FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

34. Alunos Transferidos


Fic: Novos Tempos --- BREVE CAP 37


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

*Lari Forrester Black* -- Srta. *Lari Forrester Black*, sim eu tava vivo em alma, porque meu corpo havia sido destruído por horas de trabalho e projeto final na faculdade. Mas isso passou ainda bem ^^, eu adorei essa idéia de faze-los trocar de corpos, mas o melhor é o por que trocarem de corpos =P, nesse Cap agora tem, Ron, Gina e Mione para você. E quanto a comer menos, bem isso é algo que acho que aconteceria numa troca de corpos entre um homem(que normalmente come muito) com uma mulher (que não come muito por questões obvias =P)
Beijos, continue lendo e comentando

Alexandra Zabini - Lendo minha mente senhorita Zabini, no dia que eu resolvo postar você escreve pedindo que poste hehehe.
Sim o Beijo de Allan e Nicole foi algo que eu esperei bastante, mas o que eu mais aguardo ainda está por vir, é o beijo de Harry e ...(ops quase estraguei a surpresa) ^^.
Beijoss, bom capitulo
Os: Continue a comentar

Clara – “Allan belisca Clara” – É real, o Autor Postou ^^, e finalmente eu fiquei com minha ruivinha *Dança da Vitória*.
Beijos
Continue a Comentar ^^

Diana Watson – OBRIGADO ^^, eu fico muito feliz em saber que agrado com a minha fic que escrevo com muiiiiito carinho, e que adoro me envolver nessa historia^^. Continue a comentar, eu amo comentários, assim sei como a Fic está indo e sendo julgada por vocês.
Beijossss



---------------------------------------------------------------------------------------------------------








-Nicole...-Os três correram para Allan.

-Ela não tá respirando. – Gritou Nicole abraçada a Allan.

Harry caiu de joelhos, Alicia ajoelhou a seu lado e o abraçou.

-Não me deixa – Gritava Nicole. – Por favor!!!! – Agora ela chorava . – Nick, por favor volta, eu não vou viver sem você!!!!!

Tomado pelo impulso ela o beijou, o tempo parou naquele instantes.
Uma luz brilhou intensamente envolvendo ambos, Harry e Alicia olhavam aquilo abobalhados, Remo, Tiago,Sirius e Edward que acabavam de chegar olhavam aquilo sem entender, foi quando a luz se apagou e via-se Nicole abraçada a Allan, aos poucos Allan foi abrindo os olhos e encarou Nicole sorrindo.

-Que bom, você está bem ruivinha. – Falou acariciando o rosto da ruiva que chorava.

-Deixa de ser bobo, claro que eu to bem. – Respondeu chorosa.

-Eu fiquei preocupado. – Olhou-a nos olhos. – Nunca mais faça isso.

-Tá, prometo que não faço mais. – Respondia chorando.

-Shh, não chora. – Falou beijando-a. – Prefiro que você sorria

Ela o olhou e sorriu

-Bem melhor. – Falou Abraçando-a.

-Cof..Cof...- Alguém tossia tirando ambos do transe.

Eles olharam e viram Harry abraçado a Alicia sorrindo, Tiago e Sirius abraçados fazendo cara de falsa emoção, Edward sorria e Remo tossia.

-Desculpe, atrapalhar vocês. – Falou Remo rindo. – Mas oque houve aqui?

-Bem, depois que pegamos os comensais mais um apareceu e atacou a gente, a Nick foi acertada, ai...- Allan começou a ficar vermelho.

-Aí, nosso querido Allan, abraçou ela começou chorar dizer que a amava e beijou-a, e brilhou aquela luz esquisita e deu nisso. – Falou Harry risonho.

-Entendi. – Sorriu Remo. – Caso vocês não tenham percebido, seus corpos não estão mais trocados.

Allan e Nicole trocaram olhares, e sorriram, se abraçaram e começaram a gritar de felicidade.

-Nossa que exagero. – Falava Tiago com as mãos no ouvido. – Podiam fazer menos escândalo.

-Concordo com o Pontas. – Acompanhou Sirius. – Vocês fazem muito escândalo.

-Que pais desalmados, os filhos estavam daquele jeito, quando voltam ao normal, fazem isso. - Resmungou Nicole. – Seus chatos. – Mostrou a língua e sorriu.

-E que historia é essa de agarrar minha filha, Sr.Allan Black. – Tiago o olhava serio.

-Sabe como é né, tio Tiago, eu amo essa ruivinha. – Ele respondia sorrindo. – Você deve saber como é.

-É sei. – Concordou Tiago rindo. – É Black, nossas famílias unidas, coitado do meu sangue, sendo sujo por um Black.

-Ei meu sangue é limpinho ta, melhor que o seu Potter. – Retrucou Sirius risonho. Agora só falta esses dois. – Completou Sirius apontando para Alicia e Harry que ainda estavam abraçados, e logo se soltaram envergonhados no que todos riram.

-E foi assim que eu comecei a namorar minha ruivinha. – Terminou Allan sorrindo, para Rony e Neville que ouviam tudo embabacados.

-Nossa, parebéns cara. – Sorriu Rony dando um tapinha no amigo.

-É, parabéns Allan. – Concordou Neville. – Agora só falta o Harry.

-É, mas o caso do Pontitas Jr, é mais complicado. – Allan gargalhava.

-Hei. - Restrucou Harry.

Todos riam, quando a porta da cabine se abriu e ouviu-se um grito “Achei os pestes, aqui ó” quando menos perceberam a cabine ficou lotada, as meninas envadiram em massa, Nicole logo se sentou ao lado do namorado, Mione foi ao lado de Rony, Ângela ao lado de Edward, Luna sentou-se no colo de Neville, e Gina e Alicia ficaram em pé, olhando aquilo.

-Ei coitada da minha maninha. – Falaram Allan e Rony juntos. – Amor vem pro meu colo.

Sem dar chance de resposta Rony e Allan puxaram as namoradas para seus colos, abrindo espaço para as irmãs, oque não agradou muito Gina já que Alicia, se sentou ao lado de Harry com um sorriso vitorioso no rosto, as meninas apenas reviraram os olhos, os meninos riram e Harry apenas disse “Que merlin me salve”, oque fez os outros rirem mais.

O resto da viagem transcorreu bem, já que Allan para a infelicidade de Harry, seguiu o conselho de Nicole e trocou de lugar com Gina, eles entraram no salão principal tudo estava como de costume, lotado de alunos, as mesas iam se enchendo de pessoas que re-encontravam amigos.Aos poucos o salão estava em silencio para a escolha do alunos novos, muitos gritos de felicidade foram ouvidos, quando irmãos, primos e conhecidos vinham para a casa, o burburinho voltava aos poucos, porém esse foi interrompido mais uma vez por Dumbledore que se levantou.

-Boa noite, meus jovens, bem-vindos a mais um ano em Hogwarts espero que todos estejam bem. – Falou sorrindo e olhando a sua volta. – Apesar de algumas coisas ruins acontecerem, coisas boas ainda existem ai para nos proteger, como a amizade, o amor, a família, mas eu não me levantei para repetir o discurso de inicio de ano. – Completou sorrindo, alguns alunos riram. – Não estou tão gaga assim, só um pouco. – Mais gargalhadas foram ouvidas. – Bem, sem demoras quero dizer que receberemos dois alunos transferidos nesse ano, eles vão cursar o quinto ano com alguns de vocês. – o burburinho foi geral. – Esses dois alunos, vieram em busca de uma boa educação mágica, e isso nós de Hogwarts podemos dar, espero que vocês façam amizade e os tratem bem. – Ele sorriu mais. – Sem demoras lhes apresento os novos alunos, entrem por favor.

Ao terminar as portas se abriram e por ela entraram dois jovens, uma menina, de 1,58 cm, muito branca, loira seus cabelos estavam presos por dois laços vermelhos que os dividia no meio, de olhos castanhos quase dourados, muito bonita, ela parecia flutuar enquanto caminhava até o diretor, seu olhar era frio e enigmático, ela vestia um uniforme que ninguém conhecia, uma camisa branca, com um colete bege por cima, um laço vermelho adornava o pescoço, a sua saia vermelha terminava na coxa, sua meia era preta e cobria-lhe a canela, usava um sapato branco,dava a ela uma imagem delicada, porém sua presença era incontestável e hipnotizante, muitos rapazes babavam a sua volta, eles comentavam alto e baixo sobre ela, porém ela parecia alheia a tudo, pois não esboçava reação.
O outro a entrar no salão era um jovem, de 1,78cm , de olhos castanhos, cabelos longos e negros, o olhar era frio e impenetrável, dava a ele um ar atraente, muitas meninas comentaram sobre esses olhos tão belos, seu andar era imponente e intimidador, suas vestes eram muito bem alinhadas, brancas com detalhes preto, tanto o blazer quanto o colete que usava abaixo do blazer, a camisa preta que usava por baixo de tudo contrastava com o branco e com a gravata vermelha que ostentava um pingente de prata, muitas meninas pareciam ter esquecido do mundo e olhavam fixamente para o rapaz que continuava alheio a isso apenas andando ao lado da jovem e se postando ao lado de Dumbledor, que apertou as mão de ambos e sorriu.

-Bem vindos, e lhes apresento meus caros alunos. – Falou sorrindo. – A Srta.Evangeline Kuran McDowell. – Apontando para a menina loira que sorriu doce, a ala masculina de Hogwarts parecia polvorosa, gritavam, assobiavam, oque fez muitas meninas emburrarem e a loira sorrir egnimatica.

Após o silencio Dumbledore recomeçou.

-E apresento também, o Sr.Alexander Albireo Dumbledore. – Falou Dumbledore sorrindo, mas nenhum som foi emitido, o silencio ficou e varias pessoas olhavam direto para o menino como se ele fosse algo de outro mundo, oque pareceu nem incomoda-lo.

-Entendo a surpresa de vocês. – Compeltou ainda sorrindo Dumbledore. – Esse jovem, é meu neto, por isso o nome é igual. – Aquilo parecia não ter ajudado muito, mas Dumbledore mesmo assim continuou. – E esse dois magníficos jovens, já fizeram o teste de seleção. – Sorriu. – Podem seguir para sua mesa. – Falou aos dois seguiram até a mesa.

Para a tristeza de três mesas e alegria de uma, eles se sentaram na mesa da Grifinoria, Evangeline ao lado de uma morena, e Albireo longe bem na cabeceira, logo a morena puxou papo.

-Olá meu nome é Alicia Black. – Falou estendendo a mão.

-Prazer, o meu como você deve ter ouvido é Evangeline Kuran McDowell. – Falou sorrindo doce e apertando a mão da morena. – Mas pode me chamar de Eva.

-Essas são Nicole Potter, Hermione Granger,Ângela Simmons, Ginevevra Weasley. – Falou apontando as meninas.

– Mas pode chamar de, Nick, Mione, Gina e Ângela. – Se apresentavam.

-Ah, prazer. – Apertou a mão das meninas.

-E nós somos, Harry Potter, Allan Black,Edward Lupin, Ronald Weasley e Neville Longbottom. – Apresou-se em apresentar Allan com um sorriso.- Mas pode chamar de Harry, Allan, Ed, Rony e Neville.

-Allan Alphonse Black. – Esbravejou Nicole. – Conheço esse seu sorriso.

-Oquê amor, eu só apresentei o pessoal. – Falou com cara de santo.

-É eu vou te apresentar um pessoal também. – Resmungou, ele a abraçou

-Faz isso não ruivinha. – Ele beijava a bochecha dela

Todos a volta riram da cena.

-Prazer meninos. – Ela se apresentou rindo. – Só espero que as namoradas de vocês não venham brigar comigo.

-Que nada, a gente ia brigar com eles. – Falou Mione apontando os meninos. – Por falar sou a namorada do Rony, a Ângela é namorada do Edward, só a Alicia, Gina e Harry que não namoram ninguém.

-Até que vocês tem bom gosto. – Falou sorrindo Evangeline.

-E você? – Perguntou Alicia. – Tem namorado.

-Sim tenho. – Falou sorrindo meiga. – Ele é o cara mais lindo que eu conheço.

-Como ele se chama? – Perguntou Nicole, as meninas cercaram Evangeline.

-Isso é segredo. – A Loira fez uma cara enigmática. – Mas logo, logo vocês vão conhece-lo.

-Fala, vai. – Insistia Gina.

-Não, logo vocês o conhecerão. – Respondeu irredutível.

-Tá, nos desistimos, por enquanto. – Resmungou Nicole.

-Por que você veio a Hogwarts? – Mione questionou

-Voldemort. – Respondeu direta. – Meu pais acharam melhor eu ficar por aqui, mais seguro, perto de Dumbledore.

-É verdade, perto dele é mais seguro. – Concordou Alicia.

-Você é de onde? – Agora foi a vez de Ângela que estava mais calada falar.

-Eu morava em uma vila perto de Dundee. – Respondeu sorrindo. – Poucos conhecem aquela região, é bem isolada, por isso meus pais me mandaram para cá.

-Você estudava onde? – Questionou Mione

-Em uma escola da região. – Respondeu. – Era uma escola pequena, poucos bruxos estudam lá.

-Ei meninas, parem de monopolizar a novata. – Resmungava Rony do outro lado da “Parede”.

-É nós queremos falar com ela também. – Completava Harry

-Vocês e metade da população masculina dessa escola. – Retrucou Nicole.

-Hei. – Allan fingiu indignação. – Eu estou apenas academicamente curioso.

-Então diga qual é sua duvida acadêmica, jovem Black. – Evangeline perguntou sorrindo.

-Por quê o Sr.Eu-sou-bom, ta ali isolado sem falar com ninguém? – Perguntou Allan apontando para o rapaz no fim da mesa que lia sem falar com ninguém

Aquela pergunta parecia ter ofendido, a loira que olhou perigosa para o moreno, esse apenas começou a gaguejar, no que ela sorriu e respondeu.

-Não sei, pergunte a ele. – Retrucou ainda olhando frio para ele. – E nunca julgue ninguém pela aparência.

-Tá. – Respondeu relutante o moreno.
-Cara eu achei que ia morrer. – Sussurou para os amigos.

-Verdade até eu fiquei com medo dela. – Apoiou Harry.

-Vocês que são inxeridos. – Resmungou Edward. – Ela tava quieta, se foi mexer com ela.

-É mas..- Começou mas não terminou.

-Mas nada, vamos subir. – Cortou Edward, Harry, Allan e Rony ficaram olhando o amigo.

-As vezes ele dá medo. – Falaram em unissoro e riram depois.

Todos os alunos subiram, para seus respectivos salões comunais, onde a baderna era geral, as meninas junto com os meninos subiam conversando, Evangeline tinha logo se enturmado com as meninas, ela apesar de parecer muito fria e metida, era o contrario, apenas tinha um humor um tanto quanto negro, mas isso não era nada, ao chegarem os onze se depararam com uma movimentação anormal, um bando de meninas formava um circulo em cima do aluno novo, e ficavam fazendo varias perguntas, do tipo “se tinha namorada”, “onde ele morava” e outras coisas.

-Ei, ele mal chegou e rouba nossas fãs. – Resmungava um Allan emburrado

-Allan. – Repreendeu Nicole

-Mas é verdade Nick, nós cultivamos as fãs por cinco anos. – Concordou Harry.

-E ele em um dia, rouba elas. – Resmungou também Rony.

-A é assim Ronald. – Uma Mione vermelha olhava-o nos olhos ele deu uns passos para trás.

Antes que Rony pude-se responder, ou qualquer um pudesse perceber, um furacão loiro passou por eles, podia se sentir uma energia muito maligna naquele pequeno ser loiro que entrava empurrando todas meninas que estavam entre ela e o seu objetivo, muitas reclamavam, xingavam mas ela nem ligava, quando chegou na frente entre o menino e a parede de meninas, virou-se para elas vermelha com olhar de raiva, e enfurecida.

-SAIAM DAQUI, SUAS URUBUS. – A loira gritava a plenos pulmões, todos pararam para olhar. – SAIAM DE PERTO DELE, ELE NÃO QUER NADA COM VOCÊS. – Os olhos dela brilhavam de raiva

-E quem é você para mandar na gente. – Falava Esnobe uma sextanista.

Para a surpresa de todos a resposta não veio da loira, mas do moreno atrás dela.

-Ela é Evangeline Kuran McDowell, minha namorada. – Era uma voz baixa e muito melodiosa, porém decidida. – E eu amo muito ela. – Ele falou sem tirar os olhos do livro.
O salão ficou quieto, sem um barulho, podia-se ver a decepção nos olhos de muitos rapazes e nos olhos de muitas moças, porém a loira não saiu do seu posto e ainda olhavam com raiva, para o grupo de meninas que ia se dispersando, quando a ultima saiu ela pulou no colo do moreno e o abraçou.

-Também te amo. – Falou abraçando ele pelo pescoço e aninhando a cabeça no ombro como uma gatinha manhosa.

Do outro lado do salão um grupo olhava estático a cena, só após uns segundos eles se moveram na direção do casal, a loira ainda estava no colo do moreno essa aninhada e ele lendo um livro.

-Então, esse é o seu namorado. – Falou Nick rindo.

-Sim, esse é o meu amor. – Ela sorriu. – Alex.

O rapaz parou de ler, fechou o livro e olhou para ela.

-Esses são, Harry e Nicole Potter, Allan e Alicia Black, Gina e Rony Weasley, Ângela Simmons, Edward Lupin, Neville Longbottom e Hermione Granger. – Ela sorria e apresentava cada um.

-Olá para todos, sou Alexander Albireo Dumbledore. – Ele fez um aceno. – Mas podem me chamar de Alex.-Ele os olhou. – Sentem-se.

O Grupo sentou um por um, um silencio ficou pesado até que Alicia quebrou.

-Oque foi aquilo, Eva. – Falou Alicia rindo.

-Oque? –Ela perguntou traqüina.

-Aquele ataque, as pobres meninas da Grifinoria. – Completou Rony. – Vi até uma aura negra, juro que parecia que ia matar uma.

-Olha eu tava protegendo oque é meu. – Respondeu seria, e abraçou o namorado. – Propriedade da Eva.

Todos riram da menina que agarrou o namorado e fez cara de meu e ninguém tasca, até Alexander deu um sorriso de canto de lábio.

-Mas se fosse elas. – Rony começou apontando para as meninas. – Elas iam matar as meninas, matar a gente depois.

-É que ele é bonzinho. – Falou Evangeline abraçando o namorado. – Ele nunca ia me trair.

-E pelo que parece, ele não tem o passado de vocês. – Resmungou Mione

-E muito menos essa cara de pau. – Completou Alicia.

-Vocês dão encima da escola inteira. – Terminou Gina

-Mas a gente, ta bonzinho. – Começou Harry com cara de abandono.

-É, a gente ta quietinho. – Continuou Allan

-Só temos olhos para vocês. – Complementou Rony.

-E para sempre. – Terminou Edward rindo.

As namoradas abraçaram eles e deram beijinhos, Gina e Alicia abraçaram Harry, Evangeline e Neville riam, e Alex olhava a cena calado.

-Sempre funciona. – Resmungou Rony.

-OQUE RONALD!!!. –Gritou Mione.- EU TE ODEIO.

-BLACK VOCÊ NÃO PRESTA!!! – Gritava Nicole

Harry levou dois tapas, Ângela olhou feio para Edward, as meninas subiram bufando para seus quartos, e os meninos ficaram ali apenas olhando assustados para elas, Evangeline agora ria muito mesmo.

-Eva. – Chamou Alex. – Acho que essa é sua deixa para subir.

Ela sorriu.

-Verdade. – Ela concordou, beijou o namorado. – Meninos não fique assim logo elas falam com vocês. – Ela subiu a escada do dormitório rindo.

-Eu hein, Garota esquisita. – Resmungou Allan.

-Ela apenas tem humor negro. – Respondeu Alex.

-Nossa você fala. – Tirou sarro Harry.

-Sim, Harry. – Olhou os meninos. – Só evito de falar muito, para não fazer igual a seu amigo Rony.

Parecia que a ficha havia caído, os rapazes olharam revoltados para Rony, esse apenas se encolheu, Neville ria da reação de Rony.

-Rony, seu boca grande. – Reclamava Allan

-Fala demais. – Resmungou Edward.

-Não sabe ficar quieto. – Resmungou Harry

-Foi sem querer. – Rony olhou para o sapato.

-Mas ferrou agente. –Retrucou Allan.

-Desculpa. – Se desculpava o ruivo

Os amigos olhavam emburrados para ele.

-Acho melhor subirmos. – Falou Alexander. – Amanhã tem aula.

-Puta mais uma voz da razão. – Resmungou Harry rindo.

-Já não bastava o Ed. – Reclamou Allan.

-Fiquem quietos. –Gritou Edward.

-Calamos. – Disseram Harry e Allan em unissoro

Logo os meninos subiram e foram todos dormir, logo amanheceria a luz de um novo dia. Os marotos se levantaram, com seu ritual matinal de acordar Allan, após isso desceram e encontraram as meninas conversando animadas, sorriram e foram para lá.

-Bom dia minha ruivinha. – Falou Allan abraçando a ruiva.

-Bom dia, corujinha. – Rony abraçou Mione.

-Bom dia, Angel. – Edward Abraçou Ângela.

-Bom dia, ruvinha. – Harry falou beijando Gina. – Bom dia, moreninha. – Agora beijava Alicia.

-Vocês são muito cara de pau. – Resmungou Nicole.

-Ainda estamos bravas. – Reclamou Mione

-Antes que vocês matem eles, deixe-me perguntar algo. – Interrompeu Evangeline. – Onde está o Alexander?

Os meninos se entre olharam, e deram de ombro.

-Não sabemos. – Foi Harry a responder.

-Quando levantamos ele não estava mais no quarto. – Responde Edward

-Vai ver ele foi atrás d euma fã. – Respondeu Allan sorrindo, mas recebeu um olhar mortal da loira. – Ta não foi.

-Tenho medo de você loirinha. – falou com as mãos atrás da cabeça.

-Ele deve ter descido para o café. – Foi a vez de Nick falar.

-É deve mesmo. – A loira não pareceu convencida.- Vamos então?
Eles estavam indo em direção ao salão principal quando ouviram um barulho mais para a frente, eles seguiram correndo para lá, avistaram um rapaz com um taco de golfe na mão, olhando para um corredor e umas pessoas olhando curiosas.

-Oque se ta fazendo? – Perguntou Allan.

-Golfe. – Responde calmo e batendo na bolinha que vôo pelo corredor bateu na parede, e seguiu pela curva. – Tome. – Ele entregou o taco a um menino que olhava intrigado.

Mas ele não respondeu e saiu andando, seguido por um grupo de pessoas sem entender nada.

-Você não fez isso. – Falou Eva olhando para trás. – Fez?

-Na verdade não. – Respondeu sem olha-la. – Mas é melhor vocês se apresarem, em descer isso.

Poucos segundos após eles saírem do corredor uma explosão foi ouvida, e um cheiro horrível invadiu os corredores, uma Minerva muito irritada gritava pelos corredores, era um alvoroço absurdo, pessoas corriam, gritavam, choravam e outras riam, os Marotos e as meninas ficaramd e olhos arregalados, ele tinha feito isso, se fosse um dos meninos era normal, mas o cara serio, neto de Dumbledore, havia explodido o corredor de Hogwarts no seu primeiro dia de aula, ao se sentarem na mesa para comer a expressão dele era imutável, e Eva apenas ria muito, os outros estavam pasmos.

-Oque foi aquilo? – Perguntou Allan pasmo

-Golfe. – Respondia o moreno, continuando a comer.

-Como assim golfe. – Resmungava Harry. – Golfe é esporte de trouxa e não explode.

-Sim, golfe trouxa não explode. – Falou Calmo.

-Mas o golfe dele.- Eva ria mais ainda. – Explode, e quando isso acontece deixa o cheiro mais absurdo do mundo.

-Como assim o dele? – Agora era Nicole que não entendia.

-Ele e meu pai criaram um golfe. – Explicou a loira sorrindo. – E bem ele, apesar de não parecer é bem competitivo, e meu pai também, então eles nas disputas deles “aprimoraram” o golfe. – Ela ria ainda. – Quando você erra o buraco, a bolinha explode.

Os meninos e as meninas olhavam abismados.

-Cara que legal, me ensina a jogar? – Perguntou Harry animado.

-É a todos nois? – Agora era Allan.

-Claro. – Ele respondeu comendo ainda.

-Mas e o taco que você deu pro menino. – Questionou Mione sem entender.

-Depois eu pego. – Falou se levantando, seguido de Evangeline que o abraçou.

-Mas por que você deu o taco paar ele? – Reperguntou Mione.

-Alguem tinha que levar a culpa não. – Quem retrucou foi Evangeline sorrindo sádica.

Os Marotos caíram na gargalhada, as meninas ficaram mais chocadas ainda, mal podiam acreditar que aquele rapaz tão serio e calmo era um maroto na alma, agora sim Hogwarts ia abaixo.

-Adorei esse cara. – Falava Allan se levantando.

-Um gênio. – Completou Harry indo atrás.

-Fiquei com pena do menino. – Disse Alicia.

-É, o coitado nem vai saber por que da bronca. – Completou Mione.

-Mas que foi legal isso foi. – Sorriu Nicole.

-Muito. – Concordaram Gina e Ângela juntas.

-Sabe, ele e a Eva, fazem um casal bonitinho. – Começou Alicia. – Ela toda animada, emotiva, revoltada, além do humor um tanto quanto questionável. – Completou sorrindo.

-E ele um cara todo serio, calmo, frio mas no fundo um maroto. – Sorriu Nicole. – Eles são perfeitos mesmos.

-Sem dizer que ele é todo carinhoso e fofinho com ela. – Comentou sonhadora Gina.

Logo as meninas estavam na porta da sala, Gina e Nicole seguiram para as suas salas, enquanto o resto delas entrava, Tonks ainda não estava na sala, avistaram os marotos no fundo cada um com uma vaga ao seu lado, e Eva abraçada e aninhada como sempre nos ombros de Alex que lia um livro, cada uma seguiu para o lado do seu maroto, no caso de Alicia do seu pretendente, e ficaram ali as meninas e meninos conversando animados, Alex de vez em quando opinava, logo ouviram a porta se abrir, mas quem entrou por ela não era quem esperavam, logo ele colocou suas coisas sobre a mesa e virou-separa a turma.

-Sou seu novo professor de Defesa Contra a Arte das Trevas. – Ele sorriu para a turma. – A professora Ninfadora teve de se ausentar devido a um problema.

Ele caminhou até o quadro e escreveu seu nome.

-Prazer me chamo Prof.......

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------

- COMENTEM PLZZZ ^^, ASSIM SEI COMO A FIC TÁ INDO NA OPINIÃO DE VOCÊS LEITORES, AFINAL SEM VOCÊS E APROVAÇÃO DE VOCÊS QUEM SOMOS NOS POBRES ESCRITORES DE FIC.

ABRAÇOS A TODOS!!!!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.