ela já estava fiando incomodada porque os dias estavam passando e nada de Draco a convidar.



Ela não se estressava muito porque estavam na semana dos NIEM’S e todos estavam estudando muito, inclusive ela.

Naquele final de semana eles iriam a Hogsmeade, por isso todos estavam no campo. Ela estava na sombra de uma árvore com Harry, Rony e Gina, mas estava com o pensamento longe, estavam olhando mais adiante onde estavam Draco, Crabbe, Goyle e Pansy.

Começou a ficar com raiva quando viu que Pansy começou a se jogar para Draco.



- Draco você já tem companhia para o baile?

- É... não sei... mais ou menos, eu não sei dizer direito.

- Como mais ou menos? Você tem ou não tem!

Pansy aproximou-se de Draco, estava quase o beijando...

- Posso saber o que está acontecendo aqui? – perguntou Hermione.

- Nada que seja da sua conta Granger. Se manda – retorquiu Pansy.

- Acho que é muito da minha conta sim! Draco você ia deixa-la te beijar! Como pode fazer isso?

Elas estavam falando tão alto que uma aglomeração de alunos já os observavam.

- E quem você pensa que é pra falar desse jeito com ele?

- Eu penso que eu seja a namorada dele.

- Hahaha! Que coisa mais estúpida pra se dizer, até parece que Draco namoraria uma impura como você!

- Pergunta pra ele!

- Draco, diga logo que a Granger ta doida!

- Vamos Draco, diga que sou sua namorada.

Draco simplesmente ficou sem reação, não conseguiu emitir nenhum som, dizer nenhuma palavra.

- Ele teria vergonha de namorar você!

Por mais que Hermione odiasse admitir isso, parecia que Pansy estava certa, ele tinha vergonha de namorar ela.

- Que belo namorado eu arranjei – disse ela olhando fixamente para ele – que não tem coragem de dizer apenas uma palavra que seja, não tem coragem de me defender. Me enganei com você. Acabou!

Hermione virou-se e saiu sem nem mesmo falar com Harry e Rony. Os dias se passaram, Hermione passou a acordar mais cedo que nunca para evitar ver Draco na hora do café, o que não adiantava muito, pois sempre o via nas aulas.



Quando o sinal tocou da aula da profª McGonagall, todos já haviam saído, Hermione estava arrumando seus livros e Harry e Rony a esperavam.



- Será que eu posso falar com você?

- Eu não tenho nada pra falar com você Malfoy.

- Mas eu tenho.

- Se manda Malfoy, ela já disse que não quer falar com você.

- Não se mete Potter.

- Eu me meto sim.

- Você tem raiva porque ela escolheu a mim e não a você.

- O que foi a maior besteira que ela fez!

- Eu quero falar com você.

- Agora você quer falar comigo, mas na semana passada eu fiquei com fama de doida quando você me deixou falando sozinha!

- Se eu tivesse falado algo todos saberiam que estamos namo...

- E o que tinha de mais se as pessoas soubessem que estávamos namorando? Poxa, estávamos juntos a mais de um ano, ou talvez a Pansy esteja certa, você tem vergonha de mim – disse fechando os olhos.n é isso, é claro que eu não tenho vergonha de você, não pense assim.

- Então prove! Prove que você não tem vergonha de namorar uma impura.



- Como?

- Vai lá na frente de todo mundo e diga a verdade.

- Eu não posso! Ainda não falei com meu pai...

- Vamos Rony, vamos Harry.

Hermione saiu dali sem olhar pra trás, subiu para seu dormitório e por lá ficou, só saiu no outro dia.

Acordou bem cedo e foi tomar café no salão comunal, mas infelizmente lá estava ele. Ela tomou café sozinha e saiu rapidamente e ele logo atrás.



Ele a perdeu de vista, mas encontrou Harry e Rony.

- Eu já me decidi Rony, vou convida-la para o baile.

- Imagino que você esteja falando da Mione não é Potter?

- É dela sim, vou convida-la para o baile.

- Não se meta com a minha namorada!

- Sua namorada? Sua namorada? Até onde me lembro ela disse em alto e bom som que não quer mais nada com você! Vocês não têm mais nada, ela está livre não está? Posso convida-la se eu quiser – retorquiu Harry.

- Escuta Potter, isso é apenas um mal entendido, escreva o que eu to te dizendo, ela vai voltar a ser minha namorada. E quanto a você, mantenha distância!

- Senão o que? Vai me bater?

- Não, não iria fazer isso...

- É claro que não iria, iria mandar algum dos idiotas que você chama de amigos fazer.

- Não, eu não mandaria e nem o faria, pois se o fizesse, ela nunca me p0erdoaria – disse Draco saindo dali.

- Não liga pra ele Harry, esse Malfoy é um babaca e Hermione já percebeu isso.

Eles foram pra aula e quando ela terminou...

- Mione! Posso falar com você?

- Claro, o que é?

- Eu sei que esse não é o momento certo, mas você quer ir ao baile comigo?

- Ao baile?

- É.

- Nossa eu havia me esquecido dele!

- E então...

- Claro! Só que o baile é daqui a dois dias, você não havia convidado ninguém?

- Não.

- Então por isso me convidou.

- Não, não convidei ninguém pra ter a chance de lhe convidar.

- Harry você sabe que eu...

- Eu sei – disse Harry – minha mente sabe disso, mas o meu coração não.

No outro dia todos foram a Hogsmeade comprar roupas Hermione foi com Gina, mas estava se sentindo mal, pois sabia que a menina, pois mais que houvesse terminado com Harry, ela ainda gostava muito dele.





Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.