FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

ATENÇÃO: Esta fic pode conter linguagem e conteúdo inapropriados para menores de idade então o leitor está concordando com os termos descritos.

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. A Nova Gina


Fic: Loucuras de Uma Jovem e Inocente Bruxa


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Foi ontem. Foi ontem que eu perdi minha virgindade de todas as formas que vocês podem imaginar (com um membro masculino). Foi dolorido no começo, mas depois foi muito, muito gostoso. Eu sei que vocês querem saber como foi então eu escreverei (no que seria meu diário) com uma pena de repetição rápida que roubei de Fred e Jorge, o que aconteceu ontem. Vocês terão o privilégio de saber quem eu sou de verdade hoje.

Eu esqueci de me apresentar: meu nome é Virgínia Weasley (eu prefiro ser chamada de Gina), tenho 15 anos e estudo no 5° ano na escola de Hogwarts. Vou contar tudo desde o começo, ou vocês não entenderão nada...

‘Nessas férias de verão, Harry e Mione foram lá para casa e passaram o último mês de férias inteiro lá. Ah, a noite em que ele chegou lá (Mione ia chegar no dia seguinte pela manhã, via Flú), eu não vou esquecer jamais, pois foi onde tudo começou. Ele finalmente me notou. Ele veio de vassoura com papai, Fred, George e Rony (clandestinamente e pela noite, é claro). Chegaram em casa mais ou menos 02:30 da madrugada e eu e mamãe estávamos acordadas (Percy estava dormindo, tinha que trabalhar cedo e disse que de manhã falava com Harry).

Eu estava com uma camisola e robe brancos lindos, de cetim, que eu ganhei da minha mãe de aniversário (foi bastante cara, mas minha mãe disse que ela combinava comigo). A camisola era transparente na barriga e rendada nos seios. Creio que foi por isso que ele me notou, além dela ser um palmo e meio acima do joelho (curtíssima).

Ele chegou minha mãe já foi correndo abraçá-lo (como sempre). Depois que ela o largou, ele veio até mim, até então um pouco afastada da mamãe. Me olhou como se me despisse... Sorriu e me abraçou forte, colando aquele corpo no meu. Sorri também e disse “Eu tava com saudades e preocupada contigo...” abafado e no ouvido dele. Senti algo pressionando meu ventre de leve, de uma forma suave. Percebi que o sangue de Harry tinha descido até um lugar que, se minha mãe visse, ficaria horrorizada. Mas eu não liguei. Fiquei até feliz sabendo (e sentindo) que ele me achava um tesão e me desejava. Depois de nosso abraço “amigável”, ele teve que disfarçar até o seu sangue voltar a circular normalmente pelo corpo.

Nos dias que se seguiram, ele me devorava com os olhos (disfarçadamente para mamãe nem ninguém perceber), me desejando, imaginando como seria me ter só para ele. Eu contava tudo para Mione. Ela me disse que o Rony também fazia isso com ela, só que ela resolveu ir um pouco mais longe... Bem, quando Harry fazia isso, eu ficava envergonhada no começo, mas depois resolvi fazer um pouco o jogo dele. Já estava na hora de pôr meu plano em prática...

Já fazia duas semanas que ele só ficava nos olhares, então eu resolvi provocá-lo... Numa noite estranhamente fria para o verão, eu e Mione estávamos em um sofá de 2 lugares, Rony e Harry em outro e Fred e Jorge em duas poltronas, conversando sobre vários assuntos depois do jantar, quando esfriou muito. Mamãe já tinha reacendido a lareira e disse que era melhor pegarmos cobertores. Eu e Mione fomos pegar os cobertores para nós seis (papai e Percy tinham ido dormir e mamãe estava na cozinha, arrumando-a) e quando voltamos Rony tinha ido pro sofá em que eu e Mione estávamos. Eu e ela trocamos olhares desconfiados e fomos distribuir os cobertores. Eu sentei com Harry e ela com Rony. Eu peguei para nós um cobertor enorme e felpudo preto, que nos cobria e arrastava pelo chão, como um tapete (mamãe o ganhou num sorteio).

Então eu comecei... comecei a acariciá-lo nas pernas. Eu estava com os pés no sofá e Harry estava com um almofada em cima do seu enorme e gostoso sexo, portanto só Mione percebeu (ela já sabia...). Comecei pelos joelhos e fui subindo devagar, primeiro nas partes externas da coxa, depois nas internas. Cheguei perto de seu sexo e o apertei levemente. Ele soltou um gemido rouco e cheio de tesão, abafado pelas gargalhadas dos outros, que riam de uma piada contada por... sei lá por quem! Eu estava mais preocupada com outras coisas.

Continuando... É claro que eu também ri com meus irmãos e Mione, eu precisava fingir que era inocente. Olhei para Harry e lhe dei meu olhar mais sedutor e ingênuo, continuando a acariciá-lo, vencendo a barreira da almofada e da calça de seu pijama (mas não de sua cueca, não, ainda não)... Ah, como foi bom sentir aquelas coxas macias e com poucos e esparsos pêlos (somos britânicos, não somos muito peludos). Percebi que ele estava muito excitado e o ajudei a não ter que passar uma vergonha imensa. Peguei na cozinha um copo com água e, “sem querer”, derramei sobre a calça dele. Bem no alvo... Ele ficou desapontado por um instante, mas depois percebeu como seria constrangedor se ele gozasse. Ele se levantou (molhado com água) enquanto eu pedia desculpas.

- Não, tudo bem. Só molhou um pouco.

- Êh, Harry – disse o Fred. – fazendo xixi nas calças? Ou será que é outra coisa?

Lançou para Harry um olhar significativo e eu, para disfarçar, disse:

- Que xixi o quê, Fred! Isso aí é água que eu derramei nele, sem querer! O que mais poderia ser?

- Nada não, Gina, nada não...

Depois desse “acidente”, Harry foi trocar de roupa (eu acho que ele foi se masturbar...). Logo mamãe mandou a gente ir dormir e eu contei tudo para Mione.

- Eu também fiz o mesmo com Rony. – disse ela. – Você deve ter reparado que ele subiu com um cobertor o tampando. Ele me pediu em namoro hoje e eu aceitei!

- Que bom, Mione! Mas eu posso te fazer uma pergunta? Você não está muito... sei lá, rebelde?

- Eu estou me cansando de ser a “certinha” da escola e de saber de tudo! Eu também sou humana e tenho meus desejos, principalmente sexuais, que pretendo “dividir” com seu irmão...

- Está bem. Vamos dormir. Hoje o dia foi... cansativo!

Nós duas começamos a rir e depois fomos dormir. Eu sonhei que Harry me pedia em namoro e depois me possuía... Eu não sabia que esse sonho ia se realizar, muito menos em datas diferentes.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.