FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

19. Ajuste de Contas


Fic: REGRESSO A HOGWARTS


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capitulo 19



Os dias que se seguiram , foram os piores de sempre para Gina.
Harry parecia empreendido ignorar a sua presença até na aula. E talvez por isso ela desistisse de tentar uma comunicação mental. Bloqueando também o seu cérebro a qualquer tentativa dele poder ter acesso aos seus pensamentos.

O bloqueio tinha sido uma das preciosas lições que aprendera com ele, e que jamais tinha imaginado poder vir a utilizar na sua relação.

Para piorar as coisas , perdera o apetite e tudo o que envolvia comida a repugnava. Facto que suscitava preocupação em Luna. Aterrorizada com o aspecto verdadeiramente pálido de Gina .



Quando sábado amanheceu glorioso e o sol homenageou o dia com a sua presença, todos os alunos acordaram satisfeitos e radiantes . Antevendo um passeio magnífico a Hogsmead no dia seguinte.

Gina ao contrário dos colegas , sentia-se destroçada e só.

Harry devia ter partido na noite anterior para a Bulgária, onde se iria realizar a conferência. E com certeza acompanhado por Beatriz. Já que nem um nem outro haviam comparecido ao jantar.



E enquanto os outros colegas se divertiam ao ar livre. Gina caminhou pelos corredores vazios e subiu até á torre mais alta do Castelo de Hogwarts, onde tinha marcado se encontrar com Luna dali a uma meia hora.

Um facto estranho, já que a amiga enviara uma coruja na noite anterior, a seguir á refeição, com uma mensagem, a solicitar aquele encontro urgente e como referia nas últimas linhas do pergaminho: « Notícias Importantes».



Gina atravessou o extenso terraço altaneiro, com o intuito de vislumbrar toda a paisagem em redor da antiga fortaleza.

A balaustrada não tinha mais dum metro , mas mesmo assim isso não a impediu de se aproximar e espreitar lá para baixo.



Incapaz de controlar a ira e a angústia. Gina olhou o penhasco que dava para o lago, ao mesmo tempo que uma onda de lágrimas, frescas e abundantes lhe desciam pelas faces.

Uma brisa morna soltou-lhe os cabelos flamejantes da fita que os prendia. Quando um enjoo matinal a arremetia para uma nova tontura.



Ela deu um passo atrás, receando cair. E a sua náusea aumentou ao sentir um perfume estonteante , evidentemente familiar lhe penetrar as narinas.

Abriu os olhos chocada , com toda a certeza de que alguém estava atrás dela. E supostamente com intenções nada dóceis.



- Senhorita Beatriz!...- ela falou limpando as lágrimas , antes de rodopiar e de ficar de frente para a loira.



- Mas que bem!!! Como sabia que era eu quem estava nas suas costas?



- O meu sexto sentido...- Gina falou reprimindo uma dor forte que lhe trespassou o ventre.



- Nada mau, para quem ainda não acabou de se formar.- os olhos da loira faiscavam de maldade, ao mesmo tempo que se aproximava da jovem Weasley.



- Devo considerar isso um defeito ou um elogio?- Gina perguntou tentando relaxar e não pensar da proximidade que estava de cair no abismo, apesar da baixa mas larga balaustrada que rodeava a Torre.



- No meu ver...as duas coisas.- Beatriz falou sarcástica, enquanto retirava a varinha da sua túnica glaumorosa, orlada de ouro fino.



- E o que quer de mim...?- a questão de Gina se perdeu no riso cruel da loira.- Minha amiga deve de estar a chegar por aí e...



- Luna?!!!- desdenhou a mulher com escárnio.-...Ela não virá. Se bem me lembro...Pansy Parkinson estará a essa hora disfarçada de você, depois de ter tomado a poção de Polisuco, que contém um fio do seu valioso cabelo.



- Mas...?



- Não foi difícil encontrar um cabelo , no seu uniforme que foi para a lavandaria. Pansy estará exactamente igual a você, partilhando uma caixa de chocolates com sua amiga Luna, que por acaso não só contém uma poção de paralisação, como também algum veneno, que acabará com ela em poucos segundos.



- Não!- Gina murmurou horrorizada.



- Sim minha querida...e se tudo correr como previsto, Nevile, que estará agora em Londres a pensar que vai encontrar as plantas para as estufas novas. E no entanto vai ao encontro de Draco , na morada que lhe indiquei. Onde lhe será retirada a memória , á semelhança dos pais. A quem fará companhia para o resto da vida.- Acrescentou cruel.



- Você é monstruosa!



- Para si...lhe reservei uma morte bem violenta, que irá juntar você aos progenitores do melhor feiticeiro do Mundo.- gargalhou dum jeito cavernoso.



- Vo...cê...- Gina estremeceu assustada e foi atingida de novo pela dor no abdómen.



- Eu...ficarei para consolar Harry.- ironizou Beatriz.- Enquanto o pobrezinho se vai sentido perdido e enfraquecido, com a tortura do vosso Grupo...ai como é mesmo o nome? Hummmm já sei: « A Ordem do Golfinho Azul»- a loira acrescentou de forma mórbida.



- A Ordem do quê?!!!- Gina perguntou confusa.



- Não se faça de desentendida garota! Parvati me falou , quando estava debaixo do meu poder, que vos ouviu comentar sobre isso , no casamento de Fleur...- falou carpindo as palavras.- E agora suba imediatamente no muro, antes que eu a obrigue de forma mais dolorosa!!!



- Golfinho Azul?...não me faça rir! Ela percebeu tudo errado!- Gina constatou , que Parvati , tirara aquelas conclusões das palavras que Harry dissera a seu irmão, que ele e Gina tinham estado a confraternizar com o Golfinho Azul. Só que o sentido era bem diferente e ardente daquele que a colega tinha percebido.



- Sua idiota! Eu quero ver esse seu sorriso, quando se atirar daqui de cima lá para baixo.



- Porquê todo esse ódio?- Gina perguntou desesperada, enquanto se via empurrada para trás , por causa da ameaçadora varinha de Beatriz.



- Depois de todos aqueles que rodeiam Harry serem aniquilados e ele completamente destruído pela dor e sofrimento...Vai ser um prazer matar o Jovem feiticeiro que assassinou o homem que eu amava!!!- Gritou com crueldade.



- O homem que você amava ...?



- Cale essa boca e faça o que eu lhe disse garota!- bramiu aterradora, agitando a varinha.- Pois tenho que despachar você antes de viajar. Para ir acabar com seu irmão e aquela sangue de Trouxa nojenta.
Gina olhou alvoroçada para a ravina escarpada que assentava nas traseiras do Castelo e se expandia até ao Lago.



Subiu tremendo muito, ao mesmo tempo que a náusea e as tonturas tomavam conta dela e os seus pés ficavam juntos em cima da balaustrada. A pontada no ventre atingiu-a desprevenida e ela se inclinou para o precipício , adivinhando o embate violento que faria contra as rochas aguçadas. Horrorizada, fechou os olhos para não ver quando se esborrachava contra o solo.



Como numa alucinação, uns braços firmes a seguraram com força e a acolheram de forma protectora.

A jovem sentiu-se deslizar ao ser elevada novamente para cima. Abriu os olhos devagar e se surpreendeu ao vislumbrar o seu salvador.



- Har...ry...- murmurou enquanto ele aterrava com a sua vassoura, no mesmo local da Torre , donde ela se atirara á poucos minutos. Embora numa zona mais segura, afastada do perigo. Mas debaixo do olhar pávido e estupefacto de Beatriz White.



Os olhos da loira estreitaram de forma facciosa e agitadora.

- Você não era para estar aqui!...- Ela gritou incrédula.- a Conferência...



- Rony e Mione me representaram.- Ele explicou com um sorriso irónico.



- Você me enganou !!! - bramiu irritada.



- Que engraçado não é Beatriz? Ou devo dizer Bellatrix Black?- Harry perguntou com sarcasmo.



- Bellatrix?!...- Gina murmurou surpresa, enqanto Harry lhe segurava a mão com força.



Pela primeira vez , a feiticeira das Trevas , lhe pareceu transtornada.

- Não é possível , você saber quem eu sou!...- disse espevitada enquanto voltava á sua forma e características naturais.



- Sei quem é você e de todas as artimanhas que montou para me destruir e a todos os meus amigos!- Harry acusou com agravo.- A suas intenções psicóticas, são um livro carregado de revelações aterradoras e doentias. Felizmente e porque seria difícil , você nunca me atacaria no meu território. Uma vez que estou protegido pela égide dos quatro feiticeiros e porque estou rodeado de grandes mestres feiticeiros, como Dumbledore, Minerva, Snape, entre outros que também foram hoje para a Conferência...Contudo, comigo longe e eles também , Nevile, Luna e Gina, seriam presas fáceis...não é verdade?



- É impossível você ter feito essa descoberta através da minha mente!...Voldemort me ensinou o bloqueio inquebrável, para impedir a leitura dos meus pensamentos.- acrescentou despeitada.



- De facto um procedimento muito útil, mas não necessitei de consultar o seu cérebro. Para impedir que Pansy envenenasse Luna, Draco desmemoriasse Nevile e de frustrar a sua intenção de aniquilar Mione e Rony.



Bellatrix empalideceu assombrada. Enquanto um som escabroso e grotesco anunciava a chegada de Lucius Malfoy, que se materializou ao lado dela, empunhando a sua varinha e ostentando um atitude violenta.



- Muito bem.- Harry falou sardónico.- Agora que seu cunhado acabou de chegar, talvez ele lhe saiba explicar, como descobri os seus intentos, sem necessitar invadir a sua cabeça!



Os dois comensais da morte, trocaram um olhar estranho e agitado.

- Com certeza torturaram alguém do nosso Grupo para nos denunciar...- Lucius bramiu furioso.-...O meu fillho...faz horas que não consigo contactar com ele...O Potter e os seus comparsas devem ter atacado ele.



- Não se humilhe senhor Malfoy. Seu filho realmente foi capturado á poucos minutos em Londres, mas a tortura e a violência jamais foram utilizadas para ele revelar fosse o que fosse.- Harry fez uma pausa e depois continuou.- Como expliquei á sua cunhada, não foram precisas declarações ou extorquir pensamentos de ninguém da vossa linhagem ou grupo de adoradores das trevas, para revelar as vossas intenções maquiavélicas.



Bellatrix e Lucius pareciam demasiado abalados , com o desmantelar do seu esquema diabólico e cruel. E se colocaram em posição de ataque contra Harry e Gina.



A jovem Weasley estava demasiado consternada com os seus opositores e levou novamente a mão ao ventre gemendo de dor, seguida duma náusea funesta e de uma tontura. Harry olhou preocupado e a enlaçou pela cintura.



- Parece meu caro Potter que está em desvantagem!!!- Belatrix gargalhou cínica.- não vai conseguir se defender de nós, com essa garota enferma num estado calamitoso.



Harry olhou com desdém para os dois feiticeiros do Mal e depois abraçou a jovem Weasley com carinho. Enquanto o céu se tornava negro, cruzado por faíscas assustadoras , com o retumbar estrondoso da tempestade bárbara, convocada pela maldição de Belatrix, que estendia os braços para o alto com a varinha em riste, evocando as sombras e as trevas do Mal.



- Não tenha medo querida.- Harry sussurrou com voz suave, perante o olhar assustado da jovem.- Confie em mim.



- Você não se vai defender harry???!!!- Lucius cutucou cruel.- Vai morrer como um imbecil a tentar salvar essa garota?- riu petulante.



- Har...ry!- Gina tremeu nos seus braços.- Eu tenho medo!



- Não tenha medo meu amor...- falou doce , ignorando as ameaças dos inimigos.-...Olhe para Mim!- solicitou enquanto lhe segurava o rosto entre as mãos.



Ela o fitou confusa e abalada, enquanto o cabelo dos dois era sacudido pelo vento que aumentava de intensidade a cada segundo.



- Mas o que Harry está a fazer? Porque não se defende?- Lucius perguntou desesperado á cunhada.



- Parece estar querendo ganhar tempo...- Declarou Bellatrix.-...se prepare para os atacar com um feitiço mortal...antes que ele tenha a oportunidade de revidar! AGORA!!!- ela gritou.



- Avada...- Lucius começou.



- Avada...- Bellatrix repetiu quase em uníssono.



Enquanto Harry aproximava o seu rosto de Gina e a beijava com intensidade, fazendo surgir uma esfera prateada, quase transparente , que os envolveu aos dois como um escudo protector. Ao mesmo tempo que os feiticeiros das trevas proferiam as últimas sílabas do encantamento da morte.



- Kedavra...



- Kedavra...



Os raios de luz dos feitiços mortíferos tocaram a auréola mágica que circundava Harry e Gina sem os conseguir atingir e se transformaram num rodopio acelerado de luminosidade, aumentando de dimensão com a velocidade.


Bellatrix guinchou com os olhos escancarados.

- Eles...são os Feiticeiros Geminados do Milénio!!!- Constatou aterrada.- Ligados pelo amor e detentores da mais poderosa magia do mundo!!!



- Harry é o Profeta e Gina a Dama Mágica que lhe concede o virtuoso poder da Visão do Futuro?- Lucius perguntou transtornado.- Mas isso não é uma lenda??? E aquela profecia com Voldemort...e...?



- Não...A...a... profecia era o ressurgir da verdade da lenda...- completou chocada.-...eles se entregaram um ao outro , sem que nós pudéssemos desconfiar deles. – Bellatrix rangeu os dentes.- Como é que eu não percebi...? Ele era sempre ríspido com ela na minha presença...mas isso era para a proteger!- falou insipiente.- Eu, você e Voldemort ignoramos o resgate de Gina na Câmara Secreta...eles eram dois meninos na altura...quando de forma inocente activaram o Elo mágico de Ligação e Protecção entre eles...depois o tempo tratou dos unir...



Lucius olhou consternado.

- Quer dizer que Harry pressagiou e visualizou o que planeávamos fazer?



- Sim...- a cunhada assentiu terrivelmente pálida.



- Nós vamos morrer???!!!- Lucius bramiu horrorizado enquanto a esfera incandescente ocupava o terraço e ele dava dois passos para trás.



- Não vale a pena fugir! A esfera nos alcançará em qualquer lugar...ela devolve o feitiço mil vezes mais forte e atroz a quem o desferiu...- Bellatrix estremeceu apavorada.



- Nããããoooooooooooo!!!- Lucius gritou enlouquecido de medo.
Ao mesmo tempo que a bola de luz se expandia com grande fúria por todos os recantos do local. Para depois explodir, cobrindo os Comensais da Morte de lava ardente e circunscrevendo seus corpos até se extinguirem completamente.



O dia voltou a clarear.

Harry e Gina se afastaram com os olhos brilhantes.

- Har..ry...- Ela falou sem forças e depois agonizou, quando uma dor aguda a voltou a trespassar.



- GINA !!! - Harry gritou desesperado , enquanto a amparava desfalecida nos seus braços e se dava conta que a saia do uniforme dela estava coberta de sangue.



(continua...)


COMENTEM PLEASE!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.