FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

51. Draco e Gina


Fic: Rebeldes 3 temporada - Eu quero tudo!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

51o capitulo - Draco e Gina

Eu sempre vi os casamentos como um grande acontecimento. Quando um casal decide que irá passar o resto de seus dias juntos...É tudo tão romântico. Eu acreditei nessa fantasia por toda a minha vida. Não que em algum momento eu tivesse sonhado casar com Draco Malfoy. Depois de todos os problemas e todas as pessoas nos atrapalhando. Mas tudo finalmente aconteceu. Como em um sonho.

Você está convidado para o casamento de


Draco Lucius Malfoy & Virgínia Molly Weasley



***

Uma semana de festas. Exatamente isso. Com jantares e todos os meus amigos hospedados num dos hotéis mais caros da cidade, que Draco reservou especialmente para a ocasião.
Todos estavam lá. Nátysi e Trey, Ásis e Jim, Kelly e Stephen, Tifanny e Matt, Dean e Monique, Harry e Hermione, Kristin e Rony, Marie e Logan. Thor, Scott, Maby e Liah também foram convidados. Mas só iriam no dia.
Narcisa e minha mãe fizeram do casamento o acontecimento do ano. Toda a imprensa divulgou tudo e setecentas pessoas foram convidadas, um exagero na minha opinião. Mas elas estavam tão empolgadas que eu não pude negar.
No domingo todos nos encontramos no hotel e ficamos bebendo drinks a madrugada toda. Eu estava na suíte presidencial e Draco estava do outro lado do hotel. Na segunda tivemos uma festa. Na terça fomos todos ver os vestidos e todo o resto das madrinhas e dos padrinhos. Na quarta jantamos no centro de Londres. Eu e as meninas tínhamos passado o dia todo comprando lingeries lindas.
Na quinta feira os meninos jogaram quadribol pela manhã. Harry e Draco ficaram no mesmo time e depois de brigarem ficou decidido que Dean seria o apanhador, o que resultou numa derrota vergonhosa. A noite pedimos comida, de todos os tipos possíveis e impossível. Na sexta nos preparamos para ir ao castelo. Sim. Draco alugou um castelo de quinhentos anos, bem perto de Londres. Para que ficássemos lá no fim de semana, com os amigos e alguns parentes...No meu caso muitos parentes.
Dean e Monique tinham voltado, finalmente. Trey e Nátysi já tinham começado a construção da casa. E Harry e Hermione já eram marido e mulher, assim como Rony e Kristin. Matt e Tifanny estavam em Londres especialmente para o casamento. Já fazia um ano que eles estavam rodando o mundo como os Médicos Sem Fronteiras e Ásis e Jim ainda moravam em Paris.
Bom, na sexta ficamos o dia todo juntos. Almoçamos uma comida incrível, vimos alguns preparativos e a noite mais festa. O casamento seria no domingo e eu tinha mais um dia até lá.

***

Senti um vento frio no quarto. Abri os olhos e vi que a sacada estava aberta. O sol da manhã entrava e me deixava com dor nos olhos. Me enrolei em um lençol e caminhei até lá. Draco estava encostado na porta da sacada, olhando atentamente o jardim. Na última noite ele tinha fugido para o meu quarto.

-Bom dia - murmurei enquanto o abraçava.

-Bom dia meu amor - ele disse com um sorriso. Me olhando de uma forma que me fazia querer chorar. Mas chorar de alegria.

-O que está vendo? - perguntei enquanto olhava para baixo. Avistando o vasto e bem cuidado jardim que cercava todo o castelo.

-Vendo seus sobrinhos correndo sem parar - ele disse um pouco divertido - Olhe lá - estávamos no quarto andar, mas dava pra ver todos ali correndo, rindo...Gritando - Eles estão importunando a Mawe há horas.

-Ela deve estar odiando - falei rindo. Sentindo o braço dele segurando minha cintura com força.

Draco deu um leve beijo no meu ombro. Me virei pra ele e sorri.

-Sabe de uma coisa? – ele disse enquanto apoiava minha cabeça no ombro dele – Sempre amei você Gin – sorri pra mim mesma. Isso era lindo - Desde a primeira vez que nos encontramos. Você sempre foi tão especial em tudo. No jeito de andar e de falar. Nas suas brigas bobas e suas neuras.

Nós dois rimos. Eu tinha sido uma adolescente bem neurótica mesmo.

-Nós amadurecemos tanto Draco – falei em meio a um suspiro – Nesses últimos anos muita coisa mudou.

-Foram os dois anos mais difíceis da minha vida - ele disse, agora me virando de frente pra ele - Quando ficamos sem nos ver. Primeiro porque eu me formei e depois você foi viajar com suas amigas.

-Eu recortava notícias suas que saiam no jornal – disse, rindo por estar confessando isso - E eu pensava em você a cada segundo...Eu penso em você a cada segundo.

Ele me puxou e me beijou. Um beijo leve e calmo. Um beijo que significava tudo.

You make me feel out of my element
Like I'm walking on broken glass
Like my world's spinning in slow motion
And you're moving too fast
Você me faz sentir fora do meu elemento
Como se eu estivesses andando em cacos de vidro
Como se meu mundo estivesse girando em camera lenta
E você está se movendo muito rápido


***

O castelo tinha uma sala apenas para o café da manhã, com uma mesa para cinquenta pessoas. Quando descemos umas vinte já estavam ali. Uma das paredes era toda de vidro e podíamos ver o jardim.
Os sobrinhos de Gina continuavam irritando Mawe.

-Bom dia casal - Dean cantarolou para nós, usando aquele mesmo sorrisinho malicioso que sempre usava quando Nátysi e Trey se atrasavam - Será que é coincidência vocês aparecerem no mesmo horário?

Todos na mesa começaram a rir do comentário dele, pude sentir Gina corando no mesmo instante.

-Absolutamente - falei pra ele com um leve sorriso. Gina apertou minha mão e nos sentamos. Um do lado do outro - Coincidências estranhas, não?

-Com certeza - Nátysi falou, rindo também – Vocês apenas vivem de coincidências certo? Desde quando mesmo?

-Hogwarts – Matt falou com um sorrisinho.

-O que você acha de Adah? - ela sussurrou pra mim, desviando minha atenção de Matt – Você gosta desse nome?

-O que? - perguntei confuso, sussurrando também.

-É - ela sorriu, os olhos verdes brilhando pra mim enquanto mordia o lábio por alguns segundos - Para o nome da nossa primeira filha. Adah Weasley Malfoy.

-Eu acho perfeito - falei um segundo depois. Ela sorriu pra mim e o chão sumiu dos meus pés no mesmo instante - Perfeito.

-Semana que vem tenho que voltar pra Paris - Monique estava falando pra ninguém em especial. A carreira dela ia cada vez melhor - E Dean vem comigo dessa vez. Finalmente consegui convencê-lo.

-Será que ele vai sair na briga com algum fotógrafo? - Stephen perguntou rindo. Eu achava exatamente a mesma coisa. Dean já tinha saído no tapa com inúmeros fotógrafos, não seria surpresa nenhum se acontecesse de novo.

-Espero que não - Monique olhou ameaçadora pra ele, arrancando risos de todos - Não é mesmo amor?

-Com certeza - ele disse com um sorriso que não convenceu ninguém. Provavelmente porque nem o próprio Dean se achava capaz de evitar o ciúmes quando estava perto de Monique.

-Tia Gina! - Riry entrou na sala com Mawe no colo. Riry era a filha de Percy e assim como o pai vivia tendo idéias de girico - Eu posso colocar uns enfeites na Mawe? – perguntou animada.

-Enfeites? - Gina perguntou confusa - Que tipo de enfeites?

Were you right, was I wrong
Were you weak, was I strong
Yeah, both of us broken, caught in a moment
We lived, and we laughed, and we hurt and we jumped, yeah
But the planets all aligned when you looked into my eyes
And just like that, the chemicals react
The chemicals react
Você etava certo? Eu estava errada?
Você estava fraco? Eu estava forte?
Nós dois despedaçados, presos em um momento
Nós vivemos, nós rimos, nos machucamos, nós pulamos
Mas todos os planetas se alinharam quando você olhou nos meus olhos
E assim, as químicas reagiram
As químicas reagiram


-Pra combinar com o casamento tia - Riry falou em tom óbvio. Deixando óbvio para todos nós que ainda criança já sabia, ou pelo menos achava, que era melhor que todos. Não disse que é a cara do pai?

Riry e todos os outros sobrinhos e sobrinhas de Gina entrariam na igreja com ela. Um total de doze crianças e uma pequena fortuna em vestidinhos fofos e smokings mais caros que os dos adultos.

-Tudo bem - Gina disse divertida - Mas cuidado com ela.

Riry saiu da sala cantarolando feliz enquanto apertava uma infeliz Mawe nos braços.

***

O casamento seria realizado no jardim e a festa também. Muitas mesas com arranjos de flores gigantescos estavam espalhados por todo o lugar. Três organizadoras contratados para cuidarem do casamento corriam para todos os lados, pra que tudo saísse perfeito. Eu decidia os últimos detalhes para passar para as organizadoras quando as meninas entraram no meu quarto.

-O que está fazendo? - Ásis perguntou, sentando na alta cama de casal que tinha no quarto – Meu Deus! Essa é a cama mais gostosa que já vi.

-As músicas – falei distraída, acabando as anotações - Já fizeram a última prova do vestido?

-Já - Kelly falou - Ficou absolutamente perfeito.

-Eu gostei das flores - Marie falou sonhadora - O Logan disse que eu vou poder decorar tudo do jeito que quiser.

-Mais uma - Nátysi falou rindo - Daqui a pouco todas estaremos casadas.

-Eu espero - Monique disse, fazendo todas rirem.

-A festa vai ser prata e vermelha? - Tifanny perguntou. Todas elas seriam madrinhas e a cor dos vestidos era prata - Porque a decoração que eu já vi está incrível.

-É – falei com um suspiro, fechando o caderno que tinha nas mãos - Só espero que o smoking dos meninos fique bom. Vai ser tão lindo vocês como padrinhos do casamento...Todos os casais.

-Eu só quero saber uma coisa – Marie disse num sussurro – Será que o Thor continua um gato?

***

Acordei sozinha no dia seguinte. Eu e Draco ficamos juntos no almoço e no café da manhã. Depois disso eu fui para o quarto. Tinha uma tarde toda de preparativos e o cabeleireiro já estava em um quarto enorme, arrumando todas as meninas. Minha mãe e Narcisa estavam com outro cabeleireiro, cuidando das tias e noras.
Meu pai e Willian estavam com os homens na sala, conversando sobre o futuro. Draco e os meninos tinham saído para andar um pouco.

***

-Então você vai mesmo casar Malfoy - Trey falou rindo, enquanto andavámos pelo jardim do castelo - Quem diria hein?

-Nem me fale – sorri, vendo as três organizadoras correndo e se estressando com os outros empregados - Tudo parece completamente irreal.

-Pelo menos agora você sossega mesmo hein Draco? – Dean perguntou – Quer dizer, se depois de tudo pelo que você e Gina passaram vocês não ficarem juntos pra sempre eu nem sei o que dizer.

You make me feel out of my element
Like I'm drifting out to the sea
Like the tide's pulling me in deeper
Making it harder to breathe
We cannot deny how we feel inside
We cannot deny
Você me faz sentir fora do meu elemento
Como se eu estivesse resurgindo do mar
Como se a maré estivesse me puxando para dentro
Fazendo com que fique mais difícil de respirar
Não podemos negar o que sentimos por dentro
Não podemos negar


-Mas as coisas deram certo, né? - falei sorrindo. Tudo tinha dado certo no final.

-As coisas deram muito certo - Trey afirmou – Na verdade saíram perfeitas.

***

Eu estava me sentindo mais nervoso do que me lembrara ter sentido em toda a minha vida. Até que finalmente ouvi a música e ela apareceu. Linda de tirar o fôlego, como sempre estava.

***

-Você aceita Ginevra Molly Weasley como seu legítima esposa?

-Sim.

-Você aceita Draco Lucius Malfoy como seu legítimo esposo?

-Sim.

Were you right, was I wrong
Were you weak, was I strong
Yeah, both of us broken, caught in a moment
We lived, and we laughed, and we hurt, and we jumped, yeah
But the planets all aligned when you looked into my eyes
And just like that, the chemicals react
The chemicals react
Você etava certo? Eu estava errada?
Você estava fraco?Eu estava forte?
Nós dois despedaçados, presos em um momento
Nós vivemos, nós rimos, nos machucamos, nós pulamos
Mas todos os planetas se alinharam quando você olhou nos meus olhos
E assim, as químicas reagiram
As químicas reagiram


Nos encaramos por um momento. E eu sabia que ela estava sentindo a mesma coisa. Era como se todas as pessoas tivessem sumido de lá, como se fossemos só nos dois. Ela estava chorando silenciosamente e era isso que eu queria fazer também. Parecia tão irreal...As coisas estavam certas agora.

-Já pode beijar a noiva.

Segurei a mão dela e nos beijamos por uns cinco segundos apenas. Mas foi o melhor beijo de toda a minha vida. Porque foi o primeiro que demos como marido e mulher. O primeiro do resto de nossas vidas.

***

Gina e Draco dançavam no salão. Toda a festa estava parada, observando o feliz casal. Todos os amigos estavam em silêncio. Aquele sim era um casal que havia lutado muito pra estar ali e isso todos sabiam reconhecer. Draco e Gina eram tão perfeitos um para o outro.

-Você tem que fazer o brinde - Nátysi cutucou Trey e sussurrou pra ele - Daqui a pouco começam a servir o jantar e é feio fazer o brinde depois disso.

-Eu sei mulher - ele disse rindo, todos na mesa riram também - Eu só vou esperar eles voltaram para a mesa.

-Ninguém merece ele me chamando de mulher - Nátysi falou para as amigas.

Assim que Draco e Gina sentaram na mesa Trey levantou. A banda parou e todos se viraram para ele, que estava mais bonito ainda do que nunca. Nátysi sorriu orgulhosa pra ele.

-Eu sei que todos queriam estar aqui no meu lugar essa noite – ele começou a falar – Afinal, no decorrer dos anos todos nos envolvemos nas indas e vindas desse casal. Eu não acreditava que o amor sozinho pudesse conseguir derrubar tantas coisas, mas vocês me provaram o contrário. Tantas e tantas vezes.
Vocês mostraram que o amor não é só uma história bonita a se contar, você precisa lutar por ele, acreditar nele. E mesmo quando tudo estava dando errado todos nós sabíamos só de olhar, vocês logo estariam juntos mais uma vez. Foi uma longa jornada até aqui e todos nós percorremos esse caminho com vocês.
Desejo do fundo do meu coração que sejam felizes, mais até se possível, de agora até o fim de suas vidas. Porque vocês foram simplesmente feitos um para o outro.

Kaleidoscope of colors turning hopes on fire
Sun is burning shining down on both of us
Don't let us lose it, don't let us lose it
Kaleidoscópio colorido mudando esperanças em fogo
Sol está queimando, brilhando em nós dois
Não nos deixe perder isso,não nos deixe perder isso


***

-Você está chorando porque amor? - Harry perguntou para Hermione quando Trey acabou de falar.

-Não - ela secou o olho rapidamente - Claro que não estou chorando Harry, que idéia – ela revirou os olhos exageradamente.

-A Kristin também está - Rony falou rindo, segurando a mão dela - Como vocês são sensíveis, meu Deus!

-Claro que não...É que foi bonito - Kristin se defendeu, depois sorriu para Rony - Vocês não acharam bonito?

-Muito - Hermione falou - Acho que isso vale pra todos nós. Enfrentamos anos de problemas e aqui estamos...Felizes e juntos.

-Você tem razão - Harry falou sorrindo, vendo Gina e Draco se beijarem mais uma vez - Todos nós enfrentamos tantos problemas.

-Por um bom tempo eu pensei que não fosse mais ter você - Rony falou para Kristin.

-Eu também - ela falou e os dois se beijaram.

Harry e Hermione sorriram.

-O amor é lindo, hein? - ele perguntou e a beijou.

Hermione abraçou o marido. Iria contar pra ele naquela noite que estava grávida.

***

-Pra onde eles vão? - Jim perguntou para Stephen enquanto eles olhavam Draco e Gina conversando.

-Vão ficar um mês em lua de mel - Stephen falou com um sorrisinho malicioso - Dá pra acreditar nisso? Eles vão gastar uma fortuna com essa lua de mel. Eu já até falei pra Kelly, vinte dias e só. Já pensou, um mês?

-Também, o Draco é rico pra caramba. Tem que gastar dinheiro né? - Matt falou rindo - E a Gina vai saber gastar muito bem.

Os três amigos riram.

-E eu que odiava ele - Jim falou, balançando a cabeça - Mas não odeio mais. É tão estranho saber disso.

Os outros dois assentiram. Sabiam exatamente do que Jim estava falando.

***

Peguei o buquê na mão e me preparei pra jogar. Uma chuva de mulheres estava atrás de mim. Mirei na Kelly e joguei o buquê. Quando me virei vi que ele tinha caído com a Monique. Era o destino.

***

-Viu Dean? - Trey falou animado - A Mona pegou o buquê.

-E o casamento vai sair quando? - Stephen perguntou.

-Gente... - Dean falou preocupado - Agora que a Monique viu o casamento da Gina, do jeito que eu conheço ela, e eu conheço, ela vai gastar milhões numa festa...

-Não liga não - Matt falou - Aqueles estilistas famosos que ela conhece vão dar um desconto...Talvez...

Os meninos se olharam e riram.

-Quanta preocupação - Logan falou para Jim - Eu espero demorar um pouco mais com isso tudo.

-É bom casar - Jim falou sorridente enquanto viu Ásis se aproximar - Você vai ver só. Na verdade, é a melhor coisa do mundo.

***

-Parece que todos estão bem - falei pra Gina - Todos estão dançando e a comida está ótima, e o vinho também.

-É mesmo. Não tem ninguém nas mesas - ela disse sorrindo. Acho que tinha entendido o que eu queria dizer com aquilo.

-Hora de sairmos - segurei a mão dela e nos levantamos. Íamos sair escondidos da festa - Um mês de férias nos esperam.

Primeiro uma noite em Veneza, depois um cruzeiro. Uma viagem pela Europa e então ela escolheria pra onde ir. Desde que eu estivesse com ela qualquer lugar estava ótimo pra mim.

-Minha mãe e a sua vão ficar cuidando da casa - ela me falou - Você não amou a decoração da nova mansão Malfoy?

-Malfoy Weasley - disse e dei um beijo nela.

Dei uma última olhada para o salão enquanto saíamos. Todos os meus amigos dançando. Todos estavam felizes. E eu agora era um homem casado. Corremos pelo jardim até o castelo. Cada um foi para seu quarto, trocar de roupa e pegar as malas.

***

-É a noite mais estrelada que eu já vi na vida - Kelly disse enquanto ela e Stephen passeavam de mãos dadas pelo jardim.

-É verdade - ele disse olhando para o céu.

-Os dois já foram - Kelly disse divertida - Acabei de ver eles correndo pelo jardim, como dois adolescentes.

-Mas se pensarmos bem - Stephen disse enquanto a puxava pra perto - Ainda somos dois adolescentes também, não é?

-Isso mesmo - ela sorriu pra ele – Somos dois adolescentes, escutando música no seu quarto e conversando sem parar.

-Lembra quando nós começamos a namorar? - ele falou - Que eu cantei aquela música pra você? Então...Hoje não vai dar pra cantar música.

-Do que está falando? - ela olhou curiosa pra ele.

Were you right, was I wrong
Were you weak, was I strong
Você etava certo?Eu estava errada?
Você estava fraco?Eu estava forte?


Stephen sorriu e segurou a mão dela. Depois tirou uma caixinha de veludo do bolso e a abriu.

-Quer casar comigo? - perguntou.

-Sim - ela sorriu e os dois se abraçaram.

***

-Você gostaria de conhecer os Estados Unidos? - Logan perguntou para Marie.

-Sim, porque? - ela o encarou. De lá podia ver Stephen e Kelly se beijando sem parar - Acho que o Steph acabou de pedir a Kelly em casamento – apontou os dois, depois voltou os olhos para Logan.

-Não importa - Logan falou olhando nos olhos dela - É que você só viu meus pais algumas vezes e agora você tem que conhecê-los melhor.

Both of us broken, caught in a moment
We lived, and we laughed, and we hurt and we jumped
Nós dois despedaçados, presos em um momento
Nós vivemos, nós rimos, nos machucamos, nós pulamos


-Porque isso Logan? - Marie riu - Eu já conheço seus pais.

-Eu sei - Logan falou, um sorrisinho passeando por seus lábios - Mas agora que nós vamos casar eu tenho que ter certeza de que você vai gostar deles.

Marie abriu a boca chocada. Depois o beijou.

***

-Vamos passar um tempão em Paris - Monique disse enquanto ela e Dean dançavam - A cidade é ótima e você vai adorar.

-Desde que nenhum engraçadinho dê em cima de você - ele falou, sempre ciumento.

-Para de ser bobo - Monique disse rindo e deu um beijo rápido nele - A Lauren não vê a hora de vir pra Londres, ver a Marie. Ela terminou com o namorado há pouco tempo e anda meio triste.

-Eu conheço ela né? - Dean perguntou - Daquela vez em Milão.

-Essa mesma...Ah - Monique gritou - A Moss me mandou uma carta esses dias - ela sorriu - Acredita nisso? Ela está super feliz pelo que me disse. Vou ver se consigo encontrá-la em Londres quando voltar.

-Dessa eu lembro – ele riu.

We lived, we loved, we hurt, we jumped,
We're right, we're wrong, we're weak, we're strong
Nós vivemos, nós amamos, nos machucamos, nós pulamos
Nós estamos certos, estamos errados, somos fracos, somos fortes


-É mesmo engraçadinho? – ela sorriu enquanto o beliscava de leve – Mas você é um descarado mesmo.

-Você sabe que é muito melhor - Dean falou de um jeito engraçado. Monique riu e ele a rodopiou, os dois voltaram a dançar.

-Eu espero.

***

Trey e Nátysi dançavam também. Ela estava com a cabeça encostada no ombro dele. Trey estava com as mãos pressionadas nas costas dela.

-Você gostou mesmo da casa? - ele perguntou.

-Muito - ela sorriu e o beijou - E sua mãe foi realmente uma gracinha. Ela tem me ajudado bastante.

-Ainda bem que você gostou dela - ele falou rindo - E ela já disse que quer um milhão de netos, então se prepara.

-Eu quero três - Nátysi falou - Três está bom não é?

-Eu prefiro cinco - Trey falou divertido - Mas eu me contento com três.

We live to love
But the planets all aligned when you looked into my eyes
Nós vivemos para amar
Mas todos os planetas se alinharam quando você olhou nos meus olhos


-Duas meninas - Nátysi falou - Edrea e Knight e um menino. Você escolhe o nome.

-Nelwin - ele falou - Então está certo. Duas meninas e um menino. Só que ele tem que ser mais velho, pra cuidar das irmãs.

Nátysi riu e Trey a beijou. O casal perfeito.

***

-Ansiosa? - Matt perguntou para Tifanny. Os dois eram os únicos na mesa.

-Pra viagem? - ela perguntou. Ele assentiu - Não muito. Agora eu já sei mais ou menos como são as coisas.

-Já faz um ano não é? - ele sorriu.

-Isso mesmo - ela falou - E podemos ficar mais uns dois anos ou mais. Depois voltamos e abrimos nosso hospital.

-Um plano e tanto - ele a beijou - Vamos abrir o hospital e ter muitos filhos.

-Eu já vi o terreno perto da casa da Gina - ela falou - Vai dar uma ótima casa. Com dez quartos, piscina.

And just like that, watch chemicals react
yeah, yeah, yeah
E assim, olhe as químicas reagirem
yeah, yeah, yeah


-Tudo do jeito que você quiser - ele disse - E nós podemos casar aqui em Londres, com igreja e tudo.

-Eu te amo - ela disse sorrindo. Os dois se beijaram.

***

-Quando nós vamos contar pra eles? - Ásis perguntou, enquanto ela e Jim andavam pelo jardim.

-Olha aquilo! - Jim apontou para Kelly e Stephen, que estavam se beijando como se não houvesse amanhã - Contar que nós vamos voltar? - ele perguntou, voltando-se para ela.

-É. Quando?

-Depois que a Gina voltar de viagem - Jim falou - Eu já combinei e todos vão passar uma semana em Paris, nós podemos anunciar.

-Eu não vejo a hora de voltar pra cá - ela sorriu.

-Eu também, tenho saudade de tudo. Você já viu a casa?

-Já - ela disse - É linda e quando descobriram que você é jogador de quadribol então, tudo ficou fácil. Dois quarteirões de distância da casa da Gina e do Draco.

And just like that, the chemicals react
yeah, yeah, yeah
E assim, as químicas reagiram
yeah, yeah, yeah


-Eu já recebi uma proposta de emprego - Jim falou - Aqui em Londres.

-Em cinco meses - Ásis falou sorridente - Nós voltamos pra Londres.

-Isso mesmo - Jim falou. Os dois se beijaram.

***

Entrei no quarto de Gina dez minutos depois. Ela estava tentando fechar uma mala.

-Você vai ser a mulher mais feliz do mundo - falei e a beijei.

-Eu sei - ela sorriu pra mim - E você vai ser o homem mais feliz do mundo Draco.

-Então seremos o casal mais feliz do mundo - disse e nós dois rimos. Diminuí o tamanho das malas e as guardei no meu bolso.

-Está com a chave de portal? - ela perguntou enquanto arrumava a blusa de frio. Se bem que o tempo estava um pouco quente naquela noite - Não me olha assim - ela riu - Eu tenho frio mesmo.

-Estou com a chave de portal aqui - falei rindo.

Ela segurou minha mão e olhou pra baixo, pela sacada. Dava pra ver Ásis e Jim andando e Kelly e Stephen se agarrando.

-Que horror - ela disse rindo - Aqueles dois.

-E a Mawe? - perguntei.

-No momento está com a Riry - olhei horrorizado pra ela - Mas não vai ficar muito tempo – acrescentou logo em seguida – Minha mãe vai cuidar dela pra gente.

-Melhor assim - falei enquanto a abraçava. A Mawe era como o marco do começo. O nosso primeiro Natal juntos.

-Que romântico. Nossa noite de núpcias vai ser em Veneza - ela disse.

-E amanhã pegamos o cruzeiro - falei - E depois Europa.

-Eu sei - ela apertou a minha mão com força, estava ansiosa - Vamos? Eu estou com uma cinta liga vermelha que está me matando - ela deu um sorriso malicioso pra mim.

-Agora mesmo meu amor - falei apressado. Ela riu.

Peguei a chave de portal. Uma enorme suíte completamente decorada nos esperava em Veneza. Dois minutos depois estávamos no lob do hotel. Um atendente pegou as malas e nós subimos para o quarto. Antes de entrar eu a peguei no colo, como manda a tradição.

-Se prepare - falei, sorrindo pra ela.

-Pra que? - ela me perguntou. Sorrindo.

-Pra uma nova vida...A partir da agora.

The chemicals react
As químicas reagiram


(Música - Aly & AJ - Chemicals React)

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.