FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo



______________________________
Visualizando o capítulo:

6. Acontecimentos part 2


Fic: Eu Grávida Como JL CAP 9 ON


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

AQUI TEM MAIS PARA VOCÊS. Continuem mandando comentarios que assim continuarar ter capitulos novos para vocês. O que vocês acham de uma nova fic? Amor não tira férias - nova geração, o que acham? Estou terminando essa e já vou começar a escrever outra J/L

Pov. James Potter

Eu estava fazendo círculos na barriga da Lily, enquanto conversamos sobre tudo e por incrível que pareça nunca ficamos sem assuntos ou ficava entediado. Existia uma cumplicidade entre nós. 

Uma coruja chegou trazendo duas cartas caindo na frente da ruiva. Que logo começou as lê-las e ficando cada segundo mais pálida. “Lá vem merda” 

- Acho que eu vou vomitar – exclamou a garota saindo correndo em seguida
Olhei as cartas, as cartas me olharam. Elas estão implorando para ser lidas. Eu como ser muito bondoso vou fazer este favor.

“James é feio olhar as coisas dos outros” Falou uma voz muito parecida com a da minha mãe na minha cabeça.

“Cala Boca voz. Eu vou ler, elas querem tanto ser lidas”

Peguei a primeira carta, era carta curta, mas continha algo em anexo muito parecido com um convite

 “Anormal
O papai mandou eu te convidar para o meu casamento que vai acontecer no próximo final de semana. Então queridinha aberração inventa qualquer desculpa e não apareça aqui, este dia tem que ser perfeito. E o Valter odeia anomalias, ou seja, te odeia igual a mim. Somos ou não somos um casal perfeito?
Petúnia Evans
ps: se aparecer aqui se considere morta”
“Lílian
Como vai querida? E as aulas? Estou morrendo de saudades. 
Estou te esperando para o casamento da sua irmã com aquele cara de porco. E nem invente nada para não vim, e preciso de você aqui. Sua irmã esta insuportável. Se quiser traga suas amigas.
Com amor papai
ps: Você não tem escolha, venha. “


“Acho que vou vomitar também. O pai da Lily vai querer me matar. Vou começar a escolher um caixão”
Cenas fortes
 
Pov. Sirius Black

Hoje era a minha vez de receber uma experiência por parte da Lena. Estava ansioso, queria me satisfazer. Estava esperando ela na sala do terceiro andar, a uns bom 15 minutos e nada dela aparecer. 

Quando finalmente a garota chegou. Ela vinha com sorriso maroto dizendo:
- Sirius se quiser uma experiência de verdade, eu achei um garoto da Corvinal que adoraria ter levar aos céus

“Ela só pode estar brincando”

- Tas louca Lena, eu sou macho, ESPADA. Nenhum homem toca em mim 

- Eu sou o que então Six? – debochou a garota – Mas não se preocupe eu vou te fazer esse favor.

E finalmente nós beijamos. 

Ela começou a me beijar no meu pescoço, abrindo os botões da minha camiseta e acariciando meus seios com luxuria, seus lábios deram pequenas mordidas e logo começou a sugar-los. 

Uma das suas mãos esta em minha cintura e a outra pegaram na minha perna, fazendo abraçar o seu quadril, levando lentamente a sua mão para minhas novas partes intimas, tocando as por cima do pedaço de pano. Gemi. 

Pude percebe seus dedos entrando por dentro do tecido e brincando com meus clitóris. 

- Lena – ofeguei

Ela enfim satisfez meu desejo, primeiro enfiando um dedo mexendo dentro de mim, mas logo tirou antes de eu reclamar, colocou mais um dedo. Fazendo-me gozar. 

Depois desse momento de prazer, nós arrumamos e saímos da sala. Cada um para o seu lado. Marcando apenas o nosso próximo encontro.


Fim das cenas fortes
 
Pov. Remo Lupin

Estava com o maior tédio, Alice ficava mandando mil corujas para organização da sua festa de casamento. A Lena tinha subindo alegando necessitar de um bom banho frio e o Almofadinhas chegou minutos depois com cara de sonhador. “Ai tem coisa”. Rabicho estava sumido de novo. 

A Lily tinha passado correndo para o quarto feminino com a mão na boca e o Pontas como um bom cervo adestrado chegou em seguida com uma cara de enterro. 

“Acho que o tédio vai acabar”

- Vou encomendar o meu caixão, achas melhor preto ou marrom? – perguntou o maroto de óculos

“Isso definitivamente acabou com meu tédio”

- O que aconteceu? – perguntei

- Quer ajudar com os modelos, Pontas – perguntou o Almofadinhas rindo fazendo o outro revirar os olhos. Resolvi entrar na brincadeira

- Ou queres saber a flor perfeita? Rosa, violeta? – debochei

- Rosas ele é viado – completou o Sirius

- CABEM A BOCA, É CERVO SEU CÃO PULGENTO – Eu ri enquanto escutava o trocado reclamar do seu “apelido” – A Lily vai ter que ir para casa

- Qual o problema disso? – Merlin tanto drama por nada. Ele não vai morrer por não ver a ruivinha durante alguns dias
 
- Caso você ficou cego Aluado – revirei os olhos, enquanto o Sirius ria da minha cara – Ela esta grávida, com uma barriga grandinha já. Esse com certeza é o sonho do pai dela, receber em casa a filha grávida de volta da escola

- E só explicar sobre o trabalho – comentou o trocado

- Ele é trouxa Almofadinhas e ela vai ter que ir num casamento Trouxa, cheio de trouxa. Ninguém sabe de magia, porções, professores loucos.

- Se ferrou – falou o cachorro e eu acrescentei – Eu posso te ajudar com seu enterro – o cervo revirou os olhos – Mas agora falando serio, seu pai vai dar aula no clube dos duelos essa semana. E se ele ainda não viu e só uma questão de tempo para ver a Lily também

- Aluado, eu acho que vou querer ajuda. Tenho que fazer um testamento

- Quero a capa Pontas – berrou o Sirius e eu ao mesmo tempo

Graça a Merlin baixei a tempo de desviar de um livro, mas o outro não teve tanta sorte e recebeu uma livrada na cabeça.

“ESSA DEVE TER DOIDO”
 
Pov. James Potter

Hoje era a primeira aula com meu pai. Eu já havia recebido um berrado da minha mãe me chamando de irresponsável, que ia assumir a criança, talvez até me casar “Tudo bem que quero a Lily, mas casar? Eu nem consegui beijar ela ainda”. 

Com isso todo mundo ficou sabendo da situação atual da ruivinha. A fofoca do ano. Lílian Evans grávida. Tinha até um bolão para ver se o filho era meu de verdade ou era apenas uma desculpa para dar o golpe da barriga. 

Minhas fãs alegavam que ela era uma golpista, tentaram subornar - lá para tirar a criança e berraram em alto em bom som no meio do café da manhã “Se você não tira, nós tiramos”. Com isso o meu Lírio esta proibida de andar sozinha.

Quando meu pai entrou na sala, seus olhos se fixaram em mim e depois na gestante ao meu lado fazendo corar.

A aula estava sendo cheia de feitiços novos, só que por enquanto apenas na teoria e pouca pratica. A parte dos duelos só foi no fim. Meu querido pai me fez dupla do Ranhoso.

- Então Ranhosa, como vai a vida de loira oxigenada? – debochei

- Cala boca Potter. Você vai pagar – Seus olhos brilhavam de fúria. Eu estava amando tudo isso.
- Por falar a verdade, ou quem sabe por EU ser o pai do filho da Lily. Esse era o seu sonho não? Mas seu mestre não ia gostar muito, né?

- CALA BOCA – eu comecei a rir – Estupefaça 

Fiz um escudo a tempo e provoquei 

- Quer brincar Ranhosa ? Então vamos brincar Avis (para quem não lembra esse é o feitiço que a Hermione conjurou os pássaros que atacaram o Rony, em HP 6)

Ele desviou com muito trabalho e logo mando um impedimenta. Ficamos duelando por uns 15 minutos, e um sorriso começa surgi na minha fase, essa brincadeira já devia ter um fim.

- Cansei Ranhosa. Tchauzinho – e ataquei com varias azarações, fazendo o ranhoso ganhar inúmeros furúnculos, pêlos pelo corpo, além de pintar seus cabelos de rosa e finalizei com “Levicorpus” para que todos pudessem ver.
 
-- *---

Bati na porta da sala do meu pai que me mandou entrar. Ele me encarava com expressão furiosa.

- Acho que o senhor tem muito que se explicar, seu irresponsável. Pelo amor de Merlin, nunca falasse em porção anticoncepcional? O quem sabe não tens noção como se faziam os bebês?

- Pai calma eu vou explicar – eu podia ver sua veia do pescoço pulsando de raiva
- Me poupe dos detalhes íntimos James, eu sei como se fazer criancinhas 

Revirei os olhos e comecei a explicar sobre o trabalho. O rosto do meu pai ia ficando cada vez mais calmo e até corou.

- Então isso é um trabalho? – Ele ainda duvida de mim. Droga.

- Sim, todo mundo pode confirma – falei calmamente 

- Tudo bem então, mande desculpa para ruivinha. Ela é bem bonita, não? – Eu corei

- Ela é – respondi baixinho – Por que ela ganha desculpa e eu não? Isso é injusto

- Por que você É irresponsável – falou meu pai que sempre foi um grande exemplo de responsabilidade. Ele era pior que eu. Ele casou com minha mãe porque ela estava grávida, que eu sei. Mas vou ficar quieto, antes que ele mude de ideia e me mate aqui.

- Acho melhor convidar a ruiva para passar o natal lá em casa, assim vocês explicam para sua mãe – Claro ele nunca vai admitir que estava errado. Deixou a bomba para mim – Boa noite Jay. 

Essa semana posto mais já beijoos  

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 7

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lily Proongs em 22/09/2011

esperanndo o próximo

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lily Proongs em 22/09/2011

esperanndo o próximo

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por nayanne black em 12/09/2011

adorei quero continuaçao e já

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Biahhh Weasley Potter em 11/09/2011

to amando a ficçãoooooo mais posso esperar para saber que vai rolar mais adiante 

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por luiza Moura em 08/09/2011

Simplesmente perfeita! 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Angeline G. McFellou em 08/09/2011

rsrssrsssrrss Bem que o James podia ir com a Lily no casamento não?

pelo menos o pai dela ia s sentir melhor sabemndo que o pai do suposto neto tem responsabilidade para assumir.

ou  ele pode matar o james de vez.

tsrsrsr Amei o capítulo, curiosa, pela continuação, att assim que der, por favor.

Beijos...

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lizzie Riddle em 08/09/2011

adoroando a fic.. Esperando cenas quentes Jay/Lily bjs

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.