FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 

(Pesquisar fics e autores/leitores)

 


 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

49. Fazendo o pedido


Fic: Rebeldes 3 temporada - Eu quero tudo!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

49o capitulo - Fazendo o pedido

A noite estava linda. O céu estava cheio de estrelas e a lua brilhava. Um começo promissor de encontro. Draco estava mais misterioso que de costume, mas eu já tinha me acostumado com isso. Tínhamos tido uma briga não muito boa na última noite e pensando bem eu não sabia mais qual tinha sido o motivo.

-Aonde vamos? - perguntei enquanto ele passava os braços sob meu ombro - Porque todo esse mistério Draco?

-Nada demais - ele respondeu com um sorriso.

Lembrei da briga. Um amigo do meu irmão que tinha conversado comigo por alguns minutos lá em casa, enquanto esperava Rony e Kristin convencerem Logan e Marie a saírem do quarto. Nós já estávamos ficando preocupados. Draco apareceu e fechou a cara. Mas já estava tudo resolvido.
Nós andamos pela rua vazia. Hoje era sexta-feira e Draco, milagrosamente, tinha decidido não correr. Por mais que fizesse isso religiosamente toda sexta. Ele tinha comprado um carro novíssimo e gastado uma fortuna nele. Um desperdício de dinheiro na minha opinião.

-Sabia que nos formamos no ano que vem? - falei um pouco distraída. Meu cabelo estava preso em uma linda trança que Nátysi tinha feito.

-Claro que sabia - ele disse e riu pra mim - Vamos nos formar e nos preparar para uma nova vida, não é como você diz?

-Isso mesmo - falei, rindo também.

Eu passava tanto tempo pensando no futuro que isso já estava me cansando. O que fazer depois da formatura? Eu precisa decidir.

-Você consegue andar com essas sandálias? - Draco me perguntou - Porque elas parecem altas demais.

-Claro que consigo. Mas porque? Vamos a pé? - perguntei.

-Não. Vamos de chave de portal, porque eu não sei bem o caminho - ele disse - E é melhor não ficarmos perdidos. Acabaria com o momento - eu ri.

Ele tirou uma pedra do bolso. Chave de portal.

-Agora vamos cobrir seus olhos - ele disse e colocou um lenço de seda nos meus olhos - Pra você não ver nada.

-Hei! - protestei, olhando para todos os lados. Completamente perdida - Você não pode fazer algo assim comigo. Não pode mesmo.

-Claro que posso - ele me deu um beijo de leve, só tocando seus lábios nos meus, e segurou a minha mão. Eu podia sentir que ele estava rindo.

-Lá vamos nós - cantarolei ao sentir o puxão de sempre. Realmente odiava chave de portal. Draco me abraçou enquanto rodavamos.

***

Marie bateu com força a porta do quarto. Porque Logan tinha que ser um estúpido ciumento? Se jogou na cama e começou a chorar desesperadamente. Nátysi entrou no quarto um segundo depois.

-Vamos? - perguntou distraída enquanto se olhava no espelho - Trey e Logan devem estar esperando - Nátysi viu que ela estava chorando, olhou confusa pra Marie - Porque você está chorando?

-Logan - ela falou em meio a um soluço - É um ciumento idiota.

-Foi por causa do Oliver? - Nátysi perguntou enquanto se aproximava da cama de Marie. Ela sentou do lado da amiga.

-Isso mesmo - Marie falou, estava magoada - Mas vai lá, o Trey deve estar esperando. Eu vou ficar por aqui mesmo. Quero dormir cedo.

-Eu fico com você - Nátysi disse como qualquer boa amiga diria - Nós podemos jantar aqui mesmo.

-Não - Marie olhou pra ela, dando um pequeno sorriso - Pode ir, não tem problema mesmo. Eu vou dormir.

-Tudo bem...Qualquer coisa me liga - Nátysi levantou da cama um pouco hesitante. Depois foi embora.

***

-Sabia que você é a mulher mais incrível do mundo? - Harry falou enquanto beijava Hermione. Estavam no quarto dele há quase vinte e quatro horas.

-E você é o cara mais lindo do mundo - ela disse sorrindo. Depois sentou na cama, procurando sua saia - Eu tenho que ir embora, já devem estar preocupados e eu ainda perdi as aulas de hoje.

-Estou falando sério...Eu não sei viver sem você Hermione. Não mais - ele a puxou, Hermione caiu de novo na cama.

-Eu também não - ela olhou pra ele. Harry podia ser tão espontâneo às vezes. Ela amava isso nele.

Os dois se abraçaram em silêncio.

-Preciso te falar uma coisa...Aquela vez que você foi pra Alemanha - ele começou a falar. Tinha que falar aquilo ou não poderia mais ficar sossegado.

-Harry eu sei...Sei que você dormiu com aquela garota - Hermione disse, a voz meio fraca. Era um assunto delicado.

-Sabe? - ele perguntou surpreso.

-Claro que sei. Mas eu não me importei na época e não me importo agora.

-Porque você nunca me falou? - ele perguntou surpreso.

-E porque você nunca me contou? - ela sorriu.

Os dois se beijaram. Poderia ser um problema e tanto para qualquer outro casal, mas não era pra eles. Os dois já tinham passado por coisas muito maiores...Isso não era nada.

***

-Qual o problema? - Stephen perguntou pra Logan enquanto os dois andavam até o carro. Para pegar algumas bebidas.

Matt gritava com a torcida. Dean havia ganhado a corrida e os dois estavam comemorando.

-Nada não...É que eu briguei com a Marie - ele resmungou.

-Porque? - Stephen perguntou surpreso. Os dois não eram muito de brigas. Principalmente porque tinham aparecido só ontem a noite, depois de quase um dia todo no quarto.

-Tem um cara que fica dando em cima dela e eu meio que pirei com isso - ele falou irritado - Nós brigamos feio e ela nem veio.

-É - Stephen falou - Eu acabei de ver a Nátysi e o Trey sozinhos. A Marie vinha com ela né?

-Isso mesmo.

-Não precisa. É sério...Ela gosta de você.

-Eu sou um idiota né? - ele falou deprimido.

-Não se preocupe tanto - Stephen falou, dando tapinhas nas costas de Logan - É só ir atrás dela - ele viu Kelly vindo até os dois. Deu um sorriso. Tinha a namorada mais linda do mundo.

-Acho que é tarde - Logan falou.

-Não é não. Anda Logan! O que você está esperando? - ele gritou e Logan saiu correndo.

***

-A incrível Monique Moore - Luna Lovegood sorriu pra ela - Como é estar em todas as revistas de moda?

-O ritmo é bem intenso - ela falou sorrindo - Não tenho mais tempo nem de ver meus pais nos Estados Unidos ou meu irmão, em Londres.

Por um momento se distraiu. Viu a Torre Eiffel da janela do seu quarto. Luna tinha viajado especialmente para entrevistá-la. Além de dona do Pasquim ela era agora dona de uma revista de moda.

-Você planeja voltar pra Londres? - Luna perguntou, anotando tudo rapidamente - Porque alguns boatos dizem isso.

-Na verdade sim - ela respondeu sorrindo - Vou fazer faculdade de moda. Mas continuo trabalhando como modelo. Só acho que vou ter que usar chave de portal sempre.

Luna observou uma foto na cabeceira.

-Aquele por acaso é... - ela perguntou. Lembrava muito bem de um dos melhores amigos do prepotente Draco Malfoy.

-Dean - Monique não sorriu dessa vez - Terminamos há um mês.

O motivo tinha sido o ciúme. Mais uma vez. Dean não suportava vê-la nas fotos de revistas famosas, ou em outdoors pela cidade, mas o pior aconteceu quando ele leu em uma revista que ela estava saindo com um ator famoso.

-Sinto muito - Luna falou sincera.

-Não se preocupe - ela disse chateada - Ele só não aguentou e eu não posso culpá-lo por isso.

***

-Ali o carro! - Trey apontou para o mesmo modelo que pretendia comprar. O seu carro já estava ficando velho demais. Pelo menos ele achava que sim - É parecido com aquele o que eu quero comprar.

-Você quer trocar de carro de novo? - Nátysi perguntou. Trey trocava de carro de seis em seis meses - Você parece uma criança com esse carro sabia? - ela suspirou - Não é roupa Trey.

-Tenho uma coisa pra te contar - Trey falou pra Nátysi - E acho que você vai gostar, pelo menos eu espero né? - ele sorriu - E para de falar do meu carro, é muito importante ter um carro bom.

-Mas isso não quer dizer que você precisa trocar sempre.

-Que seja - ele segurou a mão dela enquanto os dois andavam pela rua cheia de gente - Tenho uma coisa pra falar.

Os dois estavam noivos há três meses. Trey alugou um iate e a levou para velejar, depois disse que a amava, abriu champanhe e fez o pedido. Um anel com um diamante imenso estava escondido no bolso dele. Gina tinha ajudado a escolher e realmente não economizou.

-Fala - ela disse enquanto entrava no carro dele. Os dois estava indo jantar porque Trey já tinha participado de duas corridas.

-Comprei um terreno para nós - ele disse sorrindo.

-Um terreno? - ela perguntou surpresa. Claro que sabia que os dois iam casar e uma hora ou outra comprar uma casa. Se dependesse de Trey seria uma mansão, mas mesmo assim.

Agora parecia mais sério ainda.

-E eu vou construir nossa casa. Com vários quartos para as crianças e tudo o que você quiser - ele disse - Do jeito que você quiser, com as cores que você quiser e o jardim do jeito que você...

-Não acredito - ela disse sorrindo e o puxou pela camisa - Você é perfeito.

Os dois se beijaram.

***

Assim que meus pés tocaram o solo eu senti as mãos de Draco no meu rosto. Ele tirou a venda dos meus olhos. Eu observei todo o lugar, nunca tinha estado ali, mas ele era completamente...

-Uau! - falei admirada.

Estávamos em frente a uma enorme mansão de cinco andares com gigantescas janelas e um dos jardins mais bonitos que eu tinha visto na vida. Mais bonito até que os da Mansão Malfoy.

-De quem é isso? - perguntei, olhando todo o lugar com a maior atenção do mundo. Quem quer que morasse ali tinha tido um trabalho imenso pra cuidar do jardim - É incrível, simplesmente incrível.

-Vem - ele segurou a minha mão e abriu o enorme portão preto - Eu vou te mostrar o lugar inteiro.

Andamos pelo jardim.

-Aqui é um orquidário - ele falou, apontando para o que parecia ser uma pequena casa, toda de vidro - Eu sei que você ama orquídeas, então isso foi muito importante para a decisão final.

-Eu não estou entendendo - falei confusa. O que ele queria dizer com muito importante para a decisão final?

-Flores de Outono - ele sorriu, ainda andando - Me lembro perfeitamente. Você disse que as achava tristes e sofisticadas. Você é tão delicada quanto uma - chegamos no orquidário. O lugar estava cheio de orquídeas, todas as cores possíveis.

Ele então se ajoelhou e segurou minha mão.

-Quer casar comigo? - perguntou e estendeu uma caixinha com um anel de diamantes com a maior pedra que eu já havia visto - Quer se casar comigo Gina Weasley?

No mesmo instante milhares de fadinhas começaram a sair das flores. Como pequenos postes de luz elas ficaram nos rodeando.

-Caramba! - olhei pra ele, chocada. Depois sorri - Claro que sim Draco.

Ele levantou e me abraçou com força, nos beijamos um segundo depois. O cheiro das orquídeas, a luz das fadinhas...Era mais do que eu um dia esperava.

-Essa casa é nossa - ele disse assim que paramos de nos beijar - Pensei em tudo. Uma enorme jacuzzi no nosso quarto, um ateliê pra você, um orquidário, uma piscina aquecida. Até a Mawe vai ter o cantinho dela...Com uma casa enorme e...Todo o resto. Muitos quartos, já que você tem uma família gigante.

-Com certeza - falei rindo.

-E quartos pras crianças, quarto de brinquedos - ele foi falando.

-Isso é tão...Oh meu Deus!

-Trey vai ser nosso vizinho - ele apontou para algum lugar a nossa direita - Comprou o terreno e vai construir a casa. Eu sabia que você ia gostar, já que você e a Nátysi são amigas há tantos anos não é mesmo? E aí? Gostou?

-Claro que eu gostei - ri - É demais.

Fomos andando por um caminho cheio de pedrinhas brilhantes, em direção a casa. Ele abriu a porta.

-Vou te mostrar a casa - ele sorriu - Mas se você não gostar eu vendo essa e compramos outra.

-Não seja bobo...Eu simplesmente amei a casa.

***

Thor saiu do quarto da garota, não lembrava muito do nome. Podia ser Lily, ou Millie, ou Sally. Ele realmente não fazia idéia de quem ela era. O celular que ele tinha comprado só há dois meses tocou alto.
Thor atendeu enquanto descia as escadas quase correndo, se a menina acordasse ele teria que se despedir.

-Quem é? - perguntou.

-Scott.

-E aí cara? - Thor deu uma olhada no lugar, a sala estava deserta. Ele foi até a porta e a abriu - Onde se tá?

-Eu que pergunto - pelo barulho Thor percebeu que Scott estava dirigindo - São três e meia da manhã.

-To saindo da casa de uma menina aí - ele disse.

-Vamos sair.

-Ta. Mas cadê a Liah? - Thor riu.

-Na casa da irmã, e cadê a Maby?

-Dormindo - Thor riu mais uma vez - Ela acordou super cedo hoje.

-Sei como é - Scott aumentou o som.

-Te encontro no The Zone em dez minutos - Thor falou enquanto entrava no carro.

-Falou.

***

Hermione acordou no meio da noite e olhou para o lado. Viu que Harry a estava observando.

-Algum problema? - perguntou sonolenta, lutando pra não fechar os olhos - Porque você não dormiu ainda amor?

-Hermione...Você quer casar comigo? - ele perguntou. Tinha sido bem inesperado e ele nem tinha comprado o anel. Mas simplesmente sabia que aquele era o melhor momento para isso.

-Como? - ela exclamou, totalmente acordada.

-Isso mesmo...Eu não tenho o anel nem preparei nada. Mas você é a mulher da minha vida...Eu sei, você sabe - ele segurou a mão dela.

-Eu...Eu... - ela gaguejou.

-E aí? - ele abriu um lindo sorriso, seus olhos verdes brilhando - Você quer ou não se casar comigo?

-Se eu quero? Sim...Sim...Eu quero casar com você Harry - ela sentou na cama. Sorrindo sem parar.

-Eu te amo - ele falou pra ela.

Os dois se beijaram de um jeito todo especial. Harry parou o beijo e ficou observando Hermione, ela estava radiante. Sua linda e maravilhosa Hermione Granger. A garota que ele amara desde o começo, por mais que nunca tivesse se dado conta disso. Sempre tinha sido ela.

-O que foi? - ela sorriu sem graça - Porque você não para de olhar pra mim desse jeito Harry?

-Você é linda - ele colocou sua testa na testa de Hermione, os dois ficaram assim, sem se mexer - Linda, linda...Você vai ser a mulher mais feliz do mundo comigo. Eu prometo isso a você.

-Eu acredito Harry - ela disse - Nós vamos ser muito felizes.

-Pra sempre - ele disse - Pra sempre Hermione.

-Pra sempre - ela repetiu.

***

Logan subiu as escadas correndo. Abriu a porta do quarto e viu Marie encolhida em um canto. Ele foi até ela e viu que seu rosto estava inchado, por ter chorado sem parar.

-Me perdoa Marie...Eu sou um idiota - ele disse, sentando na cama ao lado dela.

-Logan? - ela olhou pra ele surpresa - O que...

-Me perdoa Marie. Por favor. Eu juro nunca mais fazer aquilo de novo. Eu amo você tanto que... - ele parou de falar. Estava com medo de ter perdido Marie.

-Claro que sim - ela o abraçou, voltando a chorar. Mas dessa vez não era tristeza - Eu não falo mais com ele se quiser.

-Não é isso...É que ele fica olhando pra você e eu fiquei com ciúmes. Eu amo você.

-Eu também - ela falou - Muito.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 17) - Copyright 2002-2022
Contato: clique aqui

Moderadores:



Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.