FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

12. Rio de Janeiro


Fic: Keepers - O Segredo da Magia


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Lílian respirou fundo e segurou firme a mão do marido, quase como se desse um aviso. Os dois foram com Harry a casa Dursley para uma conversa sobre o período que haviam passado mortos e para que Harry pegasse suas coisas para sair definitivamente daquela casa.



Harry entrou avisando que estava em casa enquanto ia pra sala, Lílian e Thiago esperavam um pouco atrás. Petúnia foi a primeira a aparecer e, ao ver quem acompanhava o sobrinho, deu um grito assustado e se encolheu como se visse uma assombração.



-Está tudo bem, eles ressuscitaram. – Harry diz rapidamente ao ver o quanto a tia estava pálida.



-Mas o que é isso? –Valter, que viera correndo da cozinha ver o que acontecera com a esposa, pergunta gaguejando, incrédulo com o que via.



-Os deuses resolveram dar um presente pro Harry e viemos acertar as contas. –Thiago diz entredentes, os olhos fixos no homem à sua frente.



-Harry vai pegar as coisas dele e nós iremos conversar como adultos… -Lílian tenta acalmar a situação, mas se interrompe ao ver um borrão passar a sua frente.



Harry acionara inconscientemente a super velocidade ao ver o tio pôr a mão no peito e cambalear. Valter perdera a consciência justamente ao ser alcançado pelo sobrinho que só conseguira amortecer a queda.



-Mãe, precisamos ir pro St. Mungus. –Harry diz tentando sair debaixo do tio, que não parecia ter qualquer reação.



-Thiago, você leva Petúnia e Harry de carro. –Lílian diz enquanto rapidamente cruzava a distância pegando sua varinha e logo depois aparatando.



-Ele receberá o melhor atendimento médico, não se preocupe. –Harry diz ao ver que a tia parecia em choque.



-Cadê o porco júnior? –Thiago pergunta olhando ao redor e não vendo sinal de Duda.



-Deve estar dormindo, vou chamar ele. Fica frio. –Harry diz após ver a tia apontar pra cima, parecia muito assustada, apesar de não saber se era pelo que havia acontecido com o marido ou pelo olhar nada amistoso de Thiago.



***********************************************************************************



-Lily, como ele está? –Petúnia pergunta preocupada à irmã, que estava sentada em um dos corredores do St. Mungus.



-Na sala de cirurgia, mas não se preocupe. Eu liguei pro Nikolai, que é o melhor médico do mundo, está lá dentro com a Melissa, tia da Hermione que é médica trouxa. Os dois estão conduzindo a cirurgia com auxílio do pessoal do hospital. –Lílian diz de modo calmo.



-Mas como ele está, o que ele teve? –Petúnia pergunta ainda aflita.



-Ao que tudo indica foi um enfarte, mas eu não tenho muitas informações. Temos que esperar a cirurgia terminar e não deve ser rápido. Trouxe exames recentes dele? Isso poderia ajudar.



-Meu tio nunca ia ao médico, quando precisava fazer exames por conta do trabalho pagava um por fora pra um médico examinar o Duda e dar o laudo como se fosse pra ele. –Harry responde com ar reprovador. Atrás dele, Duda confirmara a informação.



-Mas que irresponsabilidade! Um homem da idade dele, com todo aquele sobrepeso, que sabe o quanto obesidade é um fator agravante de uma série de doenças não fazer exames preventivos é praticamente tentativa de suicídio. –Lílian comenta reprovadora.



-Você está mesmo de volta. –Petúnia diz ao reconhecer o tom e o olhar que tantas vezes vira na irmã quando resolvia dar suas broncas com ar intelectual. –Como é possível?



-Hermione fez um grande favor para duas deusas e elas concederam um desejo a Hermione, que poderia ter até mesmo pedido pra ser imortal, mas pediu a minha volta e de Thiago… aliás, onde ele está?



-No refeitório. –Harry responde de modo simples. O suficiente pra que Lílian entendesse que era melhor ser daquela forma.



-Petúnia, esse será o quarto de Valter, já está reservado. –Lílian diz apontando a porta ao seu lado. –Podemos conversar? –Pergunta de forma gentil e vê a irmã consentir. –Fiquem aqui. –Diz aos garotos, que assentem.



Lílian entra na frente e Petúnia a segue com os ombros e olhos baixos, sabendo que havia decepcionado a irmã e que teria que arcar com as consequências. Do lado de fora, Harry sentara-se e indicara a cadeira ao lado pro primo.



-O que ela vai fazer com minha mãe? –Duda pergunta nervoso, parecia pálido e tenso.



-Dar uma dura, mas selar a paz. Mamãe é uma pessoa boa e saberá perdoar sua mãe, mas nem ela e nem meu pai irão querer ver seu pai pela frente novamente. Você sabe como ele me tratou e eu nem precisei falar sobre isso pra eles, uma deusa se encarregou de passar tudo pra eles.



-Uma deusa? Os deuses nos odeiam? Vão levar meu pai? –Pergunta quase aterrorizado.



-Você ainda tem tempo de salvar a sua alma, garantir um lugar no paraíso, talvez sua mãe também, mas seu pai eu duvido. E não foram os deuses que fizeram aquilo com ele, foram as décadas de maus hábitos, abusos, falta de cuidados médicos. Espero que aprenda a lição, não tem problema gostar de comer ou não ser magro, o que você não pode e descuidar da sua saúde. E pra salvar a sua alma faça como eu e tome seu pai como exemplo de tudo o que você não deve ser.



-Foram os deuses que te deixaram assim? –Pergunta se referindo a nova aparência de Harry.



-Eu me tornei sacerdote deles, isso significa que sou o representante deles na Terra, que ganhei poderes ao receber a energia deles, por isso estou diferente. Eles aprovam as minhas escolhas de vida e você ainda tem tempo de fazer a volta e tomar o caminho certo.



-Me fala mais sobre o caminho certo? –Pergunta secando os olhos, tentando não chorar pelo medo tanto de perder o pai, quanto de ter o mesmo destino.



***********************************************************************************



Chegaram no início da noite do dia de abertura das olímpiadas à casa de Nikolai no Rio de Janeiro, próxima ao Jardim Botânico. O anfitrião fez um rápido tour pela mansão de arquitetura imperial e um interior que mesclava o antigo e o moderno, depois distribuiu os hóspedes pelos quartos para que pudessem organizar suas coisas e descansar antes da abertura da olimpíada, a qual veriam pela grande TV comprada justamente para a ocasião.



No quarto que dividiam, Hermione e Melissa estavam organizando suas coisas quando foram surpreendidas ao ver Jean, Elizabeth e Jesse entrarem, as duas primeiras tinham um semblante preocupado.



-O que houve? – Hermione pergunta preocupada.



-Essa foi a pergunta que viemos fazer. –Jean responde olhando para a irmã.



-Que história é essa do Nikolai colocar Maggie e George no quarto ao lado do dele e você do outro lado da casa? –Elizabeth complementa olhando seriamente pra Melissa.



-Essa é a preocupação? –Jesse diz pasma, ao fim dando um breve riso rouco. –Onde está a imaginação de vocês? Nikolai é um bruxo poderoso, cheio de recursos, pode aparatar com a Mel pra dentro e pra fora do quarto dele e ainda usar magia pra deixar o quarto à prova de som.



-Essa é uma conversa da qual prefiro ficar de fora, mas fiquem à vontade. Vou estar com Harry, ele ia ligar pros tios. –Hermione diz sem jeito, mas rapidamente escapulindo para fora do quarto.



-Esse seria mesmo um passo grande demais pra ela. –Jean reconhece e se senta na cama junto com as outras mulheres.



-Eu agradeço pela preocupação de vocês, mas está tudo bem. – Melissa começa um pouco sem jeito. –Eu sou um pouco mais devagar naturalmente, preciso de um tempo de relacionamento antes de me sentir à vontade pra dar um passo desses. Nikolai tem sido um cavalheiro e está me dando o espaço necessário.



-Vocês estão juntos a quase um mês, além disso uma casa inteira é um tanto exagerado, não acha? – Elizabeth pergunta desconfiada.



-Nossos primeiros dez dias de relacionamento praticamente não existiram, eu estava focada na recuperação da Hermione, principalmente no que toca ao aspecto psicológico. Só recentemente conseguimos tempo e cabeça pra sair, ter alguns poucos encontros e nos últimos dias acabamos mergulhando no trabalho de novo por causa do exames, mas já havíamos combinada que aqui daríamos mais atenção ao nosso namoro, já que pouco poderemos trabalhar.



-O que me preocupa é o tempo que você passou sozinha estar te deixando insegura. Fora os leões desconfiados, vovô tem marcado pesado. –Jesse diz fazendo as outras respirarem pesadamente.



-Já tentei falar com papai, mas as coisas estão difíceis. –Jean diz como se pedisse desculpas a irmã.



-Conversei com Peter, ele poder ver com os poderes dele o quanto Nikolai gosta de você ajuda, mas não resolve tudo. –Elizabeth complementa.



-Eu sei que vocês estão fazendo o que podem e agradeço. Acho até que a distância entre os quartos é algo simbólico que mostra o respeito que Nico tem pelos meus pais. –Melissa diz de modo tranquilo. –E quanto ao que você disse, logicamente fico um pouco tensa, mas não acho que seja essa a questão, só precisamos mesmo de tempo, ambos estamos enferrujados.



-Ao menos lembre dos avisos de Afrodite sobre Nikolai, se você achar que é a hora, não fica esperando por ele, tome a iniciativa. –Elizabeth aconselha de modo incisivo.



-Temos que lembrar que ele passou quase todo século XX em branco, seus relacionamentos são da época em que se namorava no sofá sob olhares dos pais ou irmão da garota. –Jean lembra cautelosa.



-Vocês não acham que estão sendo muito inocentes? –Jesse pergunta quase rindo. –Já disse que com magia é muito fácil driblar todo o “aparato” de vigilância montado. Nikolai foi muito esperto montando uma cena pra deixar os leões confiantes enquanto age na encolha.



-Está sabendo muito sobre magia, não? –Melissa diz curiosa.



-Se eu contar o que um deus pode fazer, vocês não vão acreditar. –Jesse responde com um risinho malicioso.



-E você está esperando o que pra contar? –Elizabeth incentiva a filha a continuar, Jean e Melissa também pareciam curiosas.



***********************************************************************************



Jesse descia para tomar o café da manhã, a maior parte do grupo estava na sala, alguns colocando a mesa, outros conversando animadamente, porém sua atenção logo foi capturada por Hermione, olhando fixamente para Nikolai. Rapidamente foi até a prima e pediu que viesse com ela imediatamente, o que Hermione atendeu seguindo-a para o escritório.



-O que houve, algum problema no projeto da série? –Hermione pergunta preocupada, aquela atitude não era nem um pouco comum vinda de Jesse.



-Não. As coisas estão bem encaminhadas, se tiver algum problema será apenas no recrutamento de atores trouxas. – Responde minimizando a questão. –Você estava olhando a alma de Nikolai? Já não disse que ele é digno da Mel? –Pergunta observando-a seriamente.



-Não estou duvidando do seu aval, preciso trabalhar meus poderes e a alma de Nikolai tem muitas cicatrizes, marcas diferentes do que já vi, só isso. Também não acho que ele se importe.



-Fique longe da alma dele. Nikolai já passou por muitos momentos difíceis, típico de quem já viveu tanto. Até mesmo as marcas positivas mais profundas estão carregadas do que há de pior na humanidade e você não tem que ver isso.



-Está tentando me proteger? –Pergunta surpresa, quase incrédula.



-Não confunda as coisas. Sua participação na fase de transição está não só na ciência, como nas discussões políticas com trouxas e bruxos, na elaboração e aprovação de novas leis, tendo se tornado representante de todo o Olimpo tudo isso se amplifica ainda mais e, querendo você ou não, está mais do que óbvio que será a pessoa com maior participação e peso na formação de uma nova ordem mundial. Nada disso será fácil, mas sua ética e sua crença no que é justo guiarão suas ações e sua fé na humanidade a fará lutar mesmo nos piores cenários, nos piores momentos. Mas isso é por imaginar, mas não conhecer de fato o pior da humanidade. O que existe hoje não merece ser salvo, mas aquilo que a humanidade se tornará se você vencer merece que lute até as últimas forças. Por isso, você não vai olhar as cicatrizes de ninguém, o cinismo da humanidade é pra pessoas como eu, você se preocupa em consertar a bagunça, foque no futuro e deixe o serviço sujo pra mim, sempre.



-Eu não sou uma criança, posso lidar…



-Você não pode. –Jesse a interrompe de modo firme. –Uma coisa é saber de fatos, até mesmo ouvir a descrição deles, outra muito diferente é vivenciar isto, estar lá e sentir tudo ao seu redor. Olhar as cicatrizes não é como ver um filme, você vivencia tudo, sente tudo e precisa saber se distanciar disto sabendo que nada daquilo vem de você e quanto mais empatia você tem, mais difícil é. Um exemplo: você sabe o que aconteceu com o último filho que Nikolai teve?



-Sim. Ele se corrompeu após se beneficiar da pedra e Nikolai precisou lidar com a situação.



-Ele não precisou “lidar” com a situação, ele precisou matar o filho que amava, que viu crescer e você não tem a mínima ideia do que é ser pai ou mãe, menos ainda do que é perder um filho, então não consegue chegar perto do que é estar no lugar dele naquele momento. E mais certo do que tudo isso é que você não irá querer isso dentro de você pro resto da sua vida. Então, como um conselho, olhe a alma da sua mãe, veja o que ela sentiu com os abortos que sofreu e depois quando acordou no hospital e viu uma foto sua, depois o que ela sentiu ao ter você nos braços pela primeira vez. Você ainda não conseguirá nem chegar perto de imaginar o que Nikolai sentiu, mas acho que terá o suficiente pra se lembrar de nunca olhar a alma dele e se manter longe das demais.



-Se é tão ruim assim, você não precisa olhar a alma de ninguém. –Hermione diz de modo compreensivo.



-Não seja tola, quem está na nossa posição não pode abrir mão de vantagem alguma, muito menos algo deste tamanho. Além disso, eu não me tornei Senhora das Sombras à-toa, eu posso lidar com isso, nunca esperei nada de bom das pessoas, não sou como você que sai por aí arriscando a vida pelos outros, jamais faria isso.



-Você se arriscou na batalha contra Voldemort.



-Me arrisquei pela minha família. Somos muito melhores que a grande maioria da população mundial, mas é bom que você não concorde e não entenda as razões pra que eu pense assim. Como eu disse, o mundo precisa se tornar aquilo que você imagina e isso não vai acontecer se você parar de olhar pra frente por não conseguir desgrudar os olhos do retrovisor.



-Vou manter em mente suas opiniões, me concentrarei em outros poderes por enquanto. –Hermione diz e vê Jesse acenar positivamente com um maneio, antes de sair do escritório. –Apesar de tentar manter a pose, estava sendo protetora comigo… o que está acontecendo? Será que você está de novo certa? –Se pergunta olhando pra cima, os pensamentos nas palavras de Afrodite sobre sua relação com a prima.



***********************************************************************************



Voldemort pousou com sua vassoura no Princesa Andrômeda e, sob olhares de vários monstros, foi guiado por um semideus a cabine do capitão, Kronos, o Titã que habitava o corpo de Luke, filho semideus de Hermes.



Sentado atrás de uma mesa com vários mapas da costa americana e um específico de Nova Iorque, Kronos tinha o olhar astuto e o sorriso confiante, a postura relaxada como se não estivesse sozinho frente à frente com um bruxo tão temido quanto poderoso.



-Veio sozinho, Voldemort? –Kronos pergunta ao mesmo tempo surpreso e satisfeito.



-Eu não sei o que sabe sobre mim, mas eu não preciso de proteção, as pessoas é que precisam se proteger de mim. –Responde calmamente. –No entanto, fiquei curioso para saber o que um Titã quer comigo.



-Propor uma aliança. Eu te dou poder e você me dá tempo. –A resposta simples e objetiva faz Voldemort dar um riso breve e seco.



-Porque um Titã daria poder a um humano, quando todos sabemos muito bem que a primeira coisa que fariam ao tomar o poder seria matar todas as âncoras dos Deuses? Principalmente a nós, bruxos, que damos muito mais poder que os trouxas.



-Isso não me incomodaria se boa parte da energia dos bruxos viesse pra mim, basta que eu me aproprie do espectro da magia como divindade principal. Além disto, depois que eu ascender basta destruir os trouxas e o que sobrar dos deuses não me ameaçará mesmo com bruxos pelo mundo.



-Acontece que você não tem o espectro da magia e mesmo que o adquira seria muito difícil absorver o suficiente para tomar o lugar da Deusa da Magia, principalmente quando ela agora ocupa um trono do conselho.



-Com seu corpo, aprendendo o que sabe e experimentando a magia como um bruxo eu teria mais que o suficiente para alcançar meu objetivo. Além disto, depois que eu ascender posso lhe ceder a imortalidade, seria meu general, poderia lhe dar o Mundo dos Mortos.



-A morte é uma ferramenta e não um fim para mim. Se for para reinar sobre uma dimensão, quero o Mundo Mortal. Farei os bruxos reinarem absolutos sobre a terra!



-Não me oponho, acho justo. –Kronos enquanto se levantava e circundava a mesa, seu corpo dava pequenos espasmos.



-O mortal aí dentro está se rebelando, medo de ser descartado e morrer?



-Sabe como são os jovens mortais e seu ímpeto estúpido, mas nada que me incomode. Luke está sob meu domínio. –Diz já composto, se recostando na mesa com os braços cruzados, olhos firmes e tranquilos em Voldemort.



-Você sabe que meu corpo é de meu domínio e se eu por um acaso decidir aceitar sua proposta, jamais abriria mão de estar no comando, não é?



-Se você aceitar? Eu sou Kronos!



Mal o Titã falara, Voldemort aparata, mas seu corpo desaparata dois passos adiante, o tempo e espaço se dobrando ao seu redor, o mantendo imobilizado enquanto Kronos, ainda no corpo de Luke, avançava e o segurava pelo pescoço. O bruxo tentava lutar, usar magia, mas o tempo o oprimia, dissipava seus feitiços e bloqueava sua capacidade de aparatar.



***********************************************************************************



-Daqui a pouquinho teremos a volta de Michael Phelps, o gigante das piscinas que os especialistas apostam que quebrará recordes de medalha aqui na Rio 2016! Gustavo, acha que Phelps vai começar com o pé direito e garantir o primeiro ouro?



-Luís Roberto, essa é uma pergunta fácil. Os Estados Unidos vêm muito forte, possuem um grupo muito qualificado e devem vencer sem muitos problemas. Já a disputa entre o 2° e o 3° lugar deve estar mais acirrada entre França, Grã-Bretanha e Austrália.



-Falando em Grã-Bretanha, o jovem Joshua O’Donnel surpreendeu todo mundo quebrando o recorde olímpico dos 200m livres nas semifinais e ele estará nesta prova de logo mais. Acha que o garoto, de apenas 16 anos, se deixou levar pela empolgação do momento, nadou mais que o necessário e pode chegar cansado pra esta decisão?



-Na natação é normal que os nadadores soltem mais nas provas classificatórias justamente para poupar energias para as decisões, principalmente quando vão nadar muitas provas que é o caso do Apollo. Certamente depois de forçar tanto deve ter levado um puxão de orelha do treinador e feito um forte trabalho regenerativo pra estar o mais inteiro possível pra esse revezamento 4 x 100m.



-Já que falou do apelido do Josh, que usa o Apollo na jaqueta, sabe porque ele usa como apelido o nome do Deus do Sol ao invés de Poseidon, o do Deus dos Mares?



-É uma homenagem aos amigos da escola, que o apelidaram de Apollo há muito tempo atrás, parece que foi algo que veio das meninas por ele ter boa aparência.



-Se é esse o motivo está mais que justificado! O público feminino realmente pareceu bem impressionado com o rapaz, que realmente tem pinta de galã.



-Queridinho das meninas e o terror dos adversários. Se colocar a cabeça no lugar e controlar a ansiedade, aprender a se poupar, pode começar uma bela coleção de medalhas.



-E hoje, acha que ele fará a diferença?



-Pela relação, Apollo vai fechar a série e se tiver descansado certamente será fundamental pra Grã-Bretanha subir ao pódio.



-Estamos vendo as equipes entrarem, Phelps é sem dúvida o astro da noite e está sendo ovacionado, tem tudo pra começar a fazer história aqui, na Rio 2016! Lembrando que o brasil estará bem representado na raia 7, uma equipe de muito potencial que pode beliscar um lugarzinho no pódio.



Vamos começar a apresentação pela equipe Canadense que está na raia 8 Santo Condorelli, Yuri Kisil, Markus Thormeyer e Evan van Moerkerke, na raia 7 a equipe brasileira formada por Marcelo Chierighini, Nicolas Oliveira, Gabriel Santos e João de Lucca, na raia 6 a França com Mehdy Metella, Fabien Gilot, Florent Manaudou e Jérémy Stravius, na raia 5 o imbatível EUA com Caeleb Dressel, Michael Phelps, Ryan Held e Nathan Adrian, na raia 4 os russos Andrey Grechin, Danila Izotov, Vladimir Morozov e Alexandr Sukhorukov, na raia 3 a forte Austrália com James Roberts, Kyle Chalmers, James Magnussen e Cameron McEvoy, na raia 2 a Grã-Bretanha de James Guy, Daniel Wallace, Duncan Scott e Josh O’Donnel, o Apollo, e fechando a piscina na raia 1 teremos a Bélgica de Glenn Surgeloose, Jasper Aerents, Emmanuel Vanluchene e Pieter Timmers. Vamos fazer silêncio pra ouvir o tiro de largada.



-E Estados Unidos e França já largam muito bem, como imaginado polarizam a disputa pelos postos mais altos do pódio. Com a observação de que Dressel não é o nadador mais forte do grupo.



-É mesmo uma tendência deixar os nadadores mais rápidos pro final, mas o próximo a nadar pelos EUA será a Fera, Michael Phelps, que deve deixar a equipe com uma bela vantagem pro 2° colocado. Agora os nadadores vão se aproximando do ponto de entrega, EUA e França brigam bem pertinho e um pouco atrás Brasil e Grâ-Bretanha embolados, Marcelo vem nadando muito bem, partindo forte numa luta pelo pódio.



-O Brasil optou por começar e fechar com os melhores nadadores, uma estratégia que tenta não deixar os adversários ganharem uma vantagem maior. Também tem aquele lado psicológico de olhar pro lado e tentar se manter o mais próximo possível do adversário.



-E o Brasil está justamente coladinho na França, que segue no encalço dos americanos. E as trocas começam, Phelps na piscina, seguido de Gilot e Nicolas, o brasileiro que tem como grande desafio tentar seguir a balada da fera!



-Phelps entrou muito bem na piscina e está nadando muito forte. A preparação dele pra essa olimpíada foi muito intensa, veio pra ganhar tudo e vai mostrando que não será fácil batê-lo.



-E estamos vendo Phelps abrir distância em primeiro, nada mais natural, porém Nicolas segue forte na disputa com Gilot, mantendo o Brasil na briga pela prata olímpica! Austrália e Grã-Bretanha brigando braçada a braçada e se aproximando um pouco dessa disputa entre França e Brasil, que até agora vão completando o pódio de Phelps.



-Olho no Morozov que vai entrar na piscina pela Rússia, pode dar um fôlego extra nessa briga pelo bronze.



-Vamos a próxima troca, Held já entra na piscina, Manadou e Santos vão entrar bem próximos nessa disputa quente pela prata! Austrália e Grã-Bretanha chegaram, está todo mundo junto, quatro nadadores juntinho, quase na mesma balada… muito difícil prever quem estará no pódio, Gustavo?



-Muito difícil! Held vai ficando um pouco, Gabriel parece não estar conseguindo manter o mesmo ritmo, já está um pouquinho atrás, Manaudou pode estar colocando a França na briga pelo ouro de novo.



-A prova é tensa, os nadadores não conseguem abrir, temos Estados Unidos, França, Brasil, Austrália e Brasil bem próximos, Rússia chegando no bolo, será uma última piscina onde o pódio estará totalmente aberto e nossa torcida segue com a equipe brasileira que João de Lucca entrar, já está prontinho pra entrar na piscina.



Vemos os últimos nadadores começando a entrar, Adrian pelos Estados Unidos, Stravius pela França, McEvoy pela Austrália, Apollo pela Grã-Bretanha e agora de Lucca da piscina!



-Que entrada do Apollo, salto perfeito, já deixou a Austrália pra trás e está braço a braço com Stravius!



-Mas será que vai ter braço e perna pra manter o ritmo depois do recorde de mais cedo? Adrian vai fazendo um tempo muito bom, Lucca infelizmente vai ficando um pouquinho mais atrás, está difícil pro Brasil chegar no pódio agora.



-Pegou o Adrian! –Gustavo Borges interrompe Luís Roberto, Josh alcançara o nadador americano e começava a travar a batalha pelo ouro.



-Inacreditável o que estamos vendo aqui! Nathan Adrian dos Eustados Unidos e Josh O’Donnel da Grã-Bretanha vão disputando braço a braço, chegando na linha do recorde, brigando pelo ouro… o lugar mais alto do pódio parecia garantido pros americanos, Phelps pode amargar uma estreia com a prata… estão chegando, vão bater… Ouro pra Grã-Bretanha! Prata pros Estados Unidos de Michael Phelps e Bronze pra França, o Brasil vai batendo em quinto.



-Luís, Apollo foi tão fantástico que se não estivéssemos no revezamento ele teria quebrado o recorde mundial dos 100m que ainda é do Cielo. Josh fez 46.80 e o tempo do Cielo é de 46.91.



-O que ele está fazendo? O menino deixou a comemoração com a equipe e está correndo pra arquibancada! Isso é permitido?



-Não é e certamente vai levar um baita puxão de orelha da organização…



-Ele driblou a segurança, está passando pelo meio da galera! Pra onde está indo?



-A família dele está ali… abraçou a mãe!



-Mãe? Aquela é a mãe dele?



-Sim, já a vi o acompanhando várias vezes em competições. Agora temos o pai e a irmã, imagino que os outros também sejam familiares.



-Um menino de 16 anos vem pra primeira olímpiada, quebra o recorde olímpico dos 200m nas semifinais, recebe um monte de críticas por ter forçado demais tendo decisão de medalha a noite, entra na piscina com a equipe em 4° e termina a prova no ponto mais alto do pódio! Primeira decisão de medalha, 16 anos e ainda ganha o ouro em cima de Michael Phelps, a lenda!



-Realmente emocionante demais, as lágrimas dele e da família são mais do que justificadas, passa um filme na mente nessas horas, todas as dificuldades enfrentadas… ele teve uma lesão seríssima no joelho disputando o nacional de judô, havia dúvidas se conseguiria se recuperar a tempo de conquistar a vaga olímpica e agora ganha o ouro pro seu país.



-E ainda tem isso! Josh O’Donnel antes mesmo de começar a olímpiada já fez história ao se classificar pra duas modalidades completamente diferentes, vai disputar a medalha do judô na categoria mais pesada no dia em que disputa os 50m livres na natação… será um dia bem agitado pra ele, não?



-Nem imagino como a preparação e os treinamentos dele estejam esses dias, esportes diferentes e uma agenda apertada na natação.



-Gustavo, desculpa interromper, mas a segurança chegou ali, abriu um corredor e Josh vai descendo, parece que está tudo sob controle, bastante gente tirando fotos, mas o corredor está firme. Tem um pessoal da organização ali, nossa repórter Karen Duarte conseguiu se aproximar, está esperando ele descer pra tentar conseguir alguma declaração. Estamos com você Karen.



- Obrigada, Luís Roberto. Josh O’Donnel está chegando aqui, tem muitos seguranças, mas vamos tentar pegar ao menos algumas palavras no caminho dele até o vestiário, onde vai se preparar pro pódio. Josh! Josh, please! – A jornalista começa a chamar a atenção do nadador e os seguranças se apressam pra afastá-la.



-Ei, não faz isso. –Josh diz de modo firme. –Não empurra a moça, não se trata uma mulher assim. Eu estou andando e ela pode andar comigo.



-Obrigada. –A repórter diz surpresa. –Eu não fazia ideia de que você falava português, tem algum familiar ou amigo brasileiro? –Pergunta já andando ao lado dele, dentro da rodinha formada pelos seguranças.



-Infelizmente não, aprendi fazendo um curso. Eu queria ter a experiência completa quando chegasse aqui, entender as pessoas na rua, as faixas, as placas, tudo. Mas qual seu nome, senhorita?



-Karen Duarte, sou repórter da SporTV. Prefere que eu te chame por Apollo ou Josh, O’Donnel?



-Apollo. Prazer, Karen, telespectadores da SporTV. –Josh responde acenando pra câmera de modo simpático.



-Parabéns pelo ouro, imagino que seja um grande momento, mas antes de te ouvir sobre isso preciso te dizer que você nadou os 100m em 46.80 que é um tempo abaixo do recorde olímpico de Eamon Sullivan e do mundial de Cielo. Levar sua equipe de 4° pra 1° e ainda nadando abaixo do recorde foi mais do que você esperava, traz um gostinho ainda mais especial pra essa medalha?



-Admito que estava um pouco nervoso por ser minha primeira decisão de medalha, nadei um pouco acima do que costumo fazer nos treinos, mas minha equipe sabia que podia contar comigo, que se dessem seu máximo subiríamos ao pódio… mas o ouro não era algo que realmente projetamos, esperávamos a prata e ter superado essas expectativas com meus companheiros significa muito, trabalhamos muito duro pra alcançar essa conquista e fomos recompensados.



-Vimos que você foi pra plateia, são todos membros da sua família? Veio todo mundo?



-Veio toda minha família, são 9 pessoas, as outras seis são amigos que também vieram torcer por mim. Tê-los aqui é importante, eles me ajudaram muito, confiaram em mim, me apoiaram, me cobraram quando preciso, estiveram ao meu lado me ajudando a analisar adversários, analisar treinamentos… enfim, eu sou um campeão por causa deles e essa e as outras medalhas que pretendo ganhar serão pra eles.



-Gustavo Borges é nosso comentarista hoje e está perguntando sobre a sua resposta anterior em que você disse que nadou acima do que faz nos treinos. Seus tempos nos treinos dos 200m e 100m são normalmente abaixo dos recordes?



-Gustavo Borges é “O” Gustavo Borges, prata em Barcelona, nadador do Hall da Fama? – Josh pergunta empolgado.



-Sim, ele mesmo!



-Wow! Muito prazer, senhor Borges! –Diz acenando respeitosamente pra câmera. –Espero não ter cometido nenhum grande erro hoje.



-Ele quer falar com você, posso te emprestar meus fones. –Karen oferece e Josh rapidamente concorda.



-Olá Josh, é uma honra pra mim ser lembrado por um jovem como você. Quando ganhei a prata você nem havia nascido, quando me aposentei você tinha 4 anos… enfim, imagino que nomes como Phelps e Cielo sejam maiores referências pra você. – Gustavo Borges diz bastante lisonjeado.



-Sem dúvida ambos são uma grande referência, fico triste por Cielo não estar aqui, mas sei que terei a chance de encontra-lo pelas piscinas do mundo. Mas é claro que um atleta não pode sonhar em fazer história sem conhecer a história do esporte que pratica e obviamente você é parte da história da natação e pra mim é uma honra poder, mesmo à distância, estar o conhecendo.



-A questão da distância a gente pode resolver sem esforço, seria um prazer ir visitá-lo na Vila Olímpica.



-Opa! Convite feito, mas só se levar uma sunga e entrar comigo e meus companheiros na piscina.



-Convite aceito! Mas não quero atrapalhar sua preparação e vou esperar seu primeiro dia sem competição, pode ser?



-Feito! Estarei esperando.



-Josh, aqui é o Luís Roberto, narrei sua prova e gostaria de lhe dar os parabéns. E também de dizer que estou muito impressionado com o seu português, fala muito corretamente e com excelente vocabulário, meus parabéns.



-Obrigado. Estudei bastante e contei com a ajuda da minha prima que conhece muitas línguas latinas, já a música brasileira me ajudou com o sotaque.



-E qual seu cantor ou grupo musical brasileiro é seu preferido?



-Eu escuto vários, mas na minha playlist não pode faltar Ivete Sangalo.



-Estamos sendo praticamente expulsos. Pra quem está em casa e não pode ver o que está a nossa frente, tem várias pessoas da organização o chamando e apressando.



-Verdade, sinto muito por isso. Vou falar com os responsáveis da nossa comitiva pra marcar um dia com vocês pra uma entrevista decente, podem procura-lo depois. –Josh diz de modo educado, mas já se afastando em direção aos bastidores, onde se trocaria pra cerimônia de entrega de medalhas.



-Essa foi nossa entrevista com o medalhista de ouro e recordista olímpico dos 200m livres, Josh O’Donnel, o Apollo. E que cá entre nós é o inglês mais simpático que já conheci. –Karen encerra passando a transmissão pro estúdio.



-Simpático e cavalheiro. –Luís Roberto completa aprovador. –Esse menino de 16 anos se mostrou um verdadeiro lorde inglês nas suas atitudes, na sua postura, soube se portar como todo campeão, todo atleta, deveria se portar, afinal os repórteres estão ali trabalhando também.



-E não só essa atitude como o esforço de aprender português, a disponibilidade de falar conosco… não tenho dúvidas de que ele vai cair nas graças da torcida brasileira.



-Eu não duvido disso. Enquanto ele descia as escadas da arquibancada acenou pra quem pediu uma foto, foi gentil especialmente com as crianças, o que sabemos acaba fazendo a diferença. E, eu que não sou boba, vou correr ali nos bastidores e aproveitar pra marcar nossa exclusiva.



-Boa, Karen! Boa noite e bom trabalho. –Luís Roberto diz se despedindo da repórter.



***********************************************************************************



N/A: Oi, consegui perder meio capítulo escrito e tive que recomeçar do zero -.- Detesto reescrever coisas, sempre dá a sensação de não ter ficado tão bom quanto. Foras as horas de pesquisa sobre a olimpíada que tive que refazer -.- Pra piorar problemas de saúde (coluna, de novo) acabaram me afastando do pc, mas eu voltei e tentarei não atrasar mais.



N/A²: Gostaram de como mostrei a prova do Josh? Querem “ver” ele nadando as outras ou só mencionar o resultado está bom?



N/A³: Muitos pediram Voldemort e ele apareceu, o que acharam da nova dupla? E o que acharam dos avisos da Jesse pra Hermione?



Coveiro : Haverá não só muita parceria entre Lílian e Hermione, como delas com Melissa, Nikolai e Artemis, são um grupo de nerds de muito potencial, cada um com sua especialidade. Afrodite ainda vai aprontar muito, precisa de alguém pra de vez em quando fazer a coisa errada pra fazer a coisa certa. Nesse capítulo Thiago e Lílian foram resolver as pontas soltas com o passado. Muito difícil escrever algo de outra fic, só tenho os fins de semana pra escrever.



PriisRibeiro : Parabéns, mesmo que meio atrasado, pela formatura. Se você se sente perdida ao ler a fic com tantos personagens, imagine pra mim escrever tudo isso!? Mas é tentador demais dar uma vida a Hermione fora de Hogwarts e mesclar histórias que tem muita coisa em comum como Artemis Fowl e Percy Jackson. Rony vai estar mais presente a partir de agora, certamente terá bastante importância quando Hermione começar o calvário dela, mas isso é mais pra frente um pouco.


Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 8

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por stille em 31/12/2018
tudo bem que lily é syoer, mas esperava um tapa em petunia KKK achei engracado harry falando pro duda ter cuidado com a alma, achei que estaria assustando duda, mas depois percebi que era serio Josh é divertido, a reportagem foi bem legal
Nota: 0

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por stille em 31/12/2018
gostei de ler sobre a prova, mas ja que perguntou, na proxima pode ser só o resultado. ja estou com saudades de harry e hermione! entendi certo e voldemort ficou obrigado ao titã? obrigada por escrever
Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por PriisRibeiro em 23/11/2018
Ainda me espanta sua capacidade de juntar tanta informação e meio mundo de gente em um único capítulo hahahaha... A Jesse foi incrível neste capítulo, mais um rico personagem contribuindo para o crescimento da Mione como pessoa. Aguardando cenas dos próximos capítulos :-)
Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Coveiro em 09/09/2018
O capitulo ficou incrivel Deve ser loucura total um trouxa ver um bruxo ressucitar, que dirá dois e eles irem a sua casa para tomar um chá hahahahahahahaha Fiquei com pena do Valter. Mas eu queria tanto que Hermione tivesse ficado para ouvir a conversa das mulheres da familia. Deve ser interessante uma familia assim. E vai ser interessante quando chegar a vez da nossa querida Mione passar por essa conversa. Não omita isso. Eu quero muito romance e muita situação doida ainda para ela. Eu adoro essas cenas. Josh competindo é algo fantastico faltou dizer. E também, Mel é minha personagem favorita. Adoro o que fez com ela e a forma dela de lidar com tudo. Espero que ela ainda de muitas aparições e cenas sensacionais como sempre. Aproveitando, tiro o chapeu pra Jesse. Ela cuidando da Mione, que garota incrivel. Ela foi simplesmente sensacional. Ela complementa muito divinamente a Mel como mentora da Mione. Como a prima e irmã mais velha que ela precisa. Mel é divina, unica, impressionante. Mas a Jesse arrasou. Sei que é complicado postar muitas histórias em simultaneo. Ainda tenho esperança de ler o final de Heroes e de Pangeia. Mas vou ser um bom menino e esperar, pois sei mesmo como é. Eu mesmo não tenho tempo de escrever algo decente hoje. E sinto falta deste tempo.
Nota: 0

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Coveiro em 09/09/2018
Esqueci o mais importante: Por favor, posta mais em breve. Eu fico em abstinencia profunda sem seus escritos maravilhosos.
Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por hellen granger em 27/02/2014

Adorei...
Harry neto do deus dos mares..OMG...
Bem feito para o Percy.. Samba na cara dele Harry....
Eu qro o josh para mimmmm.. para ter umas aulas de anatomia..rrsrrsrs
Adoro cada vez mais a melissa.. ela eh hh tb.. ainda defende a sobrinha..
Mais um motivo para ela ficar com nick.. os dois sao maduros e protetores..rsrsr
ei acho q vou apanhar... sou da oposição...
para nao ter briga a melissa tem que pegar eh os dois..rsrrsrs
agora senti falta da minha personagem favorita... Cadê a mione???? 
Parabens novamente.. vc eh fantastica...
ps. adorei sua outra fic em resposta a entrevista da jk.. hh forever... 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Saito em 25/02/2014

Capitulo maravilhoso continue assim... jogando lenha na fogueira, Percy nem odeia o garoto, agora imagina se ele for seu sobrinho kkkkk esssa historia ainda vai render muito.
Cade Steve e Melissa, cade, cade??? 
 Vou esperar ansiosamente a proxima atualização :D

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Venatrix em 25/02/2014

Meu Desu... que Capitulo... Wow... 
Eu ri muito do Beatle que faz "abra-kadabra" uhasuashuahu O Percy tem um senso de humor.
Hey estou muito ansiosa para a "Cara-de-Pinheiro" aparecer.. sinto que a Thalia vai botar lenha na fogueira...
Neto de Poseidon??? Pode isso produção??? Tenho certeza que é por parte da Lilian u.u (Nada a ver o fato de ela parecer a Ariel :3)
To louca para ver como o Percy vai reagir... ta ficando cada vez melhor o negocio.
Um encontro entre o Josh e a Afrodite... seria tipo um vulcão em erupição... mas serio, eu amaria que eles se encontrassem.
 Sirius como mestres do Quarteto Problema... to sentindo muitas confusões a a caminha...
Mal posso esperar para ver quando o Harry e a Annie forem ainda mais proximos... aguardo ansiosamente o proximo capitulo... bjs
Parabens pelo cap. incrivel 

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2021
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.