FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

11. Quebrando a cara...(Betado)


Fic: Ferias no Brasil


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

No capitulo anterior...
“ _Bem, já sei! Vamos fazer Bung-jump!
“_Não sei não Lily, isso é... Maldade!
Eu sei! – eu respondi animada.
“_Lily! Você já esta me assustando...
“_E ai cachorrão, ou vai ou racha!”


==============================================================


==============================================================
Capitulo 11- Quebrando a cara.

(Lily) – Italico

James virou-se de costas para a ponte, mandou um beijo para mim e...
CABUM!
...Pulou numa cambalhota, sendo seguido por Sirius que gritou alguma coisa como: ”Seu Germano”

(N/A: ele quis dizer Jerônimo.## N/S: Quem disse? ## N/A: Cadê suas namoradas? N/S: Garota, você é.. má!N/B: *pula sacudindo os braços*Eu to disponível! Eu to disponível!)
Eu não acreditei que ele iriam pular, mas depois que eu vi os olhos do James se fechando e ele dando uma cambalhota... Caramba! Onde eu estava com a cabeça? Afinal, eles são marotos! E eu devia saber isso mais do que ninguém...
_James! – eu gritei quando James chegou ao ponto mais elástico da corda (N/A: Física, mal do século! Oo N/B: e eu aprendendo que 2² = 4....).

A corda esticou, depois encolheu.


_Lily! – ele me gritou apertando ainda mais a pochete que trazia à frente do corpo.
_Quê?

Quando a corda se esticou pela terceira vez...


_Quer casar comigo?

(James) - negrito

A Lily realmente foi feita para mim, que jeito melhor para pegar um maroto... A marotagem do ano... Mas, se ela acha que é boa... eu também sou! Assim que pulei daquela ponte, coloquei meu melhor sorriso o nº38 (mesmo que estivesse quase tendo um infarto), olhei para o Almofadinha que fazia... uma oração? Ignorei esse fato “bizarro” (não que seja ruim, pelo contrario, ele ta até necessitado... mas, alôôô, estamos falando de Sirius Black!) e pensei, ou melhor, decidi fazer uma coisa que queria há tempos: pedir Lily em casamento.

_Lily! – eu gritei par um pontinho ruivo lá em cima.

_Quê?- era a voz dela, mais alta que o comum. (N/S: Voz atômica? ## N/A: Todo mundo ignora... ele cala com o tempo)

Quando a corda se esticou pela terceira vez...

_Quer casar comigo? – gritei muito feliz, sorrindo o máximo que consegui.. E sim, eu usei o nº38!


(N/A: vocês se lembram? Primeiro capitulo, no avião quando o James meio que apresenta seu sorrisos? “O nº 38 é um dos meus melhores, mostro os dentes superiores e deixo ainda mais perfeita minha boca perfeita. Que eu sei que ela adora!”)

(Sirius) - sublinhado

Dá para acreditar? Em quanto eu sofria uma tentativa de assassinato.. (Sim eu odeio a Evans.. Ta, eu não odeio.. Mas essa tem volta!) o James sorria? E.. Oh my! Ele pediu a Lily em casamento?

Silêncio...

Eu odeio silêncio! Estávamos dependurados feito duas bananas podres na penca, e tudo que a Lily fazia era ficar calada...

_Aceita logo Evans, eu não tenho o dia todo! – eu gritei! E antes que vocês venham encher meu saco com um “Sirius Black, seu incessível!”, olhem pelo meu lado. Eu estava de cabeça para baixo, sem nenhuma magia com... sei lá... dez metros de corredeiras, cheias de pinhas assassinas e tubarões passando em baixo da minha cabeça...


(N/A: Não tem isso em rio não viu! É que o “poia” não sabe.. Pobrezinho, é tão bonitinho, mas é tão burrinho
N/S: Oo
N/A: Calado! Gente, vocês sabem o que é pochete né? Tipow uma bolsinha na frente do corpo... N/B: Ah ta. É assim que escreve, é ? )

_Eu aceito! – ela gritou lá de cima, quando os instrutores começaram a nos puxar.

Olhei para o Pontas. Ele estava chorando...


(Remo) - negrito

Não vou dizer que não fiquei antônimo com a cena.. era uma coisa tão.. Marota! Acho que se o James tivesse planejado não seria tão “emocionante”, literalmente!

Assim que ele foi puxado para cima (era impressão minha ou o Pontas estava chorando?) a Lily correu e o abraçou, lhe dando um beijo daqueles de novela! O Almofadinhas estava.. Hshssh... Pálido demais para dizer alguma coisa, então ele se deitou no chão e deu um disfarçado beijo (no solo).Sim, Sirius Black beijou o chão... (Pausa, para guarda essa cena por toda a minha vida...)
Olhei para Brenda que estava se divertindo muito com a historia.. Como dizia minha vó, “pimenta nos olhos dos outros é refresco”. Ela me retribuiu docemente. Eu não gostava dela, quero dizer, eu gostava.. mas não daquele jeito que te faz olhar para um dia horrivelmente frio e seco de inverno e dizer “Que dia mais aconchegante”... Lembro-me de ter pensado que ele era a To... Era uma pessoa que eu conheci.. Humphf! Doce ilusão...

(N/A: Sacaram? Começa com “Ton” e termina com “ks”; ah, tipo o clima que ele fala é o temperado.. sabe né, não vamos desapontar a teacher de geografia! N/B: nem me fala...a minha quase me mata ensinando isso!)

(Autora)

James retirou de dentro da pochete um anel com uma esmeralda (N/A: Original ¬¬ ## N/J: Romântico!##N/B: Ahn...legal?), a maior já vista pela ruiva em seu poucos anos de vida...
Seguiram para o hotel, ainda em clima de “lua-de-mel”, Sirius já havia se recuperado e Remo estava.. um tanto quanto quieto...

_Remo?
_Sim, Brenda?
_Foi bom te conhecer...
_Como a.. – ela o beijou. Um beijo com gosto de despedida e pediu silêncio, fechando os olhos.. como se guarda-se aquele momento com ternura.

Não muito atrás Sirius via a cena e ficava instigado ao encontrar um novo.. romance, ou quem sabe até mesmo ... um amor verdadeiro?

BLAFT!

_Seu idiota! Não tem olho não, o cegueta!

Sirius ergueu os belos olhos azuis, mirando a pessoa com quem havia “trombado” de cima á baixo. Tinha longas penas, brancas, uma cintura fina que se formava ainda mais sedutora, estava de saída de bando branca e biquíni preto. Tinha o rosto redondo e olhos amarelados, quase verdes, seus cabelos eram loiros, ondulados.. e Sirius Black a conhecia muito bem... Era sua ex-namorada, que não via desde que ela havia se mudado para a “Academia de Magia de Beauxbatons”.

_Lene? Marlene McKinnon?
_Sirius Black?
_Mais o que..? – falaram ao mesmo tempo
_Eu estou.. – repetiram o acontecido.
_Você primeiro. – consentiu Marlene.
_Vamos sentar...
Sirius conduziu Marlene ao barzinho do hotel, o mesmo no qual Remo havia se embebedado. Com um pouco de sorte, conseguiria ficar um pouco bêbado com Marlene, desejava ele olhando Lene com fulgor. (N/A: Fui eu que escrevi isso? Caracas! ¬¬)

(Sirius) – sublinhado

Conversei durante horas com a Lene, ela estava tão ou mais engraçada como quando namorávamos. Contou-me que havia vindo passar uns tempos com uma prima de terceiro grau que havia conhecido lá em “Beaux”. Lily e os marotos chegaram de malas prontas, iríamos aparatar.. James ainda estava assustado com “os trouxas e suas diversões”. Hshsh

_Lene? – Lily chegou apertando a garota.
_Lily! Que saudade!
_Como andas garota? – conversa de mulher.. Humphf!
_Por ai, né?
_E o coração?
_Batendo.

Agora, se você como eu não entendeu nada, vamos a uma elaborada tradução:
“_Marlene, que surpresa.
_Lily, também me surpreendi com encontrá-la tão longe de casa.
_O que você faz por aqui?
_Ah, nada to “atoa” mesmo, curtinho as férias.
_Veio sozinha ou tem mais alguém?
_Que nada, não tenho tempo para esse tipo de coisa. Estou só.”

Oh! Surpreendeu-se? Eu também!

_Veja. – Lily mostrou-lhe o anel.
_Ah! – gritou Lily
_Ah! – gritou Lene
_Ah! – Gritaram as duas.
_Ah! – eu gritei. – Que foi? Vocês estavam tão felizes!

_Black, o mesmo!
_O original. – sorriso maroto.

Depois de mais de uma hora consegui, tudo bem, Lily conseguiu, convencer Lene a nos acompanhar no resto de nossas férias... Isso vai ser interessante *piscadinha marota*.


(Marlene) - italico

N/S O que a Lene está fazendo nessa historia?
N/A: O mesmo que você...
N/S: Mas ele está... Contando a historia...
N/A: jura? Se você não tivesse me dito.
N/S: Ironia.. Eu odeio!
N/M: Xo,xo,xo.. Deixa-me contar a historia.. Posso? *olhar assassino*
N/A-S: Claro.. que somos nós pra contrariar?

James pagou a conta e depois nos encontramos atrás do hotel. Remo me pareceu um pouco abatido, talvez por estarmos em lua cheia.. Lily me contou que ele toma poção para não se transformar, mas mesmo assim ele não é o mesmo...
Mudando de assunto, eu estava meio que assustado com tudo, quero dizer, o Six... digo, o Sirius estava tão.. diferente. Talvez um pouquinho mais maduro.. É, é isso! O Sirius, mesmo sem querer, está amadurecendo.
Desde a ultima vez que nos vimos, tudo havia mudado. Eu não sou mais uma idiota que acredita em tudo (humpf!) e todos...


_Lene? – Lily falou, tirando-me de meus devaneios...
_Ah, sim?

_Vamos aparatar num barzinho bruxo, o nome é “galinha de macumba” (N/A: Muahahhh, sorry, não agüentei!N/B: Eu já vi uns cara fazendo macumba...deu medo!).
_Hã? – que nome mais esquisito...
_Você vai dizer, “galinha de macumba, Salvador, Bahia.
_Eu sei aparatar Lil. – nós duas revimos os olhos e Sirius sorriu.. ah, Sirius...

CRACK!

Chegamos.

O lugar era todo muito estranho. Era completamente branco, com umas mesinhas redondas de forro xadrez (vermelho-verde). Pensei que havia caído no lugar errado, então o resto da trupe foi aparecendo. Primeiro Lily e James junto, depois Remo e por fim (mas, não menos importante) Sirius, sempre com aquele sorriso, “oi-eu-sou-o-cara-e-você-vai-ter-que-me-amar”.

Já disse que o odeio?
Pois eu o odeio! Odeio aquele jeito de dizer “esta tudo bem”, quando nada esta bem. Odeio quando ele pisca aquele (nem um pouco maravilhosos ) olhos azuis que mudam de acordo com o seu humor ou a roupa que veste. Odeio aquele corpo sarado que diz “me abrace”...
Ahg! Como eu odeio o Sirius Black!


(N/A: Percebe-se (¬¬)
N/S: ??
N/A: *revira os olhos*)


(Sirius) - negrito

Saímos do lugar estranho, na porta havia um bruxo de uns 45 anos (mais ou menos) que se oferecia para ser guia, era negro de olhos castanhos, não sei se tinha cabelo branco, era careca, ele sorriu assim que James lhe entregou três galeões e começou a falar...

_Salvador e muito conhecido pela sua historia, mas vejo.. – ele disse olhando pra mim que olhava para duas “gracinhas” que vendiam doce num tabuleiro na calçada. – Que você não estão nem ai para a historia. – ele riu. Gostei desse cara, ele pega rápido.
_Como assim? – Lily perguntou, tinha que ser a estraga prazer. – A historia é muito importante... Não podemos conhecer o presente se não estudarmos a historia! Grandes cientistas só puderam descobrir a cura para muitas doenças que afligiram o mundo por que estudaram sua historia e...
_Lily – virei-me delicadamente pra ela. – Eu não to nem ai para historia, ou para seus “grandes cientistas”. Eu só quero saber, onde ficam as garo... – Marlene me olhou feio. - .. as praias, a cocada, e o tão famoso “carcaval” baiano.
_Ah... – ela ficou sem palavras.. Almofadinha 1 x Lily 0!
_Bem, Como eu ia dizendo , os jovens geralmente não gostam muito de historia, então eu preparei esse “tour” pelos lugares mais badalados, vieram numa boa época ... Carnaval!

Então ele nos mostrou um monte de praia bacana, a parte alta e baixa da cidade. Lily não ficou muito tempo mal humorada.. Quem ficaria, numa beleza de lugar como esse? Lene conversava afoita com Remo enquanto (sempre que dava) eu a olhava por cima dos óculos. Sim, eu estava de óculos escuros.. Os trouxas e suas invenções...

(Remo) – sublinhado

Marlene ficou me falando da escola dela e blablablabla, mas, isso não vem ao caso, o que vem ao caso é que (ao que me pareceu) ela está perdidamente apaixonada pelo Sirius.. Pobre Lene...

Chegamos a um hotel bem legal a noite, não precisa nem dizer que Sirius exigiu que saíssemos e conhecêssemos a noite baiana, devo confessar que, não fui contra...


****(N/A: Sei que não uso muito essas divisões, mas vocês vão entender)

(Lily) - italico

Uma palavra.. “Uau!”.. ta, “Uau” não chega a ser uma palavra, mas eu não estou acreditando em tudo que aconteceu! Quero dizer, é ... Incrível! Mas vocês não sabem o que é incrível né?
Tudo começou na linda manhã de verão... Mentira! Tudo começou na nossa primeira noite baiana, Sirius se vestiu maravilhosamente bem (eu não sou cega!) e Remo tambem, é claro que James não deixou devendo. Eu e Lene nos vestimos semelhante, saia, camiseta e alguns colares (comprados numa feira em frente ao hotel). Quando chegamos ao centro do lugar, estava tudo simplesmente lotado! Tinha muita gente... Acho que nunca vi tanta gente na minha vida.. sério, é assustador...
Tinha muita música e uma espécie de caminha com uma cantora que eu nunca tinha visto na minha vida. Acho que se chamava Claudinha Leite... Sirius ficou babando, isso antes de Marlene lhe dar um beliscão, óbvio. O caso, é que ela parou de cantar...


_E a aê galera desse meu Brasil!!! - a multidão estourou . – Você estão cansados?
_Não – a multidão respondeu.
_Galera de salvador, eu “vo” improvisar, quando eu disser “Oiô” vocês diram “Aia”.Salvador terra boa, Bahia o meu amor, quando eu diser “Aia” vocês diram “Oio”
_Oio
_Aia – nós entramos no clima e respondemos.
_Aia.
_Oio. – Sirius colocou Marlene nos ombros enquanto gritava.
_E se eu dificultar.. Será que vai rolar? “Vambora”, “Vambora”... Levante a mão – nos levantamos.. estávamos num lugar chamado.. pipoca, é e acho que era isso... – É isso ai! “Oio”,”oio”,”oio”....

(N/A: Negrito = Povão)

_”Aia”,”Aia”,”Aia”...
_”Aia”,”Aia”,”Aia”...
_“Oio”,”oio”,”oio”....
_Hahahaah
_Hohohoho
_Hohoho
_Hahahaha
_Você estão rindo de felicidade?

Sirius respondeu, como se ela realmente estivesse falando com ele. (¬¬)

_Sim!

Ela tirou a mão da guitarra rosa e levantou o dedo girando...

_Então levante o indicador para o céu.

Levantamos.

_Rodando, rodandodo... É isso ai!

Antes da bagunça terminar ela emendou outra musica.

“Paz, carnaval, futebol
Não mata, não engorda e não faz mal
Carnaval, futebol“
Eu e Lene nos soltamos...
“Se joga para cima e vira sol! “

Sirius já estava na terceira ou quarta garrafa de cerveja...
“Paz, carnaval, futebol
Não mata, não engorda e não faz mal
Carnaval, futebol “

James me puxou e começamos a pular juntos...
“Se joga para cima e vira sol!”

Até a Lene caiu na farra...
“Vai vai vai fica aqui meu avião
Vem vem vem que Brasil não tem vulcão
Vai vai vai suba aqui na minha moto
Vem vem vem aqui não tem terremoto
Eu canto...”

Meus olhos me enganaram, ou eu vi Sirius Black beijar Marlene McKinnon?
“Paz, carnaval, futebol
Não mata, não engorda e não faz mal
Carnaval, futebol Se joga para cima e vira sol!
Temporal, de calor
Tome um sorvete, o tempo é bom para o amor
No pólo sul tem vento frio
Pra namorar, vem todo mundo atrás do trio!
Veja docinho, que estou doidinho, pra te molhar a boca”
O Remo havia “sumido” com uma loira de trancinhas que eu vi de longe...
“Insolação é de paixão
De férias ao meu coração
Paz, carnaval, futebol
Não mata, não engorda e não faz mal
Carnaval, futebol Se joga para cima e vira sol!”

E isso foi só o começo...
********************

N/A: o nome da musica é “Insolação do Coração”, da Claudinha Leite. Sei que ele nem era projeto na época dos marotos, mas, em fim, essa fic é uma fantasia da minha cabeça lunática... então vamos fingir que isso poderia acontecer.. (quem sabe em uma outra dimensão ¬¬)...
A parte do Oia e Aia, é do Cd “Uau!: Babado Novo: ao Vivo”, mas a musica é do “Ver-te amar”...
Huhuh, Oiê Laura (nova Beta) O que achou do capitulo? Menor que os outros né.. e que eu tava sem criatividade....

Ficou uma capitulo meio confuso.. Mas.. fazer o que? Essa fic é confusa (assim como a pessoa que a escreve)...

Obrigado a todos os comentários.. Assim que der eu respondo OK? Adorei todos, todos, todo, todos, todos,todos. Mais uma vez.. Obrigadinho Brianny por deiar mais um tantão assim oh *abre os braços* de comentários huhuhuhsuhs, isso dá muita força pra gente escrever....
Bjus, bjus, bjus, bjus, bjus, bjus....
;*
N/B: Ai caramba
Isso é TÃO LEGAL!
AMEI² SER BETA DA FIC!
Hohô
Adorei tbm a Claudinha ai... conheõ nem metade das musicas, mas adoro² ela!
E vc achou pequeno? Eu acho que nunca escrevi um capitulo tão grande! Meu Merlin!
E sim, OBRIGADA as comentários xD

Leiam a fic, gostem (de preferência ¬¬)
E COMENTEM
Huaha
;*


Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2023
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.