FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Chegada a Londres


Fic: A Filha do Maroto - Agora Pra Ficar


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Harry não via a hora de sair da rua dos alfeneiros. Apesar de não saber muito bem o que queria... A lembrança de Sirius o atormentou o verão inteiro, fora a sua cicatriz que doía a todo instante... Mas agora ele ia se juntar aos seus amigos, Lupin lhe mandou uma coruja lhe dizendo que iriam lhe buscar hoje, as 5:00 da tarde, e que ele tinha uma surpresa para Harry. Harry como sempre arrumou tudo de ultima hora e quando ouviu um barulho na soleira da porta da sala não teve duvidas de quem era. Quando desceu as escadas viu o tio Valter numa cor que beirava à púrpura, a sua tão conhecida veia da testa mais saltada do que nunca. Foi então que harry lembrou que não tinha avisado os Dursley que iriam vir apanhá-lo. Mas o que incomodava o tio Valter era a aparência de Lupin...


Suas vestes estavam mais surradas que nunca, e ele parecia muito velho, mas feliz por ver Harry...


 


- Olá Harry, está pronto?


 


- Claro Lupin, vou buscar o meu malão e a Edwiges.


 


Harry subiu a toda velocidade e logo desceu com o malão e Edwiges ao hall de entrada... Não disse nada aos Dursley, não adiantaria mesmo... ele pegou o braço que Lupin lhe ofereceu e os dois aparataram para o largo Grimmauld.


Não era exatamente para lá que Harry queria ir... era lá que Sirius tinha passado seus últimos dias, era lá que vivia preso sem poder por o pé para fora, preso em sua própria casa.


 


- Eu sei que você não deve estar muito feliz de voltar aqui Harry, mas era um desejo do Sirius - nisso os olhos de Lupin brilharam como se quisessem esconder as lagrimas - que a sua velha casa continuasse sendo a sede da Ordem...


 


- Tudo bem, eu não me importo - disse Harry mentindo


 


- Mas eu tenho uma coisa que eu acho que vai te alegrar...


 


- O que?


 


- Espere, vou lhe contar com calma, mas primeiro vai dar um abraço no Rony e na Hermione... eu acho que eles também tem uma novidade pra te contar... eles estão lá em cima...


 


Harry subiu as escadas em direção ao quarto de Rony e quando abriu a porta viu uma coisa que não esperava... Rony e Hermione se beijando...


 


- Wowwww, - disse ele sem jeito - se vocês quiserem eu volto depois - disse ele não conseguindo esconder a surpresa...


 


- Harry!!! - disse Hermione sem fôlego correndo para abraçar o amigo. - Que bom que você chegou...


 


- Serio mesmo? Não to atrapalhando nada? - disse Harry risonho


 


- Ah cala a boca Harry - disse Rony que estava mais vermelho que os seus cabelos... - Cara como andou nesse verão?


 


- Com os pés... to zuando, bem eu acho... então era essa a novidade que vocês queriam me contar?


 


- Basicamente sim... achamos melhor não contarmos nada por carta...


 


- A quanto tempo vocês estão juntos?


 


- Já faz umas 2 semanas mais ou menos... - disse Hermione como se aquilo fosse a coisa mais normal do mundo...


 


- Acho muito bom que vocês tenham se entendido...


 


- hum legal... - disse Rony esquivo - vamos descer que a mamãe deve estar louca pra te ver...


 


E não deu outra... Depois da saraivada da Sra. Weasley dizendo que ele estava magro e tudo mais, Lupin chamou Harry, Hermione e Rony para conversar separado dos demais...


 


- Então... - disse Harry curioso - qual é a surpresa?


 


- Bom, eu vou direto ao assunto... Vocês sabem que Sirius e Tiago eram os maiores namoradores de Hogwarts no nosso tempo... Isso antes de Tiago começar a dar em cima da Lílian... Todo mundo sabe que a Lily foi a mulher que domou Tiago Potter... - Harry sorriu ao ver Lupin falar assim dos seus pais - mas poucos sabem quem foi a mulher que domou Sirius Black...


 


- Como é que é? - Perguntou Rony


 


- Isso mesmo Rony... Sirius também teve um amor em Hogwarts... seu nome era Marlene McKinnon...


 


- McKinnon? Eu já ouvi esse nome.. - disse Harry tentando se lembrar...


 


- Ela está na foto que Moddy te deu o ano passado... da Ordem.


 


- Ah, é verdade... ela era a namorada do Sirius?


 


- Sim... a única mulher que o Sirius amou...


 


- Uau... dessa eu não sabia...


 


- Quase ninguém sabe... Mas o que eu preciso dizer pra vocês é muito mais que isso... Bom, eles namoraram depois que saíram de Hogwarts, e os dois é lógico entraram para a Ordem...


 


Harry, Rony e Hermione ouviam tudo tentando absorver o maximo de informação possível...


 


- Marlene e Sirius eram muito apaixonados um pelo outro... mas pessoas estavam morrendo, e eles se preocupavam muito com a segurança um do outro. Marlene era de uma família muito poderosa e Sirius também... Eles tinham medo que Voldemort pegassem um deles para chantagiar o outro... então um dia eles brigaram e Marlene se foi... Nós sabíamos que ela tinha ido embora não por causa da briga com Sirius, e sim para protegê-lo. Um tempo depois aconteceu o ataque a sua casa Harry, e seus pais foram mortos. Ninguém sabia o paradeiro de Voldemort, e os comensais da morte saíram atrás de outros membros da Ordem à procura dele. A primeira casa em que eles entraram foi a de Marlene... ela era a melhor amiga da sua mãe na escola... sempre andavam juntas, e os comensais acharam que ela poderia saber de alguma coisa. Dois comensais foram a casa dela...


 


- Quem? - perguntou Hermione


 


- Pedro Pettigrew e Belatriz Lestrange.


 


- O quê? - Exclamaram os três em uníssono


 


- Sim eles foram até a casa dela, mas Marlene não tinha a informação que eles queriam, então...


 


- Eles à mataram. - disse Harry


 


- Sim. Quando Sirius soube da morte dela e quem havia feito isso, ele enlouqueceu. Ele sabia que Pedro tinha traído seus pais e agora ele tinha matado a mulher que ele amava... ele saiu numa caçada atrás dele e quando o achou... bem, vocês sabem o que aconteceu...


 


- Sirius acabou em Askaban... mas por que você está contando essa historia pra gente Lupin?


 


- É por que há um segredo escondido em toda essa historia... Quando Marlene fugiu, ela estava grávida


 


- O que? - os três disseram juntos


 


- Sim, isso mesmo que vocês ouviram... Marlene e Sirius tiveram uma filha... ela se chama Sarah e tem a mesma idade de vocês...


 


- E agora, o que vai acontecer? - Hermione foi quem falou primeiro


 


- Bem... os avós de Sarah mandaram uma carta à Dumbledore pedindo ajuda, eles temem que agora que Voldemort voltou ele queira ir atrás de Sarah... e com isso, eles resolveram que era melhor ela vir para Londres... Ela chega hoje à noite...


 


- Mas já? - Rony erguia uma sobrancelha


 


- Sim... eu e seu pai vamos busca-la no aeroporto...


 


- Que legal... ela vai para Hogwarts com a gente? - Hermione perguntava empolgada...


 


- Sim...


 


- Maneiro...


 


- Espero que vocês se tornem amigos e a ajudem a superar o peso dessas revelações...


 


- Pode deixar com a gente, sei bem o que é passar por isso... - Harry dizia alegre.


 


- Bem, acho melhor agora nós irmos jantar senão Molly é capaz de me esquartejar por manter vocês tanto tempo sem comer...


 


 


Assim eles seguiram para a cozinha onde a Sra.Weasley já estava colocando a mesa para o jantar...


 


- Remo, que horas vocês vão buscá-la?


 


- Mamãe você já sabe da Sarah?


 


- Claro Rony...


 


- Por que nós somos sempre os últimos à saber da historia?


 


- Desculpe Rony, acho que a culpa é minha... achei mais interessante vocês três saberem juntos... - Dumbledore entrara pela cozinha da Mansão - Molly o cheiro está ótimo...


 


- Diretor...


 


- olá Harry, como vai? - ele perguntou paternalmente


 


- Bem Professor... na medida do possível...


 


- Ótimo, espero que a chegada de Sarah te ajude a esquecer o que aconteceu no verão passado...


 


- Claro Professor...


 


- Bem, acho que está na hora Remo, Vamos indo então?


 


- Claro Alvo... Molly estaremos aqui antes das oito espero...


 


- Ok Remo...


 


Os dois se encontraram com O Sr.Weasley já no aeroporto e quando a porta de desembarque se abriu não demorou muito para Remo reconhecer Sarah no meio dos outros passageiros...


 


- Por Merlim... ela é a cara da Marlene...


 


- A semelhança é mesmo impressionante Remo... - Dumbledore também parecia impressionado


 


- Vamos até ela então...


 


- Olá Sarah... - disse Dumbledore


 


 


- Olá... o senhor deve ser o Professor Dumbledore... Madame Maxime me falou muito bem do Senhor - disse timidamente


 


- Sim querida... como foi de viagem?


 


- Muito bem, obrigada...


 


- Prazer Sarah, meu nome é Remo Lupin, fui um grande amigo dos seus pais...


 


- Olá Sr. Lupin, como vai?


 


- Muito bem, e pode me chamar de Remo... - os olhos de Remo brilhavam enquanto ele olhava para Sarah, a semelhança era tanta que era impossível não lembrar de Marlene e Sirius...


 


- Ok então Remo...


 


- Muito prazer Sarah, Arthur Weasley, a seu dispor...


 


- Muito Prazer Sr. Weasley...


 


- Bom vamos indo então? - Disse Dumbledore oferecendo o braço para Sarah - creio que não saiba aparatar ainda?


 


- Não Sr. - disse Sarah pegando no braço de Dumbledore


 


Os quatro aparataram em frente ao Largo Grimmauld, e Dumbledore deu a Sarah um pequeno pergaminho em que estava escrito “ A sede da Ordem da Fenix fica no Largo Grimmauld numero 12”


 


- Guarde essa informação e não diga à ninguém entendeu Sarah? - Dumbledore dizia serenamente, mas firme...


 


- Sim Sr...


 


Eles entraram na mansão e uma recepção esperava Sarah na cozinha...


Harry, Rony, Hermione, Gina, Tonks e a Sra. Weasley à esperavam na cozinha.


Quando ela entrou a primeira a dar as boas vindas foi a Sra. Weasley com aquele seu conhecido ar de mãezona que todos conhecem...


 


- olá Sarah, muito prazer, sou a Sra.Weasley, seja bem vinda, como foi de viagem? Você está com fome? Quer comer alguma coisa? - disse isso num atropelo enquanto abraçava a garota


 


- Mamãe assim a senhora vai sufoca-la - disse Rony entediado


 


- Sente-se Sarah, esses são Harry, Hermione, Gina e Tonks...


 


- Olá - todos disseram acenando para a garota


 


Sarah se sentou entre Gina e Tonks, e logo fez amizade com as duas e com Hermione, enquanto a Sra.Weasley não parava de servir mais comida em seu prato. Foi nessa hora que Fred e Jorge chegaram e a Sra.Weasley os xingou por chegarem atrasados...


 


- Onde os senhores estavam? Estava morta de preocupação, eu disse para vocês estarem aqui antes do jantar por que Sarah chegaria hoje...


 


O legal é que Fred ouvia tudo que a mãe ouvia, já Jorge parecia que não estava nesse mundo... Ele olhava fascinado para Sarah, que também olhava o ruivo, fato que não passou despercebido por Gina...


 


- Fecha a boca Jorge, senão entra mosquito - disse ela arrancando risinhos abafados de Hermione e Tonks...


Jorge caíra em si e caminhava até Sarah, de um jeito estranho, parecia deslizar pela cozinha até Sarah...


 


- Jorge Weasley, à sua disposição - disse beijando a mão da garota.


 


Ninguém entendeu aquela cena, Jorge nunca tinha se comportado assim, mas ele logo se sentou com Fred na outra ponta da mesa que acenava risonho para Sarah.


Quando o jantar acabou e as sobremesas já haviam sido devoradas, todos começaram a fazer perguntas à Sarah, principalmente Hermione que queria saber como eram as aulas em Beauxbatons, mas a Sra.Weasley logo cortou a conversa mandando todos para o quarto dizendo que eles teriam muito tempo para conversar com Sarah na manhã seguinte.


 


Sarah ficou no quarto com Gina e Hermione, elas logo adormeceram, assim como Harry e Rony no quarto ao lado.


 


 


Sarah acordou cedo aquele dia, ela não queria acordar as meninas, então se vestiu e foi se sentar na sala de estar e por lá ficou... logo viu Harry descendo, ele também à viu e foi conversar com ela...


 


- Bom dia Sarah - saudou o garoto


 


- Bom dia... você é o Harry né?


 


- Sim...


 


- Harry Potter... Fleur e Gabrielle falavam muito de você em BeauxBatons...


 


- Como assim? O que elas falavam?


 


- Nada demais, Fleur falava que você era muito simpático e legal, corajoso. Já Gabrielle sempre contava para quem quisesse ouvir que você tinha salvado a vida dela no torneio tribuxo...


 


- Mas você não foi a Hogwarts com a delegação de BeauxBatons naquela época foi?


 


- Não, eu ainda estava no quarto ano, e só foi permitido ir quem tinha idade para participar, apesar que eu acho que você também não tinha idade para participar né?


 


- Não... um comensal da morte disfarçado colocou meu nome no cálice e o enfeitiçou para ele me escolher...


 


- Comensal da Morte... Foram esses caras que mataram a minha mãe né?


 


- Sim Sarah, mas eu não sei muito bem á historia, fiquei sabendo ontem a noite...


 


- Não tudo bem... só queria saber o nome dos caras que eu vou matar para honrar meu pai e minha mãe...


 


- Seus pais iriam ficar orgulhosos de ouvir você falar assim - Lupin entrava na sala e se sentava na frente de Sarah e Harry


 


- Você conheceu muito bem eles não é senhor Lupin?


 


- Por favor, me chame de Remo ou de Lupin, Senhor me faz sentir velho... Sim eu conhecia muito bem eles, principalmente Sirius, apesar que Marlene era também uma grande amiga...


 


- Seu pai junto com o meu, Tiago, foram a maior dupla que Hogwarts já viu...


 


- Sim, é verdade, sempre juntos, nunca se via um sem o outro, era como se fossem irmãos, como sua mãe e a mãe de Harry, desde o primeiro ano eram as melhores amigas. Tiago e Sirius foram os meus melhores amigos, os únicos que me ajudaram na hora que eu mais precisava de amigos...


 


- Nossa, então eu acho que é nosso destino s]nós sermos amigos Harry...


 


- Acho que sim...


 


- Essa era a casa em que meu pai morava Lupin?


 


- Tecnicamente não. A verdadeira casa de Sirius sempre foi a casa dos Potter, já que do terceiro ano de Hogwarts em diante ele sempre passava as férias de natal e verão na casa de Tiago. Eu também sempre acabava passando por lá a maior parte das minhas férias por lá também. Nóe éramos meio que inseparáveis...


 


- E eles aprontavam todas em Hogwarts, eram conhecidos como os marotos... - Harry ria com a lembrança


 


- Sim... Senhores Almofadinhas, Pontas e Aluado... - Remo lembrava da sua época de maroto


 


- Hã?


 


- Eram os apelidos que eles tinham...


 


- Mas por que esses apelidos tão estranhos?


 


- Bem, para lhe contar a historia dos apelidos, terei que te contar o meu segredo...


 


- O probleminha peludo... - Harry sorria de lado


 


- Não to entendendo...


 


- Bem Sarah, eu sou um Lobisomem - Remo abaixava a cabeça


 


- E qual o problema?


 


- Hã - Lupin e Harry não esperavam essa reação de Sarah


 


- Não vejo problema nenhum nisso. Em BeauxBatons tinha um amigo vampiro e ele nunca fez nada contra mim ou contra ninguém... O problema não está no que a pessoa é, e sim no que a pessoa quer ser... Se ela quer ser ruim, ela será, se não, não há nada que possa mudar a sua natureza...


 


- Você é realmente parecida com seu pai, ele me falou a mesma coisa quando descobriu. Bem, quando chegava a época da Lua Cheia e eu me transformava eles queriam me acompanhar, mas era muito perigoso, então eles começaram a tentar virara animagos, e no terceiro ano eles conseguiram. Sirius se transformara em um enorme cão negro, enquanto que Tiago se transformava em um Cervo.


 


- Agora entendi o apelido do pai do Harry, pontas era por causa dos chifres certo? - Sarah dizia alegre - mas e o do meu pai?


 


- É por que se você percebeu, a família do seu pai era muito rica, e foi o primeiro nome que Tiago chamou Sirius no Expresso de Hogwarts...


 


FLASHBACK


 


- Nossa, acho que o trem ta cheio Remo,vamos entrar nessa cabine que eu acho que é a ultima vazia - Tiago dizia ofegante


 


- Vamos então ora - dizia Remo trazendo seu malão nas costas


 


- Ixi, acho que aquele almofadinhas do Black ta sem cabine... vou lá chamar ele, senão ele vai ficar a viagem inteira no corredor... EEEEEIIIIIIII, o almofadinhas, você mesmo, quer entrar ou vai ficar aí a viagem toda?


 


FIM DO FLASHBACK


 


 


- E o meu nem precisa dizer né... Aluado, coisa do seu pai também...


 


- Então meu pai era um piadista? - Sarah estava contente se saber que seu pai era uma pessoa legal...


 


- Sim, ele e Tiago sempre foram o centro das atenções em Hogwarts... Eu era o ajuizado da turma... - Disse Remo com cara de santo


 


- Até parece - Disse Harry gargalhando - Você vai gostar de Hogwarts, é um lugar bem legal...


 


- Acho que o Snape é que não vai gostar muito que a filha do maior pesadelo dele esteja em Hogwarts... - Lupin falava Sorridente


 


- Quem é Snape?


 


- Simplesmente o maior inimigo de Tiago e Sirius na época de Hogwarts. Ele nunca perdiam a chance de aprontar alguma coisa com ele. O eterno Seboso... - Lupin falava


 


- Seboso?


 


- Você vai entender quando o ver... - disse harry segurando uma gargalhada...


 


Nesse instante ouviram vozes no corredor e a Sra.Weasley entrou pela sala chamando todos para tomar café da manhã...


Sarah estava muito contente de saber que seu pai tinha sido um cara legal, não o assassino que todos pensavam. Tinha gostado de Harry, com certeza seriam bons amigos, e estava louca para conhecer Hogwarts, sabia que ali viveria muitas aventuras como um dia seu pai viveu.


 


__________________________________________________


 


Fim do capitulo pessoal....


 


Espero que estejam gostando...


 


Ta muito divertido escrever essa fic, é a minha primeira, então peço para que comentem, por favor, não sei como está, e só vocês podem me avisar se está ruim ou boa ok?


 


 


Prometo responder todos os coments beleza? Palavra de maroto...


 


Quem quiser falar comigo pode me add:


MSN: legrand.black@hotmail.com


Twitter: LegrandBlack


 


REVIEWS...


 


Marlenny McKinnon


 


Valeu pelo apoio, e olha que você foi a primeira a comentar hein... O Sirius também é o meu personagem favorito, então resolvi criar uma filha pra ele, já que foi muito injusto a J.K.Rowling ter matado ele...


 


P.S. : E só uma coisa... EU NÃO SOU UMA MENINA... sou HOMEM... LEGRAND é um nome masculino... mas tudo bem, não fiquei bravo não...


 


Obrigado e continue a ler...


 


Bjão


 


 


Vi Marag


 


Que bom que está gostando...


 


 


Continue a ler...


 


Obrigado e Bjão


 


 


_________________________________________________


 


Até o Próximo Capitulo e não esquecem de comentar, por Favor...


 


Legrand BLack

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.